Resultado da Pesquisa
A expressão de busca foi <ref thesis and course GESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR and date 2016>.
6 referências encontradas buscando em 15 dentre 15 sites.
Data e hora local de busca: 19/10/2020 12:52.
Tipo da ReferênciaThesis
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3L4PGKH
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2016/02.02.14.22
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2016/02.02.14.22.56
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Chave SecundáriaINPE-17653-TDI/2413
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoBarbosa:2016:OnPlEs
AutorBarbosa, Marcos Vinicius Grala
GrupoGESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
TítuloOndas em plasmas espaciais representados por função de distribuição Kappa via simulação por partículas
Ano2016
BancaAlarcon, Alicia Luisa Clúa de Gonzalez (presidente)
Alves, Maria Virgínia (orientadora)
Simões Junior, Fernando Jaques Ruiz (orientador)
Dallaqua, Renato Sérgio
Roberto, Marisa
Data2016-02-25
Título AlternativoWaves in space plasmas represented by Kappa distribution functions through particle simulations
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Palavras-Chavemagnetosfera planetária, ondas em plasmas, função de distribuição de probabilidade, planetary magnetosphere, plasma waves, probability distribution function.
ResumoEm plasmas fora do equilíbrio termodinâmico, a velocidade das partículas pode ser descrita por uma distribuição de velocidade tipo Kappa. Essas funções de distribuições de velocidades são uma generalização das distribuições Maxwellianas. A partir da década de 1960, distribuições de velocidades tipo Kappa foram observadas em diversas regiões do espaço interplanetário e em outros plasmas astrofísicos. A descrição do plasma por uma função de distribuição de velocidades diferente de uma Maxwelliana, pode levar a alterações nos modos normais de propagação do plasma. O código de simulação por partículas KEMPO1 foi alterado para introduzir as velocidades iniciais das partículas seguindo uma distribuição de velocidade tipo Kappa. Utilizando os parâmetros observacionais das populações eletrônicas da magnetosfera de Saturno, representadas por duas componentes eletrônicas, foram estudados os comportamentos das ondas elétron-acústicas e dos modos de Bernstein. Foram comparados os resultados para diversas configurações das funções de distribuição das duas espécies de elétrons. Os resultados obtidos estão em concordância com os trabalhos teóricos existentes relacionados a esta configuração de plasma. ABSTRACT: In plasmas out of thermodynamic equilibrium the particle velocity distribution can be described by the so called Kappa distribution. These velocity distribution functions are a generalization of the Maxwellian distribution. Since 1960, Kappa velocity distributions were observed in several regions of interplanetary space and astrophysical plasmas. Changing the velocity distribution function that describes the plasma will change the dispersion relation of the normal modes of wave propagation. A modification in the particle simulation code KEMPO1 was made to introduce the Kappa distribution function as the initial condition for the particle velocity. Using the parameters that correspond to the electronic population in the Saturnian magnetosphere, represented by two electron component and one ion species, the behavior of the electron-acoustic waves and the Bernstein modes were analyzed. The simulations were realized with several configurations of the distribution of the two electron populations. Simulation results are compared with numerical solutions of the dispersion relation obtained in the literature and they are in good agreement.
Número de Páginas83
Idiomapt
Tipo da TeseDissertação (Mestrado em Geofísica Espacial/Ciências do Ambiente Solar-Terrestre)
Tipo SecundárioTDI
DivulgaçãoBNDEPOSITOLEGAL
AreaCEA
CursoGESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Tamanho12702 KiB
Número de Arquivos3
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Última Atualização2016:08.04.12.27.15 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 marcelo.pazos@inpe.br
Última Atualização dos Metadados2018:07.31.15.56.12 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 marcelo.pazos@inpe.br {D 2016}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Endereço de e-Mailmarcosvgrala@gmail.com
Grupo de Usuáriosadministrator marcelo.pazos@inpe.br marcos.barbosa@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator marcelo.pazos@inpe.br marcos.barbosa@inpe.br yolanda yolanda.souza@mcti.gov.br
Detentor da CópiaSID/SCD
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Estágio do Documentonot transferred
Repositório de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Permissão de Leituraallow from all
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2PBEE
8JMKD3MGPCW/3F2PF8L
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas-6.pdf 28/04/2016 15:51 187.1 KiB 
originais/Avaliação final pag 2 do aluno Marcos Vinicius Grala Barbosa.pdf 26/04/2016 15:31 298.4 KiB 
originais/publicacao-4.pdf 25/04/2016 10:55 11.8 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 08/07/2016 16:29 564.4 KiB 
Histórico2016-02-02 14:23:24 :: marcos.barbosa@inpe.br -> administrator ::
2016-02-02 17:01:47 :: administrator -> yolanda ::
2016-02-17 11:35:27 :: yolanda -> marcos.barbosa@inpe.br ::
2016-04-14 16:38:12 :: marcos.barbosa@inpe.br -> administrator ::
2016-07-08 19:20:09 :: administrator -> yolanda ::
2016-07-08 19:20:31 :: yolanda -> yolanda.souza@mcti.gov.br ::
2016-07-08 19:31:13 :: yolanda.souza@mcti.gov.br -> marcelo.pazos@inpe.br ::
2016-07-12 13:31:19 :: marcelo.pazos@inpe.br :: -> 2016
2016-07-12 14:19:34 :: marcelo.pazos@inpe.br -> administrator :: 2016
