Resultado da Pesquisa
A expressão de busca foi <ref thesis and course AST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR and date 2015>.
9 referências encontradas buscando em 15 dentre 15 sites.
Data e hora local de busca: 27/02/2021 10:04.
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3HT5Q42
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2015/02.06.19.21
Última Atualização2015:06.18.18.38.23 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2015/02.06.19.21.57
Última Atualização dos Metadados2018:06.05.04.15.14 administrator
Chave SecundáriaINPE-17503-TDI/2285
Chave de CitaçãoAvila:2015:SiDeEx
TítuloSimulações do desempenho do experimento mirax e estudo de 1E 1740.7-2942 com os satélites integral e XMM-Newton
Título AlternativoSimulations of the mirax experiment performance and study on 1E 1740.7-2942 with the integral and XMM-Newton satellites
CursoAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2015
Data2015-02-26
Data de Acesso27 fev. 2021
Tipo da TeseTese (Doutorado em Astrofísica)
Número de Páginas141
Número de Arquivos1
Tamanho8298 KiB
Área de contextualização
AutorAvila, Manuel Antonio Castro
BancaJablonski, Francisco José (presidente)
Braga, João (orientador)
D'Amico, Flávio
Aguiar, Odylio Denys de
Dias, Marcos Perez
Abraham, Zulema
Endereço de e-Mailmanuel.castro@inpe.br
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2015-02-06 19:23:15 :: manuel.castro@inpe.br -> administrator ::
2015-02-23 20:01:25 :: administrator -> yolanda ::
2015-02-25 19:51:08 :: yolanda -> administrator ::
2015-02-27 22:50:36 :: administrator -> manuel.castro@inpe.br ::
2015-04-01 22:20:11 :: manuel.castro@inpe.br -> yolanda ::
2015-04-08 12:39:47 :: yolanda -> manuel.castro@inpe.br ::
2015-04-08 12:54:38 :: manuel.castro@inpe.br -> yolanda ::
2015-04-13 12:02:11 :: yolanda -> manuel.castro@inpe.br ::
2015-04-13 12:04:24 :: manuel.castro@inpe.br -> yolanda ::
2015-06-17 14:22:50 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2015-06-18 18:38:24 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br :: -> 2015
2015-06-18 18:39:47 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2015
2018-06-05 04:15:14 :: administrator -> :: 2015
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-ChaveMIRAX, ruído de fundo, simulações, buracos negros, comptonização, background noise, computerized simulation, black holes, comptonization.
ResumoO desenvolvimento de instrumentos para uso em Astrofísica de Altas Energias testemunhou grandes avanços nos últimos 50 anos a partir da descoberta da primeira fonte de raios X fora do sistema solar. Um grande número de missões a bordo de satélites foram desenvolvidas e colocadas em órbita, permitindo estudar objetos associados a fontes emissoras de raios X e $gamma$ que apresentam condições físicas extremas, impossíveis de se reproduzir em laboratórios na Terra. Desenvolver estas missões requereu o desenvolvimento de novas tecnologias e técnicas de observação, principalmente nos campos de detectores e sistemas de imageamento. Para desenvolver novos instrumentos nesta área, precisa-se estudar, através de simulações, qual será o desempenho do instrumento através do modelamento de seu comportamento quando exposto aos diversos campos de radiação e partículas presentes no ambiente no qual irá operar, especialmente em virtude do intenso ruído de fundo que está sempre presente. Nessas simulações, é preciso construir um modelo de massa detalhado da instrumentação e levar em consideração os diversos campos de radiação e partículas que estão presentes no ambiente onde o instrumento será exposto. Também é crucial simular observações das fontes que serão estudadas com o instrumento desenvolvido. Nesta tese de doutorado apresentamse resultados de simulações do comportamento instrumental da câmera de raios X duros que está sendo desenvolvida no âmbito da missão MIRAX. Utilizamos o conhecido pacote GEANT4 para calcular todas as interações de fótons e partículas em um modelo de massa detalhado que foi construído e usado como dado de entrada para o programa. Isso permitiu estudar em detalhe as contribuições individuais das principais componentes para o ruído de fundo que estarão presentes nas medidas reais a serem efetuadas pelo instrumento. Consideramos as interações de fótons, prótons e nêutrons no satélite na órbita baixa ($sim$650 km), quase-equatorial e circular em que o MIRAX irá operar. Os campos de radiação foram modelados a partir de espectros de entrada obtidos da literatura. Implementamos a geometria completa do MIRAX e simulamos a interação de cada tipo de partícula com o instrumento, medindo a energia depositada pelas partículas que atingem o plano de detecção. Os resultados dessas simulações estão sendo usados para definir a melhor configuração de blindagem para a câmera. Nesta tese também são apresentados resultados de análises espectrais e temporais da fonte 1E 1740.7-2942, um candidato a buraco negro, usando dados dos observatórios INTEGRAL e XMM-Newton. Para estudar o comportamento espectral e temporal de 1E 1740.7-2942, usamos observações simultâneas (XMM-Newton + INTEGRAL) para três épocas, que permitiram estudar os estados espectrais da fonte e sua variabilidade. Utilizando dados do satélite INTEGRAL durante um período de 10 anos, analisamos também importantes variações na emissão da fonte, caracterizando a emissão com diferentes modelos espectrais. ABSTRACT: Instrumental development in High Energy Astrophysics has undergone great advances in the last 50 years since the discovery of the first X-ray source outside the solar system. A large number of satellite instruments were developed and placed into orbit. These missions have enabled us to study objects, associated with sources emitting X and $gamma$ rays, that show extreme physical conditions impossible to reproduce on Earth laboratories. Instrumentation for this kind of missions has required the development of new technologies and observation techniques, mainly in the areas of detectors and imaging systems. In order to develop new instruments in this area, it is extremely important to study in detail what will be the instrumental performance through simulations, especially due to the intense instrumental background that is always present. In these simulations, we have to build a detailed mass model of the instrumentation and take into account the several radiation and particle fields that are present at the environment where the instrument will be exposed to and operate. It is also crucial to simulate observations of sources that will be studied with the instrument. In this PhD thesis, we show simulation results of the behaviour of a hard X-ray imaging camera that is being develop in the scope of the MIRAX mission. We have used the well-known GEANT4 package to calculate all the interactions of photons and particles in a detailed mass model of the camera that we have built and used as input. This has enabled a detailed study of the individual contributions of the main background components that will be present in the instrument real measurements. We have considered the interactions of photons, protons and neutrons into the satellite in the expected lowaltitude ($sim$650 km), near-equatorial, circular orbit in which MIRAX will operate. These radiation fields were modelled based on input spectra that we have obtained from the literature.We have implement the full geometry of the instrument and have simulated the interaction of every kind of particle with the materials, measuring the deposited energy of the both primary and secondary particles that hit the detection plane. The results of these simulations are currently being used to define the best shielding configuration for the camera. Also in this thesis, we present results of spectral and timing analysis of the source 1E 1740.7-2942, a black hole candidate, using data from the INTEGRAL and XMM-Newton observatories. In order to study the spectral and timing behavior on 1E 1740.7-2942, we have used simultaneous observations (XMM-Newton + INTEGRAL) for three epochs, which enabled us to study the spectral states of the source and their variability. Also by using data from the INTEGRAL satellite over a period of 10 years, we have analysed important variations in the source emission and have characterized the emission using different spectral models.
AreaCEA
ArranjoINPE > Produção > AST > Simulações do desempenho...
