Resultado da Pesquisa
A expressão de busca foi <ref thesis and course MET and gr *SPG-INPE* and date 2012>.
25 referências foram encontradas buscando em 15 dentre 15 sites
(este total pode incluir algumas duplicatas - para ver a conta certa clique no botão Mostrar Todas).
As 10 mais recentes estão listadas abaixo.
Data e hora local de busca: 02/03/2021 17:18.

Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3CLLRCE
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2012/09.19.19.14
Última Atualização2012:11.28.11.08.36 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2012/09.19.19.14.52
Última Atualização dos Metadados2020:04.29.11.43.30 administrator
Chave SecundáriaINPE-17095-TDI/1954
Chave de CitaçãoFirpo:2012:InReTS
TítuloInfluências remotas das TSM dos Oceanos Pacífico e Atlântico e da oscilação Antártica na variabilidade climática interanual no Rio Grande do Sul e suas inter-relações
Título AlternativoRemote influences of the Pacific and Atlantic TSM and Antarctic oscillation on the interannual climate variability in the Rio Grande do Sul and their inter-relationships
CursoMET-MET-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2012
Data2012-10-05
Data de Acesso02 mar. 2021
Tipo da TeseTese (Doutorado em Meteorologia)
Número de Páginas234
Número de Arquivos1
Tamanho11636 KiB
Área de contextualização
AutorFirpo, Mári Ândrea Feldman
GrupoMET-MET-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
BancaPezzi, Luciano Ponzi (presidente)
Sansigolo, Clóvis Angeli (orientador)
Ferreira, Nelson Jesuz
Garcia, Sâmia Regina
Grimm, Alice Marlene
Endereço de e-Mailmari.firpo@cptec.inpe.br
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2012-09-19 19:17:03 :: mari.firpo@cptec.inpe.br -> yolanda ::
2012-09-21 19:12:45 :: yolanda -> mari.firpo@cptec.inpe.br ::
2012-11-19 12:30:19 :: mari.firpo@cptec.inpe.br -> lmanacero@yahoo.com ::
2012-11-19 15:42:13 :: lmanacero@yahoo.com -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2012-11-23 18:36:20 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> mari.firpo@cptec.inpe.br ::
2012-11-27 12:54:54 :: mari.firpo@cptec.inpe.br -> yolanda ::
2012-11-27 18:03:33 :: yolanda -> lmanacero@yahoo.com ::
2012-11-28 11:13:31 :: lmanacero@yahoo.com -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2012-11-28 11:26:17 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: -> 2012
2020-04-29 11:43:30 :: administrator -> simone :: 2012
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chavevariabilidade climática, El Niño/oscilação sul, oscilação decenal do Pacífico, Atlântico Sudoeste, clima do Rio Grande do Sul, climate variability, El Niño / Southern oscilation, the Pacific decadal oscillation, Southwest Atlantic, climate of Rio Grande do Sul.
ResumoO presente trabalho investiga o impacto sazonal das anomalias de Temperatura da Superfície do Mar (TSM) do Pacífico Equatorial (NINO3.4), Pacífico Sul (PS) e Atlântico Sudoeste (ATSW), além do índice de Oscilação Antártica (OA), na variabilidade interanual das temperaturas máximas e mínimas e das precipitações no Rio Grande do Sul (RS), considerando as fases da Oscilação Decenal do Pacífico (ODP). Examina-se também as inter-relações sazonais destes mesmos índices e se estes podem ser modulados pela ODP. O período analisado foi de 1900 a 2006, compreendendo duas fases negativas e duas positivas da ODP. Para tais análises, foram utilizadas correlações cruzadas totais e parciais, tabelas de contingência avaliadas pelo escore das características operacionais relativas (ROC), e seus resultados foram comparados considerando suas vantagens e limitações. Quanto à ocorrência dos eventos extremos de ENSO, ATSW, PS e OA, notou-se que a fase da ODP influencia na duração (NINO3.4, ATSW e OA) e na frequência (ATSW e OA) dos eventos, mas não na intensidade, e que o PS é o que sofre menor impacto da ODP. A análise de ondaletas cruzadas mostrou que ENOS e ODP interagem em todas as escalas de tempo. Todas as relações entre os índices foram afetadas pelas fases da ODP, seja na intensidade, na sazonalidade ou defasagem. Observou-se que, em geral, os impactos são mais fortes na fase negativa da ODP. Quanto aos impactos destes índices no clima do RS, observou-se que todos influenciam conjuntamente, com diferentes intensidades, defasagens, sazonalidade e de forma assimétrica, mas algumas combinações podem intensificar a ocorrência dos extremos de precipitação e de temperaturas máximas e mínimas. A combinação El Niño (La Niña), ATSW acima (abaixo) das normais, PS e OA abaixo (acima) das normais, no outono e inverno, é a que maximiza a ocorrência de precipitações acima (abaixo) das normais na primavera e no verão seguintes. No caso das temperaturas mínimas (máximas) abaixo (acima) das normais no outono e no inverno, a melhor combinação é La Niña (El Niño), ATSW abaixo (acima) das normais, PS e AO acima (abaixo das normais) na primavera e no verão antecedentes. Na fase negativa da ODP, as chances de ocorrência destes extremos aumentam para todas as combinações. No caso das temperaturas máximas, as relações ainda podem ser intensas na fase positiva da ODP, porém em diferentes épocas do ano (em geral nas estações quentes), e os sinais do ENOS e do PS se invertem, ocorrendo mais eventos extremos de temperaturas máximas associados às La Niñas e ao PS acima das normais. Estudos de caso para as principais combinações apresentam resultados coerentes com o esperado, mostrando que o método desenvolvido neste trabalho é eficaz e pode ser utilizado como uma ferramenta no auxílio às previsões climáticas sazonais. ABSTRACT: The present study investigates the seasonal impact of Equatorial Pacific Sea Surface Temperature (SST) anomalies (NINO3.4), Southern Pacific (SP), Southwestern Atlantic (SWAT) and Antarctic Oscillation index (AO), on the interannual variability of precipitations, maximum and minimum temperatures in the Rio Grande do Sul (RS), and accounting for the phases of Pacific Decadal Oscillation (PDO). Seasonal inter- relationships between these indices are evaluated, as well as its possible modulation by PDO. The analyzed time period was from 1900 to 2006, including two negative and two positive phases of PDO. The following methodologies were used and compared for these analyses: Partial and total crossed correlations, contingency tables evaluated by the score of Relative Operational Characteristics (ROC), and cross wavelets. Regarding the ENSO, SWAT, SP and AO extreme occurrences, it was noted that PDO phase influences the event duration (NINO3.4. SWAT, and AO) and frequency (SWAT and AO), but not the intensity, and that the SP is the least impacted region. Moreover, cross wavelets analysis revealed that ENOS and PDO interact in all time scales. Actually, PDO phase affected all relations between the indices, even the intensity, seasonality or time lag. It was noted that the impact is more intense mostly on the negative phase of PDO. Regarding the impact in the RS climate, it was observed that all the indices have an influence in conjunction, differing in intensity, time lag, seasonality and often asymmetrically, but some combinations can intensify even more the extreme events in precipitation, maximum and minimum temperatures in the RS. It was found that, in autumn and winter, the combination of El Niño (La Niña), SWAT above (below) normal, SP and AO below (above) normal, are that maximizes the above (below) normal precipitation occurrences in the following spring and summer. For the occurrence of minimum (maximum) temperatures below (above) normal during autumn and winter, the best combination is La Niña (El Niño), SWAT below (above) normal, SP and AO above (below) normal in the previous spring and summer. During the negative phase of PDO, there are higher chances for all combinations for occurrence of such extreme events. In the positive phase of PDO intense impacts can still be found, particularly for the maximum temperatures, but it happens in warmer seasons (spring and summer) when the signals of ENOS and SP are inverted, accounting for a higher number of maximum temperature extremes associated to La Niña and SP above normal. Case studies for the main combinations presented coherent results as expected, showing the effectiveness of the method herein developed, creating good perspectives for its use as an auxiliary tool for climate seasonal forecasts.
AreaMET
ArranjoBDMCI > Fonds > Produção > MET > Influências remotas das...
Conteúdo da Pasta source
Originais/@4primeirasPaginas.pdf 08/11/2012 16:37 778.0 KiB 
Originais/folha de aprovacao.pdf 06/11/2012 15:09 150.8 KiB 
Originais/Tese_Mari_Firpo_corrigida.docx 06/11/2012 09:59 48.9 MiB
Originais/Tese_Mari_Firpo_corrigida.pdf 06/11/2012 10:04 16.0 MiB
publicacao.pdf 28/11/2012 09:08 11.4 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 19/09/2012 16:14 1.7 KiB 
autorizacao.pdf 19/11/2012 13:38 5.0 MiB
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP7W/3CLLRCE
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3CLLRCE
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
lmanacero@yahoo.com
marcelo.pazos@inpe.br
mari.firpo@cptec.inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
lmanacero@yahoo.com
marcelo.pazos@inpe.br
mari.firpo@cptec.inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02.53
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F35TRS
DivulgaçãoBNDEPOSITOLEGAL.
