Fechar
Metadados

@InProceedings{NunesSoarSilv:2019:OtMéSí,
               author = "Nunes, Matheus de Moura and Soares, M{\'a}rcio Steinmetz and 
                         Silva, Adriana Maria da",
          affiliation = "{Universidade de S{\~a}o Paulo (USP)} and {Instituto Nacional de 
                         Pesquisas Espaciais (INPE)} and {Instituto Nacional de Pesquisas 
                         Espaciais (INPE)}",
                title = "Otimiza{\c{c}}{\~a}o de m{\'e}todos de s{\'{\i}}ntese de 
                         grafeno como catalisador para aplica{\c{c}}{\~o}es na {\'a}rea 
                         aeroespacial",
            booktitle = "Anais...",
                 year = "2019",
               editor = "Santos, Rafael Duarte Coelho Dos and Mattos, Ariane Frassoni Dos 
                         Santos De and Mello, Carina Barros and Queiroz, Gilberto Ribeiro 
                         De and Vasconcelos, Leandro Guarino De and Vieira, Luis Eduardo 
                         Antunes and Forti, Maria Cristina and Gatto, Rubens Cruz",
         organization = "Semin{\'a}rio de Inicia{\c{c}}{\~a}o Cient{\'{\i}}fica e 
                         Inicia{\c{c}}{\~a}o em Desenvolvimento Tecnol{\'o}gico e 
                         Inova{\c{c}}{\~a}o (SICINPE)",
            publisher = "Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)",
              address = "S{\~a}o Jos{\'e} dos Campos",
                 note = "{Bolsa PIBIC/INPE/CNPq}",
             keywords = "S{\'{\i}}ntese de grafeno, catalisador.",
             abstract = "O objetivo deste trabalho foi o desenvolvimento de {\'o}xido de 
                         grafeno reduzido (rGO) para aplica{\c{c}}{\~o}es em catalise 
                         heterog{\^e}nea. O rGO foi produzido a partir da 
                         redu{\c{c}}{\~a}o hidrot{\'e}rmica do {\'o}xido de grafeno 
                         (GO), o qual foi preparado de acordo com o m{\'e}todo Hummers 
                         modificado, a partir da oxida{\c{c}}{\~a}o do grafite. As 
                         rea{\c{c}}{\~o}es de s{\'{\i}}ntese hidrot{\'e}rmica foram 
                         realizadas em diferentes temperaturas 120, 140, 160 e 180 °C com o 
                         intuito de avaliar seu efeito sobre a estabilidade t{\'e}rmica e 
                         a {\'a}rea superficial do rGO. A forma{\c{c}}{\~a}o do GO foi 
                         confirmada por Difra{\c{c}}{\~a}o de Raios-X, com pico principal 
                         ao redor de 10 \, indicando a presen{\c{c}}a de grupos 
                         oxigenados na estrutura do material. Os padr{\~o}es de 
                         difra{\c{c}}{\~a}o obtidos para o rGO exibiram um pico principal 
                         na mesma regi{\~a}o do grafite, com m{\'a}ximo em 26 \, 
                         por{\'e}m bastante alargado. Tal comportamento {\'e} 
                         caracter{\'{\i}}stico de uma estrutura mais desorganizada 
                         comparativamente ao grafite e com poucas camadas. Com 
                         rela{\c{c}}{\~a}o {\`a} temperatura de s{\'{\i}}ntese 
                         hidrot{\'e}rmica, observou-se que largura a meia altura do pico 
                         principal de grafeno aumentou com a temperatura de 
                         rea{\c{c}}{\~a}o tendo sido observado tamb{\'e}m um 
                         decr{\'e}scimo na {\'a}rea superficial. Tal comportamento {\'e} 
                         um indicativo de da agrega{\c{c}}{\~a}o de parte de algumas 
                         camadas de grafeno apesar da estrutura ter sido preservada. A 
                         estabilidade t{\'e}rmica dos materiais foi avaliada por meio de 
                         an{\'a}lise termogravim{\'e}trica acoplada a um 
                         espectr{\^o}metro de massas (TGMS), a qual mostrou que o rGO 
                         produzido exibiu estabilidade t{\'e}rmica superior a 500 °C 
                         independentemente da temperatura de rea{\c{c}}{\~a}o. Com todos 
                         esses dados p{\^o}de-se concluir que a rota se mostrou eficiente 
                         em temperaturas relativamente baixas, sendo que a melhor foi a 
                         140ºC, propiciando a forma{\c{c}}{\~a}o de materiais com elevada 
                         estabilidade t{\'e}rmica e alta {\'a}rea superficial, exibindo 
                         caracter{\'{\i}}sticas adequadas para serem utilizados como 
                         suporte catal{\'{\i}}tico.",
  conference-location = "S{\~a}o Jos{\'e} dos Campos",
      conference-year = "12-13 ago. 2019",
             language = "pt",
         organisation = "Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)",
                  ibi = "8JMKD3MGPDW34R/3U5UUAL",
                  url = "http://urlib.net/rep/8JMKD3MGPDW34R/3U5UUAL",
           targetfile = "2019 MATHEUS NUNES.pdf",
                 type = "ETE",
        urlaccessdate = "18 abr. 2021"
}


Fechar