Resultado da Pesquisa
A expressão de busca foi <ref report and not secondaryty TAE and firstg DPI-OBT-INPE-MCTI-GOV-BR and y 2016>.
8 referências encontradas buscando em 15 dentre 15 sites.
Data e hora local de busca: 19/10/2020 13:31.
Tipo da ReferênciaReport
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3M7C69L
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2016/08.02.12.48
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2016/08.02.12.48.36
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Número do RelatórioINPE-17756-RPQ/920
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoAffonsoEASSTCDCS:2016:InMoSe
Autor 1 Affonso, Adriana Gomes
 2 Escada, Maria Isabel Sobral
 3 Amaral, Silvana
 4 Souza, Anielli Rosane de
 5 Siqueira, Juliana Mota de
 6 Torres, Natália Canniza
 7 Camilotti, Vagner Luiz
 8 Dal'Asta, Ana Paula
 9 Costa, Lidiane Cristina Oliveira
10 Soares, Fernanda da Rocha
Identificador de Curriculo 1
 2 8JMKD3MGP5W/3C9JHRG
 3 8JMKD3MGP5W/3C9JJ8Q
Grupo 1
 2 DPI-OBT-INPE-MCTI-GOV-BR
 3 DPI-OBT-INPE-MCTI-GOV-BR
 4 SER-SRE-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
 5 SER-SRE-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
 6
 7 CST-CST-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
 8 SER-SRE-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
 9 SER-SRE-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação 1 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
 2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
 3 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
 4 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
 5 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
 6
 7 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
 8 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
 9 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
10 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Endereço de e-Mail do Autor 1 affonso@dsr.inpe.br
 2 isabel.escada@inpe.br
 3 silvana.amaral@inpe.br
 4
 5
 6
 7
 8 ana.dalasta@inpe.br
 9 lidiane.costa@inpe.br
TítuloAs comunidades ribeirinhas do Baixo Tapajós (PA): infraestrutura, mobilidade, serviços sócio ambientais e conectividade
Ano2016
InstituçãoInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais
CidadeSão José dos Campos
Palavras-Chavecomunidades ribeirinhas, Amazônia, Rio Tapajós, estrutura sócio-ambiental, riverine communities, Amazon, Tapajós River, social-environmental structure.
ResumoEste relatório descreve as atividades da expedição de campo realizada no Baixo Tapajós, no período de 08 a 19 de junho de 2015, e apresenta sumariamente os principais resultados sobre o levantamento realizado em 27 comunidades ribeirinhas, durante esse período. Das 27 comunidades visitadas, 21 delas foram amostradas em outra expedição de campo realizada na mesma região em 2009. O levantamento de campo, relatado neste documento, teve por objetivo caracterizar a realidade socioeconômica e ambiental das comunidades, através de entrevistas com informantes-chave, baseadas em questionários semiestruturados, referentes ao: 1) Histórico e características da população; 2) Infraestrutura; 3) Serviços e equipamentos de saúde; 4) Serviços e equipamentos de e educação; 5) Uso da terra; 6) abastecimento e; 7) Uso de produtos extrativistas de origem animal e vegetal. Os resultados mostraram que as comunidades visitadas apresentam diferenças e semelhanças socioeconômicas e ambientais relacionadas com o histórico de ocupação e ao contexto socioeconômico atual. A relação de dependência entre as comunidades com outros núcleos populacionais e cidades está fortemente relacionada com a presença de serviços de saúde e educação, emprego e com os núcleos familiares. O levantamento possibilitou ampliar o conjunto de comunidades visitadas e incluir novos temas nos questionários aplicados, não contemplados em outras campanhas de campo no Baixo Tapajós. Com os resultados obtidos espera-se realizar análises mais aprofundadas observando a evolução temporal das comunidades revisitadas entre 2009 e 2015. ABSTRACT: This report describes the activities and preliminary results of the field expedition carried out from June 8 to 9, 2015 on 27 riverine communities of Lower Tapajós River. Twenty-one communities were already visited in 2009 field expedition. The main objective of this field survey was to characterize the socio-economic and environmental reality of these communities. To reach this, interviews with key informants were applied based on semi-structured questionnaires relating to: 1) History and population characteristics; 2) Infrastructure; 3) Health (equipment and services); 4) Education (equipment and services); 5) Land use; 6) supply; 7) Use of extractive products of animal and plant origin. The results showed that these communities have socioeconomic and environmental differences and similarities related to occupation history and the current socioeconomic context. The dependency relationship between communities and other sites is strongly related to the presence of health, education, employment and family. Thus, this survey allowed the sampling increase and the incorporation of new themes that was not previously contemplated for the Lower Tapajós, which will allow further analysis and the possibility of observing the evolution of the studied communities. Therefore, it is expected further analysis incorporating the temporal evolution of the revisited communities between 2009 and 2015.