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype copyright creatorhistory descriptionlevel doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress readpermission resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de controle da descrição
e-Mail (login)simone
atualizar 
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3D5RLHH
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2012/12.03.17.04
Última Atualização2013:04.02.13.16.00 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2012/12.03.17.04.58
Última Atualização dos Metadados2018:06.05.04.13.15 administrator
Chave SecundáriaINPE-17132-TDI/1987
Chave de CitaçãoPallotta:2012:AnPrTe
TítuloEstudo da influência das condições meteorológicas e de conforto térmico no desempenho esportivo: Análise prognóstica do tempo aplicada à Maratona da Cidade do Rio de Janeiro
Título AlternativoStudy of weather and thermal comfort influence on sport performance: Prognostic analysis applied to Rio de Janeiro's City Marathon
CursoMET-MET-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2012
Data2012-12-17
Data de Acesso02 mar. 2021
Tipo da TeseDissertação (Mestrado em Meteorologia)
Número de Páginas167
Número de Arquivos1
Tamanho29081 KiB
Área de contextualização
AutorPallotta, Mariana
GrupoMET-MET-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
BancaAngelis, Carlos Frederico de (presidente)
Herdies, Dirceu Luis (orietador)
Gonçalves, Luis Gustavo Gonçalves de (orientador)
Seluchi, Marcelo Enrique
Gonçalves, Fábio Luiz Teixeira
Endereço de e-Mailmaripallotta@gmail.com
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2012-12-03 17:08:25 :: mariana.pallotta@cptec.inpe.br -> yolanda ::
2013-01-08 12:44:23 :: yolanda -> mariana.pallotta@cptec.inpe.br ::
2013-02-19 18:52:00 :: mariana.pallotta@cptec.inpe.br -> yolanda ::
2013-03-28 16:53:27 :: yolanda -> lmanacero@yahoo.com ::
2013-04-02 13:17:33 :: lmanacero@yahoo.com -> tereza@sid.inpe.br ::
2013-04-04 17:57:48 :: tereza@sid.inpe.br :: -> 2012
2013-04-04 18:15:09 :: tereza@sid.inpe.br -> administrator :: 2012
2018-06-05 04:13:15 :: administrator -> :: 2012
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chavedesempenho esportivo, conforto térmico, análise climatológica, prognósticos de tempo, sport performance, thermal comfort, climatological analysis, weather forecast.
ResumoAtualmente há um crescente interesse na influência e nos impactos do tempo e clima na vida humana. A análise das condições meteorológicas tem se mostrado uma ferramenta útil quando direcionada especificamente aos esportes. Sua interferência atua como um diferencial no planejamento de treinos e estratégias de prova, principalmente para esportes praticados ao ar livre. Este estudo teve como objetivo principal desenvolver análises climatológicas, prognósticos de tempo e avaliações de conforto térmico direcionados para o esporte, e espera-se que seus resultados possam auxiliar o desenvolvimento de produtos e serviços meteorológicos a serem aplicados nos Jogos Olímpicos de 2016, sediado na cidade do Rio de Janeiro. A análise do serviço meteorológico no LII Campeonato Mundial de Pentatlo Moderno mostrou que a rotina de trabalhos ao longo dos dias de competição é essencial para compreender como as condições de tempo influenciam o esporte. Os boletins meteorológicos divulgados e a consultoria durante o evento foram no todo bem sucedidos. Os resultados referentes à análise climatológica na cidade do Rio de Janeiro, para o período de interesse devido à realização dos Jogos Olímpicos, mostraram que não são esperadas situações extremas de tempo, principalmente tempestades ou temperaturas extremamente baixas. A avaliação do conforto térmico na situação média não indicou nos meses de julho, agosto e setembro desconforto extremo nem para o frio nem para o calor. Para as situações de máxima e mínima, os meses de julho e setembro se destacam, o primeiro pelo extremo estresse ao frio e o segundo tanto pelo extremo estresse ao calor quanto para o frio. O uso de prognósticos de tempo aplicados ao esporte se mostrou eficiente para o caso da Maratona da Cidade do Rio de Janeiro, principalmente devido à alta resolução espacial. As simulações do WRF para as três maratonas estudadas apresentaram bons resultados para temperatura, pressão atmosférica e umidade relativa. Por outro lado, o prognóstico do vento apresentou um padrão de superestimativa da situação real em todos os casos. Foi possível concluir que o WRF fornece, no geral, simulações mais representativas a partir de 36h de antecedência, sendo que com 18h de integração elas se mostraram ainda melhores, descrevendo eficientemente a situação sinótica que viria a ser encontrada. A avaliação das condições meteorológicas e de conforto térmico em pontos específicos do percurso da maratona mostrou que há diferenças significativas entre as etapas da prova, o que torna possível traçar a estratégia de competição de acordo com o conforto térmico. Foi possível concluir que há relação entre uma situação termicamente mais confortável (desconfortável) e o melhor (pior) tempo na Maratona da Cidade do Rio de Janeiro. ABSTRACT: There is nowadays a growing interest in the influence and impacts of weather and climate in human life. The weather conditions analysis shows the utility of this type of tool when applied in sports. These conditions act as a differential in strategy and training, especially for outdoor sports. This study had as aim objective develop climate analysis, weather forecast and thermal comfort evaluation targeted to sports, and hoped that the results can be used to the development of products and weather service in the Olympic Games 2016 in Rio de Janeiro City. The weather service analysis in LII Modern Pentathlon World Championships showed that the work procedure over competition days was essential to understand how the weather conditions influence sport. The weather bulletins published during the event and the weather information given to confederations were successful. The climatological analysis results in the Rio de Janeiro city, to the period of Olympic Games, shows that aren´t extreme weather conditions, especially thunderstorms and extreme temperatures. The evaluation of thermal comfort in average conditions doesn´t show extreme uncomfortable to July, August and September. In the situations of maximum and minimum, the months of July and September stand out, the first by extreme cold stress and the second by both the extreme heat and cold stresses. The use of weather forecast applied to the sport showed to be efficient for the case of Rio de Janeiro City Marathon, especially due to the high spatial resolution. The WRF simulations for the three marathons studied showed good results for temperature, atmospheric pressure, and relative humidity. On the other hand, the forecast of the wind showed a pattern of overestimation of the real situation in all cases. It was concluded that the WRF model provides, in general, more representative simulations from 36 hours in advance, and with 18 hours of integration they were even better, describing efficiently the synoptic situation that would be found. A review of weather conditions and thermal comfort at specific points of the marathon route showed that there are significant differences between the stages of the marathon, which makes possible to plan the competition strategy under the thermal comfort. It was concluded that a relationship between a situation more thermally comfortable (uncomfortable) and the best (worst) time in Rio de Janeiro City Marathon.
AreaMET
Conteúdo da Pasta source
Originais/@4primeirasPaginas.pdf 02/04/2013 09:51 779.1 KiB 
Originais/disserta‡Æo_pallotta_publicacao.docx 02/04/2013 09:23 16.5 MiB
Originais/disserta‡Æo_pallotta_publicacao.pdf 02/04/2013 09:26 32.5 MiB
Originais/folha aprovacao.pdf 21/03/2013 13:57 148.7 KiB 
publicacao.pdf 02/04/2013 09:54 28.4 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 03/12/2012 15:04 1.7 KiB 
autorizacao.pdf 02/04/2013 10:15 8.7 MiB
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP7W/3D5RLHH
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3D5RLHH
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
lmanacero@yahoo.com
mariana.pallotta@cptec.inpe.br
tereza@sid.inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
lmanacero@yahoo.com
mariana.pallotta@cptec.inpe.br
tereza@sid.inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02.53
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F35TRS
DivulgaçãoBNDEPOSITOLEGAL
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype copyright creatorhistory descriptionlevel doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress readpermission resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3D559CB
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2012/11.29.01.27
Última Atualização2013:03.11.14.50.48 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2012/11.29.01.27.49
Última Atualização dos Metadados2018:06.05.04.13.14 administrator
Chave SecundáriaINPE-17128-TDI/1983
Chave de CitaçãoDiniz:2012:ImObPr
TítuloImpacto das observações nas previsões de curto prazo
Título AlternativoObservation impact on short range forecasts
CursoMET-MET-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2012
Data2012-12-14
Data de Acesso02 mar. 2021
Tipo da TeseDissertação (Mestrado em Meteorologia)
Número de Páginas138
Número de Arquivos1
Tamanho4683 KiB
Área de contextualização
AutorDiniz, Fábio Luiz Rodrigues
GrupoMET-MET-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
BancaBonatti, José Paulo (presidente)
Herdies, Dirceu Luis (orientador)
Gonçalves, Luis Gustavo Gonçalves de (orientador)
Souza, Rita Valéria Andreoli de
Endereço de e-Mailfabio.diniz@cptec.inpe.br
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2012-12-20 19:14:35 :: fabio.diniz@cptec.inpe.br -> yolanda ::
2012-12-21 10:23:42 :: yolanda -> fabio.diniz@cptec.inpe.br ::
2013-02-14 17:01:05 :: fabio.diniz@cptec.inpe.br -> yolanda ::
2013-02-15 18:01:41 :: yolanda -> fabio.diniz@cptec.inpe.br ::
2013-02-15 18:03:30 :: fabio.diniz@cptec.inpe.br -> yolanda ::
2013-03-11 13:31:14 :: yolanda -> lmanacero@yahoo.com ::
2013-03-11 14:51:26 :: lmanacero@yahoo.com -> tereza@sid.inpe.br ::
2013-03-11 17:54:18 :: tereza@sid.inpe.br :: -> 2012
2013-03-11 18:15:28 :: tereza@sid.inpe.br -> administrator :: 2012
2018-06-05 04:13:14 :: administrator -> :: 2012
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chavemeteorologia, assimilação de dados, impacto das observações, meteorology, data assimilation, observation impact.
