Fechar
Metadados

@InProceedings{FigueiredoTaWrOtShBa:2018:EsDiIo,
               author = "Figueiredo, Cosme Alexandre Oliveira Barros and Takahashi, Hisao 
                         and Wrasse, Cristiano Max and Otsuka, Yuichi and Shiokawa, Kazuo 
                         and Barros, D.",
          affiliation = "{Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)} and {Instituto 
                         Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)} and {Instituto Nacional de 
                         Pesquisas Espaciais (INPE)} and {Nagoya University} and {Nagoya 
                         University} and {Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais 
                         (INPE)}",
                title = "Estudo dos dist{\'u}rbios ionosf{\'e}ricos propagantes 
                         observados na Cordilheira dos Andes",
                 year = "2018",
         organization = "Simp{\'o}sio Brasileiro de Geof{\'{\i}}sica Espacial e 
                         Aeronomia, 7. (SBGEA)",
             abstract = "Este trabalho reporta o estudo estat{\'{\i}}stico dos 
                         dist{\'u}rbios ionosf{\'e}ricos propagantes (Traveling 
                         Ionospheric Disturbances - TIDs) observados em diferentes 
                         latitudes da cordilheira dos Andes. O per{\'{\i}}odo de 
                         observa{\c{c}}{\~a}o {\'e} de aproximadamente tr{\^e}s anos, 
                         de dezembro de 2012 a fevereiro de 2016. Os TIDs s{\~a}o 
                         observados e analisados a partir de mapas e keogramas de 
                         conte{\'u}do eletr{\^o}nico total perturbado. No total, mais de 
                         1500 TIDs foram observados e estes apresentam 
                         caracter{\'{\i}}sticas distintas de acordo com a latitude. Em 
                         baixas latitudes, -15 a -30, os TIDs s{\~a}o mais frequentes 
                         entre abril e setembro; e o hor{\'a}rio de ocorr{\^e}ncia {\'e} 
                         durante o fim da manh{\~a} (10 hora local (LT)) at{\'e} o 
                         in{\'{\i}}cio da noite (20 LT). Em m{\'e}dias latitudes, -30 a 
                         -45, a ocorr{\^e}ncia dos TIDs diurnos {\'e} entre abril e 
                         novembro, das 10 as 17 LT. Por outro lado, os meses de 
                         ocorr{\^e}ncia dos TIDs noturnos s{\~a}o novembro, dezembro, 
                         janeiro e fevereiro. Este trabalho abordar{\'a}, pela primeira 
                         vez, a ocorr{\^e}ncia latitudinal (m{\'e}dias e baixas 
                         latitudes), temporal (noturnos e diurnos) e sazonal dos TIDs nos 
                         Andes. Al{\'e}m disso, ser{\~a}o comparados os resultados 
                         caracter{\'{\i}}sticos (comprimento de onda horizontal, 
                         per{\'{\i}}odo, velocidade de fase e dire{\c{c}}{\~a}o de 
                         propaga{\c{c}}{\~a}o) dos TIDs observados no presente trabalho 
                         com os resultados caracter{\'{\i}}sticos dos TIDs j{\'a} 
                         publicados na costa Leste da Am{\'e}rica do Sul.",
  conference-location = "Santa Maria, RS",
      conference-year = "05-09 nov",
             language = "pt",
           targetfile = "page-65.pdf",
        urlaccessdate = "24 nov. 2020"
}


Fechar