Resultado da Pesquisa
A expressão de busca foi <ref thesis and course AST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR and date 2014>.
4 referências encontradas buscando em 15 dentre 15 sites.
Data e hora local de busca: 23/10/2020 03:41.
Tipo da ReferênciaThesis
Identificador8JMKD3MGP5W34M/3G43QP5
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2014/04.04.19.26
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2014/04.04.19.26.54
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Chave SecundáriaINPE-17351-TDI/2161
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoFerreira:2014:CoMoEn
AutorFerreira, Carolina Gribel de Vasconcelos
GrupoAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
TítuloConfrontando modelos de energia escura com a taxa de formação estelar cósmica, LGRB e fundos estocásticos de ondas gravitacionais
Ano2014
BancaCarvalho, Reinaldo Ramos de (presidente)
Miranda, Oswaldo Duarte (orientador)
Aguiar, Odylio Denys de
Lima, José Ademir Sales de
Data2014-02-20
Título AlternativoConfronting models of dark energy with cosmic star formation rate, LGRB and stochastic background of gravitational waves
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Palavras-Chavecosmologia, energia escura, ondas gravitacionais, formação estelar, surtos de raios gama cósmicos, cosmology, dark energy, gravitational waves, star formation, gamma-ray burst.
ResumoNeste presente trabalho temos o objetivo de analisar a influência da energia escura na Taxa Cósmica de Formação Estelar desde emph{redshifi} emph{z} $sim$ 20 até o presente. nos Fundos Estocásticos de Ondas Gravitacionais, produzidos por três diferentes tipos de fontes e através da observação de emph{Long Gamma- Ray Burst} (LGRB). O estudo foi feito por meio de uma adaptação do código de formação de estrutura usando o Formalismo Press-Schechter, em que para um determinado tipo de energia escura nós consideramos uma equação de estado diferente (MIRANDA, 2012). Analisamos os dois candidatos mais favoráveis a energia escura atualmente. a constante cosmológica que possui uma equação de estado constante c os modelos de quinta-essência com equações de estado que são dependentes do tempo (ou emph{redshift}.). Atualmente existem diversas parametrizações na literatura, e nenhuma delas é capaz de revelar a natureza da energia escura. Estamos interessados em utilizar tanto a Taxa Cósmica como o Fundo de Ondas Gravitacionais, corno urna forma de investigar a dependência temporal da equação de estado da energia escura. Além disso. poderíamos pensar no problema inverso em que usamos os dados observacionais em ondas gravitacionais para reconstruir a história de formação estelar no Universo. hem como para contribuir com a caracterização da energia escura. por exemplo. Identificar se há evidências para a evolução do parâmetro de equação de estado da energia escura $omega$(emph{z}). ABSTRACT: In this work we aim to analyze the influence of dark energy on the Cosmic Star Formation Rate frorn emph{redshift} emph{z} $sim$ 20 up to the present, the Stochastic Background of Gravitational Waves, produced by three different sources and using the available data associated to Long Gamma-Ray Burst (LGRB), The study was conducted by an adaptation of the structure formation code using the Press-Schechter Formalism in which for a particular type of dark energy we consider a diferent equation of state (MIRANDA, 2012), We analyze the two rnost favorable candidates to dark energy today, the cosmological constant that has a constant equation of state and models of quintessence with equations of state which are time-dependent. Currently there are several parameterizations in the literature, and none of them is able to reveal the nature of dark energy. We are interested in using both the Star Forrnation Rate and the Stochastic Background of Gravitational Waves, as a way to narrow down the possible parameterizations existing. Furtherrnore. one might think on the inverse problem. using the observational data on gravitational waves to reconstruct the history of star formation in the Universe, as well to contribute to the characterization of dark energy, for example. identifying whether there is evidence for the evolution of the dark energy equation of state parameter $omega$ (emph{z}).