2016-07-29 16:51:36 :: administrator -> yolanda :: 2016
2016-08-04 12:27:15 :: yolanda -> marcelo.pazos@inpe.br :: 2016
2016-08-04 12:27:47 :: marcelo.pazos@inpe.br -> administrator :: 2016
2018-06-04 02:40:33 :: administrator -> marcelo.pazos@inpe.br :: 2016
2018-07-31 15:56:12 :: marcelo.pazos@inpe.br -> :: 2016
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Data de Acesso19 out. 2020
similares 
Tipo da ReferênciaThesis
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3LPFGM8
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2016/05.27.15.28
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2016/05.27.15.28.18
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Chave SecundáriaINPE-17715-TDI/2468
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoEly:2016:MoVeNe
AutorEly, Cláudia Vogel
GrupoGESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
TítuloModelagem de ventos neutros termosféricos para o território brasileiro por meio de simulação numérica
Ano2016
BancaDal Lago, Alisson (presidente)
Batista, Inez Staciarini (orientadora)
Carrasco, Alexander José (orientador)
Nardin, Clezio Marcos de
Dutra, Severino Luiz Guimarães
Nogueira, Paulo Alexandre Bronzato
Fagundes, Paulo Roberto
Data2016-05-30
Título AlternativoThermospheric neutral wind modelling for the brazilian sector via numerical simulation
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Palavras-Chaveaeronomia, eletrodinâmica ionosférica, modelagem semi-empírica, ventos neutros termosféricos, baixa latitude, aeronomy, ionospheric electrodynamics, semi-empirical modelling, thermospheric neutral winds, low latitude.
ResumoOs ventos neutros termosféricos são responsáveis por boa parte das incertezas relacionadas em trabalhos ionosféricos pois apresentam significativas mudanças de dia a dia, não são previstos com facilidade e tampouco têm boa distribuição espacial e temporal de medidas. Além disso, os modelos de ventos neutros atuais disponíveis, frequentemente, falham em reproduzir as condições reais da ionosfera, em especial para a região brasileira. Neste trabalho, o comportamento dos ventos neutros termosféricos é modelado sobre o território brasileiro, a partir de dados obtidos durante a campanha COPEX. Os parâmetros utilizados são as derivas verticais de plasma, a altura da camada F2 e a densidade de plasma obtidos por meio de observações sincronizadas de três ionossondas digitais instaladas nas localidades de Boa Vista (2,8$^{o}$ N, 60,7$^{o}$ O), Cachimbo (9,8$^{o}$ S e 54,8$^{o}$ O) e Campo Grande (20,5$^{o}$ S, 54,7$^{o}$ O). O modelo obtido permite examinar os efeitos dos ventos neutros na ionosfera em ambos hemisférios quando são comparadas as derivais verticais de plasma obtidas com aquelas observadas nos pontos conjugados magneticamente, nominalmente, Boa Vista e Campo Grande. As observações têm mostrado que existe assimetria na deriva vertical de plasma entre estas localidades e o modelo busca simular estas assimetrias. O modelo de vento neutro deste trabalho é obtido por solução numérica das equações diferenciais para as componentes zonal e meridional dos ventos termosféricos. Os resultados numéricos dos ventos são comparados com saídas do modelo semi-empírico global de ventos horizontais, o HWM, e a partir deles são calculadas novas derivas de plasma via solução da equação de movimento dos íons em estado estacionário. Estas derivas resultantes são usadas para avaliar a dinâmica do plasma sobre as estações ionosféricas utilizadas. O presente estudo demonstra a grande importância dos ventos neutros na compreensão do comportamento da deriva vertical de plasma durante períodos geomagneticamente calmos. Além disso, o modelo poderá ajudar a preencher a lacuna em termos do conhecimento que existe a respeito do comportamento dos ventos neutros sobre a região brasileira. ABSTRACT: The termospheric neutral winds are responsible for much of the uncertainties related in ionospheric works because they present significant changes from day to day, they are not easily predicted nor have good spatial and temporal measures distribution. In addition, current neutral wind models available often fail to reproduce the actual conditions of the ionosphere, in particular for the Brazilian region. In this work, the behavior of thermospheric neutral winds is modeled on the Brazilian territory from data obtained during COPEX campaign. The parameters used are the vertical plasma drift, the height of the F2 layer and the plasma density obtained by observations from three synchronized digital ionosonde installed on Boa Vista (2.8$^{o}$ N, 60.7$^{o}$ W), Cachimbo (9.8$^{o}$ S and 54.8$^{o}$ W) and Campo Grande (20.5$^{o}$ S, 54.7$^{o}$ W). The model obtained allows to examine the effects of neutral winds in the ionosphere in both hemispheres when vertical plasma drifts obtained are compared with those observed in the magnetically conjugate points, namely, Boa Vista and Campo Grande. The observations have shown that there is asymmetry in the plasma vertical drift between the locations and the model tries to simulate these asymmetries. The neutral wind model of this work is obtained by numerical solution of differential equations for the zonal and meridional components of thermospheric winds. The numerical results of the winds are compared with outputs of the semi-empirical Horizontal Wind Model, the HWM, and from them are calculated new plasma drifts through the solution of ion motion equation in steady state. These resulting drifts are used to assess the dynamics of the plasma of the ionospheric stations used. This study demonstrates the importance of the neutral winds in understanding the behavior of the plasma vertical drift during quiet geomagnetic conditions. In addition, the model can help fill the gap in knowledge that exists regarding the behavior of the neutral winds on the Brazilian region.