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas-6.pdf 16/04/2015 15:41 145.8 KiB 
originais/Avaliação Final - Manuel Antonio Castro Avila.pdf 13/04/2015 12:02 239.6 KiB 
originais/publicacao.pdf 13/04/2015 09:53 8.5 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 17/06/2015 11:05 588.4 KiB 
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP7W/3HT5Q42
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3HT5Q42
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
manuel.castro@inpe.br
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
manuel.castro@inpe.br
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Leituraallow from all
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02.53
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2NE4L
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format group isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3HSTQ4H
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2015/02.05.16.01
Última Atualização2015:08.17.12.49.57 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2015/02.05.16.01.41
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.55.14 administrator
Chave SecundáriaINPE-17517-TDI/2299
Chave de CitaçãoBezerra:2015:EsSoMo
TítuloUm estudo sobre modelos cosmológicos com campos escalares não-canônicos
Título AlternativoStudying about cosmological models with noncanonical scalar fields
CursoAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2015
Data2015-02-24
Data de Acesso27 fev. 2021
Tipo da TeseDissertação (Mestrado em Astrofísica)
Número de Páginas99
Número de Arquivos1
Tamanho1019 KiB
Área de contextualização
AutorBezerra, Eunice Valtânia de Jesus
BancaSouza, Carlos Alexandre Wuensche de (presidente)
Bessada, Dennis Fernandes Alves (orientador)
Miranda, Oswaldo Duarte
Alves, Márcio Eduardo da Silva
Endereço de e-Maileunicebezerra1@gmail.com
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2015-02-05 16:01:41 :: eunicebezerra1@gmail.com -> yolanda ::
2015-02-05 18:21:09 :: yolanda -> eunicebezerra1@gmail.com ::
2015-02-05 18:30:47 :: eunicebezerra1@gmail.com -> yolanda ::
2015-02-10 16:26:37 :: yolanda -> eunicebezerra1@gmail.com ::
2015-02-10 18:12:19 :: eunicebezerra1@gmail.com -> administrator ::
2015-02-23 20:01:25 :: administrator -> yolanda ::
2015-04-13 14:43:54 :: yolanda -> eunicebezerra1@gmail.com ::
2015-04-13 14:55:19 :: eunicebezerra1@gmail.com -> yolanda ::
2015-08-17 12:45:34 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2015-08-17 14:03:42 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: -> 2015
2018-06-04 02:55:14 :: administrator -> :: 2015
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chavecampos escalares não-canônicos, K-essência, taquiacústico, DBI, non-canonical scalars fields, K-essence, tachyacoustic, DBI.
ResumoApesar dos sucessos do Modelo Cosmológico Padrão (MCP) como o paradigma central da Cosmologia moderna, alguns problemas essenciais ainda permanecem como grandes desafios a ser superados. Dentre estes é digna de menção a necessidade de se introduzir uma fase de expansão acelerada para se explicar alguns fenômenos relativos tanto ao universo primordial- a chamada emph{inflação cósmica} - quanto ao universo presente - com a chamada fase de dominação da emph{energia escura} (EE). A formulação proposta pelo paradigma vigente para se explicar tais fases de expansão acelerada - a emph{inflação} para o universo primordial, e a emph{constante cosmológica} (CC) para o universo atual- ainda está longe de ser satisfatória, o que leva muitos pesquisadores a buscarem soluções alternativas. Dentro dessa perspectiva, uma alternativa que tem se mostrado frutífera é a que postula a existência de campos escalares com um termo cinético diferente do usual: são os chamados modelos de emph{k-essência}. Tais campos escalares - também chamados de emph{não-canônicos} - emulam tanto o comportamento do campo escalar responsável pela inflação quanto a presença da CC como fluido exótico que promove a presente fase de expansão acelerada. Dentro desse contexto, um modelo tem sido constantemente analisado, o chamado modelo de Dirac- Born-Infeld (DBI), pode ser tanto estudado na fase inflacionária, quanto na fase atual de expansão acelerada. Além desse, podemos enumerar o modelo emph{taquiacústico}, que modifica o paradigma inflacionário ao postular uma fase desacelerada no universo primordial, mas que apresenta, por outro lado, propagação superluminal das perturbações primordiais. A presente dissertação de mestrado visa fazer um estudo de revisão tanto do modelo geral de k-essência quanto dos modelos particulares DBI e taquiacústico, aplicados tanto para o universo primordial quanto para a fase atual de expansão acelerada. Nesse contexto, introduziremos um programa de construção de modelos cosmológicos com k-essência, e o ilustraremos derivando um emph{toy-model} como solução. A construção desse procedimento visa fundamentalmente criar uma base para o desenvolvimento futuro de modelos não-canônicos que, dentre outros fatores, possam gerar amplitudes de não-gaussianidade que se encontrem dentro dos intervalos fornecidos pelas atuais observações cosmológicas. ABSTRACT: Despite the success of the Cosmological Standard Modellike the central cosmological modern paradigm, some essential problems are still big challenges to be overcome. Among them it is worthy to mention the necessity to introduce an accelerated expansion phase to explain some phenomena related to the primordial uni verse - called cosmic inflation - as the present universe - with the domination phase of Dark Energy. The formulation proposed by the present paradigm to explain these accelerated expansion phases - inflation for the primordial universe and cosmological constant for the present universe - it is far from being satisfactory, leading many researchers to investigate alternative solutions. In this perspective, a successfull alternative is the one which postulates the existence of scalar fields with a different kinetic term: they are called the k-essence models. These scalar fields - also called noncanonical - emulate the scalar field behavior, which is responsible for infiation, as well as the CC presence as an exotic fiuid which promoves the accelerated expansion phase. In this context, a model which has been constantly analyzed, called Dirac-Born-Infeld (DBI) model, can be studied as in the inflationary phase as in the current phase of accelerated expansion. Moreover, we can enumerate tachyacoustic model, which modifies the inflationary paradigm by postulating a decelerated phase for primordial universe, while also proposing a superluminal propagation of the primordial pertur-bations. This dissertation aims to review the general k-essence model as well as the particular case of the DBI and tachyacoustic models, applied as for the primordial universe as the accelerated expansion present phase. In this context, we introduce a k-essence cosmological model building program applied to investigate both the primordial universe and the present acelerated expansion phase. We ilustrate it by deriving a toy model as solution. This procedure aims fundamentally at creating a base for future development of noncanonical models, which, among other factors, can generate non-gaussian amplitudes which are within the ranges given by the present cosmological observations.
AreaCEA
ArranjoINPE > Produção > AST > Um estudo sobre...
