Fechar
Metadados

@InProceedings{BrescianiBoiaFerrHerd:2018:VaEsPr,
               author = "Bresciani, Caroline and Boiaski, N. T. and Ferraz, S. E. T. and 
                         Herdies, Dirceu Luis",
          affiliation = "{Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)} and {Universidade 
                         Federal de Santa Maria (UFSM)} and {Universidade Federal de Santa 
                         Maria (UFSM)} and {Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais 
                         (INPE)}",
                title = "Variabilidade espa{\c{c}}o-temporal da precipita{\c{c}}{\~a}o 
                         no Brasil pelo modelo BESM",
                 year = "2018",
         organization = "Simp{\'o}sio Brasileiro de Geof{\'{\i}}sica Espacial e 
                         Aeronomia, 7. (SBGEA)",
             abstract = "A precipita{\c{c}}{\~a}o {\'e} uma das vari{\'a}veis 
                         meteorol{\'o}gicas mais importantes para a defini{\c{c}}{\~a}o 
                         do clima de cada regi{\~a}o. A distribui{\c{c}}{\~a}o anual, 
                         bem como a quantidade e a dura{\c{c}}{\~a}o das chuvas s{\~a}o 
                         cruciais para definir a disponibilidade h{\'{\i}}drica para 
                         culturas agr{\'{\i}}colas, setor energ{\'e}tico, 
                         ind{\'u}strias, consumo, etc. O Brasil, por ser um pa{\'{\i}}s 
                         com clima muito diversificado, apresenta uma variabilidade da 
                         precipita{\c{c}}{\~a}o muito diferente de uma regi{\~a}o para 
                         outra. Por este motivo, h{\'a} uma grande preocupa{\c{c}}{\~a}o 
                         referente {\`a} representa{\c{c}}{\~a}o da variabilidade da 
                         precipita{\c{c}}{\~a}o pelos modelos clim{\'a}ticos. Na busca 
                         por um modelo que represente adequadamente os diferentes climas do 
                         Brasil, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais juntamente com 
                         demais institui{\c{c}}{\~o}es, desenvolveram o Modelo Brasileiro 
                         do Sistema Terrestre (Brazilian Earth System Model BESM), afim de 
                         auxiliar nos estudos relacionados {\`a}s causas das 
                         mudan{\c{c}}as clim{\'a}ticas com simula{\c{c}}{\~o}es a curto 
                         e longo prazo. A partir disso, este trabalho tem como objetivo 
                         comparar a variabilidade espa{\c{c}}o-temporal da 
                         precipita{\c{c}}{\~a}o em todo o Brasil a partir dos dados do 
                         modelo BESM com os dados observados de precipita{\c{c}}{\~a}o de 
                         Xavier et al. (2015). O per{\'{\i}}odo de dados utilizado neste 
                         estudo vai de 1997 a 2003. Ser{\~a}o calculadas as 
                         diferen{\c{c}}as estatisticamente significativas ao 
                         n{\'{\i}}vel de 95% entre a m{\'e}dia mensal dos dados 
                         observados de precipita{\c{c}}{\~a}o e a m{\'e}dia mensal da 
                         precipita{\c{c}}{\~a}o do BESM, em todo o territ{\'o}rio 
                         brasileiro. O mesmo procedimento ser{\'a} feito para o desvio 
                         padr{\~a}o mensal entre os dois conjuntos de dados.",
  conference-location = "Santa Maria, RS",
      conference-year = "05-09 nov",
             language = "pt",
        urlaccessdate = "25 nov. 2020"
}


Fechar