Número de Páginas150
Idiomapt
TipoRPQ
AreaSRE
Tamanho8877 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Última Atualização2016:09.08.13.28.53 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 marcelo.pazos@inpe.br
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.41.01 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator {D 2016}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Espelhourlib.net/www/2011/03.29.20.55
Endereço de e-Mailaffonso@dsr.inpe.br
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriosaffonso@dsr.inpe.br
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
affonso@dsr.inpe.br
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda
yolanda.souza@mcti.gov.br
Detentor da CópiaSID/SCD
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Estágio do Documentonot transferred
Repositório de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Permissão de Leituraallow from all
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3EQCCU5
8JMKD3MGPCW/3F3NU5S
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas.pdf 06/09/2016 13:57 161.0 KiB 
originais/RPQ_Campo_Tapajos_2015_FINAL.docx 05/09/2016 14:54 26.0 MiB
originais/RPQ_Campo_Tapajos_2015_FINAL.pdf 06/09/2016 13:09 8.7 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 06/09/2016 14:38 620.5 KiB 
Histórico2016-08-30 19:41:22 :: affonso@dsr.inpe.br -> administrator ::
2016-09-06 16:42:21 :: administrator -> yolanda ::
2016-09-06 16:42:38 :: yolanda -> yolanda.souza@mcti.gov.br ::
2016-09-06 17:48:06 :: yolanda.souza@mcti.gov.br -> marcelo.pazos@inpe.br ::
2016-09-08 13:28:53 :: marcelo.pazos@inpe.br :: -> 2016
2016-09-08 13:42:21 :: marcelo.pazos@inpe.br -> administrator :: 2016
2020-10-01 08:27:16 :: administrator -> simone :: 2016
Campos Vaziosarchivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory date descriptionlevel dissemination doi edition format isbn issn label lineage mark nextedition notes orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project rightsholder secondarydate secondarykey secondarymark secondarytype session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype translator url versiontype
Data de Acesso19 out. 2020
atualizar 
similares 
Tipo da ReferênciaReport
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3M7SBQ8
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2016/08.05.18.28
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2016/08.05.18.28.58
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Número do RelatórioINPE-17754-RPQ/919
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoBanon:2016:PeApMe
AutorBanon, Lise Christine
GrupoDPI-OBT-INPE-MCTI-GOV-BR
AfiliaçãoInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Endereço de e-Mail do Autorlise@dpi.inpe.br
TítuloEstudos de mecanismos de interoperabilidade entre bancos de dados com tecnologias distintas - Fase 2: Pesquisa e aplicação de medidas de similaridade
Ano2016
InstituçãoInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais
CidadeSão José dos Campos
Palavras-Chavelattes, produção científica, tecnologia da informação.
ResumoO INPE possui um sistema de indexação bibliográfica denominado URLib, que gerencia a avaliação, busca e análise da produção bibliográfica do Instituto. O desenvolvimento do sistema de importação de dados bibliográficos da Plataforma Lattes para a Plataforma URLib enfrenta uma série de problemas, que exigem grande retrabalho de conferência para cada referência bibliográfica devido às limitações da Plataforma Lattes para o processo de importação. A finalidade desta pesquisa que se configura como um avanço em relação à anterior - é estudar soluções para o problema de identificação dos dados bibliográficos que não possuem identificadores persistentes. Mais precisamente, o objetivo é estudar medidas de similaridades entre dados bibliográficos, e conseqüentemente, regras de decisão (NEVEU, 1970) para reconhecer se dois dados bibliográficos são ou não referentes à mesma obra.
Número de Páginas30
NotasRelatório final de atividades do Programa de Capacitação Institucional (PCI).
