Fechar
Metadados

@InProceedings{SilvaBarb:2019:EsReAq,
               author = "Silva, Gabriel Neves da and Barbosa, Eduardo Batista de Moraes",
          affiliation = "{Centro Universit{\'a}rio Salesiano de S{\~a}o Paulo (UNISAL)} 
                         and {Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)}",
                title = "Estudo a respeito da aquisi{\c{c}}{\~a}o de 
                         observa{\c{c}}{\~o}es meteorol{\'o}gicas no CPTEC/INPE",
            booktitle = "Anais...",
                 year = "2019",
               editor = "Santos, Rafael Duarte Coelho Dos and Mattos, Ariane Frassoni Dos 
                         Santos De and Mello, Carina Barros and Queiroz, Gilberto Ribeiro 
                         De and Vasconcelos, Leandro Guarino De and Vieira, Luis Eduardo 
                         Antunes and Forti, Maria Cristina and Gatto, Rubens Cruz",
         organization = "Semin{\'a}rio de Inicia{\c{c}}{\~a}o Cient{\'{\i}}fica e 
                         Inicia{\c{c}}{\~a}o em Desenvolvimento Tecnol{\'o}gico e 
                         Inova{\c{c}}{\~a}o (SICINPE)",
            publisher = "Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)",
              address = "S{\~a}o Jos{\'e} dos Campos",
                 note = "{Bolsa PIBIC/INPE/CNPq}",
             keywords = "observa{\c{c}}{\~o}es meteorol{\'o}gicas.",
             abstract = "O GTS (em Ingl{\^e}s, Global Telecommunication System) {\'e} o 
                         componente de comunica{\c{c}}{\~a}o e gerenciamento de dados da 
                         WMO (em Ingl{\^e}s, Word Meteorologycal Organization), que 
                         permite aos centros de meteorologia coletar e, tamb{\'e}m, 
                         distribuir dados. Esses dados s{\~a}o organizados em mensagens 
                         meteorol{\'o}gicas e identificados por meio de cabe{\c{c}}alhos. 
                         O Centro de Previs{\~a}o de Tempo e Estudos Clim{\'a}ticos 
                         (CPTEC) adquire um vasto do conjunto de dados por meio do GTS, que 
                         s{\~a}o usados nas execu{\c{c}}{\~o}es de modelos 
                         num{\'e}ricos de previs{\~a}o de tempo, monitoramento e estudos 
                         cient{\'{\i}}ficos. O presente estudo tem por objetivo avaliar a 
                         aquisi{\c{c}}{\~a}o de dados do GTS e analisar a sua qualidade. 
                         Para isso, ser{\~a}o utilizadas t{\'e}cnicas de 
                         estat{\'{\i}}stica descritiva e o Controle Estat{\'{\i}}stico 
                         de Processos (CEP), uma metodologia que permite monitorar as 
                         caracter{\'{\i}}sticas de qualidade de um processo, assegurando 
                         sua manuten{\c{c}}{\~a}o dentro de limites preestabelecidos. 
                         Para este estudo, foram adquiridos nove meses de dados entre 
                         Janeiro e Setembro de 2017, nos formatos: BUFR (em Ingl{\^e}s, 
                         Binary Universal Form for the Representation of Meteorologycal 
                         Data) e TAC (em Ingl{\^e}s, Traditional Alphanumeric Code). Os 
                         scripts para processamento e apresenta{\c{c}}{\~a}o gr{\'a}fica 
                         de diferentes tipos de dados foram desenvolvidos em R, um ambiente 
                         de software livre para computa{\c{c}}{\~a}o 
                         estat{\'{\i}}stica. As estat{\'{\i}}sticas de diferentes tipos 
                         meteorol{\'o}gicos EMA (dados de esta{\c{c}}{\~o}es 
                         meteorol{\'o}gicas autom{\'a}ticas em frequ{\^e}ncia 
                         hor{\'a}ria), SYNOP (dados de esta{\c{c}}{\~o}es 
                         meteorol{\'o}gicas autom{\'a}ticas e convencionais em 
                         frequ{\^e}ncia sin{\'o}tica) e TEMP (dados de altitude 
                         provenientes de bal{\~o}es meteorol{\'o}gicos em frequ{\^e}ncia 
                         sin{\'o}tica) demonstram tend{\^e}ncia de crescimento do 
                         n{\'u}mero de dados adquiridos em formato BUFR. Entretanto, para 
                         o tipo SYNOP em formato TAC h{\'a} um decl{\'{\i}}nio do 
                         n{\'u}mero de mensagens. A partir dos gr{\'a}ficos de controle 
                         do CEP nota-se que um comportamento semelhante entre os diferentes 
                         tipos, isto {\'e}, eles tendem a se manter pr{\'o}ximos da 
                         m{\'e}dia, com pequenas varia{\c{c}}{\~o}es e 
                         pouqu{\'{\i}}ssimas ultrapassagens tanto no limite superior 
                         quanto no limite inferior. Destaca-se, tamb{\'e}m, a 
                         identifica{\c{c}}{\~a}o visual de algumas falhas na 
                         aquisi{\c{c}}{\~a}o dos dados, principalmente, no m{\^e}s de 
                         julho, para os todos tipos em formato BUFR. Essas falhas n{\~a}o 
                         s{\~a}o identificadas para dados no formato TAC. Assim, a partir 
                         deste estudo nota-se que a utiliza{\c{c}}{\~a}o de ferramentas 
                         da metodologia CEP pode ser {\'u}til no contexto de monitoramento 
                         da aquisi{\c{c}}{\~a}o e an{\'a}lise da qualidade de dados 
                         meteorol{\'o}gicos.",
  conference-location = "S{\~a}o Jos{\'e} dos Campos",
      conference-year = "12-13 ago. 2019",
             language = "pt",
         organisation = "Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)",
                  ibi = "8JMKD3MGPDW34R/3U53DTB",
                  url = "http://urlib.net/rep/8JMKD3MGPDW34R/3U53DTB",
           targetfile = "2019 GABRIEL NEVES.pdf",
                 type = "MET",
        urlaccessdate = "19 abr. 2021"
}


Fechar