Close
Metadata

Reference TypeReport
Identifier8JMKD3MGP3W34R/42PHPJH
Repositorysid.inpe.br/mtc-m21c/2020/06.30.20.04
Metadatasid.inpe.br/mtc-m21c/2020/06.30.20.04.06
Sitemtc-m21c.sid.inpe.br
Holder Codeisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Citation KeyLemesOlivObre:2016:AnTrUm
Author1 Lemes, Murilo da Costa Ruv
2 Oliveira, Gilvan Sampaio de
3 Obregón Párraga, Guilhermo Oswaldo
Resume Identifier1
2 8JMKD3MGP5W/3C9JHBE
Group1
2 CST-CST-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
3 CST-CST-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Affiliation1 Universidade de Taubaté (UNITAU)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
3 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Author e-Mail Address1 murilo.lemes@inpe.br
2 gilvan.sampaio@inpe.br
TitleAnálise do transporte de umidade da amazônia para o sudeste do brasil durante o verão austral (djf)
Year2016
InstitutionInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais
CitySão José dos Campos
KeywordsAmazônia, São Paulo, Transporte de umidade integrado na vertical, Chuva.
AbstractNos verões de 2013-2014 e 2014-2015 a região Sudeste do Brasil passou por um período de grande estiagem. Ao estudar o transporte de umidade da região amazônica para o Sul e Sudeste do Brasil pode-se notar que há uma grande correlação entre ambos, principalmente na estação chuvosa (DJF), mesmo considerando que entre o final de novembro até o final de fevereiro a principal atividade convectiva sobre o país, está interligada a uma banda de nebulosidade com orientação NO/SE ao oceano Atlântico adjacente, sendo assim chamado de Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS). Além da ZCAS, outro fator importante para a ocorrência de precipitação na Região Sudeste é a passagem de sistemas frontais. Em época de ZCAS observa-se um intenso jato de baixos níveis (JBN) transportando umidade tropical oriunda do Atlântico e Amazônia para os subtrópicos, gerando convergência do fluxo de umidade e precipitação no Amazonas (BR), sudeste e centro, enquanto que divergência é observada no leste do Brasil, Nordeste da Argentina, Paraguai, sul da Bolívia e norte do Chile, devido ao enfraquecimento do transporte de umidade para a bacia do Prata. Foi avaliado nos últimos 36 anos (1979-2015) o comportamento do transporte de umidade em anos muito chuvosos e muito secos na Região Sudeste do Brasil, com ênfase nos últimos verões: 2013-2014 e 2014-2015, que foram marcados por intensa estiagem, principalmente no estado de São Paulo. Também foi analisado o comportamento desse transporte de umidade quando há a presença do ENOS (El Niña-Oscilação Sul) e em anos normais, porém, ambos voltados para o verão austral (DJF).
Number of Pages19
NotesBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Languagept
TypeRPQ
DisseminationBNDEPOSITOLEGAL
AreaCST
Size1074 KiB
Number of Files1
Target FileLemes_analise.pdf
Last Update2020:06.30.20.04.06 urlib.net/www/2017/11.22.19.04 simone
Metadata Last Update2020:06.30.20.04.06 urlib.net/www/2017/11.22.19.04 simone {D 2016}
Document Stagecompleted
Is the master or a copy?is the master
Mirrorurlib.net/www/2017/11.22.19.04.03
e-Mail (login)simone
User Groupsimone
Visibilityshown
Transferable1
Host Collectionurlib.net/www/2017/11.22.19.04
Document Stagenot transferred
Read Permissionallow from all
source Directory Contentthere are no files
agreement Directory Content
agreement.html 30/06/2020 17:04 1.7 KiB 
Empty Fieldsarchivingpolicy archivist callnumber contenttype copyholder copyright creatorhistory date descriptionlevel doi e-mailaddress edition format isbn issn label lineage mark nextedition nexthigherunit orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project readergroup reportnumber rightsholder secondarydate secondarykey secondarymark secondarytype session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype translator url versiontype
Access Date2020, July 04

Close