Fechar
Metadados

@InProceedings{Reis:2010:AnDiAn,
               author = "Reis, Thatiana Costa",
          affiliation = "{Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)}",
                title = "An{\'a}lise da din{\^a}mica da antropiza{\c{c}}{\~a}o e da 
                         frequ{\^e}ncia das queimadas nas bacias hidrogr{\'a}ficas da 
                         esta{\c{c}}{\~a}o ecol{\'o}gica Uru{\c{c}}u{\'{\i}}-Una, 
                         Piau{\'{\i}}, Bioma Cerrado, com base em imagens de sensores 
                         orbitais",
            booktitle = "Anais...",
                 year = "2010",
                pages = "14",
         organization = "Semin{\'a}rio de Inicia{\c{c}}{\~a}o Cient{\'{\i}}fica do 
                         INPE (SICINPE).",
            publisher = "INPE",
              address = "S{\~a}o Jos{\'e} dos Campos",
                 note = "{Bolsa PIBIC/INPE/CNPq}",
             abstract = "RESUMO: Este trabalho tem como objetivo estimar e avaliar a 
                         {\'a}rea desmatada e queimada nas bacias hidrogr{\'a}ficas da 
                         Esta{\c{c}}{\~a}o Ecol{\'o}gica Uru{\c{c}}u{\'{\i}}-Una 
                         (ESECUU) com base em imagens CCD/CBERS-2 e TM/Landsat-5 de 2003 a 
                         2008. Esta esta{\c{c}}{\~a}o apresenta 135.000 ha, fica no 
                         estado do Piau{\'{\i}} e apresenta vegeta{\c{c}}{\~a}o 
                         t{\'{\i}}pica do Cerrado. O Cerrado {\'e} visto como uma das 
                         {\'u}ltimas fronteiras agr{\'{\i}}colas do Brasil, apresentando 
                         terras de baixo custo e condi{\c{c}}{\~o}es favor{\'a}veis para 
                         o cultivo intensivo de gr{\~a}os. O fogo {\'e} utilizado para 
                         possibilitar a rebrota da pastagem na esta{\c{c}}{\~a}o seca, 
                         sendo esta a principal raz{\~a}o da exist{\^e}ncia de queimadas 
                         neste bioma (Coutinho, 1990). Foram selecionadas duas imagens para 
                         cada ano estudado, uma do meio da esta{\c{c}}{\~a}o seca e outra 
                         do fim da esta{\c{c}}{\~a}o seca. Para realizar as estimativas, 
                         os mapeamentos realizados em trabalho de projetos de pesquisa 
                         PIBIC anteriores foram revisados e corrigidos manualmente 
                         utilizando-se um Sistema de Informa{\c{c}}{\~o}es 
                         Geogr{\'a}ficas, o SPRING, A an{\'a}lise dos dados evidenciou 
                         que o tamanho das {\'a}reas queimadas variou ao longo dos anos, 
                         entretanto, foi observado um padr{\~a}o no qual a 
                         propor{\c{c}}{\~a}o de {\'a}reas queimadas no final da 
                         esta{\c{c}}{\~a}o seca {\'e} maior do que no meio da 
                         esta{\c{c}}{\~a}o. No meio da esta{\c{c}}{\~a}o a 
                         propor{\c{c}}{\~a}o de {\'a}reas queimadas {\'e} baixa, 
                         mantendo-se praticamente constante ao longo dos anos, por{\'e}m, 
                         o mesmo n{\~a}o foi observado para o final da seca. No ano de 
                         2007, por exemplo, foi queimada uma grande {\'a}rea, 241.273,440 
                         ha, enquanto que em 2006 a {\'a}rea queimada foi de 29.385,090 
                         ha, mostrando haver uma grande flutua{\c{c}}{\~a}o. Com 
                         rela{\c{c}}{\~a}o as {\'a}reas desmatadas, n{\~a}o se observou 
                         grandes varia{\c{c}}{\~o}es entre o meio e o final da 
                         esta{\c{c}}{\~a}o seca e nem ao longo dos anos. Houve um pequeno 
                         aumento de 141.950,070 ha (3,00%) em 2003 para 224.288,370 ha 
                         (4,90%) em 2008, enquanto que na {\'a}rea do parque foi de 
                         11.612,430 ha em 2003 (5,71%) para 15.255,090 ha (7,50%) em 2008. 
                         Foi realizado o cruzamento dos mapas de desmatamento e de queimada 
                         buscando encontrar uma rela{\c{c}}{\~a}o entre as queimadas de 
                         um ano e o desmatamento do mesmo ano, do ano seguinte e ap{\'o}s 
                         dois anos. Por{\'e}m, n{\~a}o foram encontradas 
                         rela{\c{c}}{\~o}es mostrando que a queimada ocorre 
                         indistintamente em {\'a}reas que foram desmatadas recentemente ou 
                         n{\~a}o. De acordo com a lei que rege o funcionamento das 
                         esta{\c{c}}{\~o}es ecol{\'o}gicas, n{\~a}o deveriam existir 
                         desmatamentos ou ocupa{\c{c}}{\~a}o humana nesta Unidade de 
                         Conserva{\c{c}}{\~a}o ou em seu entorno. Essas an{\'a}lises 
                         mostram que a lei n{\~a}o est{\'a} sendo cumprida, n{\~a}o 
                         havendo a preserva{\c{c}}{\~a}o da biota da esta{\c{c}}{\~a}o 
                         ecol{\'o}gica e de seu entorno. Como continuidade desse trabalho 
                         ser{\~a}o utilizadas t{\'e}cnicas de minera{\c{c}}{\~a}o de 
                         dados para classificar e caracterizar os pol{\'{\i}}gonos de 
                         queimada e de desmatamento com rela{\c{c}}{\~a}o ao seu tamanho 
                         e forma, buscando associ{\'a}-los a diferentes processos de 
                         ocupa{\c{c}}{\~a}o.",
  conference-location = "S{\~a}o Jos{\'e} dos Campos",
      conference-year = "13-14 jul. 2010",
           copyholder = "SID/SCD",
             language = "pt",
                  ibi = "8JMKD3MGP7W/38AB57E",
                  url = "http://urlib.net/rep/8JMKD3MGP7W/38AB57E",
           targetfile = "Reis_analise.pdf",
        urlaccessdate = "24 jan. 2021"
}


Fechar