Número de Páginas157
Idiomapt
Tipo da TeseDissertação (Mestrado em Astrofísica)
Tipo SecundárioTDI
AreaCEA
CursoAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Tamanho3750 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Última Atualização2014:05.23.13.15.08 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.03.04.05 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator {D 2014}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Endereço de e-Mailcarol.gribel@das.inpe.br
Grupo de Usuáriosadministrator carol.gribel@das.inpe.br tereza@sid.inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br yolanda.souza@mcti.gov.br@sid.inpe.br
Grupo de Leitoresadministrator carol.gribel@das.inpe.br tereza@sid.inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Estágio do Documentonot transferred
Repositório de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Detentor dos Direitosoriginalauthor yes
Permissão de Leituraallow from all
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2NE4L
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas-3.pdf 24/04/2014 11:40 803.4 KiB 
originais/avaliação final paginas 2- Carolina Gribel de Vasconcelos Ferre.pdf 22/04/2014 16:03 155.1 KiB 
originais/latex.zip 19/05/2014 14:59 15.9 MiB
originais/publicacao.pdf 22/04/2014 10:01 4.4 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 22/05/2014 15:52 1.1 MiB
Histórico2014-04-04 19:32:07 :: carol.gribel@das.inpe.br -> yolanda ::
2014-04-11 19:00:21 :: yolanda -> administrator ::
2014-04-14 14:56:50 :: administrator -> carol.gribel@das.inpe.br ::
2014-04-22 12:40:54 :: carol.gribel@das.inpe.br -> administrator ::
2014-05-22 18:32:16 :: administrator -> yolanda@sid.inpe.br ::
2014-05-22 18:34:16 :: yolanda@sid.inpe.br -> yolanda ::
2014-05-22 19:43:16 :: yolanda -> tereza@sid.inpe.br ::
2014-05-23 13:03:59 :: tereza@sid.inpe.br :: -> 2014
2014-05-23 13:36:46 :: tereza@sid.inpe.br -> administrator :: 2014
2018-06-04 03:04:05 :: administrator -> :: 2014
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype copyholder creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Data de Acesso23 out. 2020
similares 
Tipo da ReferênciaThesis
Identificador8JMKD3MGP7W/3FMELKS
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2014/02.04.18.31
Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2014/02.04.18.31.38
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Chave SecundáriaINPE-17344-TDI/2154
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoFerreira:2014:MoGáSi
AutorFerreira, Elvis Camilo
GrupoAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
TítuloMolas de gás para o sistema de pêndulos multi-aninhados para futuras gerações do LIGO e desenvolvimento dos transdutores da antena Schenberg
Ano2014
BancaAraújo, José Carlos Neves de (presidente)
Aguiar, Odylio Denys de (orientador)
Gratens, Xavier Pierre Marie
Bortoli, Fábio da Silva
Data2014-02-26
Título AlternativoGas springs for the multi-nested pendula system for the LIGO future generation and development of the Schenberg antenna’s transducers
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Palavras-Chavedetector Mario Schenberg, LIGO, ondas gravitacionais, transdutores, isolamento vibracional, Mario Schenberg detector, LIGO, gravitational waves, transducers, vibration isolation.
ResumoA detecção direta das ondas gravitacionais poderá ser a maior descoberta científica deste século. Entretanto, há demanda de alta tecnologia no desenvolvimento dos detectores de ondas gravitacionais, pois as perturbações causadas no espaço-tempo pela onda gravitacional são muito pequenas (provavelmente menores que uma parte em $10^{21}$), segundo a relatividade geral e o nosso modelo astrofísico do Universo. Esta dissertação descreve o trabalho experimental realizado em duas frentes de detecção de ondas gravitacionais: uma associada ao detector esférico brasileiro Mario Schenberg e a outra ao detector interferométrico americano LIGO. No caso do detector Schenberg, foi realizado o desenvolvimento dos transdutores, visando aumentar a sensibilidade do detector, de forma a colocá-lo para operação de coleta de dados com interesse científico. São apresentados métodos de ajuste das frequências de ressonância elétrica das cavidades de microondas dos transdutores. Cinco transdutores foram ajustados com sucesso e já estão prontos para serem acoplados ao detector. No caso do detector LIGO, se encontra em desenvolvimento um sistema de isolamento vibracional multipendular para ser utilizado nas terceira e quarta gerações (3G e 4G) do LIGO. Esse sistema de isolamento será capaz de atenuar ruídos sísmicos nos espelhos do interferômetro enquanto economiza espaço vertical. Para esse sistema, foram desenvolvidas molas de gás visando o isolamento vertical dos estágios. São apresentadas as etapas de desenvolvimento e de construção da mola de gás e os seus primeiros testes de transmissibilidade. Entretanto, para o caso do uso criogênico, sugere-se o desenvolvimento de molas metálicas; um tipo promissor que está sendo investigado é a chamada anti-mola