Idiomapt
TipoRPQ
AreaSRE
Tamanho1346 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Última Atualização2017:05.11.18.45.19 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 simone
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.41.01 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator {D 2016}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Espelhourlib.net/www/2011/03.29.20.55
Endereço de e-Maillise@dpi.inpe.br
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuárioslise@dpi.inpe.br marcelo.pazos@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator marcelo.pazos@inpe.br yolanda yolanda.souza@mcti.gov.br
Detentor da CópiaSID/SCD
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Estágio do Documentonot transferred
Repositório de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Permissão de Leituraallow from all
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3EQCCU5
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas-8.pdf 02/09/2016 11:03 158.7 KiB 
originais/relatorio_final_LISE_BANON_2010.pdf 02/09/2016 10:46 1.1 MiB
publicacao.pdf 11/05/2017 15:48 1.3 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 02/09/2016 11:19 600.5 KiB 
LISTA PRODUCAOCIENTIFICA LISE CHRISTINE BANON.pdf 11/05/2017 15:45 11.0 KiB 
Histórico2016-08-05 18:28:58 :: lise@dpi.inpe.br -> administrator ::
2016-09-02 13:41:37 :: administrator -> yolanda ::
2016-09-02 14:11:46 :: yolanda -> yolanda.souza@mcti.gov.br ::
2016-09-02 16:48:40 :: yolanda.souza@mcti.gov.br -> marcelo.pazos@inpe.br ::
2016-09-02 17:36:00 :: marcelo.pazos@inpe.br :: -> 2016
2016-09-02 17:37:10 :: marcelo.pazos@inpe.br -> administrator :: 2016
2017-01-09 13:59:29 :: administrator -> simone :: 2016
2017-05-11 18:48:03 :: simone -> administrator :: 2016
2018-06-04 02:41:01 :: administrator -> simone :: 2016
Campos Vaziosarchivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory date descriptionlevel dissemination doi edition format isbn issn label lineage mark nextedition orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project resumeid rightsholder secondarydate secondarykey secondarymark secondarytype session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype translator url versiontype
Data de Acesso19 out. 2020
atualizar 
similares 
Tipo da ReferênciaReport
Identificador8JMKD3MGP3W34R/42PMN55
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21c/2020/07.01.17.38
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21c/2020/07.01.17.38.01
Sitemtc-m21c.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoChagasQueiArak:2016:AnCoAl
Autor1 Chagas, João Vitor
2 Queiroz, Gilberto Ribeiro de
3 Arakaki, Reinaldo Gen Ichiro
Identificador de Curriculo1
2 8JMKD3MGP5W/3C9JHBC
Grupo1
2 DPI-OBT-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1 Faculdade Tecnológica (FATEC)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
3 Faculdade Tecnológica (FATEC)
Endereço de e-Mail do Autor1 joao.vitor.inpe@gmail.com
2 gilberto.queiroz@inpe.br
TítuloAnálise comparativa de algoritmos para computação de pontos de intersecção entre conjuntos de segmentos de reta em máquinas multi-core
Ano2016
InstituçãoInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais
CidadeSão José dos Campos
Palavras-ChaveSIG. Algoritmo Intersecção.
ResumoA computação dos pontos de intersecção entre conjuntos de segmentos de reta é considerado um dos problemas mais relevantes para um Sistema de Informação Geográfica (SIG), sendo a base para a construção de diversas operações encontradas neste tipo de sistema. A computação de tais pontos envolve um grande consumo de processamento, principalmente, para grandes entradas de dados. Tanto na literatura de Geometria Computacional quanto na de Geoinformática, encontramos diversos algoritmos para solução deste problema. No entanto, esses algoritmos possuem diferentes compromissos de desempenho versus complexidade de implementação, propiciando um substancial desafio para desenvolvedores e projetistas de SIGs, no que diz respeito à escolha, refinamento e implementação desses algoritmos. Além disso, grande parte dos algoritmos foram desenvolvidos em uma época em que não existia as atuais arquiteturas de processadores multi-core e, consequentemente, foram projetados de forma sequencial ou de difícil paralelização. Neste trabalho, examinamos um conjunto de algoritmos de intersecção entre conjuntos de segmentos de reta força-bruta, x-ordering, fixed-grid e tiling-scheme, e como adaptá-los para ambientes paralelos, utilizando o modelo de programação multithread. Nossas análises foram realizadas com base em testes empíricos realizados com a implementação em C++ de versões sequenciais dos algoritmos e posterior paralelização, utilizando dados geográficos reais acessados através da biblioteca TerraLib. Os resultados obtidos mostram que os algoritmos sequenciais são bem competitivos quando comparados com a solução trivial do problema. Além disso, mostram um ganho significativo em se paralelizar partes das instruções desses algoritmos.