Número de Páginas184
Idiomapt
Tipo da TeseTese (Doutorado em Geofísica Espacial/Ciências do Ambiente Solar-Terrestre)
Tipo SecundárioTDI
AreaCEA
CursoGESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Tamanho24146 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Última Atualização2016:09.21.12.45.55 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 marcelo.pazos@inpe.br
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.40.48 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator {D 2016}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Endereço de e-Mailvogelyc@gmail.com
Grupo de Usuáriosclaudia.ely@inpe.br marcelo.pazos@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator claudia.ely@inpe.br marcelo.pazos@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Detentor da CópiaSID/SCD
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Estágio do Documentonot transferred
Repositório de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Permissão de Leituraallow from all
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2PBEE
8JMKD3MGPCW/3F2PF8L
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas-12.pdf 16/08/2016 10:44 188.1 KiB 
originais/Avaliação final pag 2 aluna Claudia Vogel Ely.pdf 08/07/2016 16:31 35.5 KiB 
originais/publicacao.pdf 06/07/2016 17:16 23.7 MiB
originais/TeseIX.zip 20/09/2016 11:48 48.0 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 20/09/2016 13:49 618.0 KiB 
Histórico2016-05-27 15:28:18 :: claudia.ely@inpe.br -> administrator ::
2016-05-29 07:13:12 :: administrator -> claudia.ely@inpe.br ::
2016-06-09 03:54:51 :: claudia.ely@inpe.br -> yolanda.souza@mcti.gov.br ::
2016-06-09 12:36:10 :: yolanda.souza@mcti.gov.br -> claudia.ely@inpe.br ::
2016-06-14 19:40:48 :: claudia.ely@inpe.br -> yolanda.souza@mcti.gov.br ::
2016-09-20 16:54:31 :: yolanda.souza@mcti.gov.br -> marcelo.pazos@inpe.br ::
2016-09-21 12:16:35 :: marcelo.pazos@inpe.br :: -> 2016
2016-09-21 12:47:08 :: marcelo.pazos@inpe.br -> administrator :: 2016
2018-06-04 02:40:48 :: administrator -> :: 2016
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Data de Acesso19 out. 2020
similares 
Tipo da ReferênciaThesis
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3MC5SSH
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2016/08.31.20.49
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2016/08.31.20.49.16
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Chave SecundáriaINPE-17778-TDI/2521
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoMagalhães:2017:TeVaIo
AutorMagalhães, Fabíola Pinho
GrupoGESAST-CEA-SESPG-INPE-MCTIC-GOV-BR
TítuloTemporal variability of the Io plasma torus inferred from ground-based [SII] emission observations
Ano2017
BancaWrasse, Cristiano Max (presidente)
Alarcon, Walter Demétrio Gonzalez (orientador)
Echer, Ezequiel (orientador)
Echer, Mariza Pereira de Souza (orientadora)
Fernandes, Francisco Carlos Rocha
Lopes, Rosaly Mutel Crocce
Morgenthaler, Jeffrey
Data2016-09-16
Título AlternativoEstudo da variabilidade temporal do toróide de plasma Io inferido a partir das emissões de [SII], de observações da superfície da Terra
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Palavras-Chavevolcanism, Io plasma torus, Jupiter, magnetosphere, magnetosphere-ionosphere coupling, vulcanismo, toróide de plasma de Io, Júpiter, magnetosfera, acoplamento magnetosfera-ionosfera.