geométrica. ABSTRACT: The direct detection of gravitational waves may be the greatest scientific discovery of this century. However, there is a demand for high-tech development of gravitational wave detectors, because the perturbations caused in spacetime by the gravitational wave are very small (probably less than one part in $10^{21}$), according to general relativity and our astrophysical model of the Universe. This dissertation describes the experimental work on two gravitational waves detection fronts: one associated with the Brazilian spherical detector Mario Schenberg and the other the American LIGO interferometer detector. In the case of the Schenberg detector, it has been conducted the development of the transducers in order to increase the detector sensitivity and to put it into operation for data collection with scientific interest. Methods for adjusting the electrical frequencies of the transducers microwave resonant cavities are presented. Five transducers were adjusted successfully and are now ready to be coupled to the detector. In the case of the LIGO detector, a system for multipendular vibration isolation has been developed for use in the third and fourth generation (3G and 4G) of LIGO. This vibration isolation system will be able to attenuate seismic noise at the interferometer mirrors while saving vertical space. For this system, gas springs have been developed for the vertical isolation stages. The gas spring construction and development and its first transmissibility test are presented. However, for the case of the cryogenic use, it is suggested the development of metal springs, a promising type that has been investigated called geometric anti-spring (GAS).
Número de Páginas111
Idiomapt
Tipo da TeseDissertação (Mestrado em Astrofísica)
Tipo SecundárioTDI
AreaCEA
CursoAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Tamanho24284 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Última Atualização2014:05.20.17.19.43 sid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02 administrator
Última Atualização dos Metadados2018:06.05.04.15.10 sid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02 administrator {D 2014}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Espelhosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02.53
Endereço de e-Mailelviscamilo1@gmail.com
Grupo de Usuáriosadministrator elviscamilo1@gmail.com tereza@sid.inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator elviscamilo1@gmail.com tereza@sid.inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
Estágio do Documentonot transferred
Repositório de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Detentor dos Direitosoriginalauthor yes
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2NE4L
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas-6.pdf 17/04/2014 15:22 803.1 KiB 
originais/Avaliação Final Paginas 2 - Elvis Camilo Ferreira.pdf 16/04/2014 14:40 163.8 KiB 
originais/dissert elvis bib.zip 20/05/2014 13:34 57.9 MiB
originais/publicacao.pdf 15/04/2014 17:34 23.8 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorização.pdf 20/05/2014 14:19 1.1 MiB
Histórico2014-02-11 13:20:33 :: elviscamilo1@gmail.com -> administrator ::
2014-02-18 18:22:00 :: administrator -> yolanda ::
2014-03-13 19:53:17 :: yolanda -> elviscamilo1@gmail.com ::
2014-04-14 17:50:17 :: elviscamilo1@gmail.com -> yolanda ::
2014-04-14 19:17:24 :: yolanda -> elviscamilo1@gmail.com ::
2014-04-14 19:22:15 :: elviscamilo1@gmail.com -> yolanda ::
2014-05-20 17:29:22 :: yolanda -> tereza@sid.inpe.br ::
2014-05-20 18:12:38 :: tereza@sid.inpe.br :: -> 2014
2014-05-20 18:14:53 :: tereza@sid.inpe.br -> administrator :: 2014
2018-06-05 04:15:10 :: administrator -> :: 2014
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype copyholder creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress readpermission resumeid secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Data de Acesso23 out. 2020
similares 
Tipo da ReferênciaThesis
Identificador8JMKD3MGP7W/3FLPPC2
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2014/01.31.16.39
Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2014/01.31.16.39.01
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Chave SecundáriaINPE-17364-TDI/2174
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoPereira:2014:EsInRa
AutorPereira, Luiz Augusto Stuani
GrupoAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
TítuloEstudo da interação de raios cósmicos com a antena gravitacional Mario Schenberg
Ano2014
BancaCosta, Cesar Augusto (presidente)
Aguiar, Odylio Denys de (orientador)
Fauth, Anderson Campos (orientador)
Ojeda, Carlos Enrique Navia
Marinho Júnior, Rubens de Melo
Data2014-02-27
Título AlternativoStudy of the cosmic ray interaction with the Mario Schenberg gravitational antenna
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Palavras-Chaveraios cósmicos, ondas gravitacionais, detector Mario Schenberg, Geant4, detector cintilador, cosmic rays, gravitational waves, Mario Schenberg detector, Geant4 e scintillator detector.