ResumoNos últimos anos, os centros de previsão numérica de tempo operacionais têm assimilado um maior número de observações. Entretanto, para um melhor uso dessas observações em um sistema de assimilação de dados, é necessário conhecer o valor adicionado por essas observações ao sistema. Esse valor é comumente denominado como sendo o impacto das observações e, tradicionalmente, a metodologia utilizada para estimar o impacto dá-se por meio de experimentos em que determinadas observações são adicionadas ou removidas do sistema de assimilação de dados, e posteriormente compara-se o desempenho do sistema com relação à simulações de controle. Esses procedimentos fornecem um resultado relativo à presença ou ausência dessas observações de maneira acumulativa. Além disso, os mesmos são inviáveis operacionalmente devido a grande demanda de recursos computacionais. Entretanto, novas abordagens foram desenvolvidas com o intuito de estimar o impacto, as quais avaliam todas as observações utilizadas pelo sistema de assimilação de dados, sem a necessidade da realização de múltiplos experimentos adicionando ou removendo observações. Uma dessas abordagens foi desenvolvida utilizando um método de assimilação de dados baseado em uma variação do filtro de Kalman por conjunto. Esse mesmo método está em fase de implementação no Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/INPE) para gerar as futuras análises do centro. Nesse contexto, esta pesquisa tem como objetivo principal avaliar os impactos das observações nas previsões de curto prazo do futuro sistema que será operacional no CPTEC /INPE. Implementou-se um método de estimativa do impacto das observações nas previsões de curto prazo utilizando a abordagem proposta por Liu e Kalnay (2008), o qual é baseado em uma variação do filtro de Kalman por conjunto. O método mostrou-se viável operacionalmente devido a seu custo computacional ser menor do que o necessário para gerar as análises do próprio sistema. Avaliou-se os impactos das observações nas previsões de curto prazo desse sistema utilizando um conjunto de dados composto por observações: extit{in situ}, obtidas por sensoriamento remoto e sintéticas. As observações que tiveram maiores impactos benéficos para as previsões de curto prazo foram as obtidas por meio de sensoriamento remoto. ABSTRACT: In recent years, the operational centers of numerical weather prediction are assimilating a large number of observations. However, for a better use of these observations in a data assimilation system it is necessary to know the value added by these observations to the system. This value is commonly referred to as the impact of observations and, traditionally, the methodology used to estimate the impact occurs by mean of experiments in which certain observations are added or removed from the data assimilation system, and then compares the system performance with respect to a control simulation. These procedures provide a result concerning the presence or absence of such observations in a cumulative manner. Moreover, they are operationally unviable due to high demand of computational resources. However, new approaches have been developed in order to estimate the impact, wich evaluate all observations used for data assimilation system, without the need to perform multiple experiments adding or removing observations. One such approach has been developed using a data assimilation method based on a variation of the ensemble Kalman filter. This same method is being implemented at the Center for Weather Forecasting and Climate Studies from the Brazilian National Institute for Space Research (CPTEC/INPE) to generate future analysis of the center. In this context, the method to estimate the impact based on a variation of the Kalman filter was implemented in the future system that will be operational at CPTEC/INPE. The method was operationally viable due to its computational cost is less than required to generate the analysis of the system itself. We evaluate the impact of observations on short range forecasts of the system using a data set consisting of in situ, remote sensing and synthetics observations. The observations that had greater beneficial impacts for short range forecasts were obtained trough remote sensing.
AreaMET
ArranjoBDMCI > Fonds > Produção > MET > Impacto das observações...
Conteúdo da Pasta source
Originais/@4primeirasPaginas.pdf 11/03/2013 11:16 776.3 KiB 
Originais/dissertacao_v2.1.pdf 05/03/2013 17:04 5.8 MiB
Originais/folha aprovacao.pdf 01/03/2013 16:29 141.1 KiB 
publicacao.pdf 11/03/2013 11:26 4.6 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 28/11/2012 23:27 1.7 KiB 
autorizacao.pdf 11/03/2013 11:50 3.7 MiB
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP7W/3D559CB
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3D559CB
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
fabio.diniz@cptec.inpe.br
lmanacero@yahoo.com
tereza@sid.inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
fabio.diniz@cptec.inpe.br
lmanacero@yahoo.com
tereza@sid.inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02.53
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F35TRS
DivulgaçãoBNDEPOSITOLEGAL
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype copyright creatorhistory descriptionlevel doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress readpermission resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3D2DRQ2
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2012/11.12.13.39
Última Atualização2013:02.28.18.00.17 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2012/11.12.13.39.29
Última Atualização dos Metadados2018:06.05.04.13.13 administrator
Chave SecundáriaINPE-17126-TDI/1981
Chave de CitaçãoRoballo:2012:EsPaCi
TítuloEstudo dos padrões da circulação atmosférica na América do Sul utilizando o POP
Título AlternativoStudy of atmospheric circulation pattern over the South America using POP method
CursoMET-MET-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2012
Data2012-12-10
Data de Acesso02 mar. 2021
Tipo da TeseTese (Doutorado em Meteorologia)
Número de Páginas202
Número de Arquivos1
Tamanho5138 KiB
Área de contextualização
AutorRoballo, Suelen Trindade
GrupoMET-MET-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
BancaGan, Manoel Alonso (presidente)
Ferreira, Nelson Jesuz (orientador)
Sansigolo, Clóvis Angeli (orientador)
Raupp, Carlos Frederico Mendonça
Souza, Everaldo Barreiros de
Endereço de e-Mailsuelenroballo@gmail.com
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2012-11-12 13:42:11 :: suelen.roballo@cptec.inpe.br -> yolanda ::
2012-11-19 13:24:14 :: yolanda -> suelen.roballo@cptec.inpe.br ::
2013-02-13 16:19:25 :: suelen.roballo@cptec.inpe.br -> yolanda ::
2013-02-26 13:06:33 :: yolanda -> lmanacero@yahoo.com ::
2013-02-26 14:26:16 :: lmanacero@yahoo.com -> tereza@sid.inpe.br ::
2013-02-28 18:08:54 :: tereza@sid.inpe.br :: -> 2012
2013-02-28 18:09:33 :: tereza@sid.inpe.br -> administrator :: 2012
2018-06-05 04:13:13 :: administrator -> :: 2012
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chaveintrasazonal, América do Sul, convecção, intraseasonal, South America, convection.
ResumoEste estudo analisa a variabilidade atmosférica na América do Sul (AS) e vizinhanças usando a técnica do Padrão de Oscilação Principal (POP). Além disso, caracteriza-se a escala intrasazonal nessa região por meio da função complexa de Morlet. Utilizaram-se dados de Radiação de Onda Longa (ROL) nos meses de outubro a março e o campo diário de vento horizontal e potencial de velocidade ($chi$) derivados da reanálise do NCEP no período de 1979-2008. No contexto global, diagnosticaram-se os padrões de circulação utilizando o POP na variável $chi$ em 250 hPa. Encontraram-se como dominantes três padrões de onda zonais. O primeiro corresponde a onda zonal 1 e exibe uma configuração espacial de dipolo no sentido oeste-leste, entre a região da Indonésia e AS. Neste modo do POP, a década de 1979/88 apresentou um período de oscilação de 58 dias e o tempo de decaimento de 17 dias. As décadas de 1989/98 e 1999/2008 apresentaram escalas temporais de 63 e 53 dias, respectivamente, ambas com tempo de decaimento de 16 dias. As máximas amplitudes do POP confinaram-se na região da Indonésia, característico da Oscilação Madden Julian (OMJ). Em latitudes mais altas, identificou-se o modo extratropical de propagação da OMJ associado com o trem de ondas do tipo extit{Pacific-South American}, influenciando a AS. Análises por regressões identificaram a dinâmica envolvida na OMJ em termos de ondas de Kelvin e Rossby, com pares de giros anticiclônicos (ciclônicos) à oeste da área de convecção (supressão), principalmente em altos níveis. O segundo padrão do POP, refere-se à onda zonal número 2. Para este modo, as décadas de 1979/88 e 1989/98 exibiram frequências de 38 e 32 dias, respectivamente, e tempo de decaimento de 7 dias. A década de 1999/2008 exibe uma oscilação de 29 dias e decaimento de 6 dias. Os resultados apresentaram sinais marcantes entre as porções tropicais da AS e a África, sugerindo a importância destas duas regiões para o desenvolvimento da Oscilação Intrasazonal (OIS). O terceiro padrão do POP refere-se à onda zonal 3. Neste modo do POP, as três décadas, 1979/88, 1989/9 e 1999/2008 apresentaram períodos de oscilação de 23, 29 e 19 dias, respectivamente e decaimento de 5 dias. Identificou-se forte sinal do POP principalmente na porção equatorial da AS, fortalecendo a hipótese da região Amazônica também atuar como uma fonte de calor para escalas de frequências mais altas. Avaliou-se também a variabilidade interanual dos padrões de onda identificados pelo POP. O padrão de onda zonal 1 apresentou as maiores médias anuais em 1997, 1988, 2005, 2004 e 1979, nesta ordem. No caso da onda zonal 2, as mesmas ocorreram em 1998, 1988, 1997, 1992 e 1979. No padrão de onda 3, maiores amplitudes médias anuais foram identificadas durante 1982, 1986, 1980, 2008 e 1998. Nas análises com a técnica de ondaleta, a presença da OIS, na escala de 30 a 70 dias, foi observada ao longo do Oceano Pacífico subtropical em ambos os Hemisférios assim como no leste da AS e na costa oeste da África. Na AS, a máxima variância de ROL localiza-se ao longo da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), no nordeste e centro oeste do Brasil. O sinal da OIS apresentou-se mais intenso na AS, nos meses de janeiro e fevereiro. Avaliaram-se as amplitudes das ondaletas em que se identificou um padrão característico de trem de ondas de latitudes médias deslocando-se meridionalmente, desde o Pacífico e curvando-se na AS, até a posição da ZCAS. Para esta última região, analisaram-se séries temporais das ondaletas durante 12 estações ativas em que a OIS estava mais intensa. Constatou-se que a fase ativa da OIS modula a atividade convectiva nessa região e está associada principalmente à sistemas frontais e ZCAS. A variabilidade média do sinal de energia de ROL para estas 12 estações ativas apresentou expressiva variabilidade interanual tantos em anos neutros como durante anos de El Niño e La Niña. ABSTRACT: This work analyzes the atmospheric variability in South America (SA) and neighboring, using the Principal Oscillation Pattern (POP). Moreover, it describes the intraseasonal scale over this region, through the complex Morlet wavelet transform. To develop this work were used the daily Outgoing Longwave Radiation (OLR), from October to March, the horizontal wind field, and velocity potential ($chi$) from NCEP reanalysis (1979 to 2008). Three zonal waves dominant patterns were found from $chi$ (250hPa) using the POP methodology. The first one corresponds to the zonal wave 1 and shows a west- east dipole spatial configuration between Indonesia and SA. In this POP mode, the 1979/1988 presented an oscillation period of 58 days and a decay time of 17 days. For 1989/1998 and 1999/2008 the temporal scales were 63 and 53 days, respectively, both with a decay time of 16 days. The maximum POP amplitudes were found on Indonesia, a feature observed in Madden Julian Oscillation (MJO). In higher latitudes, it was identified the MJO extratropical modes propagation related to the Pacific-South American pattern that affecting the SA. The regression analyses identified in OMJ dynamics in terms of Kelvin and Rossby waves, with pairs of anti-cyclonic (cyclonic) gyres behind the convection (suppression) area in upper troposphere. The second POP pattern refers to the zonal wave 2. In this mode, the 1979/1988 and 1989/1998 time showed a temporal scale of 38 and 32 days, respectively, and decay time of 7 days. For 1999/2008 the oscillation period was 29 days and decay time was 6 days. An intense POP signals between the tropical regions of SA and Africa were found suggesting the importance of these two regions for the Intraseasonal Oscillation (ISO) development. The third POP pattern refers to the zonal wave 3. In this POP mode, the 1979/1988, 1989/1998, and 1999/2008 time exhibited an oscillation of 23, 29, and 19 days, respectively and decay time was 5 days for each period. A strong POP signal was identified in the equatorial portion of SA, strengthening the hypothesis of Amazon region to be a heat source to the higher frequencies. The interannual variability of POP´s wave patterns was also analyzed. The highest annual averages were found for zonal wave 1 in 1997, 1988, 2005, 2004, and 1979. For the zonal wave 2 the maximum were in 1998, 1988, 1997, 1992, and 1979. Finally, the zonal wave 3 showed the highest values in 1982, 1986, 1980, 2008, and 1998. The wavelet technique found the ISO presence in a temporal scale of 30 to 70 days along the subtropical Pacific Ocean in both hemispheres, as well as, over the east of SA and in west coast of Africa. Over the SA, the OLR maximum variance was found on the South Atlantic Convergence Zone (SACZ), northeast, and central west of Brazil regions. Also, the ISO signal is more intense over the SA in January and February. Furthermore, the wavelets amplitudes showed a propagation wave train in mid latitudes with meridional displacement, from the Pacific Ocean to the SACZ position. The most intense ISO signal was observed over the Southeast of Brazil, for this reason the wavelets temporal series for 12 active seasons were analyzed. It was observed that the ISO active phase modulates the convective activity on this region and it can be associated with the frontal systems and SACZ. The mean variability of the OLR maximum variance for these 12 active stations presented an expressive interannual variability.
