Fechar
Metadados

@InProceedings{Namikawa:2018:DiAp,
               author = "Namikawa, La{\'e}rcio Massaru",
          affiliation = "{Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)}",
                title = "Utiliza{\c{c}}{\~a}o de imagens de sat{\'e}lite de 
                         sensoriamento remoto para monitoramento de recursos 
                         h{\'{\i}}dricos: disponibilidade e aplica{\c{c}}{\~o}es",
            booktitle = "Anais...",
                 year = "2018",
                pages = "1092",
         organization = "Simp{\'o}sio de Geotecnologias no Pantanal, 7. (GeoPantanal)",
             keywords = "{\'A}reas {\'u}midas, monitoramento de inunda{\c{c}}{\~a}o, 
                         Pantanal.",
             abstract = "Monitoramento de recursos h{\'{\i}}dricos tradicionalmente 
                         depende de dados obtidos in-situ por meio de esta{\c{c}}{\~o}es 
                         de medi{\c{c}}{\~a}o fluviom{\'e}tricas, pluviom{\'e}tricas e 
                         outros, como os po{\c{c}}os para medida de profundidade do 
                         len{\c{c}}ol fre{\'a}tico. As observa{\c{c}}{\~o}es utilizando 
                         imagens de sat{\'e}lite de sensoriamento remoto complementam o 
                         monitoramento provendo dados espacializados para toda a 
                         regi{\~a}o da bacia hidrogr{\'a}fica. Existe o potencial para 
                         combinar os dados in-situ e as imagens de sensoriamento remoto. 
                         Algumas das restri{\c{c}}{\~o}es s{\~a}o relacionadas as 
                         discrep{\^a}ncias nas resolu{\c{c}}{\~o}es das 
                         observa{\c{c}}{\~o}es. A resolu{\c{c}}{\~a}o temporal de uma 
                         observa{\c{c}}{\~a}o in-situ pode ser muito refinada, chegando a 
                         intervalos de segundos. Para as imagens de sat{\'e}lite, existe 
                         um compromisso entre as resolu{\c{c}}{\~o}es espaciais e 
                         temporais, de modo que imagens em resolu{\c{c}}{\~a}o temporal 
                         alta tendem a ter resolu{\c{c}}{\~o}es espaciais baixas. O 
                         objetivo desta palestra {\'e} apresentar os sat{\'e}lites de 
                         observa{\c{c}}{\~a}o da Terra, principalmente os que prov{\^e}m 
                         imagens gratuitamente (s{\'e}ries CBERS, Landsat, Sentinel e 
                         Resourcesat) analisando as quest{\~o}es relativas a suas 
                         resolu{\c{c}}{\~o}es espaciais e temporais. Como uma das 
                         conclus{\~o}es desta apresenta{\c{c}}{\~a}o, pode-se afirmar 
                         que existe uma cobertura de imagens de sat{\'e}lite quase 
                         adequada atualmente para o monitoramento de alguns aspectos 
                         relacionados aos recursos h{\'{\i}}dricos. A 
                         extra{\c{c}}{\~a}o e gerenciamento das informa{\c{c}}{\~o}es 
                         extra{\'{\i}}das de imagens de sensoriamento remoto tamb{\'e}m 
                         ser{\~a}o apresentados, com o foco em extra{\c{c}}{\~a}o de 
                         l{\^a}minas de {\'a}gua e as possibilidades de monitoramento a 
                         partir desta informa{\c{c}}{\~a}o. Para a regi{\~a}o do 
                         Pantanal, devido a din{\^a}mica da inunda{\c{c}}{\~a}o, os 
                         desafios de monitoramento s{\~a}o ainda maiores. Estes desafios 
                         ser{\~a}o tamb{\'e}m abordados na palestra.",
  conference-location = "Jardim, MS",
      conference-year = "20-24 out.",
             language = "pt",
        urlaccessdate = "26 nov. 2020"
}


Fechar