Número de Páginas67
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Idiomapt
TipoRPQ
DivulgaçãoBNDEPOSITOLEGAL
AreaSRE
Tamanho1527 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo AlvoChagas_analise.pdf
Última Atualização2020:07.01.17.38.00 urlib.net/www/2017/11.22.19.04 simone
Última Atualização dos Metadados2020:07.01.17.38.01 urlib.net/www/2017/11.22.19.04 simone {D 2016}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Espelhourlib.net/www/2017/11.22.19.04.03
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriossimone
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirourlib.net/www/2017/11.22.19.04
Estágio do Documentonot transferred
Permissão de Leituraallow from all
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 01/07/2020 14:38 1.7 KiB 
Campos Vaziosarchivingpolicy archivist callnumber contenttype copyholder copyright creatorhistory date descriptionlevel doi e-mailaddress edition format isbn issn label lineage mark nextedition nexthigherunit orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project readergroup reportnumber rightsholder secondarydate secondarykey secondarymark secondarytype session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype translator url versiontype
Data de Acesso19 out. 2020
atualizar 
similares 
Tipo da ReferênciaReport
Identificador8JMKD3MGP3W34R/42PMMTL
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21c/2020/07.01.17.36
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21c/2020/07.01.17.36.12
Sitemtc-m21c.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoConceiçãoAmar:2016:DiPoPa
Autor1 Conceição, Mariana Cavalcanti da
2 Amaral, Silvana
Identificador de Curriculo1
2 8JMKD3MGP5W/3C9JJ8Q
Grupo1
2 DPI-OBT-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1 Universidade de Taubaté (UNITAU)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Endereço de e-Mail do Autor1 mariana.cdac@gmail.com
2 silvana@dpi.inpe.br
TítuloDistribuição potencial de palmeiras (Arecaceae) no estado de São Paulo em cenários de aquecimento global
Ano2016
InstituçãoInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais
CidadeSão José dos Campos
Palavras-Chavepalmeiras, Arecaceae, registro de ocorrência de espécies, modelagem de distribuição potencial, mudanças climáticas.
ResumoAs palmeiras são plantas de ampla distribuição nas regiões tropicais do planeta e importantes espécies-chave para a manutenção dos ecossistemas onde estão inseridas, e servem como ferramentas para entender os impactos das mudanças climáticas nessas regiões. Esse trabalho tem por objetivo elaborar modelos de distribuição potencial atual de palmeiras nativas do Estado de São Paulo para que se possa projetá-los em cenários de mudanças climáticas globais. Primeiramente, foi elaborado um banco de dados geográficos contendo pontos de ocorrência das palmeiras nativas do Estado, através da plataforma speciesLink, selecionando-se apenas os registros com coordenadas geográficas dos pontos de coleta e pontos de ocorrência oriundos de publicações. As lacunas de observação foram preenchidas a partir de duas expedições de campo nas regiões Nordeste (maio de 2015) e Noroeste (dezembro de 2015) do Estado para complementar o banco de dados. Com o banco de dados formado, realizou-se o processo de seleção das variáveis ambientais relevantes para criar os modelos de distribuição atual das espécies que apresentaram no mínimo dez pontos de ocorrência com coordenadas geográficas viáveis. Com as variáveis mais relevantes, foram elaborados os modelos considerando-se 500 interações, e projetando a distribuição para o Estado de São Paulo com o algoritmo Maxent 3.3.3k. Apenas 18 espécies foram consideradas para a criação do modelo, por apresentarem o mínimo de pontos de ocorrência estipulado. A única exceção, a espécie Lytocaryum hoehnei (Burret) Toledo, com apenas oito pontos de ocorrência, foi submetida à modelagem por ser espécie endêmica do Estado. Pela plataforma speciesLink, obteve-se 140 pontos de ocorrência com coordenadas geográficas, 256 pontos a partir de publicações e 289 das expedições a campo.Os resultados foram avaliados junto à especialista de palmeiras, e a maioria dos modelos apresentou resultados coerentes com a distribuição conhecida das espécies, sendo que muitas delas tiveram suas áreas de distribuição melhor representadas pelas expedições de campo. A próxima etapa do trabalho deverá adquirir as variáveis de clima simuladas e substituí-las nos modelos atuais das espécies, para gerar modelos de distribuição das palmeiras em cenários preditivos de mudanças climáticas.