ResumoEste projeto de pesquisa contempla o estudo do fluxo de raios cósmicos, prótons e múons, na cidade de São Paulo e os efeitos dessa radiação na antena gravitacional Mario Schenberg. Para estudar tais efeitos fez-se uma simulação de Monte Carla da passagem da radiação cósmica pelo prédio e pelo detector de ondas gravitacionais utilizando o pacote Geant4 do CERN. Assim, obteve-se a energia depositada pelas partículas cósmicas em cada ponto do interior da esfera. Com estes valores calculou-se a energia depositada nos modos normais de vibração da esfera ressonante utilizando o modelo termoacústico multiponto, que utiliza uma equação de difusão de calor para um sólido esférico e fontes pontuais de calor. Assim, obtivemos a taxa esperada de eventos devido à prótons e múons nos modos de detecção de ondas gravitacionais, nl=10 e nl=12, da antena Mario Schenberg para $T_{ruido}$ = $10^{-5}$, $10^{-6}$ e $10^{-7}$ K. Com os resultados obtidos, podemos observar que o modo nl=10 é mais sensibilizado pela interação dos raios cósmicos com a antena gravitacional do que o modo nl=12. Isto deve-se a dois fatores: i) a distribuição angular utilizada, que por ser uma distribuição facada próxima a região central do detector, faz com que a maioria das partículas interajam mais com o centro da esfera do que com suas extremidades e ii) o modo nl=10 é mais sensível a partículas que interajem com a região central do detector do que o modo nl=12. Além do mais, aumentando-se a sensibilidade de detecção das ondas gravitacionais, conforme nos aproximamos do limite quântico, aumenta-se a freqüência de eventos de raios cósmicos sensibilizados pelo detector de ondas gravitacionais. Para estudar a resposta do veto de raios cósmicos instalado junto a antena gravitacional, simulou-se via Geant4 a interação de múons isolados com o próprio veto e confrontando os resultados obtidos com os dados experimentais adquiridos, pudemos calibrar o espectro de múons simulado e verificar a validação da simulação. Este estudo permite um melhor conhecimento do ruído gerado pelos raios cósmicos no detector de ondas gravitacionais e como este sinal pode ser utilizado para calibrar a função resposta da antena. ABSTRACT: This research project addresses the study of cosmic ray flux in São Paulo city and the effects of this radiation on the Mario Schenberg gravitational antenna. To study those effects it was held a Monte Carlo simulation of the passage of cosmic radiation through the building and the gravitational wave detector using the CERN Geant4 package. Thus it was obtained the energy deposited by the cosmic ray particles in each point inside the sphere. With those results it was calculated the energy deposited in the resonant sphere normal modes using the multipoint thermoacoustic model, which uses a heat diffusion equation for a spherical solid and heat point sources. Thus we determined the expected event rate due to protons e muons in the gravitational wave detection modes, nl=10 e nl=12, of the Mario Schenberg antenna for $T_{noise}$ = $10^{-5}$, $10^{-6}$ e $10^{-7}$ K. With the obtained results, we can conclude the nl=10 mo de is more sensitized by the cosmic ray interaction with gravitational antenna than the nl=12 mode. This is due to two factors: i) the used angular distribution, which for being a focused distribution near the central region of the detector, most of the particles interact much more with the centre of the sphere than its boundaries and ii) the nl=10 mode is more sensitive to particles interacting with thecentral region of the detector than the nl=12 mode. Moreover, increasing the detection sesibility of gravitational waves as we get closer the quantum limit, the frequency of cosmic ray events sensitized by the gravitationalwave detector increases. To study the answer of the cosmic ray veto set up near the gravitational antenna, it was made a Geant4 simulation of the interaction of single muons with the veto and compared the results taken with the experimental data. This study allows better knowledge of the noise generated by cosmic rays in the gravitational wave detector and how this signal can be used to calibrate the antenna response.
