Resultado da Pesquisa
A expressão de busca foi <ref thesis and course GESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR and date 2015>.
13 referências foram encontradas buscando em 15 dentre 15 sites
(este total pode incluir algumas duplicatas - para ver a conta certa clique no botão Mostrar Todas).
As 10 mais recentes estão listadas abaixo.
Data e hora local de busca: 27/02/2021 10:23.

Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3K5FA2L
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2015/08.24.19.06
Última Atualização2018:09.18.12.28.36 simone
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2015/08.24.19.06.59
Última Atualização dos Metadados2018:09.18.12.30.06 simone
Chave SecundáriaINPE-17612-TDI/2380
Chave de CitaçãoYamashita:2015:VaLoPe
TítuloVariabilidade de longo período da camada F2 no setor sul-americano
Título AlternativoLong term variability of F2 layer in the South American sector
CursoGESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2015
Data2015-08-25
Data de Acesso27 fev. 2021
Tipo da TeseTese (Doutorado em Geofísica Espacial/Ciências do Ambiente Solar-Terrestre)
Número de Páginas119
Número de Arquivos1
Tamanho5586 KiB
Área de contextualização
AutorYamashita, Cristina Sayuri
GrupoGESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
BancaDal Lago, Alisson (presidente)
Echer, Ezequiel (orientador)
Echer, Mariza Pereira de Souza (orientadora)
Alarcon, Alicia Luisa Clúa de Gonzalez
Sobral, José Humberto Andrade
Pacini, Alessandra Abe
Bertoni, Fernando Celso Perin
Endereço de e-Mailcristina.yamashita@inpe.br
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2015-08-24 19:07:35 :: cristina.yamashita@inpe.br -> administrator ::
2015-08-26 12:09:58 :: administrator -> yolanda ::
2015-09-14 14:36:17 :: yolanda -> cristina.yamashita@inpe.br ::
2015-10-02 09:36:01 :: cristina.yamashita@inpe.br -> yolanda ::
2015-10-02 11:35:43 :: yolanda -> administrator ::
2015-10-02 20:46:42 :: administrator -> cristina.yamashita@inpe.br ::
2015-10-07 02:38:10 :: cristina.yamashita@inpe.br -> yolanda ::
2015-10-09 19:04:58 :: yolanda -> cristina.yamashita@inpe.br ::
2015-10-27 17:29:08 :: cristina.yamashita@inpe.br -> administrator ::
2015-11-05 17:29:01 :: administrator -> yolanda ::
2016-01-20 15:08:03 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2016-01-21 12:39:12 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br :: -> 2015
2016-01-21 13:43:26 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2015
2018-09-18 11:31:51 :: administrator -> simone :: 2015
2018-09-18 12:30:06 :: simone -> :: 2015
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chavevariabilidade solar e ionosférica, efeitos no clima espacial, ionossonda, digissonda, modelo climatológico, ionospheric and solar variability, effect on space weather, ionosonde, digisonde, climatological model.
ResumoNesta Tese de Doutorado, estudou-se a variabilidade de longo período do pico da ionosfera (camada F2) de baixa latitude e da região equatorial do setor sul-americano baseado nos parâmetros foF2, hpF2 e hmF2 obtidos através dos registros de sondagem ionosféricas dos sítios de Cachoeira Paulista (22,67$^{o}$ S, 44,99$^{o}$ O) e Fortaleza (3,71$^{o}$ S, 38,54$^{o}$ O), em condições geomagneticamente calmas e às 12 horas LT. Criaram-se modelos empíricos baseados nos principais forçantes de produção de pares de íons diurnos, isto é, na variação de incidência de radiação solar ao longo dos anos. Para tal, estudaram-se as variações nos últimos 4 ciclos solares (desde 1970) dos parâmetros solares: índice do número de manchas solares, fluxo de rádio solar em 10,7 cm (F10,7) e radiação no extremo ultravioleta em duas bandas (26-34 nm e 0,1-50 nm) medidas pelo instrumento SOHO/SEM. Resultados obtidos das analises históricas do fluxo de radiação solar mostram que a radiação EUV emitida sofreu uma redução de aproximadamente 25% no ciclo #24 quando comparado ao ciclo #23 (tendo como base o período de baixa atividade solar). Estes resultados indicam uma tendência de diminuição na quantidade de irradiância solar incidente na atmosfera terrestre, o que teria implicações para a produção de íons por fotoionização. Através do estudo da variabilidade dos parâmetros ionosféricos (excluindo a sua autovariação devido a deposição de energia solar através da incidência de radiação), constatou-se que a quantidade de elétrons do pico da ionosfera acima de Cachoeira Paulista (baseado no parâmetro foF2) diminuiu aproximadamente $sim$-20% no período de inverno do hemisfério sul e aumentou em torno de $sim$15% no período de verão, apesar da tendência negativa de decréscimo da respectiva altitude do pico (parâmetros hpF2 e hmF2). Tal comportamento aponta para a possível variação da escala de altura do oxigênio atômico ao longo dos anos, e que esta variabilidade é fortemente modulada pelo período do ano. Para Fortaleza, notou-se que o parâmetro foF2 teve uma tendência positiva entre 13-24% para quase todo o ano. Os parâmetros hpf2, hmf2 mostraram tendência negativa de $sim$-11-14% em julho, positiva de $sim$+10-18% no verão e equinócios. ABSTRACT: In this thesis, the long term variability of the peak of the ionosphere (F2 layer) at low-latitude and equatorial regions of the South American sector is studied. This work is based on foF2, hpF2 and hmF2 parameters obtained through the ionospheric sounding records of the sites from Cachoeira Paulista (22,67$^{o}$ S, 44,99$^{o}$ O) and Fortaleza (3,71$^{o}$ S, 38,54$^{o}$ O). Data during quiet geomagnetic conditions at 12 LT (Local Time) were studied. Empirical models were created based on the main forcing production of diurnal ion pairs, that is, variation in the incidence of solar radiation over the years. In order to perform this study, the variations in solar parameters over the past four solar cycles (since 1970) have been studied: the index number of sunspots, solar radio flux at 10.7 cm (F10.7) and extreme ultraviolet radiation in two bands (26-34 nm and 0.1-50 nm) measured by SOHO/SEM instrument. Results of the historical analysis of the solar radiation flux show that the EUV radiation was reduced by approximately 25% in the cycle # 24 compared to the cycle # 23. These results indicate a decreasing trend in the quantity of incident solar irradiance at the Earth${}$s atmosphere, which would have implications for the production of ions by photoionization. Through the study of variation of ionospheric parameters (excluding the auto variation due to deposition of solar energy by radiation incidence) it was found that the amount of peak electrons of the ionosphere above Cachoeira Paulista (based on foF2 parameter) decreased approximately $sim$-20% during the southern hemisphere winter and increased by around $sim$ -15% during the summer. Such behavior indicates the range of possible variation in height of the atomic oxygen over the years, and this variability is strongly modulated by the period of the year. For Fortaleza, it was noted that the parameter foF2 showed a positive trend between 13-24% for most of the year. The parameters hpf2, hmF2 showed a negative trend of $sim$ -11-14% in July, and a positive trend of $sim$ +10-18% in summer and equinoxes.
AreaCEA
Arranjo 1INPE > Produção > GES > Variabilidade de longo...
Arranjo 2INPE > Produção > GESAST > Variabilidade de longo...
