Fechar
Metadados

@TechReport{LopesCebaPorf:2019:AnApEs,
               author = "Lopes, Luiz Felipe das Neves and Ceballos, Juan Carlos and 
                         Porf{\'{\i}}rio, Anthony Carlos Silva",
                title = "An{\'a}lise e aprimoramento das estimativas de 
                         radia{\c{c}}{\~a}o solar por sat{\'e}lite GL a partir de 
                         imagens GOES-16",
          institution = "Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais",
                 year = "2019",
                 type = "RPQ",
              address = "S{\~a}o Jos{\'e} dos Campos",
                 note = "{Bolsa PIBIC/INPE/CNPq}",
             keywords = "Sat{\'e}lite GOES-16, modelo GL1.2, radia{\c{c}}{\~a}o solar.",
             abstract = "O modelo GL1.2 tem sido utilizado no CPTEC para gerar campos de 
                         irradi{\^a}ncia solar global sobre a Am{\'e}rica do Sul e 
                         {\'a}reas vizinhas a partir das imagens do canal vis{\'{\i}}vel 
                         (VIS) dos sat{\'e}lites geoestacion{\'a}rios GOES. Recentemente 
                         (in{\'{\i}}cio de 2018), o modelo foi adaptado {\`a}s imagens 
                         do sat{\'e}lite de {\'u}ltima gera{\c{c}}{\~a}o GOES-16. Este 
                         estudo tem como objetivo principal aprofundar o conhecimento sobre 
                         a qualidade das estimativas do modelo GL1.2 aplicado {\`a}s 
                         informa{\c{c}}{\~o}es do GOES-16 (canal 2 do sensor ABI). Duas 
                         redes com registros de dados de radia{\c{c}}{\~a}o solar {\`a} 
                         superf{\'{\i}}cie foram adotadas como refer{\^e}ncia: rede 
                         SONDA (Sistema Nacional de Organiza{\c{c}}{\~a}o de Dados 
                         Ambientais do INPE) e SolRad-Net (Solar Radiation Network da 
                         NASA). Selecionaram-se 6 esta{\c{c}}{\~o}es com dados 
                         dispon{\'{\i}}veis para o ano de 2018 (SONDA: Cachoeira Paulista 
                         e Bras{\'{\i}}lia; SolRad-Net: Alta Floresta, Ji-Paran{\'a}, 
                         Cuiab{\'a}-Miranda e Rio Branco). Avaliou-se a 
                         correspond{\^e}ncia entre as estimativas GL1.2 para diferentes 
                         escalas espaciais (1x1, centrado nas coordenadas da 
                         esta{\c{c}}{\~a}o, e m{\'e}dias considerando grades de 3x3 e 
                         5x5 pixels) e as medidas de superf{\'{\i}}cie. Observou-se que 
                         os estimadores GL1.2 de 3x3 e 5x5 pixels s{\~a}o mais coerentes 
                         com os dados de verdade terrestre para dias de c{\'e}u claro, 
                         mostrando um erro m{\'e}dio de -5,4 W m-2. Nos dias nublados, os 
                         tr{\^e}s estimadores fornecem desempenhos muito similares. Ciclos 
                         diurnos estimados via GL1.2 e medidos foram confrontados e 
                         mostraram que o modelo consegue reproduzir bem dias 
                         predominantemente claros e nublados. Selecionaram-se dias de 
                         c{\'e}u claro para o m{\^e}s de julho, devido apresentar maior 
                         disponibilidade de dados, com o prop{\'o}sito de aprofundar a 
                         an{\'a}lise do ciclo diurno de radia{\c{c}}{\~a}o estimado pelo 
                         GL para condi{\c{c}}{\~o}es simplificadas. Notou-se que o GL1.2 
                         reproduz com boa qualidade o ciclo diurno de radia{\c{c}}{\~a}o 
                         global, com erros inferiores a 20 W m-2 na maioria dos 
                         hor{\'a}rios. Em geral, os maiores erros s{\~a}o observados nos 
                         hor{\'a}rios pr{\'o}ximos ao p{\^o}r do Sol (\≈ 60 W 
                         m-2, na maior parte das esta{\c{c}}{\~o}es). Procurou-se 
                         tamb{\'e}m investigar o desempenho do modelo na estimativa da 
                         irradi{\^a}ncia solar m{\'e}dia di{\'a}ria. Os resultados 
                         revelam que o GL1.2 estima satisfatoriamente a irradi{\^a}ncia 
                         solar di{\'a}ria {\`a} superf{\'{\i}}cie, com desvios 
                         geralmente inferiores a 10 W m-2; entretanto, apresenta 
                         tend{\^e}ncia clara de superestimativa, variando a magnitude dos 
                         desvios de esta{\c{c}}{\~a}o para esta{\c{c}}{\~a}o. Melhor 
                         concord{\^a}ncia em rela{\c{c}}{\~a}o {\`a} verdade terrestre 
                         foi observada para o s{\'{\i}}tio de Cachoeira Paulista (situado 
                         na zona rural de S{\~a}o Paulo), enquanto que a pior foi para o 
                         s{\'{\i}}tio de Alta Floresta (situado na regi{\~a}o 
                         Amaz{\^o}nica), sobretudo nos meses com maior 
                         concentra{\c{c}}{\~a}o de aeross{\'o}is. Espera-se que as novas 
                         vers{\~o}es GL1.4 (melhor descrevendo a informa{\c{c}}{\~a}o de 
                         w2 e Rmin) e GL2.0 (incluindo o efeito dos aeross{\'o}is) 
                         permitam aperfei{\c{c}}oar as estimativas GL, sobretudo na 
                         regi{\~a}o Amaz{\^o}nica.",
          affiliation = "{Centro Universit{\'a}rio Salesiano de S{\~a}o Paulo (UNISAL)} 
                         and {Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)} and 
                         {Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)}",
             language = "pt",
                pages = "29",
                  ibi = "8JMKD3MGP3W34R/3U33QR8",
                  url = "http://urlib.net/rep/8JMKD3MGP3W34R/3U33QR8",
           targetfile = "LUIZ FELIPE LOPES.pdf",
        urlaccessdate = "17 abr. 2021"
}


Fechar