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas.pdf 26/06/2015 09:34 95.3 KiB 
originais/Avaliação Final - Eunice Vatânia de Jesus Bezerra.pdf 24/04/2015 11:49 277.4 KiB 
originais/publicacao.pdf 24/04/2015 10:54 1.5 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 17/08/2015 09:23 617.3 KiB 
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP3W34P/3HSTQ4H
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP3W34P/3HSTQ4H
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
eunicebezerra1@gmail.com
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
eunicebezerra1@gmail.com
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Leituraallow from all
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2NE4L
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format group isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3J7RUPS
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2015/03.26.11.01
Última Atualização2015:08.27.19.17.19 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2015/03.26.11.01.44
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.55.19 administrator
Chave SecundáriaINPE-17537-TDI/2319
Chave de CitaçãoCarlos:2015:AnQuDi
TítuloAnálise química diferencial detalhada de estrelas de tipo solar pobres em metais com e sem planetas
Título AlternativoDetailed diferential chemical analisys of sun-like metal poor stars with or without planets
CursoAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2015
Data2015-04-14
Data de Acesso27 fev. 2021
Tipo da TeseDissertação (Mestrado em Astrofísica)
Número de Páginas120
Número de Arquivos1
Tamanho2197 KiB
Área de contextualização
AutorCarlos, Marília Gabriela Cardoso Corrêa
BancaRodrigues, Cláudia Vilega (presidente)
Milone, André de Castro (orientador)
Moreno, Jorge Luis Melendez (orientador)
Valio, Adriana Benetti Marques
Rossi, Silvia Cristina Fernandes
Endereço de e-Mailggabizinha@gmail.com
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2015-03-26 11:01:44 :: ggabizinha@gmail.com -> administrator ::
2015-03-26 12:02:48 :: administrator -> yolanda ::
2015-04-01 13:18:28 :: yolanda -> ggabizinha@gmail.com ::
2015-05-13 14:19:02 :: ggabizinha@gmail.com -> yolanda ::
2015-05-13 19:08:16 :: yolanda -> ggabizinha@gmail.com ::
2015-05-14 03:32:23 :: ggabizinha@gmail.com -> yolanda ::
2015-08-24 19:16:11 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2015-08-27 19:17:19 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br :: -> 2015
2015-08-27 19:17:57 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2015
2018-06-04 02:55:19 :: administrator -> :: 2015
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chaveestrelas, estrelas abundâncias, análise espectroscópica, planetas extrassolares, galáxia disco, stars, stars abundances, spectroscopic analysis, extrasolar planets, galaxy disk.
ResumoEste projeto é focado no estudo de estrelas de tipo solar moderadamente pobres em metais, com e sem planetas, para a investigação da existência (ou não) de uma conexão entre anomalias na composição química e a presença de planetas. Analisou-se espectros de alta resolução e razão sinal-ruído (R=65.000, > 300, espectrografo MIKE, telescópio Magellan, Las Campanas Observatory, Chile) a fim de se derivar diferenças de abundâncias com altíssima precisão para elementos voláteis e refratários (erros entre 0,01 e 0,05 dex). A metodologia é baseada na análise espectroscópica diferencial, que também fornece diferenças precisas em temperatura efetiva ($T_{ef}$), gravidade superficial (log g) e metalicidade ([Fe/H]) para diversos pares de estrelas parecidas em temperatura e metalicidade. Distinguimos estrelas do disco fino daquelas do disco espesso e as dividimos em grupos "homogêneos" em Tef e [Fe/H]. Para se obter as diferenças em Tef, log g e [X/H] aplicamos o método de largura equivalente aplicado a linhas do FeI e FeII com o auxílio do pacote IRAF e o código MOOG, que resolve o transporte radiativo fotosférico considerando equilíbrio termodinâmico local. No caso do carbono a região molecular $C_{2}$(0,0)$lambda$5165A foi analisada por meio de síntese espectral (via MOOG também). O nitrogênio teve sua abundância química calculada via síntese espectral das linhas 3882,52 A e 3882,70 A da banda (0,0) do sistema B-X Violeta do CN. Também verificou-se se há alguma relação entre as abundâncias elementais diferenciais e suas temperaturas de condensação de poeira por entre pares de estrelas similares. Foram estudadas 23 estrelas, com resultados obtidos para 17 pares de estrelas. Quatro pares apresentaram resultados promissores que sugerem a deficiência de elementos refratários em relação a elementos voláteis nas camadas mais externas das estrelas. Três pares tiveram seus resultados descartados devido à incompatibilidade de parâmetros fotosféricos entre as estrelas da análise diferencial e os outros pares devem ter a análise revista. ABSTRACT: The present project aims to study moderately metal-poor solar-type stars, with and without planets, to investigate the existence (or not) of a connection between abnormalities in the chemical composition of stars and the presence of planets. We analysed high resolution spectra with high signal to noise ratio (R = 65.000, S/ N > 300, MIKE spectrograph, Magellan Telescope, Las Campanas Observatory, Chile) in order to derive high precision abundance differences in volatile and refractory elements, with errors between 0,01 and 0,05 dex. The methodology is based on differential spectroscopic analysis, which also provides precise differences in temperature ($T_{teff}$) ,surface gravity (log g) and metallicity ([Fe/H]), for several pairs of stars similar in temperature and metallicity, The stars were distinguished in those which belongs to the thin or thick disk, and then divided into ${"}$homogeneous${"}$ groups of $T_{teff}$ and [Fe/H]. In order to obtain the differences in $T_{teff}$, log g and [X/H] we applied the equivalent width method with the IRAF package and the MOOG code, which solves the photospheric radiative transfer assuming local thermodynamic equilibrium. In the case of carbon the molecular region $C_{2}$(0,0)$lambda$5165A was analysed through spectral synthesis (via MOOG). For the nitrogen, we analysed the lines 3882,52 A and 3882,70 A in the molecular region of the violet CN B-X system through spectral synthesis as well. We als o verified whether there is any relation between the differential elemental abundances and the dust condensation temperatures among pairs of similar stars. In total, 23 stars have been studied with results to 17 pairs of them. Amongst all these pairs, 4 showed promising results which confirmed the refractory elemental depletion in the external layers of stars. The result of three pairs are dis-carded since the derived photospheric parameters have no compatibility with their groups, the others pairs should be analysed again.
AreaCEA
ArranjoBDMCI > Fonds > Produção > AST > Análise química diferencial...
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas.pdf 26/05/2015 16:14 149.0 KiB 
originais/Avaliação Final - Marília Gabriela Cardoso Corrêa Carlos.pdf 15/05/2015 16:11 323.3 KiB 
originais/dissertacao_marilia_14_05_15.pdf 01/06/2015 15:57 2.4 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 24/08/2015 15:12 538.8 KiB 
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP3W34P/3J7RUPS
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP3W34P/3J7RUPS
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
ggabizinha@gmail.com
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
ggabizinha@gmail.com
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Leituraallow from all
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2NE4L
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format group isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3JCAJNP
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2015/04.22.17.05
Última Atualização2015:10.15.18.00.40 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2015/04.22.17.05.39
Última Atualização dos Metadados2018:06.05.04.15.17 administrator
Chave SecundáriaINPE-17571-TDI/2345
Chave de CitaçãoGuedes:2015:EvOcPe
TítuloEjeções de massa coronal nos ciclos solares 23 e 24 - Evolução da ocorrência, periodicidade e fenômenos associados
Título AlternativoCoronal mass ejection in 23th and 24th solar cycles - Evolution of occurrence, periodicities and associated phenomena
CursoAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2015
Data2015-05-15
Data de Acesso27 fev. 2021
Tipo da TeseTese (Doutorado em Astrofísica)
Número de Páginas129
Número de Arquivos1
Tamanho31315 KiB
Área de contextualização
AutorGuedes, Márcia Regina Guimarães
BancaCosta, Joaquim Eduardo Rezende (presidente)
Cecatto, José Roberto (orientador)
Lago, Alisson Dal
Pereira, Eduardo dos Santos
Fernandes, Francisco Carlos Rocha
Pereira, Vera Jatenco Silva
Endereço de e-Mailmarcia.guedes@inpe.br
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2015-04-22 17:06:29 :: marcia.guedes@inpe.br -> administrator ::
2015-04-24 18:33:24 :: administrator -> marcia.guedes@inpe.br ::
2015-05-04 14:08:49 :: marcia.guedes@inpe.br -> yolanda ::
2015-05-06 17:40:21 :: yolanda -> marcia.guedes@inpe.br ::
2015-07-01 14:34:52 :: marcia.guedes@inpe.br -> yolanda ::
2015-07-08 16:57:36 :: yolanda -> marcia.guedes@inpe.br ::
2015-07-08 18:59:04 :: marcia.guedes@inpe.br -> yolanda ::
2015-07-14 11:11:56 :: yolanda -> marcia.guedes@inpe.br ::
2015-07-14 15:12:28 :: marcia.guedes@inpe.br -> yolanda ::
2015-10-15 18:49:22 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2015-10-28 12:18:25 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br :: -> 2015
2015-10-28 12:37:07 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2015
2018-06-05 04:15:17 :: administrator -> :: 2015
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chaveejeção de massa coronal, ciclo solar 23, CME, coronal mass ejections, solar cycle 23.
