Fechar
Metadados

@InProceedings{BorgesRodrCoel:2016:BuCoOb,
               author = "Borges, Sarah Villanova and Rodrigues, Cl{\'a}udia Vilega and 
                         Coelho, Jaziel G.",
          affiliation = "{Instituto Tecnol{\'o}gico de Aeron{\'a}utica (ITA)} and 
                         {Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)} and {Instituto 
                         Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)}",
                title = "Busca de uma corrobora{\c{c}}{\~a}o observacional para o modelo 
                         de pulsar de an{\~a} branca para os magnetares",
                 year = "2016",
         organization = "Semin{\'a}rio de Inicia{\c{c}}{\~a}o Cient{\'{\i}}fica e 
                         Inicia{\c{c}}{\~a}o em Desenvolvimento Tecnol{\'o}gico e 
                         Inova{\c{c}}{\~a}o (SICINPE)",
            publisher = "Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais",
              address = "S{\~a}o Jos{\'e} dos Campos, SP",
                 note = "{Bolsa PIBIC/INPE/CNPq}",
             abstract = "(SGR) e aos Anomalous X-Ray Pulsars (AXP). Apesar de n{\~a}o 
                         haver consenso, essas fontes astrof{\'{\i}}sicas s{\~a}o 
                         aceitas pela maioria da comunidade cient{\'{\i}}fica como sendo 
                         estrelas de n{\^e}utron em rota{\c{c}}{\~a}o com um gigantesco 
                         campo magn{\'e}tico (da ordem de 1013\−1015 G). No 
                         entanto, devido ao grande campo magn{\'e}tico desses objetos, 
                         inclusive acima do limite cr{\'{\i}}tico imposto pela 
                         mec{\^a}nica qu{\^a}ntica, outras possibilidades s{\~a}o 
                         levantadas para explic{\'a}-los fisicamente, entre elas, o modelo 
                         de an{\~a}s brancas de grande massa. Nesse contexto, o trabalho 
                         de inicia{\c{c}}{\~a}o cient{\'{\i}}fica iniciado em agosto de 
                         2014 focou-se em estudar o modelo de magnetares no contexto de 
                         an{\~a}s brancas e sua validade. No primeiro ano, calculamos o 
                         valor da magnitude aparente esperada para uma an{\~a} branca em 
                         diversas bandas. Tal resultado foi comparado com os valores de as 
                         magnitudes ou limites ou contrapartida j{\'a} encontrados para 
                         alguns objetos. No segundo ano, optamos por fazer um estudo sobre 
                         as propriedades da emiss{\~a}o? das fontes em quest{\~a}o. Foi 
                         feito um estudo sobre magnetares transientes, 
                         caracter{\'{\i}}sticas das emiss{\~o}es das fontes em raio-X 
                         (principalmente 4U 0142+61) e das fontes conhecidas como pulsares 
                         de an{\~a}s. Buscamos compreender as caracter{\'{\i}}sticas das 
                         contrapartidas {\'o}pticas e infravermelhas existentes, em 
                         especial das fontes 4U 0142+61, 1E 1048.1 -5937 e SGR 0501+4516, 
                         que apresentam fra{\c{c}}{\~a}o pulsada medida na banda i. 
                         Supondo que tal variabilidade {\'e} causada por uma regi{\~a}o 
                         de acre{\c{c}}{\~a}o presente na an{\~a} branca, estimamos a 
                         temperatura de tal emiss{\~a}o para uma an{\~a} branca de massa 
                         conhecida. Com o valor de tal temperatura, do valor da 
                         fra{\c{c}}{\~a}o pulsada e da magnitude na banda i, foi 
                         poss{\'{\i}}vel calcular o raio esperado para a regi{\~a}o de 
                         acre{\c{c}}{\~a}o supondo uma emiss{\~a}o de corpo negro. Os 
                         resultados encontrados mostram que o raio de tal regi{\~a}o varia 
                         de 1 a 5 % do valor do raio da fonte, quando essa {\'e} 
                         considerada uma an{\~a} branca. Al{\'e}m disso, calculamos a 
                         temperatura esperada para a an{\~a} branca, supondo que ela 
                         {\'e} respons{\'a}vel pela parte n{\~a}o vari{\'a}vel do 
                         fluxo.",
  conference-location = "S{\~a}o Jos{\'e} dos Campos, SP",
      conference-year = "25-26 jul.",
             language = "pt",
                  ibi = "8JMKD3MGP3W34P/3N5S52B",
                  url = "http://urlib.net/rep/8JMKD3MGP3W34P/3N5S52B",
           targetfile = "Borges_busca.pdf",
        urlaccessdate = "23 nov. 2020"
}


Fechar