AreaMET
ArranjoINPE > Produção > MET > Estudo dos padrões...
Conteúdo da Pasta source
Originais/@4primeirasPaginas-8.pdf 21/02/2013 11:54 776.2 KiB 
Originais/folha de aprovacao.pdf 15/02/2013 07:32 156.5 KiB 
Originais/Tese Suelen TrindadeRoballo 130213.docx 13/02/2013 13:48 8.2 MiB
Originais/Tese Suelen TrindadeRoballo 130213.pdf 13/02/2013 13:49 5.0 MiB
publicacao.pdf 26/02/2013 10:44 4.1 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 12/11/2012 11:39 1.7 KiB 
autorizacao.pdf 26/02/2013 11:25 2.5 MiB
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP7W/3D2DRQ2
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3D2DRQ2
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
lmanacero@yahoo.com
suelen.roballo@cptec.inpe.br
tereza@sid.inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
lmanacero@yahoo.com
suelen.roballo@cptec.inpe.br
tereza@sid.inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02.53
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F35TRS
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype copyright creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress readpermission resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3CPTMAL
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2012/10.09.19.33
Última Atualização2013:01.15.12.09.43 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2012/10.09.19.33.27
Última Atualização dos Metadados2018:06.05.04.13.11 administrator
Chave SecundáriaINPE-17110-TDI/1965
Chave de CitaçãoVasconcellos:2012:OsAnFí
TítuloA oscilação Antártica-mecanismos físicos e a relação com características atmosféricas sobre a América do Sul/oceanos adjacentes
Título AlternativoThe Antarctic oscillation-physical mechanisms and relationship with the atmospheric characteristics over South America and adjacents oceans
CursoMET-MET-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2012
Data2012-11-09
Data de Acesso02 mar. 2021
Tipo da TeseTese (Doutorado em Meteorologia)
Número de Páginas192
Número de Arquivos1
Tamanho8372 KiB
Área de contextualização
AutorVasconcellos, Fernanda Cerqueira
GrupoMET-MET-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
BancaBonatti, José Paulo (presidente)
Cavalcanti, Iracema Fonseca de Albuquerque (orientadora)
Aravéquia, José Antônio
Ambrizzi, Tércio
Justino, Flávio Barbosa
Endereço de e-Mailf.a.cerqueira@gmail.com
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2012-10-09 19:33:27 :: vasconcellosfc@yahoo.com.br -> yolanda ::
2012-10-15 12:29:05 :: yolanda -> administrator ::
2012-12-16 16:04:06 :: administrator -> vasconcellosfc@yahoo.com.br ::
2012-12-20 18:02:44 :: vasconcellosfc@yahoo.com.br -> yolanda ::
2013-01-11 13:30:05 :: yolanda -> lmanacero@yahoo.com ::
2013-01-15 12:11:55 :: lmanacero@yahoo.com -> tereza@sid.inpe.br ::
2013-01-24 12:57:33 :: tereza@sid.inpe.br :: -> 2012
2013-01-24 12:58:18 :: tereza@sid.inpe.br -> lmanacero@yahoo.com :: 2012
2013-01-24 13:30:03 :: lmanacero@yahoo.com -> tereza@sid.inpe.br :: 2012
2013-01-24 13:30:22 :: tereza@sid.inpe.br -> administrator :: 2012
2018-06-05 04:13:11 :: administrator -> :: 2012
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-ChaveOscilação antártica, MCGA CPTEC, Pacífico América do Sul (PSA), ozônio, teleconexão, antartic Oscillation, MCGA CPTEC, Pacifc South América (PSA), ozone, teleconnection.
ResumoA Oscilação Antártica (AAO), também chamada de Modo Anular do Hemisfério Sul (HS), é um padrão de oscilação entre os cinturões de pressão das latitudes médias e altas no HS. Alguns autores indicam uma relação entre o clima da América do Sul (AS) e este padrão. Desta forma, este estudo visa avaliar a influência da AAO sobre a AS e incrementar a análise sobre os mecanismos físicos envolvidos. O objetivo geral desta tese foi analisar a configuração troposférica-estratosférica sobre a AS e oceanos adjacentes durante as fases da AAO, em cada estação do ano; analisar a influência da AAO sobre a AS; analisar a relação da AAO com os trópicos e investigar a influência do ozônio estratosférico na variabilidade da AAO. A análise da sazonalidade da AAO na estratosfera mostra que o padrão nessas altitudes começa a se configurar em abril e alcança o máximo em novembro (período ativo). A estrutura vertical do vento mostra a presença dos Jatos Polar e Subtropical na fase positiva da AAO (exceto em janeiro) e um único jato na fase negativa, deslocado para norte. O mês de julho mostra o maior valor do jato estratosférico em ambas as fases da AAO. Em novembro, durante a fase positiva, o jato estratosférico ainda está acoplado com o jato polar troposférico, enquanto que, na fase negativa, já houve a quebra do vórtice polar estratosférico. Uma avaliação da energética associada à AAO mostra que a propagação ascendente da energia das ondas planetárias ocorre a partir de julho e alcança o máximo em novembro, tendo contribuição das conversões baroclínica e barotrópica na estratosfera. A quebra do jato polar estratosférico na fase negativa da AAO em novembro ocorre devido a uma maior propagação ascendente da energia das ondas, explicada pelos valores mais intensos dessas conversões na estratosfera. Na fase positiva há um aquecimento significativo sobre o sul da Argentina em todos os meses avaliados, exceto janeiro. Em novembro, a fase positiva apresenta um dipolo de anomalia de precipitação sobre a AS, com anomalias negativas sobre o sul do Brasil/Bacia do Prata e anomalias positivas ao norte. Este dipolo inverte de sinal na fase negativa. A fase positiva (negativa) da AAO está relacionada com as características do padrão La Niña (EI Niño). Essa relação entre AAO e ENOS ocorre em diversas escalas de tempo. Na escala de até 4 meses, essa relação ocorre via PSA e por um trem de onda para leste da AS para a Indonésia. A AAO também influencia na intensidade do PSA. O Modelo de Circulação Geral Atmosférico (MCGA) do CPTEC/INPE foi utilizado para experimentos com a variação do ozônio na estratosfera. A integração controle e os experimentos com o modelo conseguiram reproduzir na troposfera o padrão AAO em todos os meses. Entretanto, há um translado do período ativo da AAO para janeiro. A variação do ozônio no MCGA do CPTEC produziu uma configuração da AAO na fase positiva (negativa) em janeiro e em abril e uma configuração da AAO na fase negativa (positiva) em julho e novembro no experimento mínimo (máximo). ABSTRACT: The Antarctic Oscillation (AAO) , also named the Southern Annular Mode, is a pattern of oscillation between high e middle pressure belts in the Southern Hemisphere (SH). Some authors suggest a relationship between the South America (SA) climate and this pattern. Thus, this study aims to evaluate the influence of AAO over SA and enhance the analysis of the physical mechanisms involved. The goal of this thesis was to analyze the stratospheric-tropospheric configuration over SA and adjacent oceans during AAO phases in each season; analyze the AAO influence over SA; analyze the relationship of AAO with the tropics and investigate the stratospheric ozone influence on the AAO variability. The analysis of AAO seasonality in the stratosphere shows that the pattern begins to be set in April and reaches a maximum in November (active period). The wind vertical structure shows the Polar and Subtropical Jets in the positive phase of the AAO (except in January) and a single jet shifted northward in the negative phase. July shows the largest stratospheric jet value at both AAO phases. In November, during the positive phase, the stratospheric jet is still coupled with the tropospheric polar jet, while in the negative phase there has been a breakdown of the stratospheric polar vortex. An assessment of the energetic associated with the AAO shows that upward propagation of planetary wave energy occurs since April and reaches a maximum in November, with the contribution of baroclinic and barotropic conversions in the stratosphere. The breakdown of the stratospheric polar jet in the negative AAO phase during November is due to greater upward propagation of wave energy, explained by the values of these conversions more intense in the stratosphere. During the positive AAO phase there is a significant warming over southern Argentina during all evaluated months, except in January. In November, the positive AAO phase shows a precipitation anomaly dipole over SA, with negative anomalies over southern Brazil/La Plata Basin and positive anomalies northward. This dipole signal reverses in the negative AAO phase. The positive (negative) AAO phase is also related to the La Niña (EI Niño) characteristics. This relationship between AAO and the tropics occurs on several time scales. In the intraseasonal scale, this relationship occurs through the PSA (wavetrain over the Pacific) and an eastward wavetrain from SA to Indonesia. The AAO has also influences in the PSA intensity. The CPTEC AGCM (control and experiments varying stratospheric ozone) reproduced the tropospheric AAO pattern during all analyzed months. However, there is a shifting of the AAO active period to January. The ozone variation of the CPTEC AGCM produced a AAO positive phase (negative) configuration in January and April and a negative phase (positive) in July and November in the minimum (maximum) 0$_{3}$ experiment.