ResumoEjeções de massa coronal (CMEs) e flares são os fenômenos mais energéticos que ocorrem na superfície do Sol. Juntos, eles são os principais responsáveis por distúrbios no espaço exterior. Acredita-se que as ejeções de massa coronal e erupções solares podem estar correlacionados com o ciclo solar, que se caracteriza principalmente pelo número de manchas solares. CMEs têm sido observadas desde 1996 até os dias atuais, o que corresponde a um período maior que um ciclo solar. Tais observações permitiram, que pela primeira vez, fosse realizada uma análise das propriedades observadas nos eventos ao longo de um ciclo completo. E ainda, que fosse observado o comportamento das propriedades em cada uma das fases em que é dividido o ciclo de atividade. Também foi realizada uma pesquisa de periodicidade(s) na mesma série, usando tanto o método de Lomb-Scargle quanto a análise wavelet em conjunto com a média móvel simples, nomeada Análise Wavelet Ampla (AWA). Além da busca por periodicidade(s) a AWA possibilita a determinação de associação (coerência wavelet) entre a série de ocorrência de CMEs e as séries tanto de flares registrados em raios-X pelo satélite GOES, como do número de manchas solares, na mesma base diária, no entanto, para o período de 2000 - 2012. Os resultados obtidos mostram que a dinâmica de CMEs apresenta um padrão específico. A grande maioria dos eventos concentra-se em velocidades até 10$^{6}$m/s; acelerados ou desacelerados. As acelerações concentram-se no intervalo de $pm$ 100 m/s$^{2}$, embora valores elevados (até $sim$ -800 m/s$^{2}$ e até $sim$ 1000 m/s$^{2}$) tenham sido registrados. Além disso, acelerações positiva ou negativa de até 200 m/s$^{2}$ em módulo foram registradas para a pequena parcela de CMEs que apresentam velocidades acima de 10$^{6}$m/s, com predomínio daqueles desacelerados. Valores maiores (1 - 2 ordens de grandeza) de massa (10$^{12}$ - 10$^{13}$) kg são observados nas fases de subida e máximo do ciclo 23 em comparação com os valores registrados no final da fase de decaimento e fase de mínimo do ciclo 23, e de subida do ciclo atual (10$^{10}$ - 10$^{11}$) kg. Com relação à energia, valores da ordem de 10$^{23}$-10$^{24}$ J são observados durante as fases de subida e máximo do ciclo 23, enquanto que um decréscimo de 2 a 3 ordens de grandeza nesses valores é observado nas fases de decaimento e mínimo do ciclo 23, e valores médios de cerca de 10$^{21}$ J na fase de subida do ciclo atual. Os resultados mostraram a existência de sinais periódicos e intermitentes nas séries temporais de CMEs, flare e de manchas solares. Para as séries de CME e flares, foram observados poucos e relativamente curtos intervalos de tempo sem qualquer sinal. Os sinais com um caráter intermitente ocorrem durante algumas épocas das fases de máximo e descida do ciclo solar 23 e subida do ciclo solar 24. A comparação entre as séries temporais de flares em raios-X, manchas solares, e CME mostra uma relação mais forte entre flares e manchas solares, embora durante alguns intervalos de tempo curtos (4 - 8 meses) e em uma faixa relativamente estreita. No entanto, em contraste obteve-se uma relação mais fraca ou até mesmo ausente entre CMEs e flares em raios-X, bem como entre as séries de CMEs e o número de manchas solares. ABSTRACT: Coronal mass ejections (CMEs) and solar flares are the most energetic phenomena that occur in the solar surface. Together, they are primarily responsible for disturbances in outer space. It is believed that the coronal mass ejections and solar flares can be correlated with the solar cycle, which is mainly characterized by the number of sunspots. CMEs have been observed from 1996 to the present day, which corresponds to a period greater than one solar cycle. These observations enabled, for the first time, an analysis of the properties of observed events over a full cycle. Also, the observation of the behaviour of the properties in each one of the solar cycle phases. In addition, a periodicity research was conducted in the same series during the period of 2000 -2012, taking the Lomb-Scargle method of wavelelt analysis combined with the simple moving average, named wide wavelet analysis. The technique makes possible the search for periodicity as well the wavelet coherence between the CMEs occurrences series, x-ray flares and sunspots, at the same daily database. The results show that the dynamics of CMEs has a specific pattern. The great majority of events are at speeds up to 10$^{6}$ m/s, either accelerated or decelerated. The accelerations are concentrated in the range of $pm$ 100m/s$^{2}$, although higher amounts (up to $sim$ - 800m/s$^{2}$ and $sim$ 1000m/s$^{2}$) have been registered. Also, positive or negative acceleration of up to 200m/s$^{2}$ in module were recorded for the small portion of CMEs that have speeds above 1, 0x10$^{6}$ m/s, with the predominance of decelerated ones; Higher values (1-2 orders of magnitude) of mass (10$^{12}$ - 10$^{13}$) kg are observed in the phases of rise and maximum cycle 23 compared to the values recorded at the end of phase and minimum decay phase of the cycle 23 and the rise of the current cycle (10$^{10}$ -10$^{11}$) kg. In energy, the values of order 10$^{23}$ - 10$^{24}$ J are observed throughout the period of rise and maximum cycle 23, while a decrease of 2-3 orders of magnitude in these values is observed in the decay phase of the cycle and 23 min, and average values of about 10$^{21}$ J at the rising phase of the current cycle. The results showed the existence of periodic and intermittent signals in the time series of CMEs, flare, and sunspots. For CME series and flares were observed little and relatively short intervals of time without any sign. Signals with an intermittent character occur during certain times of the maximum phase of the solar cycle and fall and rise of 23 Solar Cycle 24. The comparison between the flares time series in X-rays, sunspots, and CME shows a stronger relationship between flares and sunspots, although for a few short periods of time (4-8 months) and in a relatively narrow range. However, in contrast got weaker or even missing relationship between the CME and flare in X-rays and between CMEs series and the number of sunspots.
AreaCEA
ArranjoRepositório da BDMCI > Fonds INPE > Produção > AST > Ejeções de massa...