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas.pdf 18/09/2018 09:25 161.4 KiB 
originais/Avaliação Final - Cristina Sayuri Yamashita.pdf 03/11/2015 10:18 343.6 KiB 
originais/Tese Cristina 29102015.docx 05/11/2015 15:03 6.7 MiB
originais/Tese Cristina 29102015.pdf 05/11/2015 15:06 5.0 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 20/01/2016 13:07 647.2 KiB 
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP3W34P/3K5FA2L
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP3W34P/3K5FA2L
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
cristina.yamashita@inpe.br
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
cristina.yamashita@inpe.br
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Leituraallow from all
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2PBEE
8JMKD3MGPCW/3F2PF8L
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3KK4Q3S
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2015/11.16.12.31
Última Atualização2016:03.02.19.09.58 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2015/11.16.12.31.01
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.55.51 administrator
Chave SecundáriaINPE-17623-TDI/2387
Chave de CitaçãoTiwari:2015:InAp
TítuloAtmospheric-ionospheric disturbances in the MLT region during convective climate: an integrated approach
Título AlternativoDistúrbios atmosféricos-ionosféricos na região MLT durante a ocorrência de fenômenos climáticos convectivos: uma abordagem integrada
CursoGESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2015
Data2015-11-05
Data de Acesso27 fev. 2021
Tipo da TeseTese (Doutorado em Geofísica Espacial/Ciências do Ambiente Solar-Terrestre)
Número de Páginas159
Número de Arquivos1
Tamanho7819 KiB
Área de contextualização
AutorTiwari, Babu Ram
BancaAlves, Maria Virgínia (presidente)
Kherani, Esfhan Alam (orientador)
Paula, Eurico Rodrigues de (orientador)
Sobral, José Humberto Andrade (orientador)
Gobbi, Delano
Koga, Daiki
Balan, Nanan
Nogueira, Paulo Alexandre Bronzato
Endereço de e-Mailtiwari.baburam@gmail.com
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2015-11-16 12:34:03 :: tiwari.baburam@gmail.com -> administrator ::
2015-11-16 22:26:28 :: administrator -> yolanda ::
2015-11-18 17:36:07 :: yolanda -> administrator ::
2015-12-15 12:38:22 :: administrator -> yolanda ::
2015-12-15 17:42:24 :: yolanda -> tiwari.baburam@gmail.com ::
2015-12-17 13:23:06 :: tiwari.baburam@gmail.com -> yolanda ::
2015-12-28 10:47:11 :: yolanda -> simone ::
2015-12-28 10:55:34 :: simone -> yolanda ::
2016-02-25 16:50:43 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2016-03-02 19:09:58 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br :: -> 2015
2016-03-02 19:10:27 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2015
2018-06-04 02:55:51 :: administrator -> :: 2015
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chavetropospheric convection, acoustic gravity waves, gravity waves, ionosphere, simulations and observations, convecção troposférica, ondas de gravidade acústica, ondas de gravidade, ionosfera, simulações e observações.
ResumoThe Mesosphere-Lower-Thermosphere (MLT) region of the atmosphere in the 70-140 km altitude hosts varieties of atmospheric-ionospheric disturbances, owing to its coupling with the lower atmosphere through the acoustic-gravity waves (AGWs). These waves are launched during the tropospheric convection involving convective instability (CI) which is a key process during the convective climate in determining the meteorological and weather conditions. The objective of my thesis is to develop an integrated theoretical framework that includes cause and effects from troposphere to MLT region. This objective will be pursued by addressing three topics: (1) Troposphere convection dynamics, (2) Generation and propagation of AGWs arising from the convection, and (3) Subsequent atmospheric-ionospheric disturbances (AIDs) in the MLT region. In the first step, I propose to develop a new simulation model for the tropospheric convection that includes the diabatic and adiabatic dynamics desired during weak and strong environmental lapse rates. In the second step, the AGWs model developed by Kherani et al. (2012) will be integrated with the first step. In the third step, an ionospheric model will be developed and integrated with the first two steps. With this integrated model, I propose to study the following aspects: (i) CI associated lapse rate variation in the troposphere, (ii) simulation of OH airglow ripples and descending sodium (Na) density quasi-periodic (QP) disturbances in the MLT region, (iii) simulation of QP disturbances in the lower and upper E region, (iv) QP disturbances in the electrojet. All these aspects will be examined for the tropical/equator-low-latitude atmosphere-ionosphere and the simulation results will be compared with the observations from previous studies. RESUMO: O intervalo do perfil vertical da atmosfera entre 70 e 140 km de altitude, que compreende a região da mesosfera e baixa termosfera (MLT, na sigla em Inglês), abriga uma variedade de distúrbios ionosféricos e atmosféricos provocados pelo acoplamento dessa região com a baixa atmosfera que se dà através de ondas de gravidade acústicas. Essas ondas são geradas em decorrência de convecções troposféricas associadas às instabilidades convectivas que são consideradas na determinação das condições meteorológicas e climáticas. O objetivo desta tese é desenvolver um arcabouço teórico integrado que inclui causa e efeitos da troposfera para a região MLT. Este objetivo será perseguido ao abordarmos três tópicos: (1) a dinâmica das convecções troposféricas, (2) geração e propagação de ondas de gravidades acústicas em decorrência da convecção, e (3) distúrbios atmosféricos-ionosféricos subsequentes (AIDs, na sigla em Inglês) presentes na região MLT. Como primeiro passo, propomos desenvolver um novo modelo de simulação para convecção troposférica que inclui as dinâmicas diabáticas e adiabáticas relativas às taxas de lapso ambiental fracas e fortes. A seguir, integramos o modelo de ondas de gravidade acústica desenvolvido por Kherani et al. (2012) é integrado ao primeiro passo. Posteriormente, adicionamos um modelo ionosférico aos dois primeiros. Com esse modelo acoplado, propomos estudar os seguintes aspectos: (i) associação entre instabilidades convectivas e taxas de lapso ambiental, (ii) simulação de ondulações na emissão de aeroluminescência da hidroxila e distúrbios quase-periódicos na densidade do sódio, (iii) simulação de distúrbios quase-periódicos na base e no topo da camada E, (iv) distúrbios quase-periódicos no eletrojato. Todos esses aspectos serão examinados para o sistema atmosfera-ionosfera das regiões tropical, equatorial e de baixas latitudes, de modo que os resultados das simulações serão comparados com observações reportadas na literatura.
AreaCEA
ArranjoRepositório da BDMCI > Fonds INPE > Produção > GESAST > Atmospheric-ionospheric disturbances in...
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas.pdf 06/01/2016 08:54 186.5 KiB 
originais/Avaliação final pagina 2 do aluno Babu Ram Tiwari.pdf 18/12/2015 12:32 29.9 KiB 
originais/Tiwari_Thesis-2.pdf 04/01/2016 14:38 7.3 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 25/02/2016 13:47 606.3 KiB 
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP3W34P/3KK4Q3S
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP3W34P/3KK4Q3S
Idiomaen
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
marcelo.pazos@inpe.br
simone
tiwari.baburam@gmail.com
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
marcelo.pazos@inpe.br
simone
tiwari.baburam@gmail.com
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Leituraallow from all
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2PF8L
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format group isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3JU4DU8
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2015/07.28.17.16
Última Atualização2015:10.29.11.32.31 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2015/07.28.17.16.40
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.55.31 administrator
Chave SecundáriaINPE-17580-TDI/2354
Chave de CitaçãoGavilán:2015:CaReBa
TítuloCaracterização da resposta da baixa ionosfera a transientes solares
Título AlternativoCharacterization of low ionosphere response to solar transients
CursoGESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2015
Data2015-05-25
Data de Acesso27 fev. 2021
Tipo da TeseTese (Doutorado em Geofísica Espacial/Ciências do Ambiente Solar-Terrestre)
Número de Páginas108
Número de Arquivos1
Tamanho2686 KiB
Área de contextualização
AutorGavilán, Hernán Rivero
GrupoGESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
BancaNardin, Clezio Marcos de (presidente)
Correia, Emília (orientadora)
Dal Lago, Alisson (orientador)
Kantor, Ivan Jelinek
Raulin, Jean-Pierre
Fernandez, José Henrique
Endereço de e-Mailmarcelo.pazos@inpe.br
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2015-07-28 17:30:52 :: luis.cpv@hotmail.com -> yolanda ::
2015-07-29 13:48:51 :: yolanda -> administrator ::
2015-08-01 16:31:04 :: administrator -> yolanda ::
2015-10-16 14:42:41 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2015-10-29 11:09:32 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br :: -> 2015
2015-10-29 11:35:19 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2015
2018-06-04 02:55:31 :: administrator -> :: 2015
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chaveexplosões solares, muita baixa frequência, SAVNET, região-D, solar flares, very low frequency, D-region.