AreaMET
ArranjoBDMCI > Fonds > Produção > MET > A oscilação Antártica-mecanismos...
Conteúdo da Pasta source
Originais/@4primeirasPaginas.pdf 15/01/2013 09:43 777.0 KiB 
Originais/folha de aprovacao.pdf 08/01/2013 15:57 168.9 KiB 
Originais/tese_fernanda_201212.pdf 20/12/2012 12:30 14.9 MiB
publicacao.pdf 15/01/2013 09:44 8.2 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 09/10/2012 16:33 1.7 KiB 
autorizacao.pdf 15/01/2013 10:09 5.7 MiB
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP7W/3CPTMAL
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3CPTMAL
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
lmanacero@yahoo.com
tereza@sid.inpe.br
vasconcellosfc@yahoo.com.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
lmanacero@yahoo.com
tereza@sid.inpe.br
vasconcellosfc@yahoo.com.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02.53
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F35TRS
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype copyright creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress readpermission resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3CP5BE8
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2012/10.04.17.16
Última Atualização2013:01.18.11.54.16 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2012/10.04.17.16.54
Última Atualização dos Metadados2018:06.05.04.13.11 administrator
Chave SecundáriaINPE-17087-TDI/1946
Chave de CitaçãoNegri:2012:EsEsDi
TítuloEstimativa da estrutura dinâmica do topo dos sistemas convectivos usando multicanais e avaliação de modelos em escala de nuvens
Título AlternativoCloud dynamic top retrieval using satellite channel combination and cloud resolving model microphisics validation
CursoMET-MET-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2012
Data2012-08-20
Data de Acesso02 mar. 2021
Tipo da TeseTese (Doutorado em Meteorologia)
Número de Páginas154
Número de Arquivos1
Tamanho4341 KiB
Área de contextualização
AutorNegri, Renato Galante
GrupoMET-MET-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
BancaFreitas, Saulo Ribeiro de (presidente)
Machado, Luiz Augusto Toledo (orientador)
Coelho, Simone Marilene Sievert da Costa
Sakamoto, Meiry Sayuri
Yamazaki, Yoshihiro
Endereço de e-Mailrenato.galante@cptec.inpe.br
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2012-10-09 18:18:20 :: renato.galante@cptec.inpe.br -> yolanda ::
2012-10-25 14:03:44 :: yolanda -> lmanacero@yahoo.com ::
2012-10-26 11:08:00 :: lmanacero@yahoo.com -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2012-10-26 16:36:29 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br :: -> 2012
2012-10-26 16:43:53 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> yolanda :: 2012
2012-10-29 13:12:18 :: yolanda -> lmanacero@yahoo.com :: 2012
2012-10-29 13:14:01 :: lmanacero@yahoo.com -> marcelo.pazos@sid.inpe.br :: 2012
2012-10-29 13:28:17 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2012
2013-01-18 11:25:01 :: administrator -> tereza@sid.inpe.br :: 2012
2013-01-18 11:53:18 :: tereza@sid.inpe.br -> lmanacero@yahoo.com :: 2012
2013-01-18 11:56:14 :: lmanacero@yahoo.com -> tereza@sid.inpe.br :: 2012
2013-01-18 11:58:19 :: tereza@sid.inpe.br -> administrator :: 2012
2018-06-05 04:13:11 :: administrator -> :: 2012
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chavevento por satélites, modelo numérico, previsão de tempo, alta resolução, high resolution NWP model, cloud resolving model, satellite winds.
ResumoOs modelos numéricos de previsão de tempos estão sendo configurados com resoluções cada vez maiores graças ao constante aumento da capacidade computacional. Com isso, diversos centros de previsão de tempo estão buscando produzir previsões de curto prazo utilizando modelos numéricos de alta resolução, em que a convecção é resolvida explicitamente. À medida que a resolução espacial dos modelos de previsão de tempo é elevada, surge a necessidade de se obter dados observacionais em uma resolução superior a fim de se obter uma descrição do estado da atmosfera que seja compatível com a resolução do modelo. Neste ponto, as observações realizadas por satélites meteorológicos, mostram-se fundamentais. Além da necessidade de dados em alta resolução, também é necessário avaliar a qualidade das representações dos campos de nuvens resolvidos pelo modelo de alta resolução. Este trabalho apresenta uma nova metodológica de análise da convecção resolvida por um modelo numérico de alta resolução, bem como uma nova técnica de estimativa de informações referentes à dinâmica do topo dos sistemas de convecção profunda. A metodologia de análise se mostrou muito útil para a avaliação do ciclo de vida da convecção resolvida pelo CRM do modelo numérico, além de indicar uma possível falha na representação da umidade dos altos níveis pelo modelo, a qual está provavelmente relacionada à superestimativa da convecção resolvida pelo CRM. Já a nova técnica de estimativa dos movimentos horizontais nos topos dos SCM se mostrou válida, sendo capaz de detectar movimentos relacionados à dinâmica dos topos de tais sistemas, a qual não era possível de ser obtida através dos métodos usuais de estimativa do vento. ABSTRACT: Advances in computer power have made it possible to increase the spatial resolution of regional numerical weather prediction models to the convective scale (1-2 km). Today, many meteorological centers around the globe are turning their efforts to produce high resolution forecasts, with the convection being explicitly resolved. As convection is explicitly resolved it is necessary to evaluate the realism of microphysics of convective clouds in these models and high resolution data to be used as initial state of the atmosphere become necessary. Satellite meteorological products and data are ideal to be used in models assimilation. This work presents a new methodology to analyze the convection resolved explicitly in a high resolution model and also a new technique to retrieval the mesoscale dynamics of a deep convective cloud top. The model analysis methodology shows to be very useful to evaluate the convection life cycle and the high level humidity distribution as well, pointing out an error for the high levels, which is probably linked to an overestimation of the vertical fluxes associated with the convection activity. The new retrieval technique is capable to detect some of the horizontal flows of the deep convective cloud tops, which is generally impossible to be captured by the usual satellite based wind extraction approaches.
AreaCST
Conteúdo da Pasta source
Originais/@4primeirasPaginas.pdf 17/01/2013 15:08 776.3 KiB 
Originais/folha de aprova‡Æo.pdf 09/10/2012 17:10 156.9 KiB 
Originais/Tese-Renato_GN-revisada-08_out_2012ii.docx 26/10/2012 16:31 5.9 MiB
Originais/Tese-Renato_GN-revisada-08_out_2012ii.pdf 26/10/2012 16:33 4.4 MiB
publicacao.pdf 18/01/2013 08:45 4.2 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 04/10/2012 14:16 1.7 KiB 
autorizacao.pdf 26/10/2012 09:03 1.4 MiB
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP7W/3CP5BE8
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3CP5BE8
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
lmanacero@yahoo.com
marcelo.pazos@inpe.br
renato.galante@cptec.inpe.br
tereza@sid.inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
lmanacero@yahoo.com
marcelo.pazos@inpe.br
renato.galante@cptec.inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02.53
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F35TRS
DivulgaçãoBNDEPOSITOLEGAL
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype copyright creatorhistory descriptionlevel doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress readpermission resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3CGED4L
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2012/08.24.17.27
Última Atualização2012:08.30.16.59.05 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2012/08.24.17.27.30
Última Atualização dos Metadados2018:06.05.04.12.55 administrator
Chave SecundáriaINPE-17076-TDI/1937
Chave de CitaçãoCapistrano:2012:PrAmSu
TítuloPrecipitação na América do Sul associada às variabilidades de baixa frequência na TSM dos oceanos Atlântico e Pacífico
Título AlternativoSouth American rainfall associated with low-frequency SST variability in the Atlantic and Pacific oceans
CursoMET-MET-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2012
Data2012-06-29
Data de Acesso02 mar. 2021
Tipo da TeseTese (Doutorado em Meteorologia)
Número de Páginas205
Número de Arquivos1
Tamanho22938 KiB
Área de contextualização
AutorCapistrano, Vinicius Buscioli
GrupoMET-MET-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
BancaSansigolo, Clóvis Angeli (presidente)
Kayano, Mary Toshie (orientadora)
Coelho, Caio Augusto dos Santos
Tanajura, Clemente Augusto Souza
Rocha, Rosmeri Porfírio
Endereço de e-Mailvinicius.capistrano@cptec.inpe.br
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2012-08-24 17:42:20 :: vinicius.capistrano@cptec.inpe.br -> yolanda ::
2012-08-27 13:12:24 :: yolanda -> vinicius.capistrano@cptec.inpe.br ::
2012-08-27 19:46:21 :: vinicius.capistrano@cptec.inpe.br -> yolanda ::
2012-08-28 13:10:58 :: yolanda -> vinicius.capistrano@cptec.inpe.br ::
2012-08-28 13:13:50 :: vinicius.capistrano@cptec.inpe.br -> yolanda ::
2012-08-30 14:18:36 :: yolanda -> lmanacero@yahoo.com ::
2012-08-30 17:02:48 :: lmanacero@yahoo.com -> ivone@sid.inpe.br ::
2012-08-30 22:18:19 :: ivone@sid.inpe.br -> administrator :: -> 2012
2018-06-05 04:12:55 :: administrator -> :: 2012
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chavevariabilidade climática, oscilação multidecenal do Atlântico (AMO), oscilação decenal do Pacífico (PDO), El Niño/oscilação sul, precipitação sobre a América do Sul, climate variability, Atlantic Multidecadal Oscillation (AMO), Pacific Decadal Oscillation (PDO), El Niño/southern oscillation, South America rainfall.