Número de Páginas28
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Idiomapt
TipoRPQ
DivulgaçãoBNDEPOSITOLEGAL
AreaSRE
Tamanho2699 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo AlvoConceicao_distribuicao.pdf
Última Atualização2020:07.01.17.36.12 urlib.net/www/2017/11.22.19.04 simone
Última Atualização dos Metadados2020:07.01.17.36.12 urlib.net/www/2017/11.22.19.04 simone {D 2016}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Espelhourlib.net/www/2017/11.22.19.04.03
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriossimone
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirourlib.net/www/2017/11.22.19.04
Estágio do Documentonot transferred
Permissão de Leituraallow from all
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 01/07/2020 14:36 1.7 KiB 
Campos Vaziosarchivingpolicy archivist callnumber contenttype copyholder copyright creatorhistory date descriptionlevel doi e-mailaddress edition format isbn issn label lineage mark nextedition nexthigherunit orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project readergroup reportnumber rightsholder secondarydate secondarykey secondarymark secondarytype session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype translator url versiontype
Data de Acesso19 out. 2020
atualizar 
similares 
Tipo da ReferênciaReport
Identificador8JMKD3MGP3W34R/42PHNRH
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21c/2020/06.30.19.55
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21c/2020/06.30.19.55.22
Sitemtc-m21c.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoLuzKampNoem:2016:SeReHi
Autor1 Luz, Ligia Ferreira Granja da
2 Kampel, Milton
3 Noemberg, Maurício
Identificador de Curriculo1
2 8JMKD3MGP5W/3C9JHTG
Grupo1
2 DPI-OBT-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1 Universidade Federal do Paraná (UFPR)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Endereço de e-Mail do Autor1 ligialuz@ufpr.br
2 milton.kampel@inpe.br
TítuloSensoriamento remoto hiperespectral da qualidade da água da baía de Paranaguá, Paraná, Brasil
Ano2016
InstituçãoInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais
CidadeSão José dos Campos
Palavras-Chavesensoriamento remoto, qualidade da água, Baía de Paranaguá.
ResumoOs constituintes bio-ópticos dos oceanos são indicadores de propriedades biogeoquímicas e sua compreensão nos permite o monitoramento através de sensores de cor da água, terrestres e espaciais. As águas de regiões costeiras são mais complexas que de regiões oceânicas, pois variam em função de diversos componentes opticamente ativos (COAs), como a matéria orgânica dissolvida colorida (CDOM), os detritos e o fitoplâncton, além de possuírem características únicas e variáveis no espaço e no tempo. Nas regiões costeiras diversas atividades econômicas coexistem com uma área de grande biodiversidade, como acontece no Complexo Estuarino de Paranaguá (CEP). Estudar e monitorar os impactos antrópicos nessa região é de fundamental interesse, tanto econômico como ecológico. Para entender como esses constituintes atuam e assim poder monitorar de forma mais eficaz a região, testamos nesse estudo o ajuste regional de algoritmos globais de cor do oceano. Para isso realizamos campanhas de coletas de dados In Situ concomitantemente com a passagem do sensor VIIRS. Em cada estação amostral foram adquiridos perfis de temperatura, salinidade, turbidez e clorofilaa. Amostras de água foram coletadas para determinação de material particulado em suspensão (MPS), coeficiente de absorção do CDOM e coeficiente de absorção da clorofila pelo método de espectrometria de massa em HPLC. Dados radiométricos acima-da-água foram coletados com FieldSpec. A correlação entre MPS e salinidade foi significativa com r2 de 0.88. Os pontos com as maiores concentrações de clorofila foram os mais internos, nos quais encontramos também as maiores concentrações de fitoplâncton, com aproximadamente 68 células/ml. Nos pontos mais externos, na desembocadura sul da baia de Paranaguá, esse valor caiu para 11 células/ml. O coeficiente de radiância da água apresentou uma correlação significativa com o índice de turbidez, com um r2 de 0.94. Esses resultados nos permitiram entender melhor a dinâmica espacial e temporal dos parâmetros ópticos da baía de Paranaguá, dando subsídio para novos estudos.