ResumoA partir de observações obtidas da rede SAVNET entre abril 2007 e dezembro 2011, período que corresponde ao final do mínimo do ciclo solar 23 e começo do ciclo solar 24, estudamos 366 eventos solares que produziram um SPA detectável. Durante o período de estudo obtemos que o limite de detecção mínimo corresponde à eventos classe GOES B3.0, com uma probabilidade de detecção de 39% e que eventos solares maiores que classe GOES B.6 possuem uma probabilidade de detecção de 100%. A correlação entre os SPAs normalizados pelo trajeto iluminado versus o logaritmo do excesso de fluxo de eventos em raios-X e da fluência solar na banda de 0,5 - 2 A mostra uma tendência exponencial, ao serem considerados na análise eventos fracos com classificação GOES inferior a C1. A correlação entre o tempo de relaxamento, $Delta$t$_{rel}$, e o tempo de crescimento do fluxo solar, $Delta$T$_{c}$, sugere que a tendência exponencial, quando incluídos os eventos em raios-X fracos, poderia estar relacionada com a resposta da ionosfera frente a competição entre os mecanismos de fotoionização devido ao incremento do fluxo de raios-X e os processos de recombinação. ABSTRACT: From SAVNET network database we study 366 solar events that produced SPAs between April 2007 to December 2011, period that corresponding to the minimum of the 23$^{rd}$ and beginning of the 24$^{th}$ solar cycle. During this period we obtained that the lower limit detection for producing a significant SPA at this VLF path corresponds to B3.0 GOES class with a probability of detection of 39% and that solar flares greater than B6 GOES class have a probability detection of 100%. The correlation between the SPA s normalized intensity by the illuminated path and by sec (X$_{mean}$) versus the logarithm X-ray solar flux peak excess, the solar fluence in the 0.5 - 2 A band shows an exponential response when include faint events, with GOES classification lesser than C1. Correlation between the relaxation time, $Delta$t$_{rel}$, and the crescent time of solar flux, $Delta$T$_{c}$, suggests that such exponential behavior, observed when including weak events, might be related to the role of ionospheric response under the competition between photoionization due the excess of X-rays radiation and recombination processes.
AreaCEA
ArranjoINPE > Produção > GESAST > Caracterização da resposta...
Conteúdo da Pasta source
originais/001-1.pdf 28/07/2015 15:27 33.5 KiB 
originais/@4primeirasPaginas.pdf 08/09/2015 14:28 93.8 KiB 
originais/Tese-Hernan final.docx 31/08/2015 10:19 1.8 MiB
originais/Tese-Hernan final.pdf 03/09/2015 13:53 2.2 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 16/10/2015 11:36 603.7 KiB 
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP3W34P/3JU4DU8
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP3W34P/3JU4DU8
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
marcelo.pazos@inpe.br
pubtc@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
marcelo.pazos@inpe.br
pubtc@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Leituraallow from all
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2PF8L
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3JLJ9LS
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2015/06.12.15.58
Última Atualização2015:11.04.11.57.21 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2015/06.12.15.58.42
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.55.27 administrator
Chave SecundáriaINPE-17593-TDI/2365
Chave de CitaçãoMendonça:2015:AnUmDu
TítuloAnálise em uma e duas dimensões de precursores de tempestades geomagnéticas através de dados da rede global de detectores de múons (GMDN)
Título Alternativo1D and 2D analysis of geomagnetic storms precursors using the Gobal Muon Detector Network data
CursoGESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2015
Data2015-07-07
Data de Acesso27 fev. 2021
Tipo da TeseTese (Doutorado em Geofísica Espacial/Ciências do Ambiente Solar-Terrestre)
Número de Páginas232
Número de Arquivos1
Tamanho14548 KiB
Área de contextualização
AutorMendonça, Rafael Rodrigues Souza de
BancaMuralikrishna, Polinaya (presidente)
Echer, Ezequiel (orientador)
Dal Lago, Alisson (orientador)
Dutra, Severino Luiz Guimarães
Silva, Marlos Rockenbach da
Costa Junior, Edio da
Fauth, Anderson Campos
Endereço de e-Mailfaeldrigues.inpe@gmail.com
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2015-06-12 16:00:09 :: faeldrigues.inpe@gmail.com -> administrator ::
2015-06-16 21:06:40 :: administrator -> yolanda ::
2015-07-06 14:32:35 :: yolanda -> faeldrigues.inpe@gmail.com ::
2015-08-26 18:43:00 :: faeldrigues.inpe@gmail.com -> yolanda ::
2015-08-27 13:06:32 :: yolanda -> faeldrigues.inpe@gmail.com ::
2015-08-27 17:22:28 :: faeldrigues.inpe@gmail.com -> yolanda ::
2015-10-22 12:09:09 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2015-11-04 11:15:38 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br :: -> 2015
2015-11-04 11:58:22 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2015
2018-06-04 02:55:27 :: administrator -> :: 2015
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chaveraios cósmicos, tempestades geomagnéticas, atmosfera terrestre, cosmic rays, geomagnetic storms, earth atmosphere.
ResumoSabe-se, a muito tempo, que a intensidade de raios cósmicos observada na superfície terrestre apresenta decréscimos causados pela a passagem de estruturas interplanetárias. Além deste fato, trabalhos anteriores, através de estudos de casos, sugerem a existência de acréscimos ou decréscimos precursores à chegada dessas estruturas. Neste trabalho, buscou-se desenvolver um método para se analisar essas variações de modo contínuo e não vinculada ao conhecimento prévio da presença de uma estrutura interplanetária no período a ser analisado. São apresentados estudos realizados com dados da Rede Global de Detectores de Múons (GMDN) coletados entre 2007 e 2012. A fim de possibilitar uma melhor análise das variações precursoras, foram analisados e corrigidos os efeitos atmosféricos da pressão e da temperatura na intensidade de múons observada na superfície. Para isto, foram analisados diferentes métodos de se descrever a influência da temperatura. Através da comparação entre os resultados obtidos por cada um deles, verificou-se que o Método da Temperatura Ponderada pela Massa é o que melhor descreve o efeito da temperatura, e logo, o que possibilita uma melhor remoção desse efeito nos dados registrados pela GMDN. Através do cálculo e remoção da variação de longa periodicidade associada a anisotropia causada pelo processo de difusão, foi elaborada uma metodologia para a visualização contínua e global da variação de curta periodicidade da intensidade de raios cósmicos registrada pela GMDN. Utilizando-se os dados resultantes dessa metodologia, foi desenvolvida uma técnica para a seleção automática de decréscimos e de acréscimos precursores à passagem de estruturas interplanetárias pela Terra. Analisando-se os eventos selecionados por esta técnica, conclui-se que é improvável que este tipo de variação esteja aleatoriamente associado a períodos anteriores à chegada de estruturas interplanetárias e que, portanto, devem-se tratar de fenômenos precursores. Desta forma, a técnica desenvolvida neste trabalho mostra-se viável para prever a chegada de estruturas interplanetárias no espaço próximo a Terra. Isto, por sua vez, é um dos objetivos principais dos estudos sobre o clima espacial, pois pode ajudar a evitar danos em tecnologias e em seres vivos dispostos tanto no espaço como na Terra causados por estas estruturas. ABSTRACT: It has been known for a long time that the cosmic ray intensity observed on Earth surface presents decreases caused by the passage of interplanetary structures through our planet. Previous works, based in case study, suggest the existence of cosmic ray increases and decreases prior to the arrival of interplanetary structures at the Earth. This Thesis, on the other hand, aims to develop and test a new way to analyze these precursory variations in a continuous time series without using any information about the arrival time of interplanetary structures at Earth, as was done in previous works. This work presents results obtained using data from the Global Muon Detector Network (GMDN) observed between 2007 and 2012. In order to allow a better analysis, the cosmic ray data observed at Earth surface were corrected for both the atmospheric pressure and temperature effects. The latter effect was analyzed using several methods. Comparing the results of this analysis, we found that the Mass Weighted Method is the one that better describes the seasonal temperature effect. In addition, the cosmic ray data were processed by a methodology intended to calculate and remove the long-term variation associated with diffusion process was applied for the cosmic ray data. This methodology allows the visualization of short-term variations on the cosmic ray data in a global and continuous way. Finally, we developed a technique able to identify automatically cosmic ray decreases or increases observed ahead of the arrival time of interplanetary structures at the Earth. We analyzed the event list produced by this technique and we concluded that these variations are unlikely to be randomly associated to the arrival of interplanetary structures. The results obtained in this thesis suggest that this technique can be used as a tool to forecast the arrival of interplanetary structures in the Earths vicinity. This is very important to anticipate Space Weather effects on electronic or living beings located outside and inside of Earth.
AreaCEA
ArranjoRepositório da BDMCI > Fonds INPE > Produção > GESAST > Análise em uma...
