Fechar
Metadados

@TechReport{LovatoDomiBaro:2019:EsNuEq,
               author = "Lovato, Elias Guilherme C. and Domingues, Margarete Oliveira and 
                         Baroni, Mariana P. M. A.",
                title = "Estudo num{\'e}rico das equa{\c{c}}{\~o}es de 
                         magneto-hidrodin{\^a}mica aplicada {\`a} f{\'{\i}}sica de 
                         plasma espacial",
          institution = "Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais",
                 year = "2019",
                 type = "RPQ",
              address = "S{\~a}o Jos{\'e} dos Campos",
                 note = "{Bolsa PIBIC/INPE/CNPq}",
             keywords = "F{\'{\i}}sica de Plasma. An{\'a}lise Num{\'e}rica. Carmen MHD. 
                         Volumes Finitos. Limitadores.",
             abstract = "Reporta-se o estudo de um modelo para o comportamento de plasmas 
                         utilizando a teoria magneto-hidrodin{\^a}mica. Primariamente, 
                         esse modelo descreve o comportamento de fluidos 
                         compress{\'{\i}}veis e condutores el{\'e}tricos, que pode ser 
                         descrito por um sistema de equa{\c{c}}{\~o}es diferenciais 
                         parciais evolutivas hiperb{\'o}licas da forma: [FORMULA] em que I 
                         {\'e} a matriz identidade 3  3, p a densidade, u a velocidade, p 
                         a press{\~a}o, B o campo magn{\'e}tico e E a energia, definida 
                         como: [EQUA{\C{C}}{\~A}O] Acresce-se a este sistema a 
                         restri{\c{c}}{\~a}o f{\'{\i}}sica de diverg{\^e}ncia nula do 
                         campo magn{\'e}tico, o que nem sempre {\'e} respeitado 
                         numericamente. Adota-se uma vers{\~a}o bidimensional discreta em 
                         volumes finitos desse modelo que mant{\'e}m tal 
                         restri{\c{c}}{\~a}o controlada, desta forma evitando 
                         degeneresc{\^e}ncias das solu{\c{c}}{\~o}es num{\'e}ricas. 
                         Neste estudo, avaliam-se os efeitos de alguns par{\^a}metros 
                         num{\'e}ricos na forma{\c{c}}{\~a}o de instabilidades tipo 
                         Kelvin-Helmholtz (tipo olho-de-gato). De um modo geral, as 
                         instabilidades tipo Kelvin-Helmholtz surgem quando dois fluidos, 
                         cuja densidade e/ou a velocidade sejam diferentes, est{\~a}o em 
                         contato um com o outro gerando uma tens{\~a}o de cisalhamento 
                         sobre as superf{\'{\i}}cies de contato, o que cria assim uma 
                         situa{\c{c}}{\~a}o de desequil{\'{\i}}brio. No caso de 
                         interesse, o campo magn{\'e}tico auxilia no processo de 
                         estabiliza{\c{c}}{\~a}o. Especificamente, realizou-se a 
                         simula{\c{c}}{\~a}o em volumes finitos do fen{\^o}meno 
                         considerado utilizando diversos limitadores de fluxo num{\'e}rico 
                         do tipo Total Variation Diminishing (TVD) proveniente do ambiente 
                         num{\'e}rico CARMEN-MHD, desenvolvido no INPE, e compararam-se os 
                         seus efeitos na simula{\c{c}}{\~a}o. Outro aspecto levado em 
                         conta {\'e} os fluxos num{\'e}ricos em si, em particular, 
                         estudou-se a teoria e implementa{\c{c}}{\~a}o de uma 
                         fam{\'{\i}}lia de fluxos num{\'e}ricos conhecida como HLL, 
                         HLL(E), HLL(EM) e suas aplica{\c{c}}{\~o}es. No modelo HLL uma 
                         aproxima{\c{c}}{\~a}o para o fluxo da interface celular {\'e} 
                         obtido diretamente e tem como ideia central assumir, para a 
                         solu{\c{c}}{\~a}o, uma configura{\c{c}}{\~a}o que consiste em 
                         duas ondas separando tr{\^e}s estados constantes. O modelo HLL de 
                         duas ondas, acrescido da estimativa da velocidade das ondas {\'e} 
                         conhecido como HLL(E), enquanto que o esquema HLL(EM) {\'e} 
                         frequentemente utilizado nos c{\'a}lculos envolvendo estruturas 
                         de ondas mais complexas e camadas limitantes.",
          affiliation = "{Instituto Federal de S{\~a}o Paulo (IFSP)} and {Instituto 
                         Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)} and {Instituto Federal de 
                         S{\~a}o Paulo (IFSP)}",
             language = "pt",
                pages = "72",
                  ibi = "8JMKD3MGP3W34R/3U2N79H",
                  url = "http://urlib.net/rep/8JMKD3MGP3W34R/3U2N79H",
           targetfile = "ELIAS LOVATO.pdf",
        urlaccessdate = "11 abr. 2021"
}


Fechar