Número de Páginas23
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Idiomapt
TipoRPQ
DivulgaçãoBNDEPOSITOLEGAL
AreaSRE
Tamanho2138 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo AlvoLuz_sensoriamento.pdf
Última Atualização2020:06.30.19.55.22 urlib.net/www/2017/11.22.19.04 simone
Última Atualização dos Metadados2020:06.30.19.55.22 urlib.net/www/2017/11.22.19.04 simone {D 2016}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Espelhourlib.net/www/2017/11.22.19.04.03
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriossimone
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirourlib.net/www/2017/11.22.19.04
Estágio do Documentonot transferred
Permissão de Leituraallow from all
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 30/06/2020 16:55 1.7 KiB 
Campos Vaziosarchivingpolicy archivist callnumber contenttype copyholder copyright creatorhistory date descriptionlevel doi e-mailaddress edition format isbn issn label lineage mark nextedition nexthigherunit orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project readergroup reportnumber rightsholder secondarydate secondarykey secondarymark secondarytype session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype translator url versiontype
Data de Acesso19 out. 2020
atualizar 
similares 
Tipo da ReferênciaReport
Identificador8JMKD3MGP3W34R/42PC4RE
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21c/2020/06.29.12.56
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21c/2020/06.29.12.56.28
Sitemtc-m21c.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoPaulaOrtiRosiNami:2016:DeAnÁr
Autor1 Paula, Danielle Silva de
2 Ortiz, Jussara de Oliveira
3 Rosim, Sérgio
4 Namikawa, Laércio Massaru
Identificador de Curriculo1
2 8JMKD3MGP5W/3C9JHKL
3 8JMKD3MGP5W/3C9JJ8E
4 8JMKD3MGP5W/3C9JHL5
Grupo1
2 DPI-OBT-INPE-MCTI-GOV-BR
3 DPI-OBT-INPE-MCTI-GOV-BR
4 DPI-OBT-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1 Universidade de Taubaté (UNITAU)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
3 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
4 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Endereço de e-Mail do Autor1 danielle.paula@inpe.br
2 jussara@dpi.inpe.br
3 sergio@dpi.inpe.br
4 laercio.namikawa@inpe.br
TítuloDeterminação e análise de áreas de proteção permanente para rios de médio e grande porte utilizando imagens rapideye, segungo novo código florestal brasileiro
Ano2016
InstituçãoInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais
CidadeSão José dos Campos
Palavras-ChaveÁrea de Proteção Permanente, Novo Código Florestal Brasileiro.
ResumoEste trabalho, iniciado em março de 2016, apresenta resultados preliminares da pesquisa de iniciação científica que tem como principal objetivo o desenvolvimento de uma metodologia para avaliação das Áreas de Proteção Permanente (APP) de rios de médio e grande porte, seguindo as normas do atual código florestal brasileiro (lei nº 12.651/ 12, Art. 3 Parágrafo II). A proposta deste trabalho é a classificação de rios de médio e grande porte seguido à delimitação da APP em cada margem do rio finalizando com a classificação e avaliação do uso do solo nestas APPs. O objeto de análise é uma área da cidade de São José dos Campos localizada na bacia hidrográfica do Rio Paraíba do Sul, caracterizado como de grande influência no abastecimento hídrico e na economia dos Estados pelos quais ele percorre. A área de estudo foi em parceria com o Instituto Chico Mendes (ICMBio) e atendendo interesses de pesquisas do INPE. Para a delimitação do rio e identificação do uso e cobertura do solo dentro da APP, imagens do satélite RapidEye disponibilizadas pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) foram selecionadas e serão classificadas automaticamente por aplicativos desenvolvidos na Divisão de Processamento de Imagens , DPI/INPE. A base de drenagem da área de estudo, para validação da metodologia, também será gerada automaticamente. No atual estágio do trabalho já foi realizado o levantamento bibliográfico sobre as APPs e código florestal brasileiro, sobre a criação do banco de dados no sistema de informações geográficas, SIG, SPRING, juntamente com a teoria de geoprocessamento. Foi realizado estudo orientado, como aluna ouvinte, na disciplina de Introdução ao Sensoriamento Remoto do curso de Mestrado do INPE, juntamente com o estudo de técnicas de processamento digital de imagens e fundamentos de geoprocessamento. Estes estudos devem embasar as análises dos resultados e possibilitar a avaliação do uso adequado ou não do solo dentro das APPs. Espera-se contribuir com a definição da metodologia e possibilitar a indicação, quando necessária, de intervenções, por parte dos órgãos competentes a fim de preservar as APPs e os recursos hídric.