Número de Páginas155
Idiomapt
Tipo da TeseDissertação (Mestrado em Astrofísica)
Tipo SecundárioTDI
AreaCEA
CursoAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Tamanho7639 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Última Atualização2014:06.30.18.35.25 sid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02 administrator
Última Atualização dos Metadados2018:06.05.04.15.09 sid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02 administrator {D 2014}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Espelhosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02.53
Endereço de e-Mailgutostuani@hotmail.com
Grupo de Usuáriosadministrator gutostuani@hotmail.com tereza@sid.inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator gutostuani@hotmail.com tereza@sid.inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
Estágio do Documentonot transferred
Repositório de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Detentor dos Direitosoriginalauthor yes
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2NE4L
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas.pdf 07/05/2014 11:25 804.2 KiB 
originais/publicacao.pdf 29/04/2014 13:25 7.2 MiB
originais/Páginas de Avaliação final pagina 2 -Luiz Augusto Stuani Pereira e João Vi.pdf 30/04/2014 09:16 171.3 KiB 
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 30/06/2014 15:35 1.2 MiB
Histórico2014-02-11 15:10:43 :: gutostuani@hotmail.com -> yolanda ::
2014-02-11 18:30:41 :: yolanda -> administrator ::
2014-02-18 18:22:00 :: administrator -> gutostuani@hotmail.com ::
2014-02-20 16:39:10 :: gutostuani@hotmail.com -> yolanda ::
2014-02-27 17:52:51 :: yolanda -> gutostuani@hotmail.com ::
2014-04-04 03:02:43 :: gutostuani@hotmail.com -> administrator ::
2014-04-14 14:58:33 :: administrator -> yolanda ::
2014-04-16 16:34:51 :: yolanda -> gutostuani@hotmail.com ::
2014-04-16 18:46:08 :: gutostuani@hotmail.com -> yolanda ::
2014-04-29 11:50:40 :: yolanda -> gutostuani@hotmail.com ::
2014-04-29 14:10:49 :: gutostuani@hotmail.com -> yolanda ::
2014-06-30 19:10:06 :: yolanda -> tereza@sid.inpe.br ::
2014-07-01 19:33:16 :: tereza@sid.inpe.br :: -> 2014
2014-07-02 13:48:43 :: tereza@sid.inpe.br -> administrator :: 2014
2018-06-05 04:15:09 :: administrator -> :: 2014
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype copyholder creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress readpermission resumeid secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Data de Acesso23 out. 2020
similares 
Tipo da ReferênciaThesis
Identificador8JMKD3MGP5W34M/3GF4HGP
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2014/06.11.15.17
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2014/06.11.15.17.35
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Chave SecundáriaINPE-17400-TDI/2203
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoSantos:2014:SiNu
AutorSantos, Luiz Henrique Guimarães dos
GrupoAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
TítuloEstudo da interação entre o disco protoplanetário e os planetas: simulações numéricas
Ano2014
BancaJablonski, Francisco José (presidente)
Valio, Adriana Benetti Marques (orientadora)
Winter, Othon Cabo
Martioli, Éder
Data2014-04-15
Título AlternativoStudy of the interaction between the protoplanetary disk and the planets: numerical simulations
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Palavras-Chaveexoplanetas, simulações numéricas, disco protoplanetário, formação planetária, exoplanets, numerical simulations, protoplanetary disk, planetary formation.