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas-4.pdf 03/09/2015 16:17 93.6 KiB 
originais/Avaliação final pagina 2 do aluno Rafael Rodrigues Souza de Mendonça.pdf 01/09/2015 12:09 44.7 KiB 
originais/TESE_RRSM_FINAL.pdf 01/09/2015 11:21 14.1 MiB
originais/TEXTO_TESE_INTERIA_V61_FINAL.docx 27/08/2015 15:19 50.1 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 22/10/2015 10:07 592.2 KiB 
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP3W34P/3JLJ9LS
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP3W34P/3JLJ9LS
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
faeldrigues.inpe@gmail.com
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
faeldrigues.inpe@gmail.com
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Leituraallow from all
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2PF8L
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format group isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3J6F9C5
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2015/03.17.20.47
Última Atualização2015:08.28.17.15.13 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2015/03.17.20.47.55
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.55.18 administrator
Chave SecundáriaINPE-17544-TDI/2325
Chave de CitaçãoValentim:2015:CaElDe
TítuloCampos elétricos e derivas do plasma na ionosfera equatorial do setor americano durante tempestades magnéticas
Título AlternativoElectric fields and equatorial ionospheric plasma drifts over american sector during magnetic storms
CursoGESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2015
Data2015-04-15
Data de Acesso27 fev. 2021
Tipo da TeseTese (Doutorado em Geofísica Espacial/Ciências do Ambiente Solar-Terrestre)
Número de Páginas256
Número de Arquivos1
Tamanho21088 KiB
Área de contextualização
AutorValentim, Ângela Machado dos Santos
GrupoGESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
BancaBatista, Ines Staciarini (presidente)
Abdu, Mangalathayil Ali (orientador)
Souza, Jonas Rodrigues de (orientador)
Sobral, José Humberto Andrade (orientador)
Alarcon, Walter Demetrio Gonzalez
Borba, Gilvan Luiz
Muella, Marcio Tadeu de Assis Honorato
Endereço de e-Mailangela@dae.inpe.br
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2015-03-17 20:47:55 :: angela -> yolanda ::
2015-03-25 17:31:15 :: yolanda -> angela ::
2015-05-27 15:05:04 :: angela -> yolanda ::
2015-05-27 16:14:28 :: yolanda -> angela ::
2015-05-27 16:19:20 :: angela -> yolanda ::
2015-05-28 14:05:37 :: yolanda -> administrator ::
2015-06-01 12:26:15 :: administrator -> angela@dae.inpe.br ::
2015-07-02 13:10:07 :: angela@dae.inpe.br -> administrator ::
2015-07-02 13:27:53 :: administrator -> yolanda ::
2015-07-14 19:14:36 :: yolanda -> administrator ::
2015-07-15 22:39:50 :: administrator -> yolanda ::
2015-08-27 13:25:26 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2015-08-28 16:42:27 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br :: -> 2015
2015-08-28 17:16:47 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2015
2018-06-04 02:55:18 :: administrator -> :: 2015
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chavederivas ionosféricas, campos elétricos, tempestades magnéticas, ionospheric drifts, electric fields, magnetic storms.
ResumoNeste trabalho, apresenta-se um estudo sobre a conexão entre os campos elétricos e as derivas do plasma ionosférico do setor sul americano, durante a ocorrência de distúrbios magnéticos. No decorrer da pesquisa, também objetivou-se estudar a influência da atividade solar mínima prolongada do ano de 2008, no comportamento da deriva zonal de Jicamarca durante o dia, mesmo na ausência de qualquer atividade magnética. Além disso, a recorrente presença de uma camada E-esporádica sobre a região brasileira, observada em $sim$ 140 km de altura, durante o período noturno, também foi brevemente discutida. Para tanto, alguns eventos de tempestades magnéticas foram escolhidos para que as componentes vertical e zonal das derivas do plasma, obtidas pelo radar de espalhamento incoerente de Jicamarca (11.95$^{°}$S, 76.87$^{°}$O), pela Digissonda de Fortaleza (3,43$^{°}$S, 38,52$^{°}$O) e pelos dados de imageador ótico all-sky (deriva zonal) de São João do Cariri-Brasil (7,4$^{°}$S, 38.52$^{°}$O) pudessem ser estudadas. As perturbações na deriva zonal do plasma foram investigadas juntamente com as variações simultâneas na deriva vertical, as quais são regidas pelo campo elétrico de penetração, durante o desenvolvimento de uma tempestade. Uma vez que o enfoque desse estudo está nos fatores físicos e eletrodinâmicos que regem a dinâmica da deriva zonal perturbada do plasma, foi possível, por meio de uma análise quantitativa detalhada, avaliar os parâmetros que controlam a deriva zonal do plasma e, assim, propor uma explicação para a conexão observada entre as derivas zonal e vertical. Nesse contexto, adotou-se o modelo SUPIM-INPE - emph{Sheffield University Plasmasphere Ionosphere Model at INPE} -, o qual se configurou como uma importante ferramenta para que todos os fatores necessários para o cálculo da deriva zonal do plasma pudessem ser quantificados e a deriva zonal calculada pudesse ser comparada aos dados observados. Os dados analisados mostraram que a deriva zonal se inverte para oeste (a partir do seu movimento normal para leste) e que as variações entre a deriva zonal e vertical, durante condições perturbadas, são anticorrelacionadas entre si. Os resultados encontrados confirmam que a inversão da deriva zonal e a perfeita anticorrelação entre as derivas vertical e zonal da ionosfera, durante o desenvolvimento de uma tempestade magnética, foram geradas, principalmente, pelo campo elétrico Hall, induzido pelo campo elétrico de penetração, na presença de um aumento da taxa das condutividades Hall-Pedersen integradas ao longo das linhas de campo ($Sigma$$_{H}$/$Sigma$$_{P}$). Com relação aos resultados de Jicamarca, esta conclusão só foi possível porque as oscilações nas derivas foram observadas no início de uma tempestade magnética e, assim, os efeitos dos ventos perturbados puderam ser excluídos. Para a região brasileira, as análises das derivas foram feitas em diferentes fases da tempestade magnética e mostraram, quantitativamente, que a modificação na velocidade zonal das bolhas de plasma apresentou uma clara competição entre os ventos perturbados e o aumento na razão $Sigma$$_{H}$/$Sigma$$_{P}$.Tal aumento foi gerado, principalmente, por um acréscimo na condutividade Hall integrada decorrente da precipitação de partículas energéticas na região da Anomalia Magnética do Atlântico Sul (AMAS), cuja comprovação foi possível através da ocorrência de camadas E-esporádicas anômalas observadas nas regiões de Fortaleza, Cachoeira Paulista e São José dos Campos. Tais camadas também representam uma evidência do desenvolvimento do campo elétrico Hall, o qual é responsável por modificar a deriva zonal. ABSTRACT: In the present work, we investigate the connection between electric fields and plasma drifts in the ionosphere over South American longitude sector, during conditions of magnetic disturbances. We also investigated the influence of deep and prolonged solar minimum of the year 2008, on the behavior of the daytime zonal plasma drift over Jicamarca in the absence of any magnetic activity. In addition, the recurring presence of a sporadic E-layer observed at $sim$ 140 km during the night on the Brazilian region are also briefly discussed.To make this investigation possible, we selected a few magnetic storm intervals, during which plasma drifts, in both vertical and zonal components, were analyzed using incoherent scatter radar data from Jicamarca (11,95$^{°}$ S, 76,87$^{°}$ W), Digisonde data from Fortaleza (3,43$^{°}$ S, 38,52$^{°}$ O), and all-sky imager data from Sao Joao de Cariri (7,4$^{°}$S, 37,5$^{°}$ W). Zonal plasma drift perturbations are investigated together with the simultaneous variations in vertical plasma drifts that are identified as arising from prompt penetration zonal electric field during storm developments. This study focus on the physical and electrodynamic factors that govern the dynamics of the storm time zonal plasma drifts and, based on detailed quantitative evaluation of controlling parameters, proposes an explanation for the observed relationship between the zonal and vertical drifts. The SUPIM-INPE - emph{Sheffield University Plasmasphere Ionosphere Model at INPE} - is used as an important tool to represent realistic ionosphere that provided all the key parameters necessary for the calculation of zonal plasma drifts that are then compared to the observed data. It is found that the plasma zonal drift reverses to westward (from its quiet time eastward direction) and the vertical and zonal drifts are anti correlated under disturbed conditions. The results confirm that the reversal of the zonal drift and the perfect anticorrelation between vertical and zonal drifts observed during magnetic storm development phase are driven mainly by a vertical Hall electric field induced by the primary zonal electric field in the presence of an increase in the field line integrated Hall-to-Pedersen conductivities ratio, $Sigma$$_{H}$/$Sigma$$_{P}$. In the case of the results over Jicamarca this definitive verification was possible because fluctuations in drifts were observed at the beginning of a magnetic storm when the effects of disturbance winds could be excluded. For the Brazilian region, where the observations were made at varying phases of magnetic disturbances, it is shown quantitatively that the change in zonal velocity of the plasma bubble are subject to clear competition between the disturbance winds and the increased ratio $Sigma$$_{H}$/$Sigma$$_{P}$. Such increase in the conductivity ratio are most often generated by an increase in integrated Hall conductivity, due to precipitation of energetic particles in the region of the South Atlantic Magnetic Anomaly (SAMA) for which evidence is provided from observation of anomalous sporadic E layers over Jicamarca, Fortaleza, Cachoeira Paulista and Sao Jose dos Campos. Such sporadic E layers are also evidence for the development of the Hall electric field that modifies zonal drift.