Número de Páginas20
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Idiomapt
TipoRPQ
DivulgaçãoBNDEPOSITOLEGAL
AreaSRE
Tamanho4004 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo AlvoPaula_determinacao.pdf
Última Atualização2020:06.29.12.56.28 urlib.net/www/2017/11.22.19.04 simone
Última Atualização dos Metadados2020:06.29.12.56.28 urlib.net/www/2017/11.22.19.04 simone {D 2016}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Espelhourlib.net/www/2017/11.22.19.04.03
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriossimone
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirourlib.net/www/2017/11.22.19.04
Estágio do Documentonot transferred
Permissão de Leituraallow from all
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 29/06/2020 09:56 1.7 KiB 
Campos Vaziosarchivingpolicy archivist callnumber contenttype copyholder copyright creatorhistory date descriptionlevel doi e-mailaddress edition format isbn issn label lineage mark nextedition nexthigherunit orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project readergroup reportnumber rightsholder secondarydate secondarykey secondarymark secondarytype session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype translator url versiontype
Data de Acesso19 out. 2020
atualizar 
similares 
Tipo da ReferênciaReport
Identificador8JMKD3MGP3W34R/42PBUD5
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21c/2020/06.29.12.14
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21c/2020/06.29.12.14.38
Sitemtc-m21c.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoSantosLopeBass:2016:AcApDi
Autor1 Santos, Junio Luiz Sendreto dos
2 Lopes, Eymar Silva Sampaio
3 Basseto Júnior, Edzon Eduardo
Identificador de Curriculo1
2 8JMKD3MGP5W/3C9JH3B
Grupo1
2 DPI-OBT-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1 Faculdade Tecnológica (FATEC)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
3 Faculdade Tecnológica (FATEC)
Endereço de e-Mail do Autor1 junio.sendreto@hotmail.com
2 eymar@dpi.inpe.br
TítuloAcoplamento de aplicativo em dispositivos móveis para vistoria de campo com sistemas de monitoramento e alerta a desastres naturais
Ano2016
InstituçãoInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais
CidadeSão José dos Campos
Palavras-ChaveDeslizamento. Dispositivos móveis. Defesa Civil. Android.
ResumoA Defesa Civil foi criada no Brasil após acontecimentos que geraram grandes estragos, como fortes chuvas que ocorreram em Caraguatatuba (1967), onde muitas vidas foram perdidas pela falta de órgãos públicos e composição com comunidades, que trabalhassem de forma mais rápida. Com todos esses acontecimentos foi visto a necessidade de ter preparação, para que seja feita a prevenção contra esses acontecimentos emergências. Os deslizamentos de terra estão entre os desastres naturais que se tornou foco da Defesa Civil por ser o fenômeno responsável pelo maior número de óbitos no Brasil. Os deslizamentos envolvem solo, rocha e/ou vegetação ao longo da vertente sob a ação direta da gravidade, onde a água da chuva é o agente deflagrador. O Instituto Geológico juntamente com o Instituto de Pesquisas Tecnológica elaborou estudos e assim criado o Plano Preventivo da Defesa Civil que se baseia em três parâmetros Índice Pluviométricos, Previsão Meteorológica e Vistorias em Campo. Atualmente essas vistorias realizadas em campo são feitas manualmente em formulário de papel. O objetivo desse trabalho é criar uma aplicação para dispositivos móveis, que controlará o fluxo de trabalho da Defesa Civil em suas vistorias, a fim de evitar ou mitigar deslizamentos de terra envolvendo pessoas e principalmente agilizar a tomada de decisão no caso da retirada de pessoas de áreas de risco, logo acabando com as vistorias feitas através de formulários em papel. Com essa aplicação o controle de dados ficará mais consistente, pois o fluxo de vistoria será armazenado em um banco de dados local no dispositivo móvel, onde o usuário terá uma conta e ao acessa-la poderá realizar vistorias.