Conteúdo da Pasta source
originais/001.pdf 03/08/2015 09:57 584.5 KiB 
originais/@4primeirasPaginas.pdf 24/07/2015 09:50 93.6 KiB 
originais/publicacao.pdf 03/08/2015 09:58 30.6 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 15/10/2015 15:00 610.7 KiB 
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP7W/3JCAJNP
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3JCAJNP
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
marcelo.pazos@inpe.br
marcia.guedes@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
marcelo.pazos@inpe.br
marcia.guedes@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Leituraallow from all
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02.53
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2NE4L
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format group isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3HU98CH
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2015/02.13.17.40
Última Atualização2015:06.16.12.54.43 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2015/02.13.17.40.21
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.55.15 administrator
Chave SecundáriaINPE-17526-TDI/2308
Chave de CitaçãoMoraes:2015:GrCoFo
TítuloUm estudo de modelos alternativos: gravitação, cosmologia e fontes de ondas gravitacionais
Título AlternativoA study of alternative models: gravitation, cosmology and gravitational wave sources
CursoAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2015
Data2015-02-25
Data de Acesso27 fev. 2021
Tipo da TeseTese (Doutorado em Astrofísica)
Número de Páginas116
Número de Arquivos1
Tamanho1080 KiB
Área de contextualização
AutorMoraes, Pedro Henrique Ribeiro da Silva
BancaAguiar, Odylio Denys de (presidente)
Miranda, Oswaldo Duarte (orientador)
Alcaniz, Jailson Souza de
Horvath, Jorge Ernesto
Oliveira, Manuel Máximo Bastos Malheiro de
Endereço de e-Mailmoraes.phrs@gmail.com
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2015-02-13 17:43:40 :: moraes.phrs@gmail.com -> administrator ::
2015-02-23 20:01:23 :: administrator -> yolanda ::
2015-02-25 18:14:02 :: yolanda -> moraes.phrs@gmail.com ::
2015-04-27 13:08:24 :: moraes.phrs@gmail.com -> yolanda ::
2015-04-27 14:06:28 :: yolanda -> moraes.phrs@gmail.com ::
2015-04-27 16:53:07 :: moraes.phrs@gmail.com -> administrator ::
2015-04-28 18:56:24 :: administrator -> yolanda ::
2015-06-16 13:05:22 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2015-06-17 17:26:11 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: -> 2015
2018-06-04 02:55:15 :: administrator -> :: 2015
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chavecosmologia, gravitação, ondas gravitacionais, relatividade, energia escura, cosmology, gravitation, gravitational waves, relativity, dark energy.
ResumoA Relatividade Geral considera o universo como uma entidade de 3 + 1 dimensões, sendo três delas espaciais e uma temporal. Dela, é diretamente derivado o Modelo Cosmológico ACDM (ou Modelo Cosmológico Padrão), que considera o universo como homogêneo e isotrópico, e apesar de ser bem-sucedido na combinação entre teoria e observação, carece de explicações físicas consistentes para $sim$ 95% da composição de matéria-energia do universo. O presente trabalho tem como principal propósito analisar modelos cosmológicos derivados de teorias de gravitação alternativas à Relatividade Geral. Tais modelos surgem na literatura para tratar as inconsistências e/ou incompletudes do Modelo Cosmológico ACDM. Também analisamos um caso alternativo para o estudo de fontes de ondas gravitacionais, bem como suas implicações observacionais. ABSTRACT: General Relativity considers the universe as an entity of 3 + 1 dimensions, with three of them being spatial and one temporal. It is directly derived from it the ACDM Cosmological Model (or Standard Model), which considers the universe as homogeneous and isotropic, and despite being successful in matching theory and observation, necessitates consistent physical explanations for $sim$ 95% of the matterenergy universe composition. The present work has as its main purpose to analyse cosmological models derived from gravitational theories alternative to General Relativity. Such models rise in the literature in order to treat the inconsistencies and/or incompleteness of ACDMCosmological Model.We also analyse an alternative case for the study of gravitational wave sources, as well as their observational consequences.
AreaCEA
ArranjoRepositório da BDMCI > Fonds INPE > Produção > AST > Um estudo de...
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas.pdf 11/05/2015 11:09 148.8 KiB 
originais/avaliação final.pdf 29/04/2015 12:01 23.0 KiB 
originais/publicacao.pdf 28/04/2015 14:54 1.5 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 16/06/2015 09:54 603.0 KiB 
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP3W34P/3HU98CH
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP3W34P/3HU98CH
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
marcelo.pazos@inpe.br
moraes.phrs@gmail.com
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
marcelo.pazos@inpe.br
moraes.phrs@gmail.com
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Leituraallow from all
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2NE4L
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format group isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3HSE7T8
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2015/02.02.13.40
Última Atualização2015:06.22.14.16.38 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2015/02.02.13.40.05
Última Atualização dos Metadados2018:06.05.04.15.14 administrator
Chave SecundáriaINPE-17528-TDI/2310
Chave de CitaçãoNovaes:2015:EsNãGa
TítuloEstimador de não Gaussianidade na radiação cósmica de fundo e simulações para a missão OLIMPO
Título AlternativoEstimator of non Gaussianity in the cosmic background radiation and simulations for the OLIMPO mission
CursoAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2015
Data2015-02-27
Data de Acesso27 fev. 2021
Tipo da TeseTese (Doutorado em Astrofísica)
Número de Páginas221
Número de Arquivos1
Tamanho9105 KiB
Área de contextualização
AutorNovaes, Camila Paiva
BancaMiranda, Oswaldo Duarte (presidente)
Souza, Carlos Alexandre Wuensche de (orientador)
Villela Neto, Thyrso
Bessada, Dennis Fernandes Alves
Leo, Armando Bartolome Bernui
Abramo, Luis Raul Weber
Endereço de e-Mailcamila.novaes@inpe.br
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2015-02-02 13:40:05 :: camila.novaes@inpe.br -> administrator ::
2015-02-19 17:37:58 :: administrator -> jeferson ::
2015-02-19 17:38:31 :: jeferson -> administrator ::
2015-02-20 09:52:57 :: administrator -> banon ::
2015-02-20 09:55:40 :: banon -> administrator ::
2015-02-20 11:24:27 :: administrator -> yolanda ::
2015-02-20 11:25:03 :: yolanda -> camila.novaes@inpe.br ::
2015-02-20 16:26:25 :: camila.novaes@inpe.br -> administrator ::
2015-02-23 20:01:24 :: administrator -> yolanda ::
2015-02-24 16:28:04 :: yolanda -> camila.novaes@inpe.br ::
2015-04-29 11:51:53 :: camila.novaes@inpe.br -> yolanda ::
2015-06-18 15:21:42 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2015-06-22 14:16:38 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br :: -> 2015
2015-06-22 14:19:44 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2015
2018-06-05 04:15:14 :: administrator -> :: 2015
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-ChaveRCF, aglomerados de galáxias, efeito Sunyaev-Zel'dovich, não-Gaussianidade, CMB, galaxy clusters, Sunyaev-Zel'dovich effect, non-Gaussianity.