AreaCEA
ArranjoINPE > Produção > GESAST > Campos elétricos e...
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas.pdf 26/06/2015 10:02 96.5 KiB 
originais/avaliação final pagina 2 da aluna Angela Machado dos Santos Valentim.pdf 29/05/2015 10:07 27.6 KiB 
originais/publicacao.docx 02/07/2015 10:17 24.8 MiB
originais/publicacao.pdf 02/07/2015 10:24 20.6 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 28/08/2015 13:42 1.0 MiB
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP3W34P/3J6F9C5
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP3W34P/3J6F9C5
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
angela
angela@dae.inpe.br
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
angela
angela@dae.inpe.br
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Leituraallow from all
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2PF8L
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3J3GH78
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2015/02.27.16.58
Última Atualização2015:06.16.12.37.22 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2015/02.27.16.58.56
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.55.16 administrator
Chave SecundáriaINPE-17500-TDI/2282
Chave de CitaçãoAdhikari:2015:HIEfRe
TítuloHILDCAA-related effects recorded in middle-low latitude magnetometers
Título AlternativoEfeitos relacionados a eventos HILDCAA registrados em magnetômetros de média e baixa latitudes
CursoGESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2015
Data2015-02-24
Data de Acesso27 fev. 2021
Tipo da TeseTese (Doutorado em Geofísica Espacial)
Número de Páginas276
Número de Arquivos1
Tamanho23772 KiB
Área de contextualização
AutorAdhikari, Binod
GrupoGESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
BancaMuralikrishna, Polinaya (presidente)
Echer, Ezequiel (orientador)
Mendes Junior, Odim (orientador)
Domingues, Margarete Oliveira (orientadora)
Dutra, Severino Luiz Guimarães
Bolzam, Maurício José Alves
Roberto, Marisa
Endereço de e-Mailbinod.adhi@gmail.com
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2015-02-27 17:03:43 :: binod.adhi@gmail.com -> administrator ::
2015-03-02 12:06:09 :: administrator -> yolanda ::
2015-03-02 14:23:36 :: yolanda -> binod.adhi@gmail.com ::
2015-04-10 14:30:19 :: binod.adhi@gmail.com -> administrator ::
2015-06-15 17:11:37 :: administrator -> yolanda ::
2015-06-15 18:17:07 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2015-06-16 12:57:03 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: -> 2015
2018-06-04 02:55:16 :: administrator -> :: 2015
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-ChaveHILDCAA, geomagnetic storm, geomagnetic substorm, space electrodynamics, magnetosphere, tempestade geomagnética, subtempestade geomagnética, eletrodinâmica espacial, magnetosfera.
ResumoDisturbances of the geomagnetic field are caused by enhanced solar windmagnetosphere electrodynamical coupling process. The principal cause of geomagnetic disturbance is the magnetic reconnection between the southward directed interplanetary magnetic field component and the northward directed magnetopause field, that establishes an electrodynamic coupling between the solar wind plasma and magnetosphere. In general, this coupling is controled by dominant structures emanating from the sun like sporadic coronal mass ejections (CMEs) and their interplanetary counterparts (ICMEs), around the solar maximum, and by corotating high-speed streams, including corotating interaction region (CIR), in the descending and minimum phases of solar cycle. These high speed streams are embedded with highly fluctuating Alfven waves, which produce phenomena called HILDCAA events (high-intensity, long duration, continuous AE activity). This study investigates magnetic records from middle-low latitude geomagnetic observatories during HILDCAA periods. To this purpose, three primary conditions of the interplanetary space are considered: HILDCAA (i) not preceded by magnetic storm, (ii) preceded by storm generated by CIR, and (iii) preceded by storm generated by ICME. A fourth case is considered as a background condition: a geomagnetically quiet interval. As methodology of analysis, wavelet techniques to study multi-scale features of the HILDCAA events were explored in this work. The signal analyses techniques are composed by continuous wavelet transform, discrete wavelet transform, cross correlation using wavelet, and the usual modulus cross correlation. Complementarly, an evaluation on the field aligned currents (FAC) are considered in the investigation. Besides this, we estimate the polar cap potential (PCP) and merging electric field (Ey), and examine the role of PCP and geomagnetic AL index to monitor geomagnetic activity generated by geoeffective solar wind parameters during HILDCAAs. Thus, this work contributes to extend the understanding of HILDCAA events at higher latitudes to disturbances occurring at middle-low latitudes. There are magnetic effects related to the occurrence of HILDCAA even at middle-low latitudes. RESUMO: Perturbações do campo magnético da Terra são causadas por intensificação de um processo de acoplamento eletrodinâmico entre o vento solar e a magnetosfera. A causa principal das perturbações geomagnéticas é a reconexão magnética entre o campo magnético interplanetário com orientação para o sul e o campo magnético da Terra orientado para o norte, que estabelecem um acoplamento eletrodinâmico entre o plasma do vento solar e a magnetosfera. Em geral, esse acoplamento é controlado por estruturas dominantes emanadas do Sol como ejeções de matéria coronal (CMEs) e suas contrapartes interplanetárias (ICMES), em torno do máximo solar, e por feixes de alta velocidade corrotantes, incluindo regiões corrotantes de interação (CIR), nas fases descendente e de mínimo do ciclo solar. Esses feixes de alta velocidade portam ondas alfvênicas com intensa flutuação dos parâmetros físicos do plasma, que produzem os fenômenos de atividade AE continuada de alta intensidade e de longa duração, denominados eventos HILDCAA (high-intensity, long duration, continuous AE activity). Este estudo investiga os registros magnéticos obtidos de observatórios geomagnéticos durante períodos de HILDCAA. Para esse propósito, três condições fundamentais do espaço interplanetário são consideradas: HILDCAA (i) não precedida de tempestade geomagnética; (ii) precedida por tempestade gerada por CIR; e (iii) precedida por tempestade gerada por ICME. Um quarto caso é considerado como uma condição de ambiente de fundo: um intervalo geomagneticamente calmo. Como metodologia de análises, técnicas wavelets para estudar características multiescalas dos eventos HILDCAAs são exploradas neste trabalho. As técnicas de análises de sinais são compostas pela transformada wavelet contínua, transformada wavelet discreta, correlação cruzada usando wavelet, e a usual correlação cruzada das intensidades dos sinais. De maneira complementar, uma avaliação das correntes elétricas alinhadas com o campo geomagnético são consideradas na investigação. Além disso, estimamos o potencial na região polar (polar cap potential, PCP) e o campo elétrico resultante da reconexão magnética (Ey), e examinamos o papel do PCP e do índice geomagnético AL para monitorar a atividade geomagnética produzida pelos parâmetros solares geoefetivos durante os eventos HILDCAAs. Assim, este trabalho contribuiu para estender a compreensão dos eventos HILDCAAs de altas latitudes para distúrbios ocorrendo em médias e baixas latitudes. Há efeitos magnéticos relacionados a ocorrências de HILDCAAs mesmo em baixas e médias latitudes.
AreaCEA
Arranjo 1Repositório da BDMCI > Fonds INPE > Produção > GES > HILDCAA-related effects recorded...
Arranjo 2Repositório da BDMCI > Fonds INPE > Produção > GESAST > HILDCAA-related effects recorded...