Número de Páginas48
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Idiomapt
TipoRPQ
DivulgaçãoBNDEPOSITOLEGAL
AreaSRE
Tamanho1271 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo AlvoSantos_acoplamento.pdf
Última Atualização2020:06.29.12.14.38 urlib.net/www/2017/11.22.19.04 simone
Última Atualização dos Metadados2020:06.29.12.14.38 urlib.net/www/2017/11.22.19.04 simone {D 2016}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Espelhourlib.net/www/2017/11.22.19.04.03
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriossimone
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirourlib.net/www/2017/11.22.19.04
Estágio do Documentonot transferred
Permissão de Leituraallow from all
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 29/06/2020 09:14 1.7 KiB 
Campos Vaziosarchivingpolicy archivist callnumber contenttype copyholder copyright creatorhistory date descriptionlevel doi e-mailaddress edition format isbn issn label lineage mark nextedition nexthigherunit orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project readergroup reportnumber rightsholder secondarydate secondarykey secondarymark secondarytype session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype translator url versiontype
Data de Acesso19 out. 2020
atualizar 
similares 
Tipo da ReferênciaReport
Identificador8JMKD3MGP3W34R/42NT2JH
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21c/2020/06.26.18.52
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21c/2020/06.26.18.52.24
Sitemtc-m21c.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoVictorQueiCart:2016:ViDaEs
Autor1 Victor, Roger
2 Queiroz, Gilberto Ribeiro de
3 Cartaxo, Ricardo
Identificador de Curriculo1
2 8JMKD3MGP5W/3C9JHBC
Grupo1
2 DPI-OBT-INPE-MCTI-GOV-BR
3 DPI-OBT-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1 Faculdade Tecnológica (FATEC)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
3 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Endereço de e-Mail do Autor1 roger-victor@hotmail.com
2 gilberto@dpi.inpe.br
TítuloVisualização de dados espaço-temporais de observação da terra
Ano2016
InstituçãoInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais
CidadeSão José dos Campos
Palavras-ChaveObservação da terra.
ResumoOs satélites de observação da Terra representam uma das fontes de dados mais importantes sobre o nosso planeta. Diversos estudos de sensoriamento remoto, como modelagem de ecossistemas terrestres, estudos de mudanças climáticas, estimativa de produtividade de culturas agrícolas e classificação do uso da terra, requerem a utilização do grande volume de dados geoespaciais gerados por esses satélites. Assim tem-se a necessidade de ferramentas de visualização de dados espaço-temporais na web, que forneçam de forma eficiente uma boa capacidade analítica, além de bons mecanismos de visualização para análise exploratória por parte dos usuários. Neste contexto, este projeto de Iniciação Científica tem por objetivo desenvolver uma ferramenta computacional para visualização de dados espaço-temporais de observação da Terra para bases massivas de dados geoespaciais, gerenciadas pelo servidor de bancos de dados matricial SciDB. Tal ferramenta, desenvolvida na forma de um serviço web em conformidade com o padrão OGC Web Map Service (WMS), irá propiciar aos usuários dos dados armazenados no SciDB uma visualização dinâmica que ajude a compreender a variação espaço-temporal do fenômeno observado. Através da interface WMS, este serviço poderá ser integrado a outras aplicações do INPE, como Aplicação de Validação do Projeto TerraClass Cerrado, Banco de Dados de Queimadas e a aplicação TerraBrasilis.
Número de Páginas47
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Idiomapt
TipoRPQ
DivulgaçãoBNDEPOSITOLEGAL
AreaSRE
Tamanho2728 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo AlvoVictor_visualizacao.pdf
Última Atualização2020:06.26.18.52.24 urlib.net/www/2017/11.22.19.04 simone
Última Atualização dos Metadados2020:06.26.18.52.24 urlib.net/www/2017/11.22.19.04 simone {D 2016}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Espelhourlib.net/www/2017/11.22.19.04.03
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriossimone
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirourlib.net/www/2017/11.22.19.04
Estágio do Documentonot transferred
Permissão de Leituraallow from all
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 26/06/2020 15:52 1.7 KiB 
Campos Vaziosarchivingpolicy archivist callnumber contenttype copyholder copyright creatorhistory date descriptionlevel doi e-mailaddress edition format isbn issn label lineage mark nextedition nexthigherunit orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project readergroup reportnumber rightsholder secondarydate secondarykey secondarymark secondarytype session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype translator url versiontype
Data de Acesso19 out. 2020
atualizar 
similares