Fechar
Metadados

@InProceedings{KawahamaMacaSant:2018:SiDiNă,
               author = "Kawahama, Felipe Hikari and Macau, Elbert Einstein Nehrer and 
                         Santos, Leonardo Bacelar Lima",
          affiliation = "{Universidade Federal de S{\~a}o Paulo (UNIFESP)} and {Instituto 
                         Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)} and {Centro Nacional de 
                         Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN)}",
                title = "Sistema din{\^a}micos n{\~a}o-aut{\^o}nomos e 
                         aplica{\c{c}}{\~o}es ambientais",
                 year = "2018",
         organization = "Semin{\'a}rio de Inicia{\c{c}}{\~a}o Cient{\'{\i}}fica e 
                         Inicia{\c{c}}{\~a}o em Desenvolvimento Tecnol{\'o}gico e 
                         Inova{\c{c}}{\~a}o (SICINPE)",
                 note = "{Bolsa PIBIC/INPE/CNPq}",
             abstract = "Este trabalho, que teve em in{\'{\i}}cio em agosto de 2017, tem 
                         como objetivo modelar um processo de propaga{\c{c}}{\~a}o de 
                         informa{\c{c}}{\~a}o, com um estudo de caso em epidemiologia. A 
                         componente inovadora da an{\'a}lise est{\'a} em considerar 
                         depend{\^e}ncia temporal para os par{\^a}metros, ou seja, um 
                         modelo n{\~a}o-aut{\^o}nomo. Estruturalmente, o modelo {\'e} 
                         composto por um Sistema de Equa{\c{c}}{\~o}es Diferenciais 
                         Ordin{\'a}rias (EDO), que representam a din{\^a}mica 
                         populacional do transmissor da doen{\c{c}}a: o mosquito Aedes 
                         aegypti. Na primeira etapa do projeto foram estudados conceitos 
                         cl{\'a}ssicos de modelagem matem{\'a}tica voltada a processos 
                         epidemiol{\'o}gicos, assim como a teoria b{\'a}sica de sistema 
                         de EDOs, e seu estudo qualitativo: a an{\'a}lise de estabilidade 
                         linear e estrutural (bifurca{\c{c}}{\~o}es). Na segunda etapa do 
                         projeto foram conjecturados dois modelos diferentes para a 
                         din{\^a}mica populacional, em cada um deles a 
                         popula{\c{c}}{\~a}o dos transmissores foi dividida em quatro 
                         compartimentos: a popula{\c{c}}{\~a}o dos ovos, das larvas, das 
                         pupas e dos mosquitos (fase adulta). Esses modelos diferem-se em 
                         rela{\c{c}}{\~a}o a como a popula{\c{c}}{\~a}o atual de cada 
                         compartimento interfere na taxa de varia{\c{c}}{\~a}o dos 
                         outros, ou seja, consideramos tipos de competi{\c{c}}{\~o}es 
                         entre os indiv{\'{\i}}duos de cada compartimento (exceto as 
                         pupas) diferentes para cada modelo. No primeiro modelo, n{\~a}o 
                         consideramos competi{\c{c}}{\~a}o em nenhuma 
                         popula{\c{c}}{\~a}o, que seria o caso trivial, e pela 
                         an{\'a}lise da estabilidade do sistema foi verificado que o ponto 
                         fixo do sistema de fato {\'e} o ponto em que todas as 
                         popula{\c{c}}{\~o}es s{\~a}o nulas, ou seja, o ponto fixo 
                         trivial, e este por sua vez, {\'e} est{\'a}vel (as diferentes 
                         solu{\c{c}}{\~o}es, geradas a partir de diferentes 
                         condi{\c{c}}{\~o}es iniciais para cada popula{\c{c}}{\~a}o 
                         tendem ao ponto trivial em um tempo suficientemente grande). No 
                         segundo modelo, consideramos competi{\c{c}}{\~a}o na 
                         popula{\c{c}}{\~a}o de mosquitos, o que j{\'a} confere ao 
                         sistema uma maior factibilidade. Podemos interpretar essa 
                         competi{\c{c}}{\~a}o como a quantidade de recursos 
                         necess{\'a}rios para o crescimento da popula{\c{c}}{\~a}o na 
                         regi{\~a}o estudada. Neste caso, foram encontrados dois pontos 
                         fixos, um trivial e outro n{\~a}o trivial, e foi verificado que, 
                         dependendo dos par{\^a}metros de entrada (taxa de 
                         oviposi{\c{c}}{\~a}o) e sa{\'{\i}}da (mortalidade dos 
                         mosquitos), temos diferentes comportamentos das 
                         solu{\c{c}}{\~o}es. A an{\'a}lise dos pontos fixos, 
                         bifurca{\c{c}}{\~o}es e simula{\c{c}}{\~o}es com 
                         par{\^a}metros foram realizadas e chegou-se ao resultado 
                         consistente de que se a mortalidade dos mosquitos {\'e} maior que 
                         a taxa de oviposi{\c{c}}{\~a}o, ent{\~a}o a 
                         popula{\c{c}}{\~a}o tende a 0, caso contr{\'a}rio, a 
                         popula{\c{c}}{\~a}o tende ao ponto fixo n{\~a}o trivial, para 
                         um tempo suficientemente grande. Por isso, foi escolhido o segundo 
                         modelo para prosseguir {\`a} pr{\'o}xima etapa do projeto, que 
                         {\'e} incluir par{\^a}metros que variam com o tempo no sistema, 
                         pois de fato, a chuva e a temperatura afetam a din{\^a}mica da 
                         esp{\'e}cie. Simula{\c{c}}{\~o}es do sistema 
                         n{\~a}o-aut{\^o}nomo foram efetuadas pelo software Berkeley 
                         Madonna e encorajam a an{\'a}lise de bifurca{\c{c}}{\~o}es.",
  conference-location = "S{\~a}o Jos{\'e} dos Campos, SP",
      conference-year = "30-31 jul.",
             language = "pt",
           targetfile = "Kawahama_sistemas.pdf",
        urlaccessdate = "29 nov. 2020"
}


Fechar