Fechar
Metadados

Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m21c.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP3W34R/42E9MNL
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21c/2020/05.04.15.21
Última Atualização2020:12.15.14.36.40 simone
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21c/2020/05.04.15.21.16
Última Atualização dos Metadados2020:12.15.18.14.44 simone
Chave SecundáriaINPE-18334-TDI/3008
Chave de CitaçãoSchmitz:2020:MeEnTr
TítuloMecanismos envolvidos em transferência de energia em reconexão magnética simétrica e assimétrica via simulações por partículas
Título AlternativoMechanisms involved in energy transfer in symmetric and asymmetric magnetic reconnection via particle simulations
CursoGES-CEA-SESPG-INPE-MCTIC-GOV-BR
Ano2020
Data2020-05-21
Data de Acesso05 mar. 2021
Tipo da TeseTese (Doutorado em Geofísica Espacial/Ciências do Ambiente Solar-Terrestre)
Número de Páginas119
Número de Arquivos1
Tamanho23103 KiB
Área de contextualização
AutorSchmitz, Roberta Gonçalves
BancaDal Lago, Alisson (presidente)
Alves, Maria Virgínia (orientadora)
Souza, Vitor Moura Cardoso e Silva
Batista, Inez Staciarini
Silveira, Marcos Vinicius Dias
Rojas, Flávia Reis Cardoso
Endereço de e-Mailbeta.schmitz@gmail.com
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2020-05-04 15:37:41 :: roberta.schmitz -> pubtc@inpe.br ::
2020-05-27 12:05:29 :: pubtc@inpe.br -> roberta.schmitz ::
2020-07-13 18:17:20 :: roberta.schmitz -> pubtc@inpe.br ::
2020-07-13 19:14:23 :: pubtc@inpe.br -> roberta.schmitz ::
2020-07-13 19:40:07 :: roberta.schmitz -> pubtc@inpe.br ::
2020-10-26 12:40:19 :: pubtc@inpe.br -> simone ::
2020-10-26 12:45:32 :: simone :: -> 2020
2020-10-26 12:48:57 :: simone -> administrator :: 2020
2020-10-26 15:02:51 :: administrator -> simone :: 2020
2020-12-15 18:14:44 :: simone -> :: 2020
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chavereconexão de campo magnético, magnetosfera terrestre, técnica de partícula em célula, plasmas espaciais, magnetic field reconnection, earth magnetosphere, particle in cell technique, space plasmas.
ResumoNesta tese foram tratados alguns cenários possíveis de reconexão magnética na magnetosfera terrestre. A partir dos resultados obtidos usando simulações por partículas com o código iPIC3D, foram analisadas as regiões de difusão dos íons e dos elétrons, a formação de frentes de reconexão e os principais mecanismos de conversão de energia que ocorrem na região de dissipação e nas frentes de reconexão, bem como a taxa de reconexão nos diferentes cenários. O processo de reconexão magnética pode ser classificado em dois tipos: simétrico (RMS) e assimétrico (RMA), dependendo das configurações de campo magnético, densidade, temperatura e velocidade das partículas nos dois regimes de plasma envolvidos. Na magnetosfera terrestre, a RMS ocorre mais frequentemente na região da cauda magnética, onde tanto os campos magnéticos quanto as densidades dos lóbulos norte e sul são da mesma ordem de intensidade. Na magnetopausa o processo mais comum é a RMA, que ocorre frequentemente quando as intensidades de campo magnético e/ou densidade da magnetosfera são significantemente diferentes dos valores da bainha magnética. RMS e RMA possuem assinaturas características e têm sido bastante estudadas através de observações de satélites e de simulações. Por exemplo, em RMS o campo magnético perpendicular ao plano de reconexão magnética, conhecido como campo magnético Hall, apresenta um comportamento quadrupolar devido ao movimento relativo entre os íons e elétrons. Já no caso de RMA o campo magnético Hall possui um aspecto bipolar. Neste trabalho foram apresentados resultados de simulações de RMS e RMA, com ênfase em um caso em particular em que foi encontrado padrão quadrupolar do campo magnético Hall em observações de RMA. Nossas simulações mostraram que as assimetrias presentes não foram suficientes para apresentar assinaturas de RMA neste caso. A análise de conversão de energia para RMS mostra que a energia eletromagnética é em grande parte convertida para íons nas frentes de reconexão, o que não ocorreu no caso RMA, já que a conversão de energia neste caso ficou restrita à região das separatrizes do lado que possui campo magnético mais intenso. ABSTRACT: In this thesis some possible scenarios of magnetic reconnection in the terrestrial magnetosphere were treated. From the results obtained using particle simulations with the iPIC3D code, the ion and electron diffusion regions, the formation of reconnection fronts (RF) and the main energy conversion mechanisms that occur in the dissipation region and in the RFs were analyzed, as the reconnection rate in different scenarios. The magnetic reconnection process can be classified into two types: symmetric (SMR) and asymmetric (AMR), depending on the settings of the magnetic field, density, temperature and velocity of the particles in the two plasma regimes involved. In the terrestrial magnetosphere, SMR occurs more frequently in the magnetotail region, where both the magnetic fields and the densities of the northern and southern lobes are of the same order of intensity. At the magnetopause the most common process is AMR, which occurs quite frequently when the magnitude of magnetic field and/or the density of the magnetosphere are significantly different than in the magnetic sheath. SMR and AMR have characteristic signatures and have been extensively studied through satellite observations and simulations. For example, in SMR the magnetic field perpendicular to the plane of magnetic reconnection, known as the Hall magnetic field, presents a quadrupolar behavior due to the relative movement between ions and electrons. In the case of ARM, the Hall magnetic field has a bipolar aspect. In this thesis, results of SMR and AMR simulations were presented, with emphasis on a particular case in which a quadrupolar pattern of the Hall magnetic field was found in AMR observations. Our simulations showed that the asymmetries we have considered were not enough to present AMR signatures. The energy conversion analysis for SMR shows that the electromagnetic energy is largely converted to ions in the reconnection fronts, which did not occur in the ARM case, since the energy conversion in this case was restricted to the separator region on the side that presents more intense magnetic field.
AreaCEA
ArranjoRepositório da BDMCI > Fonds INPE > Produção > GES > Mecanismos envolvidos em...
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas.pdf 22/10/2020 11:37 412.3 KiB 
originais/aprovacao.pdf 14/12/2020 12:35 67.2 KiB 
originais/INPE_Tese_Roberta_Schmitz.pdf 14/07/2020 10:06 22.2 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 04/05/2020 12:21 1.7 KiB 
autorizacao.pdf 23/10/2020 14:51 149.7 KiB 
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP3W34R/42E9MNL
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP3W34R/42E9MNL
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriospubtc@inpe.br
roberta.schmitz
simone
Visibilidadeshown
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Detentor dos Direitosoriginalauthor yes
Permissão de Leituraallow from all
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhourlib.net/www/2017/11.22.19.04.03
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2PBEE
Acervo Hospedeirourlib.net/www/2017/11.22.19.04
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype copyholder creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format group isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress readergroup resumeid secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype

Fechar