ResumoEntender a interação de planetas ainda embebidos no disco protoplanetário é crucial para conhecermos o processo de formação de planetas, inclusive do Sistema Solar. Para tanto precisamos compreender as características dos exoplanetas descobertos nas últimas duas décadas, seus métodos de detecção e a estatística destes planetas. Este trabalho apresenta um estudo teórico mais aprofundado sobre as características do disco protoplanetário e os torques que surgem sobre o planeta em sua interação com o disco e os consequentes tipos de migração orbital que podem ocorrer. Para verificar a teoria, realizamos simulações numéricas utilizando o código hidrodinâmico FARGO. Foram feitas seis séries de simulações com planetas de quatro massas distintas (tipo Terra, Super-Terra, Netuno e Júpiter) inseridos no disco gasoso e com diferentes configurações de inicialização. Buscando observar as características físicas da interação disco-planeta estimamos a velocidade de migração para diferentes perfis radiais de densidade superficial do disco. Como resultado marcante destas simulações encontramos a rápida taxa de variação radial dos planetas e uma massa limite na formação dentro do disco, equivalente a aproximadamente 10 M$_{Jup}$, após o qual o planeta cai rapidamente sobre sua estrela hospedeira. Além disto, para aumentar o tempo de existência do planeta dentro do disco, analisamos o comportamento da migração na presença de saltos no perfil radial de densidade superficial do disco, verificando o seu travamento e um cenário que possibilitaria ao planeta se formar antes da dissipação total do disco de acresção. Considerando os resultados das simulações e suas limitações, discutimos os possíveis cenários finais de sistemas planetários. Verificamos a possibilidade de um planeta gigante estimular o aparecimento destes saltos radiais de densidade e que a variação radial da borda deste salto levaria o planeta em seus limites, podendo definir a sua órbita final. ABSTRACT: To understand the interaction of planets still embedded in protoplanetary disks is crucial to the process of planet formation, including that of our own Solar System. For this purpose, we need to know the characteristics of exoplanets discovered in the last two decades, their detection methods, and statistics of these planets. This work presents a theoretical study more depth on the characteristics of the protoplanetary disk is needed as well as that of the torques that act on the planet in their interaction, and the resulting types of orbital migration that can occur. To verify the theory, we performed numerical simulations using the hydrodynamic code FARGO. Six series of simulations with planets of four different masses (Earth, Super-Earth, Neptune, and Jupiter types) embedded in a gaseous disk were done with different initial setups. A study of the physical characteristics of disc-planet interaction was made by estimating the migration velocity for different radial profiles of the disk surface density. As a result of these simulations we find the rapid rate of radial variation of planets and a mass limit the formation within the disk, equivalent to approximately 10 M$_{Jup}$, after which the planet falls quickly on its host star. Furthermore, to increase the lifetime of the planet within the disk, anaIyzed the migration behavior in the presence of jumps in the radial density profile surface of the disk, checking your lock and a scenario that would allow the planet is formed before the complete dissipation of the accretion disk. Considering the simulation results and its limitations, we discussed the possible final scenarios of planetary systems. We checked the possibility of a giant planet stimulate the appearance of these jumps radial density and radial variation of the edge of this planet would jump at their Iimits and can define its final orbit.
Idiomapt
Tipo da TeseDissertação (Mestrado em Astrofísica)
Tipo SecundárioTDI
AreaCEA
CursoAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Tamanho6497 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Última Atualização2014:09.02.13.36.05 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.03.04.18 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator {D 2014}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Endereço de e-Mailhenrique.nolano@gmail.com
Grupo de Usuáriosadministrator henrique.nolano@gmail.com tereza@sid.inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br yolanda.souza@mcti.gov.br@sid.inpe.br
Grupo de Leitoresadministrator henrique.nolano@gmail.com tereza@sid.inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Estágio do Documentonot transferred
Repositório de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Detentor dos Direitosoriginalauthor yes
Permissão de Leituraallow from all
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2NE4L
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas.pdf 20/08/2014 15:19 148.8 KiB 
originais/Avaliação Final - Luiz Henrique Guimarães dos Santos.pdf 28/07/2014 14:12 160.2 KiB 
originais/disserta.pdf 17/06/2014 11:39 7.0 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 01/09/2014 15:50 625.5 KiB 
Histórico2014-06-16 14:01:05 :: henrique.nolano@gmail.com -> administrator ::
2014-09-01 18:34:07 :: administrator -> yolanda@sid.inpe.br ::
2014-09-01 18:42:34 :: yolanda@sid.inpe.br -> yolanda ::
2014-09-01 19:07:38 :: yolanda -> tereza@sid.inpe.br ::
2014-09-02 12:31:38 :: tereza@sid.inpe.br :: -> 2014
2014-09-02 13:52:29 :: tereza@sid.inpe.br -> administrator :: 2014
2018-06-04 03:04:18 :: administrator -> :: 2014
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype copyholder creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number numberofpages orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Data de Acesso23 out. 2020
similares