ResumoO campo de flutuações de temperatura da Radiação Cósmica de Fundo (RCF) está diretamente relacionado às flutuações primordiais de densidade que deram origem às estruturas cosmológicas. A análise da RCF e a procura por desvios da condição Gaussiana, prevista no modelo cosmológico padrão, são essenciais para a compreensão do universo primordial e para o fortalecimento das bases da cosmologia moderna. No entanto, existem processos secundários de produção de flutuações de temperatura que podem mascarar o sinal primordial da RCF, dificultando o estudo de suas propriedades intrínsecas, como é o caso do efeito Sunyaev-Zel${'}$dovich (SZ). Além de sua importância intrínseca para o estudo da RCF, medidas combinadas do efeito SZ, cujo perfil característico é medido entre 30 e 400 GHz, aproximadamente, e em outros comprimentos de onda também podem ser usadas para obter informações cosmológicas. Este trabalho contribui para um melhor entendimento do sinal primário ao estudar possíveis desvios primordiais da condição Gaussiana em mapas da RCF produzidos pelo satélite Planck, e estuda o potencial do telescópio OLIMPO, desenvolvido pelo grupo de cosmologia da Universidade de Roma ${"}$La Sapienza${"}$, de detectar o efeito SZ e usar os resultados para estimar parâmetros cosmológicos com confiabilidade. O primeiro tema consistiu no desenvolvimento de um estimador baseado na combinação de duas ferramentas estatísticas que têm se mostrado bastante sensíveis a pequenos desvios de Gaussianidade em mapas da RCF: os Funcionais de Minkowski (FMs), já amplamente utilizados no estudo de sinais não-Gaussianos, e as Redes Neurais Artificiais (RNs), designadas para identificar padrões característicos em conjuntos de dados. O estimador foi testado em diferentes condições, de forma a otimizar o uso das RNs, levando a uma melhor atuação destas ao discriminar entre sinais primários e secundários. Além disso, testes em dados sintéticos mostraram uma eficiência de 95% do estimador ao identificar o grau de não-Gaussianidade destes mapas. Por fim, os resultados obtidos para o desvio de Gaussianidade nos dados do Planck indicam que f$_{NL}$ = 44 $pm$ 14, com 2$sigma$ de confiabilidade, estando em concordância com resultados recentes obtidos pelas colaborações Planck e WMAP. O segundo tema corresponde ao estágio sanduíche desenvolvido em colaboração com o grupo de Cosmologia da Universidade de Roma ${"}$La Sapienza${"}$, visando ajudar na preparação para a missão do telescópio OLIMPO, um instrumento projetado para estudar o efeito SZ, operando em quatro bandas de frequência com elevada sensibilidade. A principal contribuição para a missão foi a análise do potencial de medidas fotométricas e espectroscópicas do OLIMPO para a estimativa de parâmetros de aglomerados. Nós realizamos simulações de medidas espectroscópicas e fotométricas da linha de visada que atravessa um dos aglomerados de galáxias escolhidos para observação do instrumento. Utilizando cada tipo de simulação individualmente e combinadas, nós concluímos que, como esperado, simulações espectroscópicas apresentam uma performance superior, permitindo a estimativa de um conjunto maior de parâmetros de aglomerados e sendo mais precisas na estimativa de alguns deles. Além disso, a combinação de simulações espectroscópicas e fotométricas pode ainda melhorar a estimativa de alguns parâmetros. ABSTRACT: The temperature fluctuations field of the Cosmic Microwave Background (CMB) Radiation is directly related to the primordial density fluctuations which gave rise to the cosmological structures. The analysis of the CMB and the search for deviations from the Gaussian condition, assumed in the standard cosmological model, are essential to understand the early universe and to strengthen the foundations of modern cosmology. However, there are processes that generate secondary temperature fluctuations that may mask the CMB primary signal, such as the Sunyaev-Zeldovich effect (SZ). In addition to its intrinsic importance for the study of CMB, the SZ effect, whose characteristic profile is measured between 30 and 400 GHz, combined to measurements in other wavelengths, can also be used to obtain cosmological information. This work contributes to a better understanding of the primary signal when studying possible primordial deviations from the Gaussian condition in CMB maps produced by the Planck satellite, and studies the potential of the OLIMPO telescope, developed by the cosmology group at the University of Rome ${"}$La Sapienza${"}$, to detect the SZ effect and use the results to estimate cosmological parameters reliably. The first topic was the development of an estimator based on the combination of two statistical tools that have been very sensitive to small deviations of Gaussianity in CMB maps: the Minkowski Functionals (MFs), already widely used in the study of non-Gaussian signals, and Artificial Neural Networks (NNs), designed to identify characteristic patterns in data sets. The estimator was tested under different conditions in order to optimize the use of the NNs, leading to its better performance in discriminating between primary and secondary signals. In addition, tests on synthetic data showed an efficiency of 95% of the estimator in identifying the degree of non-Gaussianity of these maps. Finally, the results obtained for the Gaussian deviation in the Planck data indicate that f$_{NL}$ = 44 $pm$ 14, with 2$sigma$ of reliability, which is in accordance with recent results obtained by Planck and WMAP collaborations. The second topic corresponds to the internship developed in collaboration with the group of cosmology at the University of Rome ${"}$La Sapienza${"}$, aiming to help preparing for the mission of the OLIMPO telescope, an instrument designed to study the SZ effect, operating in four frequency bands with high sensitivity. The main contribution to the mission was the analysis of the potential of photometric and spectroscopic measurements of OLIMPO in estimating clusters parameters. We performed simulations of the OLIMPO spectroscopic and photometric measurements of the line-of-sight trough one of the galaxy cluster chosen to be observed by the instrument. Using each kind of simulations individually and combined, we find out that, as expected, spectroscopic simulations have a superior performance, allowing the estimative of a larger set of cluster parameters, and being more accurate in estimating some of them. Moreover, the combination of spectroscopic and photometric simulation can even improve some parameter estimates.
AreaCEA
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas.pdf 21/05/2015 14:28 149.8 KiB 
originais/Avaliação Final - Camila Paiva Novaes.pdf 04/05/2015 11:50 314.4 KiB 
originais/Tese_Camila_Novaes_AST.pdf 08/05/2015 13:34 9.2 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 18/06/2015 09:50 635.7 KiB 
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP7W/3HSE7T8
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3HSE7T8
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
camila.novaes@inpe.br
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
camila.novaes@inpe.br
jeferson
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Leituraallow from all
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02.53
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2NE4L
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format group isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3HSE8J2
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2015/02.02.13.48
Última Atualização2015:06.11.18.36.55 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2015/02.02.13.48.50
Última Atualização dos Metadados2018:06.05.04.15.14 administrator
Chave SecundáriaINPE-17504-TDI/2286
Chave de CitaçãoPereira:2015:HoDeTa
TítuloCoalescência de buracos negros desde os estelares aos supermassivos: horizontes de detectabilidade e taxas de eventos
Título AlternativoBlack holes coalescence from stellar mass to supermassive: Detectability horizon and event rate
CursoAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2015
Data2015-02-20
Data de Acesso27 fev. 2021
Tipo da TeseDissertação (Mestrado em Astrofísica)
Número de Páginas97
Número de Arquivos1
Tamanho4625 KiB
Área de contextualização
AutorPereira, Fabrícia de Almeida
BancaAguiar, Odylio Denys (presidente)
Araújo, José Carlos Neves de (orientador)
Costa, Cesar Augusto
Marinho Junior, Rubens de Melo
Endereço de e-Mailfabricialmeidapereira@hotmail.com
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2015-02-02 13:50:26 :: fabricialmeidapereira@hotmail.com -> yolanda ::
2015-02-19 18:24:04 :: yolanda -> administrator ::
2015-02-23 20:01:26 :: administrator -> fabricialmeidapereira@hotmail.com ::
2015-03-28 18:41:51 :: fabricialmeidapereira@hotmail.com -> administrator ::
2015-03-31 11:30:22 :: administrator -> yolanda ::
2015-03-31 12:03:18 :: yolanda -> fabricialmeidapereira@hotmail.com ::
2015-04-01 00:35:42 :: fabricialmeidapereira@hotmail.com -> yolanda ::
2015-06-11 18:40:29 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2015-06-12 14:23:40 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: -> 2015
2018-06-05 04:15:14 :: administrator -> :: 2015
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chaveondas gravitacionais, buracos negros, modelos de formação, horizontes de detectabilidade, taxas de eventos, gravitational waves, black holes, formation models, detectability horizon, event rates.