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas.pdf 11/05/2015 14:27 148.5 KiB 
originais/Avaliação Final - Binod Adhikari.pdf 10/04/2015 09:32 226.9 KiB 
originais/Binod_ThesisFinal_Library.pdf 27/04/2015 11:33 23.5 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 15/06/2015 14:52 572.6 KiB 
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP3W34P/3J3GH78
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP3W34P/3J3GH78
Idiomaen
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
binod.adhi@gmail.com
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
binod.adhi@gmail.com
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Leituraallow from all
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2PBEE
8JMKD3MGPCW/3F2PF8L
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3J3GFGP
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2015/02.27.16.38
Última Atualização2015:06.16.14.31.22 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2015/02.27.16.38.28
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.55.16 administrator
Chave SecundáriaINPE-17508-TDI/2290
Chave de CitaçãoSouza:2015:LoLaSc
TítuloLocation of large scale reconnection at Earth's dayside magnetopause as probed by analytical X-line models and in situ observations
Título AlternativoAnálise da localização da reconexão magnética em larga escala na magnetopausa diurna terrestre por meio de modelos analíticos de linha X e observações in situ
CursoGESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2015
Data2015-02-24
Data de Acesso27 fev. 2021
Tipo da TeseTese (Doutorado em Geofísica Espacial/Ciências do Ambiente Solar-Terrestre)
Número de Páginas212
Número de Arquivos1
Tamanho33284 KiB
Área de contextualização
AutorSouza, Vitor Moura Cardoso e Silva
BancaDal Lago, Alisson (presidente)
Koga, Daiki (orientador)
Mendes Junior, Odim (orientador)
Dallaqua, Renato Sérgio
Sibeck, David Gary
Cardoso, Flávia Reis
Endereço de e-Mailvitormoura21@gmail.com
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2015-02-27 16:40:45 :: vitorsouza -> administrator ::
2015-03-04 22:50:19 :: administrator -> yolanda ::
2015-03-12 20:19:58 :: yolanda -> vitorsouza ::
2015-03-13 21:07:17 :: vitorsouza -> yolanda ::
2015-04-15 18:48:22 :: yolanda -> vitorsouza ::
2015-04-15 20:25:40 :: vitorsouza -> administrator ::
2015-04-16 13:46:10 :: administrator -> vitorsouza ::
2015-04-16 17:47:03 :: vitorsouza -> yolanda ::
2015-04-16 18:50:04 :: yolanda -> vitorsouza ::
2015-04-16 18:56:18 :: vitorsouza -> yolanda ::
2015-06-15 18:39:56 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2015-06-16 14:31:23 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br :: -> 2015
2015-06-16 14:32:43 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2015
2018-06-04 02:55:16 :: administrator -> :: 2015
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chavereconexão magnética, magnetopausa diurna, magnetosfera terrestre, magnetic reconnection, dayside magnetopause, Earth's magnetosphere.
ResumoThe magnetic reconnection process is believed to occur throughout the Universe whenever distinct magnetized plasma regimes come together and interact. It has also been shown to be the dominant process for the solar wind-magnetosphere interaction. In this work the large scale aspect of the magnetic field reconnection process is investigated: where does reconnection occur along the Earth${'}$s dayside magnetopause and what are the key parameters governing its location? We perform an intercomparison of three analytical model${'}$s, which predict the reconnection X-line location and orientation, namely Trattner et al. (2007), Gonzalez and Mozer (1974), and Swisdak and Drake (2007) against two sets of reconnection events which are identified mostly by the in situ detection of accelerated plasma flows. In the first set, we show four fortuitous, quasi-simultaneous dayside magnetopause crossing events where two widely separated spacecraft detect reconnection signatures, and the possible X-line location can be inferred from the observations. The X-line models are then used and their predictions are compared with the expected X-line location obtained from observation. The results suggest that an extended (> 5 Earth radii in length), component-type reconnection X-line may in fact be a likely scenario at Earth${'}$s dayside magnetopause, connecting and structuring the reconnection characteristics on far apart observation points. In the second set of reconnection events, we have analyzed the X-line models performance in predicting the observed reconnection outflow direction, i.e., its north-south and/or east-west senses, in a total of 116 single magnetopause crossing events where reconnection-generated plasma flows were clearly present. We found that the Swisdak and Drake (2007)s X-line model had a slightly better performance in predicting both accelerated plasma flow components: north-south (72% of the cases) and east-west (54% of the cases), as compared to the Trattner et al. (2007) model (66% north-south, 37% east-west), and Gonzalez and Mozer (1974) model (60% north-south, 42% east-west). The Swisdak and Drake (2007) model takes into account the realistic asymmetrical magnetic fields and plasma density conditions across the magnetopause boundary layer, thus the result suggests that in addition to external boundary conditions such as the interplanetary magnetic field orientation and solar wind dynamic pressure value, the local plasma and magnetic field conditions play an important role in determining the large scale X-line orientation at Earth${'}$s dayside magnetopause, in particular the local plasma $eta$, as it has been shown elsewhere (PHAN et al., 2013). RESUMO: Acredita-se que o processo de reconexão magnética seja capaz de ocorrer por todo o Universo toda vez que plasmas magnetizados distintos interajam. Tem-se também mostrado que a reconexão magnética é o processo dominante na interação vento solar-magnetosfera terrestre. Neste trabalho, o aspecto de larga escala do processo de reconexão magnética é investigado. Em particular, busca-se identificar em qual(is) região(ões) ao longo da magnetopausa diurna terrestre a reconexão magnética ocorre, e ainda quais os parâmetros-chave que ditam o modo como a linha X deve localizar-se. Utilizando dois conjuntos de eventos de reconexão magnética, os quais são identificados principalmente pela detecção de fluxos de plasma acelerados, faz-se uma comparação entre três modelos analíticos: Trattner et al. (2007), Gonzalez and Mozer (1974), and Swisdak and Drake (2007), que predizem a localização e orientação da linha X de reconexão. No primeiro conjunto de eventos, mostram-se quatro eventos fortuitos de cruzamentos quasi-simultâneos da magnetopausa diurna terrestre nos quais dois satélites amplamente espaçados detectam assinaturas de reconexão, e como a localização da provável linha X pode ser inferida através das observações. Os modelos de linha X são então utilizados e suas respectivas predições comparadas com a localização esperada da linha X. Os resultados sugerem que uma extensa (> 5 raios terrestres em comprimento) linha X de reconexão por componente pode de fato constituir um cenário provável na magnetopausa diurna terrestre. Tal linha conectaria e estruturaria as assinaturas de reconexão detectadas em pontos substancialmente distantes. No segundo conjunto de eventos de reconexão, analizou-se a performance dos modelos de linha X em prever a direção, isto é, sentidos norte-sul e/ou leste-oeste, dos plasmas acelerados em 116 eventos de cruzamentos simples (somente um satélite) pela magnetopause diurna terrestre para os quais os fluxos de plasma provenientes do processo de reconexão estivessem claramente presentes. Encontrou-se que o modelo de linha X de Swisdak and Drake (2007) obteve uma performance ligeiramente melhor na predição de ambas as componentes dos plasmas acelerados: norte-sul (72% dos casos) e leste-oeste (54% dos casos), quando comparado com o modelo de Trattner et al. (2007) (66% norte-sul, 37% leste-oeste), e o modelo de Gonzalez and Mozer (1974) (60% norte-sul, 42% leste-oeste). O modelo de Swisdak and Drake (2007) leva em consideração condições realísticas de assimetrias nos campos magnéticos e densidades do plasma através da magnetopausa, portanto o resultado acima sugere que além de condições de contorno externas, tais como a orientação do campo magnético interplanetário e o valor da pressão dinâmica do vento solar, as condições locais de campo magnético e plasma, em particular o parâmetro $eta$, possuem papel fundamental na determinação da orientação da linha X de larga escala na magnetopausa diurna terrestre, como tem sido mostrado na literatura (PHAN et al., 2013).
AreaCEA
ArranjoINPE > Produção > GESAST > Location of large...