ResumoJupiter${'}$s magnetosphere is the largest one in the Solar System. It is a very complex system with several moons embedded, effects of planetary corotation and solar wind driven convection superposed, and several plasma physics processes occurring. Immersed within the magnetospheric plasma are the four Galilean moons which orbit around Jupiter. Io, the innermost of Jupiter${'}$s four Galilean moons, is the principal source of the magnetospheric plasma and responsible for nearly 1 ton/s of ions introduced into Jupiters magnetosphere. Io has intense and energetic volcanic activity. The sulfur and oxygen present in Io${'}$s tenuous atmosphere, spewed by volcanoes, escapes forming an extended neutral cloud around Io and Jupiter. Subsequently, by ionization and pickup ions, a ring of charged particles encircling Jupiter is created, forming the Io plasma torus. The Io plasma torus is composed mainly of sulfur and oxygen ions. Also via atmospheric escape, an extended neutral is formed, composed mainly of sodium. The torus is about 2 Jupiter radii (R$_{J}$ = 71,492 km) in width and is centered on Ios orbit around Jupiter at a distance of $sim$ 5.9 R$_{J}$ . Considering this scenario, it is reasonable to expect that the Io plasma torus should be affected by changes in Io${'}$s volcanism. With that thought in mind, this thesis presents the analysis and results of the ground-based observations of the [SII] 6731 Å emission lines from the Io plasma torus for the year 1997. The observations occurred at the McMath-Pierce Solar Telescope at Kitt Peak and the data is part of a collaboration established during this thesis. The plasma torus is most dense around Io${'}$s orbit and from the [SII] 6731 Å emission lines we were able to obtain the brightness of both ansae. By conducting the Lomb-Scargle peridiogram we tried to measure the system III and IV periodicities. Due to a problem with scattered light too close to the ansae position, the results showed an amount of noise that does not allow a precise location of system IV. The importance to identify the system IV is the hypothesis that it is related to material radial transport through the Io plasma torus. Interactions between Io and the Jovian environment, particularly the Io plasma torus, are unique and not well understood. With this thesis we aim to improve the understanding of this complex coupled system. RESUMO: Júpiter é o planeta que apresenta a maior magnetosfera do Sistema Solar. Imerso no plasma da magnetosfera estão as quatro maiores luas de Júpiter, conhecidas como Galileanas. O sistema de Júpiter é bastante complexo, principalmente devido às interações físicas que o envolvem. Io, a lua mais interna das galileanas, é a principal fonte de plasma e a responsável por cerca de 1 ton/s de íons introduzidos na magnetosfera do planeta. Io apresenta uma atividade vulcânica intensa e energética, responsável por formar a atmosfera tênue e não homogênea de Io. Parte do material presente na atmosfera de Io escapa formando uma nuvem neutra em torno de Io e Júpiter. Por ionização e troca de carga, um anel de partículas carregadas é formado ao redor de Júpiter, formando o chamado toróide de plasma de Io. O toróide de plasma é composto principalmente de íons de enxofre e oxigênio. Sua espessura é cerca de aproximadamente 2 raios de Júpiter (R$_{J}$ = 71,492 km) e está centrada na órbita de Io, a uma distância de $sim$ 5,9 R$_{J}$ . O material observado em Io é o mesmo encontrado no toróide de plasma e por esta razão é razoável esperar que a intensa atividade vulcânica de Io afete a variabilidade do toróide de plasma. A tese tem como objetivo apresentar análises e resultados provenientes de observações obtidas da superfície da Terra da linha de emissão do enxofre, na faixa do 6731 Å para o ano de 1997. As observações ocorreram no telescópio Solar McMath-Pierce, localizado no Kitt Peak. A região mais densa do toróide encontra-se em torno da órbita de Io e a partir das observações do enxofre ionizado é possível rastrear a parte mais densa do toróide e o brilho de cada ${''}$ansa${''}$. A partir da medida dos brilhos é possível obter-se as periodicidades de Júpiter. Para tal foi utilizado o periodograma de Lomb-Scargle. As interações existentes entre Io e Júpiter são únicas e muito dos seus processos físicos ainda não são compreendidos. Este trabalho tem como objetivo melhor compreender este sistema complexo acoplado.
Número de Páginas123
Idiomaen
Tipo da TeseTese (Doutorado em Geofísica Espacial/Ciências do Ambiente Solar-Terrestre)
Tipo SecundárioTDI
AreaCEA
CursoGESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Tamanho15415 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Última Atualização2017:01.11.18.12.12 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.27.17 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator {D 2017}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Endereço de e-Mailfabiola.magalhaes@inpe.br
Grupo de Usuáriosfabiola.magalhaes@inpe.br marcelo.pazos@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator fabiola.magalhaes@inpe.br marcelo.pazos@inpe.br yolanda yolanda.souza@mcti.gov.br
Detentor da CópiaSID/SCD
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Estágio do Documentonot transferred
Repositório de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Permissão de Leituraallow from all
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2PBEE
8JMKD3MGPCW/3F2PF8L
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas-12.pdf 30/11/2016 14:09 161.4 KiB 
originais/Avaliação final pag 2 aluna Fabíola Pinho Magalhães.pdf 17/11/2016 15:03 28.6 KiB 
originais/Magalhaes_FP_tese_vsfinal.pdf 21/11/2016 13:54 14.9 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 11/01/2017 16:12 562.3 KiB 
Histórico2016-08-31 20:49:48 :: fabiola.magalhaes@inpe.br -> administrator ::
2016-11-17 17:18:24 :: administrator -> yolanda ::
2016-11-17 17:19:16 :: yolanda -> administrator ::
2016-11-24 11:26:32 :: administrator -> yolanda.souza@mcti.gov.br ::
2017-01-11 18:29:38 :: yolanda.souza@mcti.gov.br -> marcelo.pazos@inpe.br ::
2017-01-12 13:11:57 :: marcelo.pazos@inpe.br -> administrator :: -> 2016
2017-03-08 14:37:32 :: administrator :: 2016 -> 2017
2018-06-04 02:27:17 :: administrator -> :: 2017
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Data de Acesso19 out. 2020
similares 
Tipo da ReferênciaThesis
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3L96PQ5
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2016/02.29.12.59
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2016/02.29.12.59.42
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Chave SecundáriaINPE-17699-TDI/2455
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoMarchezi:2016:IdPuGe
AutorMarchezi, José Paulo
GrupoGESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
TítuloIdentificação de pulsações geomagnéticas detectadas na rede de magnetômetros de Embrace
Ano2016
BancaMuralikrishna, Polinaya (presidente)
Mendes Junior, Odim (orientador)
Nardin, Clezio Marcos De (orientador)
Alves, Lívia Ribeiro
Roberto, Marisa
Data2016-03-09
Título AlternativoIdentification of geomagnetic pulsations detected by the Embrace magnetometer network
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Palavras-Chavegeomagnetismo, ondas ULF, magnetosfera, clima espacial, geomagnetism, ULF waves, magnetosphere, space weather.
ResumoVariações do campo magnético terrestre detectadas por instrumentos na superfície estão relacionadas a efeitos dos acoplamentos dos fenômenos do Sol com o nosso planeta. Este trabalho apresenta uma análise dos magnetogramas gerados pela rede de magnetômetros coordenados pelo programa Embrace do INPE. Nove magnetômetros estão instalados no Brasil e um na parte sul da Argentina. Aumentando gradualmente em número, as estações começaram a ser instaladas em 2010. Assim o período com os dados disponíveis para a maioria das estações está entre 2013 e 2015. O período escolhido para o estudo foi o ano de 2014 por causa da disponibilidade e continuidade dos dados na maioria das estações. Como a localização dos magnetômetros vai de baixa latitude estendendo-se para uma latitude maior, a rede cobre regiões sob a influência do Eletrojato Equatorial e da Anomalia Magnética da América do Sul. O objetivo deste trabalho é estabelecer uma análise das características presentes nos dados, em particular as pulsações geomagnéticas. A metodologia aplicada para as análises está baseada principalmente nas técnicas das transformadas wavelets. Como resultados de esforços iniciais, as pulsações geomagnéticas foram confirmadas nos sinais, de PC2 a PC5. Algumas peculiaridades nas assinaturas ensejam maiores estudos. De forma pioneira, um mapa das ocorrências e da quantificação das intensidades das pulsações magnéticas que incidem sobre a América do Sul foi criado. ABSTRACT: Variations in the Earth's magnetic field recorded by instruments on the ground are connected to the coupling effects between the phenomena occurring in the Sun and our planet. This work presents an analysis of magnetograms recorded by magnetometer network coordinated by the Embrace program at INPE. Nine magnetometers are installed in Brazil and one in the south part in the Argentina. Increasing gradually in number, the stations began to be installed at 2010. So the period with data available at most stations is between 2013 and 2015. The period chosen for the study was the year 2014 because of availability and continuity in the records at most stations. As the magnetometer locations ranges from low latitude to a higher latitude, the network covers regions under the influence of the Equatorial Electrojet and the South America Magnetic Anomaly. The goal of this work is to establish an analysis on the signal characteristics present in the data, in particular the geomagnetic pulsations. The methodology applied for the analyses is mainly based on the wavelet transform techniques. As results of the initial efforts, geomagnetic pulsations have been confirmed in the signals from PC2 to PC5. Some peculiarities about those signatures deserve more studies. Innovatively, a map of occurrences and intensity quantification of geomagnetic pulsations that incide upon the South America was created.
Número de Páginas174
Idiomapt
Tipo da TeseDissertação (Mestrado em Geofísica Espacial/Ciências do Ambiente Solar-Terrestre)
Tipo SecundárioTDI
DivulgaçãoBNDEPOSITOLEGAL
AreaCEA
CursoGESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Tamanho45098 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Última Atualização2016:08.04.12.08.19 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 marcelo.pazos@inpe.br
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.40.35 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator {D 2016}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Endereço de e-Mailjose.marchezi@inpe.br
Grupo de Usuáriosadministrator jose.marchezi@inpe.br marcelo.pazos@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator jose.marchezi@inpe.br marcelo.pazos@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Detentor da CópiaSID/SCD
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Estágio do Documentonot transferred
Repositório de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Permissão de Leituraallow from all
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2PBEE
8JMKD3MGPCW/3F2PF8L
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas.pdf 01/06/2016 08:53 187.2 KiB 
originais/Avaliação Final pagina 2 - Jose Paulo Marchezi.pdf 10/05/2016 08:45 33.9 KiB 
originais/MSc_IdentPulsations_Final_06052016.pdf 10/05/2016 09:51 43.3 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 15/07/2016 10:13 574.4 KiB 
Histórico2016-02-29 13:00:47 :: jose.marchezi@inpe.br -> administrator ::
2016-03-02 10:47:22 :: administrator -> yolanda ::
2016-03-18 17:48:34 :: yolanda -> jose.marchezi@inpe.br ::
2016-05-02 19:26:37 :: jose.marchezi@inpe.br -> yolanda ::
2016-05-06 12:06:14 :: yolanda -> jose.marchezi@inpe.br ::
2016-05-06 12:12:54 :: jose.marchezi@inpe.br -> yolanda ::
2016-05-06 14:01:43 :: yolanda -> jose.marchezi@inpe.br ::
2016-05-06 18:51:38 :: jose.marchezi@inpe.br -> yolanda ::
2016-05-09 13:52:58 :: yolanda -> administrator ::
2016-06-04 05:08:14 :: administrator -> yolanda.souza@mcti.gov.br ::
2016-07-15 13:22:17 :: yolanda.souza@mcti.gov.br -> administrator ::
2016-07-16 05:18:47 :: administrator -> marcelo.pazos@inpe.br ::
2016-07-19 12:49:47 :: marcelo.pazos@inpe.br -> administrator :: -> 2016
2016-07-29 16:38:45 :: administrator -> yolanda :: 2016
2016-08-04 12:08:19 :: yolanda -> marcelo.pazos@inpe.br :: 2016
2016-08-04 12:09:14 :: marcelo.pazos@inpe.br -> administrator :: 2016
2018-06-04 02:40:35 :: administrator -> :: 2016
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Data de Acesso19 out. 2020
similares 
Tipo da ReferênciaThesis
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3MMAQAP
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2016/10.27.08.14
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2016/10.27.08.14.28
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Chave SecundáriaINPE-17798-TDI/2536
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoMarques:2017:StJoHi
AutorMarques, Manilo Soares
GrupoGESAST-CEA-SESPG-INPE-MCTIC-GOV-BR
TítuloStudy of Jovian high latitude radio emissions variability using 26 years of Nançay decametric array database (Estudo da variabilidade das emissões Jovianas de rádio de alta latitude usando 26 anos de dados do arranjo decamétrico de Nançay)
Ano2017
BancaSaba, Marcelo Magalhães Fares (presidente)
Echer, Ezequiel (orientador)
Alves, Maria Virginia (orientadora)
Zarka, Phillipe (orientador)
Raulin, Jean Pierre
Ziebell, Luiz Fernando
Fernandes, Francisco Carlos Rocha
Data2016-11-22
Título AlternativoEstudo da variabilidade das emissões Jovianas de rádio de alta latitude usando 26 anos de dados do arranjo decamétrico de Nançay
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Palavras-ChaveJúpiter, emissão decamétrica, emissões controladas por Io, emissões não controladas por Io, variabilidade, Jupiter, decameter radio emissions, Io controlled emissions, Io independent emission, long-term variability.
ResumoJupiter is a complex radio source in the decameter wavelength range. The emission is anisotropic, intrinsically variable at milliseconds to hour timescales, and modulated by various causes at longer timescales, from $sim$10h to months or years (Jovian day and year, season, solar activity and solar wind, and - for ground-based observations, terrestrial day and year). As a consequence, long-term observations and their statistical study have proved necessary to disentangle and understand the observed phenomena. We have built a database from the available 26 years of systematic, daily observations carried on at the Nançay Decameter Array and recorded in digital format. This database contains all observed emissions, classified with respect to their dominant circular polarization, time-frequency morphology, and maximum frequency. We perform a first statistical analysis of its content. We confirm the earlier classification in Io-A, -A${'}$, -B, -C, -D and non-Io-A, -B, -C types, but we also identify new emission components: Io-A${''}$, Io-B${'}$ and non-Io-D. We determine the exact contours of all emission components in the CML-$Phi$Io (Central Meridian Longitude versus Io Phase) plane, providing representative examples of their typical time-frequency shapes, and the distribution of emissions maximum frequency as a function of $Lambda$$_{Io}$ (Io${'}$s Longitude). We present general statistical results on each components occurrence rate, duration, intensity and polarization. We also develop a study of the long-term variabilities (declination, solar activity and synodic period) and we show how they can affect the occurrence probability in the CML-$Phi$Io plane and their implication. RESUMO: Júpiter é uma complexa fonte de rádio na faixa decamétrica. As emissões são anisotrópicas, intrinsecamente variáveis na escala de tempo de milissegundos a horas, e moduladas por diversos processos em escala de tempo mais longas, de $sim$10h a meses ou anos (dia e ano Joviano, sazonalidade, atividade solar e vento solar, e para observações terrestres, dia e ano terrestre). Como consequência, as observações de longo prazo e seu estudo estatístico requerem a necessidade de separar e compreender os fenômenos observados. Nós construímos um catálogo a partir de 26 anos de dados disponíveis de observações sistemáticas, diariamente realizadas pelo Arranjo Decamétrico de Nançay e gravados em formato digital. Esta base de dados contém todas as emissões observadas e classificadas levando em conta a sua polarização circular, morfologia no plano tempo-frequência e máxima frequência. Realizamos uma primeira análise estatística de seu conteúdo. Nós inicialmente validamos a classificação das fontes Io-A, -A${'}$, -B, -C, -D e non-Io-A, -B, -C, mas também identificamos novas componentes de emissão: Io-A${''}$, Io-B${'}$ e non-Io-D. Nós determinamos os contornos exatos de todas as componentes de emissão em CML-$Phi$Io (Longitude do meridiano central versus Fase de Io), fornecendo exemplos representativos de suas formas típicas de tempo-frequência, e a distribuição de frequência máxima de emissões como uma função de $Lambda$$_{Io}$ (Longitude de Io). Apresentamos resultados estatísticos gerais, sobre cada componente, da taxa de ocorrência, duração, intensidade e polarização das emissões. Também desenvolvemos um estudo das variabilidades de longo período (declinação, atividade solar e período sinódico) e mostramos como elas podem afetar a probabilidade de ocorrência no plano CML-$Phi$Io e suas implicação.
Número de Páginas119
Idiomaen
Tipo da TeseTese (Doutorado em Geofísica Espacial/Ciências do Ambiente Solar-Terrestre)
Tipo SecundárioTDI
AreaCEA
CursoGESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Tamanho76225 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Última Atualização2017:03.03.18.04.53 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.27.17 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator {D 2017}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Endereço de e-Mailmanilo.pesquisa@gmail.com
Grupo de Usuáriosmanilo.pesquisa@gmail.com marcelo.pazos@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator manilo.pesquisa@gmail.com marcelo.pazos@inpe.br yolanda yolanda.souza@mcti.gov.br
Detentor da CópiaSID/SCD
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Estágio do Documentonot transferred
Repositório de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Permissão de Leituraallow from all
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2PBEE
8JMKD3MGPCW/3F2PF8L
Conteúdo da Pasta source
originais/001-17.pdf 17/02/2017 15:49 32.7 KiB 
originais/@4primeirasPaginas-8.pdf 07/02/2017 12:38 162.6 KiB 
originais/publicacao.pdf 17/02/2017 15:52 74.4 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 27/10/2016 06:14 1.7 KiB 
Histórico2016-10-27 08:20:08 :: manilo.pesquisa@gmail.com -> administrator ::
2016-10-27 23:33:34 :: administrator -> yolanda.souza@mcti.gov.br ::
2016-11-11 16:01:16 :: yolanda.souza@mcti.gov.br -> administrator ::
2016-12-06 15:24:57 :: administrator -> yolanda ::
2016-12-06 15:52:03 :: yolanda -> administrator ::
2016-12-07 13:25:41 :: administrator -> yolanda ::
2017-01-13 17:52:11 :: yolanda -> manilo.pesquisa@gmail.com ::
2017-01-19 17:09:26 :: manilo.pesquisa@gmail.com -> yolanda.souza@mcti.gov.br ::
2017-02-17 18:54:53 :: yolanda.souza@mcti.gov.br -> marcelo.pazos@inpe.br ::
2017-03-03 17:53:30 :: marcelo.pazos@inpe.br :: -> 2016
2017-03-09 12:15:26 :: marcelo.pazos@inpe.br -> administrator :: 2016
2017-03-09 12:20:50 :: administrator :: 2016 -> 2017
2018-06-04 02:27:17 :: administrator -> :: 2017
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Data de Acesso19 out. 2020
similares 
Tipo da ReferênciaThesis
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3MHF9DS
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2016/10.03.18.04
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2016/10.03.18.04.54
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Chave SecundáriaINPE-17792-TDI/2531
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoOdriozola:2017:EsIrPl
AutorOdriozola, Siomel Savio
GrupoGESAST-CEA-SESPG-INPE-MCTIC-GOV-BR
TítuloEstudo de irregularidades do plasma ionosférico na região entre as camadas E e F no setor brasileiro a partir de medidas de foguete
Ano2017
BancaAlves, Maria Virginia (presidente)
Pimenta, Alexandre Alvares (orientador)
Muralikrishna, Polinaya (orientador)
Paula, Eurico Rodrigues de
Borba, Gilvan Luiz
Nogueira, Paulo Alexandre Bronzato
Data2016-10-20
Título AlternativoStudy of ionosphere plasma irregularities in the region between E and F layers at the Brazilian sector from rocket-borne measurements.
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Palavras-Chaveionosfera equatorial, irregularidades do plasma, sonda do Langmuir a bordo do foguete, densidade eletrônica, temperatura eletrônica, equatorial ionosphere, ionospheric plasma irregularities, Langmuir probe onboard a rocket, electronic density, electronic temperature.
ResumoO estudo das irregularidades do plasma ionosférico na região equatorial, tem contribuído para o entendimento específico de fenômenos da ionosfera nessa região. Dentre os diferentes instrumentos que fazem medidas nesta parte da atmosfera, destacam-se aqueles a bordo de foguetes, pois realizam medições in situ de importantes parâmetros ionosféricos. Nesta tese, é feito um estudo das irregularidades do plasma da ionosfera equatorial sobre parte do território brasileiro, usando medidas do lançamento do foguete a partir de Alcântara (2,4$^{o}$S, 44,4$^{o}$W, latitude dip 5,5$^{o}$S), Brasil, em 12 de dezembro do 2012 às 19 h (hora local) em conjunto com medidas feitas com digissondas localizadas em São Luís (2,6$^{o}$S, 44,2$^{o}$W, latitude dip 6$^{o}$S) e Fortaleza (3,9$^{o}$S, 38,4$^{o}$ W, latitude dip 14,9$^{o}$S), e imagens obtidas com o imageador tipo All-Sky instalado em São João do Cariri (7,4$^{o}$S, 36, 5$^{o}$ W, latitude dip 22, 9$^{o}$S). Como resultados deste trabalho são obtidos os perfis com a altitude da densidade eletrônica entre as camadas E (90 km) e F (até 430 km); são estimados os perfis com a altura da temperatura eletrônica na região entre as camadas E e F (100 - 325 km); e é feita uma análise espectral das flutuações das medidas de densidade eletrônica a diferentes alturas ao longo da trajetória do foguete. A principal contribuição desta tese é a detecção e caraterização de um tipo de irregularidade do plasma ionosférico pouco estudado e que não havia sido detectado até agora com medições in situ, e ainda sem uma denominação apropriada na literatura científica. Estas irregularidades tinham sido detetadas até agora por medidas de radares de espalhamento coerente na região E e no vale entre as camadas E e F próximo ao equador geomagnético. Elas se manifestaram como estriações quase periódicas dos ecos obtidos pelo radar. Além da análise dos dados, para uma melhor compreensão deste fenômeno, foi feita uma simulação numérica para entender a influência do campo elétrico de polarização fora da bolha de plasma na geração destas irregularidades. As simulações reproduzem aproximadamente as observações e o perfil com a altura da densidade eletrônica, sendo uma outra contribuição, de um ponto de vista teórico, desta tese. ABSTRACT: The study of ionospheric plasma irregularities in the equatorial region, has contributed to the understanding of specific ionospheric phenomena in that region. Among the different instruments that measure this part of the atmosphere, those on board rockets are highlighted, as those carry out in-situ measurements of important ionospheric parameters. In this thesis, a study of plasma irregularities in the equatorial ionosphere over the Brazilian territory is made, using rocket measurements from Alcântara (2.4$^{o}$S, 44.4$^{o}$ W, dip latitude 5.5$^{o}$S), Brazil, on December 12, 2012 at 19 h (local time) together with measurements made by Digisondes located at São Luís (2.6$^{o}$S, 44.2$^{o}$W, dip latitude 6$^{o}$ S) and Fortaleza (3.9$^{o}$S, 38.4$^{o}$W, dip latitude 14.9$^{o}$S), and images obtained with an All-Sky imager installed at São João do Cariri (7.4$^{o}$S, 36.5$^{o}$ W, dip latitude 22.9$^{o}$S). As results of this work, the height profiles of electron density between the E (90 km) and F (up to 430 km) layers are obtained; the height profiles of electronic temperature in the region between the E and F layers (100 - 325 km) are estimated; and spectral analysis of the measured electron density fluctuations are made at different heights along the rocket trajectory. The main contribution of this thesis is the detection and characterization of a type of ionospheric plasma irregularity little studied and that had not been detected so far with in-situ measurements, and still without a proper denomination in the scientific literature. These irregularities have been detected, so far, by coherent backscatter radar measurements at E region and the valley between the E and F layers near the geomagnetic equator. This irregularities are observed as quasiperiodic striations of the echoes obtained by the radar. In addition to the data analysis for a better understanding of this phenomenon, a numerical simulation is carried out to understand the influence of the polarization electric field outside the plasma bubble (fringe field) in the generation of these irregularities. The simulations approximately reproduces the observations and the height profiles of electron density. This being another contribution, from a theoretical point of view, of this thesis.
Número de Páginas250
Idiomapt
Tipo da TeseTese (Doutorado em Geofísica Espacial/Ciências do Ambiente Solar-Terrestre)
Tipo SecundárioTDI
AreaCEA
CursoGESAST-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Tamanho16384 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Última Atualização2017:01.30.13.00.15 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.27.17 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator {D 2017}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Endereço de e-Mailsiomel.savio@dae.inpe.br
Grupo de Usuáriosmarcelo.pazos@inpe.br siomel.savio@dae.inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator marcelo.pazos@inpe.br siomel.savio@dae.inpe.br yolanda yolanda.souza@mcti.gov.br
Detentor da CópiaSID/SCD
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Estágio do Documentonot transferred
Repositório de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Permissão de Leituraallow from all
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2PBEE
8JMKD3MGPCW/3F2PF8L
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas-7.pdf 13/01/2017 14:13 161.8 KiB 
originais/Páginas de Avaliação final pag 01 e 02 Siomel Savio Odriozola.pdf 16/12/2016 10:16 352.7 KiB 
originais/Tese(Siomel_Final).pdf 14/12/2016 15:32 15.6 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 30/01/2017 11:00 584.8 KiB 
Histórico2016-10-03 18:11:20 :: siomel.savio@dae.inpe.br -> administrator ::
2016-10-03 20:03:06 :: administrator -> siomel.savio@dae.inpe.br ::
2016-10-25 16:19:44 :: siomel.savio@dae.inpe.br -> yolanda.souza@mcti.gov.br ::
2016-10-25 16:22:49 :: yolanda.souza@mcti.gov.br -> administrator ::
2016-11-17 17:20:23 :: administrator -> yolanda ::
2016-11-17 17:21:20 :: yolanda -> administrator ::
2016-11-24 11:26:32 :: administrator -> yolanda.souza@mcti.gov.br ::
2016-12-12 09:41:36 :: yolanda.souza@mcti.gov.br -> siomel.savio@dae.inpe.br ::
2016-12-12 14:56:56 :: siomel.savio@dae.inpe.br -> yolanda.souza@mcti.gov.br ::
2017-01-30 13:01:52 :: yolanda.souza@mcti.gov.br -> marcelo.pazos@inpe.br ::
2017-01-30 15:34:20 :: marcelo.pazos@inpe.br -> administrator :: -> 2016
2017-03-08 14:27:27 :: administrator :: 2016 -> 2017
2018-06-04 02:27:17 :: administrator -> :: 2017
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Data de Acesso19 out. 2020
similares