ResumoVariações na escala decenal a multidecenal na Temperatura da Superfície do Mar (TSM) dos oceanos Atlântico e Pacífico podem ocasionar mudanças no padrão de precipitação em várias partes do globo. Porém, a variabilidade oceânica e atmosférica nestas escalas de tempo ainda não é bem compreendida. A fim de entender melhor esta variabilidade, foi investigada a variabilidade da TSM do Atlântico Norte, Atlântico Sul, Pacífico Norte e Pacífico tropical, a partir da análise de dimensão de correlação, estimativa do maior expoente de Lyapunov, análise de Funções Ortogonais Empíricas (FOE), análises espectrais de ondaletas, análises de correlação linear, e composição de várias variáveis. As mais altas dimensionalidades da TSM nas regiões da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) e Zona Convergência do Pacífico Sul (ZCPS) implicam que a TSM destas áreas possuem comportamento mais caótico que outras, enquanto as mais baixas dimensionalidade da TSM foram encontradas na região do Niño3.4. Resultados similares foram encontrados com o expoente de Lyapunov de TSM. As relações entre os principais modos de variabilidade de TSM das bacias foram estudadas. Dentre os principais modos a Oscilação Multidecenal do Atlântico (OMA), a Oscilação Decenal do Pacífico (ODP) e o El Niño/Oscilação Sul (ENOS) foram analisados em detalhe. Extremos de precipitação no norte do Nordeste do Brasil (NEB) estratificados nas fases da OMA foram estudados usando composições de anomalias de TSM e Pressão ao Nível do Mar (PNM). Condições muito secas no norte do NEB durante a fase quente (fria) da OMA foram associadas ao modo de Dipolo positivo (Equatorial negativo) na TSM do Atlântico tropical e ao padrão relacionado a um El Nino fraco (bem estabelecido) na TSM do Pacífico. Por outro lado, condições muito chuvosas no norte do NEB durante a fase quente (fria) da OMA foram relacionadas ao modo Equatorial positivo (Dipolo negativo) na TSM do Atlântico e ao padrão associado a uma La Nina bem estabelecida (fraca). Composições de outras variáveis como as de anomalias de precipitação sobre a América do Sul, função de corrente ($psi$), potencial de velocidade ($chi$) e movimento vertical ($omega$) foram também feitas para investigar a relação entre OMA, ODP e ENOS. Os resultados mostram que a ODP pode originar da combinação linear do ENOS e do terceiro modo de TSM do Pacífico tropical. Dessa forma, a ODP pode ser um modo derivado. Com relação à OMA, a oscilação multidecenal no Pacífico Norte precede a OMA em aproximadamente 4 anos. Isto indica que a OMA pode não ser originada localmente. Ainda, a variabilidade e EN OS mostrou dependência com as fases da OMA, de forma que, o índice Niño-3 apresentou maior variância durante a fase fria do que durante a fase quente. Os resultados mostraram também que a ODP forneceu precondições para os efeitos do ENOS na precipitação na América do Sul, de maneira que, quando ENOS e ODP estão em fase (fora de fase) as anomalias de precipitação sobre a América do Sul se tornam mais intensas (fracas). ABSTRACT: Decadal to multidecadal Sea Surface Temperature (SST) variations in the Atlantic and Pacific oceans might cause changes in rainfall distribution in many parts of the globe. However, the ocean and atmosphere variability on these time scales is not well understood yet. In order to get some light on this variability, the SST variability in the North Atlantic, South Atlantic, North Pacific and tropical Pacific was investigated here using correlation dimension analysis, Lyapunov exponent, empirical orthogonal function (EOF), wavelet spectral analysis, linear correlation analyses, and composites for several variables. The highest dimensionality of the SST in the regions of the South Atlantic Convergence Zone (SACZ) and the South Pacific Convergence Zone (SPCZ) implies more chaotic behavior of the SST in these areas than in others. Whereas, the lesser chaotic behavior was found in the Niño3.4 region. Similar results were obtained with the Lyapunov exponent of SST. The relations among the main variability SST modes of these basins were investigated. Among these modes the Atlantic Multidecadal Oscillation (AMO), Pacific Decadal Oscillation (PDO) and EI Niño/Sout Atlantichern Oscillation (ENSO) were analyzed in detai1. The precipitation extremes in northern Northeast Brazil (NEB) stratified in the AMO phases were studied using composites of the anomalies of SST and Sea Level Pressure (SLP). The very dry conditions in northern NEB during warm (cold) AMO phase were associated with Atlantic positive SST dipole (negative equatorial) mode together with a weak (well established) EI Niño in the Pacific On the other hand, the very wet conditions in northern NEB during the warm (cold) AMO phase were associated with the Atlantic positive equatorial (negative dipole) SST mode together with a well established (weak) La Nina. Composites of other variables such as anomalies of precipitation over South America, stream function ($psi$), velocity potential ($chi$) and vertical motion ($omega$) were also done to investigate the relations among AMO, PDO and ENSO. The results showed that the PDO might result from a linear combination of the ENSO and the third SST mode of tropical Pacific Thus, the PDO can be a derived mode. In relation to the AMO, a multidecadal oscillation in the North Pacific precedes it by about four years. This indicates that the AMO may not originate locally. Moreover, the ENSO variability showed a dependence on the AMO phases. Indeed, the Niño-3 index has greater variance during the AMO cold phase than during the warm phase. The analyses showed also that the PDO creates a background for the ENSO-related rainfall anomalies over South America, such that when ENSO and PDO are in (out of) phase the precipitation anomalies over America South become more intense (weak).
AreaMET
ArranjoBDMCI > Fonds > Produção > MET > Precipitação na América...
Conteúdo da Pasta source
Originais/@4primeirasPaginas.pdf 28/08/2012 11:25 778.1 KiB 
Originais/capistrano_tese.pdf 28/08/2012 10:20 31.0 MiB
Originais/folha de aprovacao.pdf 28/08/2012 13:02 275.5 KiB 
publicacao.pdf 30/08/2012 13:20 22.4 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 24/08/2012 14:27 1.7 KiB 
autorizacao.pdf 30/08/2012 13:58 1.3 MiB
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP7W/3CGED4L
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3CGED4L
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
ivone@sid.inpe.br
lmanacero@yahoo.com
vinicius.capistrano@cptec.inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
ivone@sid.inpe.br
lmanacero@yahoo.com
vinicius.capistrano@cptec.inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02.53
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F35TRS
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype copyright creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress readpermission resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3CF22S2
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2012/08.15.18.09
Última Atualização2012:11.09.17.01.17 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2012/08.15.18.09.53
Última Atualização dos Metadados2018:06.05.04.12.45 administrator
Chave SecundáriaINPE-17096-TDI/1955
Chave de CitaçãoSilva:2012:InFlCa
TítuloInfluência dos fluxos de calor em superfície no início e no final da estação chuvosa sobre a região Centro-Oeste do Brasil
Título AlternativoInfluence of surface heat flux in the beginning and ending of the rainy season on the Center-West region of Brazil
CursoMET-MET-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2012
Data2012-09-03
Data de Acesso02 mar. 2021
Tipo da TeseDissertação (Mestrado em Meteorologia)
Número de Páginas201
Número de Arquivos1
Tamanho5691 KiB
Área de contextualização
AutorSilva, Aline Bilhalva da
GrupoMET-MET-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
BancaFerreira, Nelson Jesuz (presidente)
Gan, Manoel Alonso (orientador)
Silva, Adma Raia
Endereço de e-Mailavilhalba@gmail.com
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2012-08-15 18:15:17 :: avilhalba@gmail.com -> yolanda ::
2012-08-16 15:47:45 :: yolanda -> administrator ::
2012-08-22 01:39:48 :: administrator -> avilhalba@gmail.com ::
2012-10-31 13:42:37 :: avilhalba@gmail.com -> yolanda ::
2012-11-07 18:04:39 :: yolanda -> lmanacero@yahoo.com ::
2012-11-09 12:49:50 :: lmanacero@yahoo.com -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2012-11-09 16:03:39 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: -> 2012
2012-11-09 16:29:46 :: administrator -> marcelo.pazos@sid.inpe.br :: 2012
2012-11-09 17:07:46 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2012
2018-06-05 04:12:45 :: administrator -> :: 2012
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chavefluxo de calor em superfície, início e final da estação chuvosa, monção, surface heat flux, beginning and ending of the rainy season, monsoon.
ResumoO principal objetivo deste estudo é avaliar a influência dos fluxos de calor latente e sensível em superfície sobre a região Centro-Oeste do Brasil durante o início e final da estação chuvosa. Para garantir uma consistência na análise realizou-se uma validação das reanálises Era-Interim e Climate Forecast System Reanalysis (CFSR) a partir da análise de precipitação de Brant Liebmann. Em função da diferença de resolução espacial entre os conjuntos de dados mencionados anteriormente, foi calculada a média espacial para a região Centro-Oeste ($10°$-$20°$S e $50°$-$60°$W), visando aplicar aos três conjuntos de dados os testes estatísticos Viés e EMQ (Erro Médio Quadrático), para períodos de acumulados de precipitação: mensal, trimestral, anual, estação chuvosa e climatologia mensal, durante os anos de 1989 a 2008. Estes testes foram aplicados para verificar qual das duas reanálises tem a melhor representatividade da análise de precipitação de Liebmann. Os resultados indicaram que sobre a região Centro-Oeste do Brasil, a reanálise Era-Interim conseguiu simular melhor os campos de precipitação da análise de Liebmann, pois apresentou menores valores de Viés e EMQ (em todos os períodos analisados), indicando que os dados são mais precisos e menos dispersos que os campos da reanálise CFSR. Aplicou-se o método de pêntadas sobre médias espaciais calculadas para a região Centro-Oeste do Brasil, para várias variáveis durante o período de 1989 a 2010. A partir dos campos de precipitação média espacial pentadal que superaram o limiar médio anual de 2 mm/dia por 75% de 8 pêntadas subsequentes foi estabelecida o início (final) da estação chuvosa. Verificou-se que de forma geral, a reanálise Era-Interim adiantou o início (final) da estação chuvosa na maioria dos anos analisados e conseguiu reproduzi-los de forma satisfatória e coerente. O método de compostos permitiu acompanhar o avanço da banda de precipitação da região equatorial em direção a região centro-sul do país, durante o início da estação chuvosa; bem como seu movimento inverso durante a estação seca. Além disso, durante as pêntadas que antecedem o início da estação chuvosa sobre o Brasil Centro-Oeste, nota-se que a atmosfera começa a se desestabilizar através do elevado aquecimento nas baixas camadas atmosféricas e isso impulsiona o aumento dos fluxos de calor sensível do solo em direção à atmosfera. À medida que os movimentos verticais começam a se intensificar, e a umidade e calor superficial são propagados para altos níveis da atmosfera, há o desenvolvimento das células convectivas associadas ao início da estação chuvosa. Durante este período, nota-se a redução dos fluxos de calor sensível e aumento dos fluxos de calor latente, em decorrência da saturação do solo e aumento da evaporação sobre as regiões onde há presença de precipitação. Com relação ao final da estação chuvosa, nota-se que o recuo da banda precipitante em direção à região equatorial inicia apenas a partir da terceira pêntada posterior a pêntada zero. Associado a isso, verifica-se a redução dos fluxos de calor latente sobre as regiões sem atuação da banda precipitante e aumento dos fluxos de calor sensível e temperatura em 925 hPa decorrentes da maior incidência de radiação solar. ABSTRACT: The main objective of this study is to evaluate the influence of latent and sensible surface heat flux over the West-Central Brazil region during the onset and the ending of rainy season. It was carried out a validation of Era-Interim and Climate Forecast System Reanalysis (CFSR) from the analysis of Brant Liebmann precipitation. Due to the difference in spatial resolution between the data sets mentioned previously, the spatial average for the West-Central Brazil ($10°$-$20°$S e $50°$-$60°$W) was calculated, in order to apply for these three datasets, the statistics tests called BIAS and MSE (Mean Square Error), for periods of accumulated precipitation: monthly, quarterly, annual, rainy season and monthly climatology, from 1989 to 2008.These tests were applied for verify which of the two reanalysis has the best representativeness of precipitation analysis of Liebmann. The results indicated that over the West-Central Brazil, the Era-Interim reanalysis simulated better the analysis of Liebmann precipitation fields, because showed lower values of BIAS and MSE (in all the analyzed periods), indicating that the data are more accurate and less dispersed that the CFSR fields. The identification of the onset pentads was applied for the West-Central Brazil for several variables during the period 1989 to 2008. From the spatial average pentadal precipitation fields that exceeded the threshold annual average of 2 mm/day for 75% of 8 subsequent pentads, it was established onset (end) of the rainy season. It was found that in general form, the Era-Enterim anteciped the onset (end) rainy season in the majority of years analyzed and it was able to reproduce them satisfactory and consistent form. The precipitation band was tracked by the compost method from the equatorial region to central south of country, during the rainy season; as well as its return during dry season. Furthermore, during the pentads that precede the onset of rainy season over West-Central Brazil, the atmosphere starts to destabilize through the high heating in low atmospheric layers and this leads the increase of the sensible heat fluxes from the soil to the atmosphere. As soon as the vertical movements begin to intensify, the humidity and superficial heat propagate to higher atmospheric levels, an impulse of convective cells associated beginning of rainy season is observed. During this period, the reduction of sensible heat flux and increase of latent heat flux, due of soil saturation and increase of evaporation over the regions are observed where there are precipitation. When the rainy season end, the precipitant band retreatment into equatorial region only starts from the third pentad after the zero pentad. Associated to this, it is observed the reduction of latent flux heat over the regions without action of precipitant band and the sensible heat flux and temperature in 925 hPa increase as result of higher solar radiation incidence.
AreaMET
Conteúdo da Pasta source
Originais/@4primeirasPaginas.pdf 09/11/2012 14:31 778.4 KiB 
Originais/FINAL_Dissertação_ENTREGUE.doc 31/10/2012 09:21 11.4 MiB
Originais/FINAL_Dissertação_ENTREGUE.pdf 31/10/2012 02:24 6.0 MiB
Originais/folha de aprovação.pdf 01/11/2012 13:50 135.5 KiB 
publicacao.pdf 09/11/2012 14:49 5.6 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 15/08/2012 15:09 1.7 KiB 
autorizacao.pdf 09/11/2012 10:39 4.7 MiB
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP7W/3CF22S2
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3CF22S2
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
avilhalba@gmail.com
lmanacero@yahoo.com
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
avilhalba@gmail.com
lmanacero@yahoo.com
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02.53
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F35TRS
DivulgaçãoBNDEPOSITOLEGAL.
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype copyright creatorhistory descriptionlevel doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress readpermission resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3CE2KPB
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2012/08.09.17.57
Última Atualização2012:11.19.13.37.59 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2012/08.09.17.57.32
Última Atualização dos Metadados2018:06.05.04.12.39 administrator
Chave SecundáriaINPE-17097-TDI/1956
Chave de CitaçãoPorfirio:2012:EsNoBr
TítuloEstimativa de irradiação solar direta normal mediante satélite: um estudo para o nordeste brasileiro
Título AlternativoEstimation of direct normal solar irradiation from satellite data: a study for the northeastern Brazil
CursoMET-MET-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2012
Data2012-08-24
Data de Acesso02 mar. 2021
Tipo da TeseDissertação (Mestrado em Meteorologia)
Número de Páginas163
Número de Arquivos1
Tamanho3538 KiB
Área de contextualização
AutorPorfirio, Anthony Carlos Silva
GrupoMET-MET-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
BancaPereira, Enio Bueno (presidente)
Ceballos, Juan Carlos (orientador)
Peres, Leonardo de Faria
Endereço de e-Mailanthonycsp@gmail.com
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2012-08-09 17:59:00 :: anthony.carlos@cptec.inpe.br -> administrator ::
2012-08-22 01:39:43 :: administrator -> yolanda ::
2012-08-28 19:37:18 :: yolanda -> anthony.carlos@cptec.inpe.br ::
2012-11-01 13:45:32 :: anthony.carlos@cptec.inpe.br -> yolanda ::
2012-11-19 12:26:49 :: yolanda -> anthony.carlos@cptec.inpe.br ::
2012-11-19 13:30:32 :: anthony.carlos@cptec.inpe.br -> lmanacero@yahoo.com ::
2012-11-19 13:40:31 :: lmanacero@yahoo.com -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2012-11-19 14:01:32 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> lmanacero@yahoo.com :: -> 2012
2012-11-19 14:08:49 :: lmanacero@yahoo.com -> marcelo.pazos@sid.inpe.br :: 2012
2012-11-20 18:32:13 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2012
2018-06-05 04:12:39 :: administrator -> :: 2012
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chaveirradiação solar direta normal, insolação, radiação solar, satélites meteorológicos, nordeste brasileiro, direct normal solar irradiation, solar radiation, sunshine duration, meteorological satellites, northeastern Brazil.