ResumoDesde a predição teórica das ondas gravitacionais (OGs), derivadas das equações de campo da Teoria da Relatividade Geral (TRG), surgiram grandes esforços para sua detecção direta. No entanto, apesar do avanço de detectores da radiação gravitacional e modelos teóricos que sugerem cenários propícios para a observação das ondas gravitacionais, ainda não houve a detecção desse sinal. Nesse aspecto, os objetivos deste trabalho são as estimativas dos horizontes de detectabilidade para os detectores interferométricos terrestres (LIGO, VIRGO, KAGRA e ET), espaciais (LISA, BBO, DECIGO e GEOGRAWI) e o experimento emph{Pulsar Timing Array} (PTA) e as estimativas das taxas de coalescência de binárias de buracos negros para esses interferômetros. Dessa forma, abordamos neste trabalho os buracos negros, desde massas estelares até supermassivos ($sim$10 - $10^{9}$M), como candidatos a fontes astrofísicas emissoras da radiação gravitacional. Consideramos a coalescência de sistemas binários de buracos negros como um cenário bastante promissor para a detecção de ondas gravitacionais. Analisamos cada fase deste processo de coalescência, que são marcadas pela emph{inspiral}, fusão emph{(merger)} e emph{ringdown}, para obtermos as estimativas dos horizontes de detectabilidade. Para isso, foram utilizadas formas de onda analíticas para cada fase da coalescência. Adotamos ainda, vários modelos de formação para a evolução de binárias de buracos negros para a obtenção das taxas de eventos para alguns detectores. Os resultados obtidos para os horizontes de detectabilidade dos detectores espaciais forneceram alcances em emph{redshifts} muito altos, para os detectores terrestres, o que mostrou-se mais promissor foi o projeto ET, enquanto o experimento PTA apresentou-se em acordo com outros trabalhos da literatura. Quanto aos modelos de formação, os buracos negros de massas estelares (BNEs) mostraram maiores taxas de detecções em interferômetros terrestres, como aLIGO. Os buracos negros de massas intermediárias (BNMIs) necessitam de mais estudos, uma vez que os modelos apresentam-se imprecisos, enquanto os modelos de buracos negros supermassivos (BNSMs) apresentaram taxas mais promissoras para os detectores espaciais. A detecção direta das OGs proveniente de buracos negros em sua ampla faixa de massa poderá validar e/ou descartar vários modelos teóricos de formação existentes. ABSTRACT: Since the theoretical prediction of the gravitational waves (GWs), derived from the field equations of the General Relativity Theory (GRT), there have been great efforts for their direct detection. However, despite the progress of the detectors of gravitational waves and the theoretical models that suggest favorable scenarios for the observation of such waves, there has been so far no direct detection of this signal. In this respect, the aim of this work is to estimate: a) the horizons of detectability for terrestrial (LIGO, VIRGO, KAGRA and ET) and space (LISA, BBO, DECIGO and GEOGRAWI) interferometric detectors, and the Pulsar Timing experiment Array (PTA); and b) the coalescence rates of binary black holes for these interferometers and PTA. Thus, we consider in the present work the black holes, from stellar to supermassive ones ($sim$10 - $10^{9}$M), as candidates for astrophysical sources of gravitational radiation. Thus, we consider that the coalescence of binary black hole systems is a very promising scenario for the detection of gravitational waves. We then analyze each phase of the coalescence process, which consists of inspiral, merger and ringdown, to obtain estimates of the horizons of detectability. To this end, analytical waveforms are used for each phase of coalescence. We also adopted various models of formation and evolution for the binary black holes for obtaining event rates for some detectors. The results obtained for the horizons of detectability for space-based detectors provide high redshifts ranges, for terrestrial detectors the most promising is the ET project, whereas for the PTA experiment the results are in accordance with other studies in the literature. Concerning the models of formation, black holes of stellar masses (BHSMs) show higher detection rates for terrestrial interferometers, such as ALIGO and ET. The black holes of intermediate masses (BHIMs) require further studies, since the present models are inaccurate, whereas models for supermassive black holes (BNSMs) present the most promising rates for space-based interferometers. The direct detection of GWs from black holes (stellar, intermediate and supermassive) can validate and/or discard several theoretical models of their formations.
AreaCEA
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas.pdf 17/04/2015 09:48 149.6 KiB 
originais/Avaliação Final - Fabrícia de Almeida Pereira.pdf 14/04/2015 09:58 281.4 KiB 
originais/publicacao-1.pdf 15/04/2015 09:41 4.8 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 11/06/2015 15:36 594.8 KiB 
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP7W/3HSE8J2
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3HSE8J2
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
fabricialmeidapereira@hotmail.com
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
fabricialmeidapereira@hotmail.com
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Leituraallow from all
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02.53
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2NE4L
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format group isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3HSJTL5
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2015/02.03.15.32
Última Atualização2015:06.12.16.42.35 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2015/02.03.15.32.18
Última Atualização dos Metadados2018:06.05.04.15.14 administrator
Chave SecundáriaINPE-17521-TDI/2303
Chave de CitaçãoPinto:2015:DiExSo
TítuloDiagnóstico de explosões solares em microondas através da reconstrução da dinâmica de elétrons injetados em um campo magnético construído pela teoria de campos livres de força
Título AlternativoSolar flare microwave dignosis by construction of injected electron dynamics using the force free magnetic field model
CursoAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2015
Data2015-02-23
Data de Acesso27 fev. 2021
Tipo da TeseTese (Doutorado em Astrofísica)
Número de Páginas110
Número de Arquivos1
Tamanho8541 KiB
Área de contextualização
AutorPinto, Tereza Satiko Nishida
BancaCorreia, Emília (presidente)
Costa, Joaquim Eduardo Rezende (orientador)
Valio, Adriana Benetti Marques
Vieira, Luis Eduardo Antunes
Castro, Carlos Guilhermo Giménez de
Raulin, Jean-Pierre
Endereço de e-Mailtereza.satiko@gmail.com
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2015-02-03 15:35:04 :: tereza.satiko@das.inpe.br -> yolanda ::
2015-02-23 16:46:51 :: yolanda -> administrator ::
2015-02-23 22:26:29 :: administrator -> tereza.satiko@das.inpe.br ::
2015-04-27 12:46:12 :: tereza.satiko@das.inpe.br -> administrator ::
2015-06-12 14:10:05 :: administrator -> yolanda ::
2015-06-12 18:15:46 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2015-06-15 16:56:16 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: -> 2015
2018-06-05 04:15:14 :: administrator -> :: 2015
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chaveatividade solar, explosões solares, campo magnético livre de forças, emissão microondas, emissão não térmica, solar activity, solar flares, force-free magnetic fields, microwave emission, nonthermal emission.