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas.pdf 11/05/2015 16:28 150.3 KiB 
originais/Avaliação Final de Tese - Vitor Moura Cardoso e Silva Souza.pdf 15/06/2015 15:43 323.3 KiB 
originais/publicacao.pdf 16/04/2015 15:05 32.8 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 15/06/2015 15:34 602.3 KiB 
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP3W34P/3J3GFGP
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP3W34P/3J3GFGP
Idiomaen
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
marcelo.pazos@inpe.br
vitorsouza
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
marcelo.pazos@inpe.br
vitorsouza
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Leituraallow from all
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2PF8L
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format group isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3HTNTA2
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2015/02.10.16.57
Última Atualização2015:08.17.13.35.05 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2015/02.10.16.57.37
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.55.15 administrator
Chave SecundáriaINPE-17519-TDI/2301
Chave de CitaçãoSouza:2015:EsAcVe
TítuloEstudo do acoplamento vento solar-magnetosfera durante eventos HILDCAAs utilizando análise por wavelets
Título AlternativoStudy of solar wind magnetosphere coupling during HILDCAA events using wavelet analysis
CursoGESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2015
Data2015-02-25
Data de Acesso27 fev. 2021
Tipo da TeseDissertação (Mestrado em Geofísica Espacial/Ciências do Ambiente Solar-Terrestre)
Número de Páginas190
Número de Arquivos1
Tamanho4408 KiB
Área de contextualização
AutorSouza, Adriane Marques de
BancaAlves, Maria Virgínia (presidente)
Echer, Ezequiel (orientador)
Bolzam, Maurício José Alves (orientador)
Mendes Junior, Odim
Dallaqua, Renato Sérgio
Prestes, Alan
Endereço de e-Mailadrianemarquesds@gmail.com
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2015-02-10 17:00:12 :: adrianemarquesds@gmail.com -> administrator ::
2015-02-24 09:03:46 :: administrator -> yolanda ::
2015-02-26 15:10:04 :: yolanda -> adrianemarquesds@gmail.com ::
2015-04-20 19:01:34 :: adrianemarquesds@gmail.com -> yolanda ::
2015-04-20 19:09:58 :: yolanda -> adrianemarquesds@gmail.com ::
2015-04-22 14:19:42 :: adrianemarquesds@gmail.com -> yolanda ::
2015-04-22 14:43:55 :: yolanda -> adrianemarquesds@gmail.com ::
2015-04-22 15:38:43 :: adrianemarquesds@gmail.com -> yolanda ::
2015-08-17 13:39:20 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2015-08-17 17:09:31 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: -> 2015
2015-08-17 18:14:38 :: administrator -> banon :: 2015
2015-08-18 12:15:14 :: banon -> marcelo.pazos@sid.inpe.br :: 2015
2015-08-18 12:15:52 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2015
2018-06-04 02:55:15 :: administrator -> :: 2015
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-ChaveHILDCAAs, acoplamento vento solar-magnetosfera, wavelets, índice AE, atividades geomagnéticas, solar wind magnetosphere coupling, AE index, geomagnetic activity.
ResumoNeste trabalho foi realizado um estudo do acoplamento vento solar-magnetosfera durante eventos de contínua, prolongada e elevada atividade do índice AE, (HILDCAAs, do inglês High Intensity Long Duration Continuous AE Activity). O objetivo do trabalho é encontrar as principais frequências nos eventos HILDCAAs, bem como as frequências às quais a magnetosfera responde ao vento solar durante esses eventos. Para isso foi utilizada a técnica de análise por wavelets. A Transformada Wavelet de Morlet foi utilizada para os dados do índice AE (do inglês Auroral Electrojet) para todos os eventos HILDCAAs ocorridos entre 1975 e 2011. Também foi analisada a componente Bz do campo magnético do meio interplanetário (IMF, do inglês Interplanetary Magnetic Field) dos eventos HILDCAAs a partir de 1995 e também a componente Bx geomagnética na magnetocauda para 9 eventos HILDCAAs em que os satélites da constelação Cluster cruzaram esta região. A wavelet de Morlet foi escolhida devido à mesma fornecer boa localização em frequência. A técnica de análise por Wavelet Cruzada também foi usada para esse estudo, com a finalidade de encontrar a correlação entre a componente Bz do IMF com o índice AE, bem como a correlação entre Bz do IMF e a componente Bx do campo geomagnético e também entre a componente Bx do campo geomagnético e o índice AE. A correlação cruzada clássica também foi usada para complementar essa análise e determinar a defasagem entre as séries estudadas. A componente Bz do IMF foi analisada usando os sistemas de coordenadas GSE e GSM. As análises do índice AE mostram que os eventos HILDCAAs apresentam períodos característicos entre 4 e 12 horas. A componente Bz do meio interplanetário apresenta períodos entre 0 e 8 hora, independente do sistema de coordenadas utilizado. Além disso, constatou-se que o acoplamento vento solar-magnetosfera é mais eficiente em períodos entre 0 e 8 horas. Pela correlação cruzada clássica observou-se correlação moderada entre a componente Bz do IMF (GSM) e o índice AE, com defasagem de 20 a 30 minutos. ABSTRACT: In this work a solar wind magnetosphere coupling study during HILDCAA events was conducted. The aim of this study was to search the main frequencies of HILDCAA, both in AE index and in the interplanetary magnetic field Bz component, as well as the main frequencies with which the magnetosphere responds to the solar wind during these events. In order to conduct this analysis the wavelet transform was employed. The Morlet Wavelet Transform was applied in the AE index, IMF Bz and geomagnetic tail Bx data. The Morlet wavelet was chosen because it provides good location in frequency. The cross wavelet analysis technique was also used for the development of this study, aiming to find the correlation between the Bz component of IMF and the AE index and the correlation between Bz and Bx, and between Bx and AE. The classic cross-correlation was also used to complement this analysis and determine the lag between the time series studied. The IMF Bz component was analyzed in both GSE and GSM coordinate systems. It was observed that the periods of the index AE during HILDCAAs lie between 4 and 12 hours. In the interplanetary medium, characteristics periods are ≤ 8 hours, regardless of the coordinate system used. Further, it was found that the solar wind -magnetosphere coupling is more efficient at periods shorter than ≤ 8 hours. The correlation between the IMF BZ (GSM) and AE index was moderate, with lag of 20 to 30 minutes.
AreaCEA
ArranjoBDMCI > Fonds > Produção > GESAST > Estudo do acoplamento...
Conteúdo da Pasta source
originais/001-2.pdf 24/04/2015 15:36 24.1 KiB 
originais/@4primeirasPaginas.pdf 21/05/2015 13:48 149.1 KiB 
originais/dissertacao_adriane_final.docx 23/04/2015 11:27 5.8 MiB
originais/dissertacao_adriane_final.pdf 23/04/2015 11:27 4.2 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 17/08/2015 10:35 553.9 KiB 
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP3W34P/3HTNTA2
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP3W34P/3HTNTA2
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
adrianemarquesds@gmail.com
banon
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
adrianemarquesds@gmail.com
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Leituraallow from all
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2PF8L
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format group isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3HTNDEL
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2015/02.10.14.09
Última Atualização2015:09.08.17.30.22 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2015/02.10.14.09.27
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.55.15 administrator
Chave SecundáriaINPE-17514-TDI/2296
Chave de CitaçãoFariñasPérez:2015:StTrMa
TítuloStudy of transient magnetic reconnection and its relation with the variability of the polar cap potential
Título AlternativoEstudo da reconexão magnética transiente e sua relação com a variabilidade do potencial da calota polar
CursoGESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2015
Data2015-03-05
Data de Acesso27 fev. 2021
Tipo da TeseDissertação (Mestrado em Geofísica Espacial/Ciências do Ambiente Solar-Terrestre)
Número de Páginas107
Número de Arquivos1
Tamanho13241 KiB
Área de contextualização
AutorFariñas Pérez, Germán
GrupoGESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
BancaAlves, Maria Virgínia (presidente)
Alarcon, Walter Demetrio Gonzalez (orientador)
Cardoso, Flávia Reis (orientadora)
Costa, Cristiane Loesch de Souza
González, Arian Ojeda
Endereço de e-Mailgerman.farinas@gmail.com
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2015-02-10 14:13:31 :: german.farinas@gmail.com -> administrator ::
2015-02-17 10:52:35 :: administrator -> yolanda ::
2015-02-26 18:01:06 :: yolanda -> german.farinas@gmail.com ::
2015-04-17 12:34:43 :: german.farinas@gmail.com -> yolanda ::
2015-04-23 12:27:27 :: yolanda -> german.farinas@gmail.com ::
2015-04-23 18:53:02 :: german.farinas@gmail.com -> yolanda ::
2015-08-18 18:18:41 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2015-08-20 14:06:43 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: -> 2015
2015-09-08 17:29:14 :: administrator -> yolanda :: 2015
2015-09-08 17:31:12 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br :: 2015
2015-09-08 17:31:33 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2015
2018-06-04 02:55:15 :: administrator -> :: 2015
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-ChaveFTE, transient magnetic reconnection, polar cap potential, solar wind-magnetosphere interaction, reconexão magnética transiente, potencial da calota polar, interação vento solar-magnetosfera.
ResumoThe polar cap potential is an important parameter available to describe the level of magnetospheric activity. It is a measure of the intensity of the magnetospheric convection. The convection process in the magnetosphere is not steady even under constant solar wind conditions. Bursty and unsteady processes in the magnetopause and in the magnetotail disturb the steady state of the magnetosphere and produce variability of the polar cap potential. In this work a three dimensional global magnetohydrodynamic simulation was analyzed in order to study transient magnetic reconnection at the dayside magnetopause and in the geomagnetic tai1. The Block-Adaptive- Tree-Solarwind-Roe-Upwind-Scheme (BATS-R-US) code was used. Transient reconnection events associated with flux transfer events at the dayside magnetopause and instabilities at the magnetotail neutral sheet current were identified. Finally the influence of these events on the variations of the polar cap potential has been analyzed. RESUMO: O potencial da calota polar é um parâmetro importante disponível para descrever o nível de atividade da magnetosfera. É uma medida da intensidade da convecção magnetosférica. O processo de convecção na magnetosfera não é estacionário, mesmo sob condições constantes do vento solar. Processos instáveis e transientes na magnetopausa e na cauda magnética perturbam o estado de equilíbrio da magnetosfera e produzem variabilidade do potencial da calota polar. Neste trabalho, foi analisada uma simulação magnetohidrodinâmica global tridimensional, a fim de estudar a reconexão magnética transiente na magnetopausa diurna e na cauda geomagnética. O código Block-Adaptive- Tree-Solarwind-Roe-Upwind-Scheme (BATS-R-US) foi usado. Os processos de reconexão transiente associados a eventos de transferência de fluxo na maguetopausa diurna e instabilidades na lâmina de corrente da magnetocauda foram identificados. Finalmente foi analisada a influência desses eventos sobre as variações do potencial da calota polar.
AreaCEA
Arranjo 1INPE > Produção > GES > Study of transient...
Arranjo 2INPE > Produção > GESAST > Study of transient...
Conteúdo da Pasta source
originais/001-1.pdf 24/04/2015 13:48 20.6 KiB 
originais/@4primeirasPaginas.pdf 28/05/2015 13:12 148.5 KiB 
originais/publicacao_biblioteca_german_23042015.pdf 24/04/2015 09:28 13.0 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 18/08/2015 11:32 586.6 KiB 
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP3W34P/3HTNDEL
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP3W34P/3HTNDEL
Idiomaen
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
german.farinas@gmail.com
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
german.farinas@gmail.com
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Leituraallow from all
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2PBEE
8JMKD3MGPCW/3F2PF8L
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3HTKPG5
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2015/02.09.23.47
Última Atualização2015:08.18.13.52.32 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2015/02.09.23.47.45
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.55.15 administrator
Chave SecundáriaINPE-17531-TDI/2313
Chave de CitaçãoSilveira:2015:StFlTr
TítuloStudy of flux transfer events observed at the Earth's magnetopause by THEMIS satellites
Título AlternativoEstudo de eventos de transferência de fluxo observados na magnetopausa terrestre pelos satélites THEMIS
CursoGESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2015
Data2015-03-03
Data de Acesso27 fev. 2021
Tipo da TeseTese (Doutorado em Geofísica Espacial/Ciências do Ambiente Solar-Terrestre)
Número de Páginas111
Número de Arquivos1
Tamanho7518 KiB
Área de contextualização
AutorSilveira, Marcos Vinicius Dias
GrupoGESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
BancaLago, Alisson Dal (presidente)
Koga, Daiki (orientador)
Alarcon, Walter Demetrio Gonzalez (orientador)
Alarcon, Alícia Luisa Clúa de Gonzalez
Dallaqua, Renato Sérgio
Simões Júnior, Fernando Jaques Ruiz
Cardoso, Flávia Reis
Endereço de e-Mailmarcosvdsilveira@gmail.com
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2015-02-09 23:49:52 :: marcos.silveira@inpe.br -> administrator ::
2015-02-10 07:40:38 :: administrator -> yolanda ::
2015-02-26 15:43:39 :: yolanda -> marcos.silveira@inpe.br ::
2015-05-04 14:34:01 :: marcos.silveira@inpe.br -> yolanda ::
2015-08-18 13:59:18 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2015-08-20 12:57:51 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: -> 2015
2018-06-04 02:55:15 :: administrator -> :: 2015
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chaveeventos de transferência de fluxo, reconexão magnética, eventos transientes, magnetopausa, magnetosfera, flux transfer events, magnetic field reconnection, transient event, magnetopause, magnetospheric.
ResumoAB8TRACT: Magnetic reconnection is a fundamental plasma process defined as topological restructuring of magnetic fields due to changes in the connectivity of magnetic field lines. Although other phenomena, e.g., particle acceleration and heating, can happen concurrently associated with reconnection, it is the most important process because it allows the fast magnetic energy release in large scales. Flux transfer events (FTEs) are considered as a result of transient magnetic reconnection and are often observed in the vicinity of the Earth${'}$s magnetopause. Thus, the study on magnetic reconnection is one of the important issues for the solar wind-magnetospheric cou-pling processo The space physics community has been interested in FTEs since their discovery. Recently, computational simulations, and multi-point observations have provided advances to FTE generation and structure formation studies. In this work data collected by the THEMIS mission was used to investigate flux transfer events under multi-points observations, which allows to investigate the structure itself, how it influences external plasma dynamics and analyze their dynamics under magnetic reconnection location. Although the techniques presented here had been employed in previous studies, we believe that the analysis of equatorial FTEs using multipoint observations and of its subsequent motion have a big importance to better understand magnetic reconnection at the Earth${'}$s magnetopause. It was created a list of flux transfer events observed by THEMIS probes at the dayside of the magnetopause and characterized these events according to the solar wind parameters and magnetic reconnection locations. Also are presented case studies of FTEs observed at multi-point observations including representative signatures observed in dataset in this thesis. RESUMO: Reconexão magnética é um processo fundemantal de plasma definido como uma reestruturação topológica do campo magnético devido à mudanças na conectividade das linhas do campo magnético. Embora fenômenos como aceleração e aquecimento de partículas também ocorram no plasma, a reconexão magnética é o mais importante pois permite a rápida conversão de energia magnética em grande escala. Eventos de transferência de fluxo são considerados o resultado da reconexão magnética transiente e são frequentemente observados na vizinhança da magnetopausa terrestre. Portanto, estudos sobre a reconexão magnética são tópicos muito importantes sobre o acoplamento do sistema vento solar-magnetosfera. A comunidade da geofísica espacial têm interesse sobre os FTEs desde a sua descoberta. Recentemente, a simulação computacional e multi-observação de satélites têm permitido avanços na pesquisa sobre modelos de geração e estrutura dos FTEs. Neste trabalho, usou-se dados obtidos pelos satélites da missão THEMIS para investigar os FTEs sob aspectos da reconexão magnética. Embora as técnicas apresentadas neste trabalho tenham sido empregadas em outros trabalhos, acredita-se que a análise de FTEs equatoriais através de multi-observações e o seu movimento subsequente sejam muito importantes para o entendimento da reconexão na magnetopausa terrestre. Portanto, foi analisada uma lista de FTEs no lado diurno da mangetopausa. Os eventos foram caracterizados de acordo com parâmetros do vento solar e de reconexão magnética.
AreaCEA
Arranjo 1INPE > Produção > GES > Study of flux...
Arranjo 2INPE > Produção > GESAST > Study of flux...
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas.pdf 21/05/2015 16:21 150.1 KiB 
originais/Avaliação final pagina 2 do aluno Marcos Vinicius Dias Silveira.pdf 08/05/2015 10:45 25.1 KiB 
originais/Tese_Vfinal_Marcos.pdf 05/05/2015 10:00 7.3 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 18/08/2015 10:52 592.9 KiB 
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP3W34P/3HTKPG5
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP3W34P/3HTKPG5
Idiomaen
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
marcelo.pazos@inpe.br
marcos.silveira@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
marcelo.pazos@inpe.br
marcos.silveira@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Leituraallow from all
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2PBEE
8JMKD3MGPCW/3F2PF8L
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype