Fechar
Metadados

@InProceedings{LopesCebaPorf:2019:AnApEs,
               author = "Lopes, Luiz Felipe das Neves and Ceballos, Juan Carlos and 
                         Porf{\'{\i}}rio, Anthony Carlos Silva",
          affiliation = "{Centro Universit{\'a}rio Salesiano de S{\~a}o Paulo (UNISAL)} 
                         and {Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)} and 
                         {Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)}",
                title = "An{\'a}lise e aprimoramento das estimativas de 
                         radia{\c{c}}{\~a}o solar por sat{\'e}lite GL a partir de 
                         imagens GOES-16",
            booktitle = "Anais...",
                 year = "2019",
               editor = "Santos, Rafael Duarte Coelho Dos and Mattos, Ariane Frassoni Dos 
                         Santos De and Mello, Carina Barros and Queiroz, Gilberto Ribeiro 
                         De and Vasconcelos, Leandro Guarino De and Vieira, Luis Eduardo 
                         Antunes and Forti, Maria Cristina and Gatto, Rubens Cruz",
         organization = "Semin{\'a}rio de Inicia{\c{c}}{\~a}o Cient{\'{\i}}fica e 
                         Inicia{\c{c}}{\~a}o em Desenvolvimento Tecnol{\'o}gico e 
                         Inova{\c{c}}{\~a}o (SICINPE)",
            publisher = "Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)",
              address = "S{\~a}o Jos{\'e} dos Campos",
                 note = "{Bolsa PIBIC/INPE/CNPq}",
             keywords = "radia{\c{c}}{\~a}o solar, GOES-16.",
             abstract = "Este trabalho, iniciado em agosto de 2018, tem como objetivo geral 
                         avaliar a qualidade das estimativas de radia{\c{c}}{\~a}o solar 
                         global inferidas pelo modelo GL1.2, operacional no CPTEC/INPE, 
                         utilizando as imagens do novo sat{\'e}lite geoestacion{\'a}rio 
                         GOES-16. O modelo faz uso do canal vis{\'{\i}}vel (VIS) dos 
                         sat{\'e}lites da s{\'e}rie GOES e recentemente foi adaptado as 
                         imagens do canal 2 do sensor ABI/GOES-16, logo, faz-se 
                         necess{\'a}rio entender o desempenho do modelo com essa nova 
                         fonte de dados e, com isso propor aperfei{\c{c}}oamentos ao 
                         algoritmo. Com esse intuito, realizaram-se compara{\c{c}}{\~o}es 
                         entre as estimativas por sat{\'e}lite GL1.2 e as medidas de 
                         superf{\'{\i}}cie obtidas em 6 esta{\c{c}}{\~o}es com 
                         diferentes condi{\c{c}}{\~o}es meteorol{\'o}gicas e ambientais. 
                         Duas bases de dados de superf{\'{\i}}cie foram adotadas: rede 
                         SONDA (Sistema Nacional de Organiza{\c{c}}{\~a}o de Dados 
                         Ambientais do INPE, Cachoeira Paulista e Bras{\'{\i}}lia) e 
                         SolRad-Net (do ingl{\^e}s Solar Radiation Network da NASA, Alta 
                         Floresta, Cuiab{\'a}-Miranda, Ji-Paran{\'a} e Rio Branco). As 
                         an{\'a}lises foram realizadas para o ano de 2018, 
                         per{\'{\i}}odo no qual iniciou-se o uso das imagens ABI/GOES-16 
                         pelo modelo GL1.2. Primeiramente, avaliou-se a 
                         correspond{\^e}ncia entre as estimativas por sat{\'e}lite GL1.2 
                         para diferentes escalas espaciais (1x1 pixel, centrado nas 
                         coordenadas da esta{\c{c}}{\~a}o, e m{\'e}dias considerando 
                         grades de 3x3 e 5x5 pixels) e as medidas de superf{\'{\i}}cie. 
                         Observou-se que os dados GL1.2 de 3x3 e 5x5 pixels s{\~a}o mais 
                         coerentes com os dados de verdade terrestre, mostrando valores 
                         menores de erro e de desvio padr{\~a}o. Em seguida, com o 
                         prop{\'o}sito de avaliar o ciclo diurno de radia{\c{c}}{\~a}o 
                         estimado pelo modelo, selecionaram-se dias de c{\'e}u claro para 
                         todas as esta{\c{c}}{\~o}es, sendo que se identificou que o 
                         m{\^e}s de julho apresentou maior disponibilidade de dias. 
                         Notou-se que o GL1.2 reproduz com boa qualidade o ciclo diurno de 
                         radia{\c{c}}{\~a}o solar global. Por outro lado, os maiores 
                         erros (\≈ 50  20 W m-2) ocorreram sobretudo nos 
                         hor{\'a}rios pr{\'o}ximos ao nascer e p{\^o}r do Sol. Ainda, 
                         procurou-se investigar o desempenho do modelo ao longo do ano. Os 
                         resultados preliminares sugerem que o GL1.2 estima 
                         satisfatoriamente a irradi{\^a}ncia solar {\`a} 
                         superf{\'{\i}}cie na escala di{\'a}ria, com erros geralmente 
                         inferiores a 10 W m-2; entretanto, apresenta superestimativas 
                         consider{\'a}veis (\≈ 20 W m-2) para as 
                         esta{\c{c}}{\~o}es localizadas na regi{\~a}o Amaz{\^o}nica 
                         (Alta Floresta e Ji-Paran{\'a}), devido as 
                         simplifica{\c{c}}{\~o}es adotadas pelo modelo GL1.2 para a 
                         reflet{\^a}ncia de superf{\'{\i}}cie e concentra{\c{c}}{\~a}o 
                         de aeross{\'o}is.",
  conference-location = "S{\~a}o Jos{\'e} dos Campos",
      conference-year = "12-13 ago. 2019",
             language = "pt",
         organisation = "Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)",
                  ibi = "8JMKD3MGPDW34R/3U5UTB2",
                  url = "http://urlib.net/rep/8JMKD3MGPDW34R/3U5UTB2",
           targetfile = "2019 LUIZ FELIPE.pdf",
                 type = "MET",
        urlaccessdate = "11 abr. 2021"
}


Fechar