ResumoObservações da emissão eletromagnética das explosões solares indicam indiretamente que regiões ativas são ambientes de campo magnético complexo e inomogêneo. A emissão em microondas e devida ao mecanismo girossincrotrônico, portanto sensível a direção e intensidade do campo magnético, bem como a densidade e distribuição de elétrons não térmicos na região. Porém, não existe uma descrição acurada do campo magnético e da população de elétrons nessa região durante uma explosão solar. Historicamente, modelos bidimensionais e tridimensionais com campos magnéticos dipolares foram utilizados. Estudos mais recentes incorporaram assimetrias aos campos sob a forma de pontos de convergência assimétricos na fotosfera ou arcos múltiplos. A descrição dos elétrons avançou na direção de resolver as equações de Fokker-Planck para diferentes tipos de injeções e produzindo distribuições relevantes para a dinâmica dos eventos observados. Combinar esses dois aspectos numa única análise envolve um grande número de variáveis e demanda grande esforço matemático-computacional. Neste trabalho, foi desenvolvida uma metodologia forward fitting de modelagem do campo magnético e de propriedades dos elétrons para ajustar espectros e imagens observadas pelo Rádio Heliógrafo e Rádio Polarímetro de Nobeyama. Essa metodologia baseia-se num método de otimização para varrer o espaço de parâmetros, o Pikaia. Ele seleciona o melhor modelo comparando classes de modelos às observações e selecionando aqueles de menor diferença. Para calcular esses modelos, fez-se o cálculo da transferência radiativa da radição girossincrotrônica em microondas num ambiente magnético descrito pelo modelo do campo magnético livre de forças. Os elétrons emissores são descritos por uma distribuição não térmica em energia e por uma distribuição espacial que simula concentrações no topo ou nos pés dos arcos magnéticos, dentre outras assimetrias. Esse método foi aplicado à explosão solar SOL2006-12-13T02:21 classe GOES X3,4, observada na região ativa AR 10930. Foram calculados mapas de distribuição de brilho em quatro frequências e os melhores modelos reproduziram espectros e alguns aspectos geométricos das imagens observadas. ABSTRACT: Solar are microwave emission observations show indirectly that active regions are a complex and inhomogeneous magnetic environment. The microwave emission is due to the gyrosynchrotron emission mechanism, sensible to magnetic field as well as to the nonthermal electrons density and spatial distribution. However, so far there are no accurate descriptions of magnetic field and electrons population features during the are. Bidimensional and tridimensional magnetic field models have been used and more recent works incorporated assymetries such as magnetic convergence points at the photosphere or multi-thread models. The electron description evolved in the direction of solving Fokker-Planck equations for different kinds of injections producing relevant distributions in the observed electron dynamics. Combining these two features in a single analysis method involves several unknown variables and requires great mathematical and computational efforts. In this work, a forward fitting methodology was developed to model the magnetic field and the electrons properties in order to reproduce spectra and images observed by the Nobeyama Radio Heliograph and Polarimeters. This methodology is based on Pikaia, an optimization scheme to search in the parameters' space and to select the best combination by comparing families of models to the observations. To calculate these models, gyrosynchrotron radiation transfer is performed through a magnetic medium described by the force free magnetic field model. Emitting electrons are described by a nonthermal energy distribution and spatial distributions assume footpoint or looptop concentrations in the magnetic loops, among other asymetries. The method was applied to the X3.4 GOES class event SOL2006-12-13T02:21 that occured on active region AR 10930. Brightness maps in four frequencies were calculated and were able to reproduce spectra and some geometric aspects of the observations.
AreaCEA
ArranjoINPE > Produção > AST > Diagnóstico de explosões...
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas.pdf 04/05/2015 13:11 150.1 KiB 
originais/avaliação final.pdf 27/04/2015 15:22 24.9 KiB 
originais/tese_com_folha_aprovacao_Tereza.pdf 27/04/2015 10:18 8.2 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 12/06/2015 13:42 599.7 KiB 
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP7W/3HSJTL5
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3HSJTL5
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
marcelo.pazos@inpe.br
tereza.satiko@das.inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
marcelo.pazos@inpe.br
tereza.satiko@das.inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Leituraallow from all
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02.53
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2NE4L
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format group isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3K285TE
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2015/08.04.17.08
Última Atualização2016:01.26.16.26.58 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2015/08.04.17.08.34
Última Atualização dos Metadados2018:06.05.04.15.17 administrator
Chave SecundáriaINPE-17607-TDI/2375
Chave de CitaçãoTusnski:2015:PrExAn
TítuloProcura por exoluas e anéis em planetas extrassolares usando os telescópios CoRoT e Kepler
Título AlternativoSearch for exomoons and planetary rings around extrasolar planets using CoRoT and Kepler space telescopes
CursoAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2015
Data2015-09-02
Data de Acesso27 fev. 2021
Tipo da TeseTese (Doutorado em Astrofísica)
Número de Páginas156
Número de Arquivos1
Tamanho10767 KiB
Área de contextualização
AutorTusnski, Luis Ricardo Moretto
BancaRodrigues, Cláudia Vilega (presidente)
Valio, Adriana Benetti Marques (orientadora)
Jablonski, Francisco José
Souza, Carlos Alexandre Wuensche de
Martioli, Eder
Guimarães, Ana Helena Fernandes
Endereço de e-Maillrtusnski@gmail.com
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2015-08-04 17:12:50 :: LRTusnski -> administrator ::
2015-08-17 12:55:37 :: administrator -> yolanda ::
2015-08-31 18:34:57 :: yolanda -> LRTusnski ::
2015-08-31 18:55:56 :: LRTusnski -> yolanda ::
2015-09-01 15:59:24 :: yolanda -> LRTusnski ::
2015-10-22 03:05:43 :: LRTusnski -> yolanda ::
2015-10-23 15:27:34 :: yolanda -> LRTusnski ::
2015-10-25 12:52:20 :: LRTusnski -> yolanda ::
2016-01-26 16:29:20 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2016-02-02 13:47:54 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br :: -> 2015
2016-02-02 15:41:49 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2015
2018-06-05 04:15:17 :: administrator -> :: 2015
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chaveplanetas extrassolares, trânsitos, fotometria, satélites naturais, anéis planetários, extrasolar planets, transits, photometry, natural satellites, planetary rings.
ResumoNeste trabalho, apresentamos um programa de busca por sinais de exoluas e anéis planetários usando os dados dos telescópios espaciais CoRoT e Kepler. Inicialmente, apresentamos uma revisão da teoria existente sobre satélites, partindo da observação do Sistema Solar, e passando por modelos de formação e previsão de limites de estabilidade dinâmica e de massa. São apresentadas também as técnicas atualmente propostas para a detecção de exoluas, destacando que os efeitos mais prováveis são aqueles baseados em trânsitos planetários. Em seguida, apresentamos um programa de busca desenvolvido utilizando estas técnicas e incluindo dois novos métodos: a análise do diagrama de fase e a busca de variações nos parâmetros planetários. Simulações são usadas para ilustrar seu funcionamento. Por fim, são apresentados os resultados das buscas em planetas confirmados detectados pelo CoRoT e pelo Kepler e em candidatos planetários detectados pelo Kepler. Ao todo, 78 exoplanetas foram investigados, totalizando 913 trânsitos individuais. Embora nenhum sinal da presença de satélites ou anéis tenha sido detectado, estabelecemos limites de detecção para todos os objetos estudados e corrigimos o período orbital de alguns objetos. ABSTRACT: In this work, we present a search for signals of exomoons and planetary rings, using data from the CoRoT and Kepler space telescopes. Initially, we present a review of the existing theory of satellites, starting from the observation of the Solar System, and undergoing formation models and predicted limits of dynamic stability and mass. We also show the current proposed techniques for detecting moons, noting that the most likely effects are those based on planetary transits. Following that, we present a search project using these techniques and including two new methods: the analysis of the phase diagram and the search for variations in planetary parameters. Simulations are used to illustrate its operation. Finally, the results from the search within confirmed planets detected by CoRoT and Kepler and for the planetary candidates found by Kepler are presented. A total of 78 exoplanets and 913 transits were analysed. Although no sign of the presence of satellites or rings is detected, we established detection limits for all studied objects and correted the orbital period of some exoplanets.
AreaCEA
ArranjoRepositório da BDMCI > Fonds INPE > Produção > AST > Procura por exoluas...
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas-3.pdf 09/11/2015 10:06 94.4 KiB 
originais/Avaliação final pagina 2 do aluno Luis Ricardo Moretto Tusnski.pdf 27/10/2015 12:59 29.4 KiB 
originais/publicacao.pdf 27/10/2015 08:53 10.5 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 26/01/2016 14:26 594.6 KiB 
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP7W/3K285TE
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3K285TE
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de UsuáriosLRTusnski
administrator
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de LeitoresLRTusnski
administrator
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Leituraallow from all
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02.53
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2NE4L
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format group isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype