Fechar
Metadados

@TechReport{MirandaOkam:2019:DeSuAl,
               author = "Miranda, Rafaela Santos and Okamoto, Sayuri",
                title = "Desenvolvimento do suporte alumina do catalisador 
                         ir{\'{\i}}dio/alumina nacional para monopropelentes a base de 
                         hidrazina",
          institution = "Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais",
                 year = "2019",
                 type = "RPQ",
              address = "S{\~a}o Jos{\'e} dos Campos",
                 note = "{Bolsa PIBIC/INPE/CNPq}",
             keywords = "alumina, boehmita, gibsita, resist{\^e}ncia t{\'e}rmica, 
                         dopagem.",
             abstract = "A alumina, devido as suas propriedades, tem grande 
                         import{\^a}ncia para a {\'a}rea de cat{\'a}lise no que se 
                         refere a sua aplica{\c{c}}{\~a}o como suporte de um catalisador. 
                         Na {\'a}rea de propuls{\~a}o, a alumina {\'e} utilizada como 
                         suporte do catalisador ir{\'{\i}}dio/alumina para 
                         decomposi{\c{c}}{\~a}o do monopropelente hidrazina (N2H4) nos 
                         procedimentos de corre{\c{c}}{\~a}o da atitude e da altitude do 
                         sat{\'e}lite. Dentre seus hidr{\'o}xidos polimorfos, a gibsita 
                         (Al(OH)3) e a boehmita (AlO(OH)) possuem grande destaque na 
                         {\'a}rea catal{\'{\i}}tica por serem os principais precursores 
                         das aluminas ativadas pelo seu custo de s{\'{\i}}ntese e pelas 
                         propriedades morfol{\'o}gicas e texturais que s{\~a}o conferidas 
                         quando convertidas as aluminas de transi{\c{c}}{\~a}o. O 
                         presente trabalho visa a obten{\c{c}}{\~a}o do suporte alumina 
                         deste catalisador, obtido pela combina{\c{c}}{\~a}o da gibsita 
                         com boehmita a fim de se obter um suporte catal{\'{\i}}tico com 
                         as propriedades de resist{\^e}ncia t{\'e}rmica e porosidade 
                         adequadas para a finalidade proposta. Para isso, primeiramente foi 
                         realizado o estudo para melhoria da resist{\^e}ncia t{\'e}rmica 
                         da boehmita sintetizada pelo m{\'e}todo sol-gel com dopagens 
                         pelos elementos b{\'a}rio, c{\'e}rio e lant{\^a}nio. Os 
                         produtos foram submetidos a medidas de {\'a}rea 
                         espec{\'{\i}}fica e difratometria de raios X em amostras 
                         calcinadas em diferentes temperaturas. Os resultados foram 
                         comparados com os dados da literatura existentes e a partir deles 
                         foi poss{\'{\i}}vel identificar a boehmita com melhor desempenho 
                         para tal utiliza{\c{c}}{\~a}o. Em rela{\c{c}}{\~a}o a gibsita, 
                         foi efetuada a adequa{\c{c}}{\~a}o da s{\'{\i}}ntese com base 
                         na metodologia proposta e foi analisada a influ{\^e}ncia da 
                         velocidade de agita{\c{c}}{\~a}o empregada durante a 
                         s{\'{\i}}ntese na morfologia dos cristais de gibsita obtidos. Os 
                         produtos foram submetidos a microscopia eletr{\^o}nica de 
                         varredura e comparados ao catalisador americano Shell 405.",
          affiliation = "{Universidade de S{\~a}o Paulo (USP)} and {Instituto Nacional de 
                         Pesquisas Espaciais (INPE)}",
             language = "pt",
                pages = "36",
                  ibi = "8JMKD3MGP3W34R/3U3M988",
                  url = "http://urlib.net/rep/8JMKD3MGP3W34R/3U3M988",
           targetfile = "RAFAELA MIRANDA.pdf",
        urlaccessdate = "11 abr. 2021"
}


Fechar