ResumoO foco científico desta pesquisa foi desenvolver um método de estimativa de irradiância direta normal (DNI) e irradiação (Q$_{N}$) à superfície baseando-se em informações meteorológicas e satelitais. O método foi aplicado para a região Nordeste do Brasil (NEB). Para o desenvolvimento e validação do método diversas informações regionais foram utilizadas, incluindo dados medidos à superfície (insolação, componentes da radiação solar, pressão atmosférica), dados atmosféricos de radiossondas e do modelo numérico de previsão de tempo do CPTEC, além de imagens e produtos derivados dos satélites EOS (Aura/Terra/Aqua) e GOES. Foram avaliados, através de análise teórica e experimental, o desempenho de cinco modelos físicos de estimativa de DNI sob condição de céu claro (DNI$_{CC}$), quatro deles difundidos na literatura e o quinto (denominado PC12) desenvolvido neste trabalho. De maneira geral os resultados corroboram o bom desempenho dos modelos REST, Yang e PC12 (nessa ordem), que podem ser recomendados para aplicação na estimativa de DNI$_{CC}$ nas condições atmosféricas do NEB. O modelo REST foi selecionado para avaliar DNI$_{CC}$. A insolação diária é um parâmetro que fornece informação sobre a cobertura de nuvens; além disso, pode apresentar correlação elevada com Q$_{N}$. Sendo assim, as estimativas de insolação por satélite ( extit{nsat}) fornecidas pela DSA/CPTEC/INPE foram validadas através de comparações com dados heliográficos e pireliométricos. Verificou-se que as estimativas ( extit{nsat}) são coerentes com as observações pireliométricas ( extit{nef}) (baseadas no tempo efetivo de DNI), enquanto que diferem da insolação por heliógrafo ( extit{nhelio}). A insolação ( extit{nhelio}) demonstrou bom desempenho com a definição da WMO, que considera DNI superiores a 120 W m$^{-2}$. A estimativa de Q$_{N}$ diária foi avaliada pela integração de valores DNI$_{CC}$ ponderadas com o tempo efetivo de céu claro, que por sua vez, é avaliado a partir de imagens do canal VIS do GOES. As estimativas de DNI e Q$_{N}$ por satélite foram comparadas com medidas obtidas em estações solarimétricas da rede SONDA no NEB (Petrolina-PE, Natal-RN e São Luís-MA) para o período 2007/2008. Os resultados indicaram que o modelo representa satisfatoriamente o ciclo diário de DNI, tanto em dias claros como em dias parcialmente nublados, com erros médios variando entre -18,4 a 22,4 W m$^{-2}$. Evidenciou-se uma relação estritamente linear entre a Q$_{N}$ estimada e medida, com altos valores do coeficiente de determinação (R$^{2}$ > 0,84). Médias de MBE e RMSE referentes a todos os sítios foram de -1,74% e 18,7%, respectivamente. Finalmente, mapas de irradiação direta normal no NEB foram elaborados para o ano de 2008. A análise indicou que as condições meteorológicas sazonais desempenham importante papel na variabilidade espaço-temporal dos níveis de Q$_{N}$. O valor máximo médio diário anual foi da ordem de 22 MJ m$^{-2}$. Esses mapas revelam que as regiões que se destacam por apresentarem maiores valores de QN localizam-se no semi-árido do NEB. Em geral, o modelo desenvolvido mostra-se uma promissora ferramenta para prover informações precisas de Q$_{N}$, especialmente em regiões desprovidas de medições extit{in situ}. ABSTRACT: The scientific focus of this research was to develop a method to estimate the direct normal irradiance (DNI) and irradiation (Q$_{N}$) at the surface based on satellite and weather information. The focus of application was on Northeast Brazil region (NEB). For development and validation of the method a number of regional informations were used, including measured surface data (sunshine duration, solar radiation components, atmospheric pressure), atmospheric data from radiosondes and numerical weather forecasting models as well as imagery and derived products from EOS (Aura/Terra/Aqua) and GOES satellites. Five physical models for estimation of DNI under clear sky conditions (DNI$_{CC}$) were evaluated through analysis of their theoretical and experimental performance; four of them where previously published and the fifth (labeled PC12) was developed in this work. Overall, the results confirmed the good performance of the REST, Yang and PC12 models (in that order) so that they can be recommended for use in estimating DNI$_{CC}$ in the NEB atmospheric conditions. The REST model was chosen to assess DNI$_{CC}$. Daily sunshine duration is a parameter which provides information on cloud cover and can exhibit high correlating with Q$_{N}$. Thus, the satellite-based estimate ( extit{nsat}) provided by DSA/CPTEC/INPE was validated, by comparison with pyrheliometric and heliographic records. It was found that ( extit{nsat}) is coherent with pyrheliometric observations ( extit{nef}) (based on effective DNI time duration), while differs from heliographic sunshine duration ( extit{nhelio}). These last are coherent with WMO definition, which considers DNI higher than 120 W m$^{-2}$. Modelled daily Q$_{N}$ was evaluated by integrating DNI$_{CC}$ values weighted with effective clear-sky time intervals, which were in turn assessed from GOES VIS channel images. Resulting DNI and Q$_{N}$ were compared with data from SONDA network stations within NEB (Petrolina-PE, Natal-RN and Sao Luís-MA) for the 2007/2008 period. It was found that the model represents satisfactorily the daily cycle of DNI, both on clear days and partially cloudy days, with average daily errors ranging from -18,4 to 22,4 W m$^{-2}$. A strictly linear relationship was found between the estimated Q$_{N}$ and the measurements, with a high determination coefficient (R$^{2}$ > 0,84). The average MBE and RMSE for all of the sites were -1,74% and +18,7%, respectively. Finally, direct normal irradiation maps were built for NEB in 2008. The analysis indicated that seasonal weather conditions in the region play an important role in the spatio-temporal variability of Q$_{N}$ strength. Considering annual average of Q$_{N}$ distribution, the highest observed value is about 22 MJ m$^{-2}$. These maps reveal that higher values are located in the inland semi-arid NEB. Overall, it is apparent that the satellite-based model is a promising tool for providing Q$_{N}$ accurate estimates, particularly in regions with scarce extit{in situ} measurements.
AreaMET
ArranjoBDMCI > Fonds > Produção > MET > Estimativa de irradiação...
Conteúdo da Pasta source
Originais/@4primeirasPaginas.pdf 01/11/2012 15:27 778.1 KiB 
Originais/DISSERTACAO_PORFIRIO_corrigido_FINAL.docx 01/11/2012 14:53 9.7 MiB
Originais/DISSERTACAO_PORFIRIO_corrigido_FINAL.pdf 01/11/2012 14:54 8.6 MiB
Originais/folha de aprovacao.pdf 01/11/2012 17:10 134.4 KiB 
publicacao.pdf 19/11/2012 10:58 3.5 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 09/08/2012 14:57 2.0 KiB 
autorizacao.pdf 19/11/2012 11:37 3.8 MiB
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP7W/3CE2KPB
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3CE2KPB
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
anthony.carlos@cptec.inpe.br
lmanacero@yahoo.com
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
anthony.carlos@cptec.inpe.br
lmanacero@yahoo.com
marcelo.pazos@inpe.br
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02.53
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F35TRS
DivulgaçãoBNDEPOSITOLEGAL.
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype copyright creatorhistory descriptionlevel doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress readpermission resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3CCP5R2
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2012/08.02.02.42
Última Atualização2012:10.19.16.43.00 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2012/08.02.02.42.04
Última Atualização dos Metadados2018:06.05.04.12.35 administrator
Chave SecundáriaINPE-17085-TDI/1944
Chave de CitaçãoKubota:2012:VaEnAr
TítuloVariabilidade da energia armazenada na superfície e o seu impacto na definição do padrão de precipitação na América do Sul
Título AlternativoVariability of stored energy in the soil-canopy system and its impact on the definition of precipitation standard in South America
CursoMET-MET-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2012
Data2012-08-06
Data de Acesso02 mar. 2021
Tipo da TeseTese (Doutorado em Meteorologia)
Número de Páginas309
Número de Arquivos1
Tamanho6536 KiB
Área de contextualização
AutorKubota, Paulo Yoshio
GrupoMET-MET-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
BancaHerdies, Dirceu Luis (presidente)
Bonatti, José Paulo (orientador)
Cavalcanti, Iracema Fonseca de Albuquerque
Dias, Pedro Leite da Silva
Ambrizzi, Tércio
Endereço de e-Mailpkubota@gmail.com
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2012-08-02 02:44:16 :: pkubota@gmail.com -> administrator ::
2012-08-03 12:43:34 :: administrator -> yolanda ::
2012-08-07 16:44:06 :: yolanda -> administrator ::
2012-10-16 13:36:47 :: administrator -> yolanda@sid.inpe.br ::
2012-10-16 14:05:05 :: yolanda@sid.inpe.br -> lmanacero@yahoo.com ::
2012-10-16 14:17:00 :: lmanacero@yahoo.com -> ivone@sid.inpe.br ::
2012-10-18 19:36:27 :: ivone@sid.inpe.br :: -> 2012
2012-10-19 16:42:06 :: ivone@sid.inpe.br -> lmanacero@yahoo.com :: 2012
2012-10-19 16:44:15 :: lmanacero@yahoo.com -> ivone@sid.inpe.br :: 2012
2012-10-19 19:10:00 :: ivone@sid.inpe.br -> administrator :: 2012
2012-10-19 19:27:57 :: administrator -> ivone@sid.inpe.br :: 2012
2012-10-22 12:28:40 :: ivone@sid.inpe.br -> administrator :: 2012
2012-11-03 23:58:30 :: administrator -> marcelo.pazos@sid.inpe.br :: 2012
2012-11-13 11:07:28 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2012
2018-06-05 04:12:35 :: administrator -> :: 2012
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chavemudanças climáticas, Brasil, América do Sul, variabilidade, Modelo de Circulação Geral da Atmosfera (MCGA), climate changes, Brazil, South America, varibility, Atmospheric Geral Circulation Model (AGCM).
ResumoA mudança da cobertura vegetal tem influenciado na definição de regimes de precipitação em escala regional e global. Neste estudo explorou-se o impacto da variabilidade da energia armazenada na superfície e o seu impacto na definição do padrão de precipitação na América do Sul. A metodologia adotada consiste na realização do acoplamento no MCGA-CPTEC/INPE de três esquemas de superfície com diferentes graus de simplificação das parametrizações de processos físicos. Para realizar este acoplamento desenvolveu-se um esquema de camada limite baseado no modelo de Hostlag e Boville. Os resultados obtidos mostraram que o acoplamento foi bem sucedido e em alguns aspectos melhoram a simulação curta e longa sobre a região da América do Sul. Com relação ao impacto da energia armazenada na superfície na variabilidade de precipitação, observou-se que existe uma relação linear entre a variabilidade de precipitação e a energia armazenada na superfície principalmente em regiões onde existe vegetação densa, e a correlação entre as duas variáveis é negativa, indicando que existe um feedback negativo. Através do uso da técnica de ondeletas observou-se que mesmo em simulações curtas existe um impacto da memória do armazenamento de energia na superfície na variabilidade de precipitação, este processo está relacionado principalmente ao tipo de solo e a umidade armazenada no solo e copa da vegetação. Outra forma de armazenamento de energia analisada está relacionada à energia biogeoquímica gerada pela fotossíntese durante a absorção de CO2 pelas plantas. Os resultados das simulações mostraram que o fluxo de carbono entre a biosfera e a atmosfera (NPP) impacta a variabilidade de precipitação em escala de tempo longa. Pois, em escala de tempo mais longa, a fertilização de CO2 pode causar um aumento na produção primária líquida NPP, em áreas com bastante água e nutrientes. Isso pode forçar um aumento no índice de área foliar, aumentando a transpiração. Este trabalho mostra que as energias armazenadas na superfície devido as ciclo da água e carbono (umidade do solo e NPP) impactam direta ou indiretamente a variabilidade de precipitação na América do Sul. ABSTRACT: The change in vegetation cover has influenced the definition of precipitation regimes in regional and global scale. This study explored the impact of variability of stored energy in the soil-canopy system and its impact on the definition of precipitation standard in South America. The methodology consists in performing the coupling MCGA-CPTEC/INPE three surface schemes with different degrees of simplification of physical processes parameterizations. To accomplish this coupling has developed a scheme based on the Hostlag and Boville boundary layer model. The results showed that the coupling was successful, and in some respects improve the simulation of the short and long term weather forecasting in South America. It was observed a linear relationship between the variability of precipitation and the stored energy in the soil-canopy system, particularly in regions where there is dense vegetation, and the correlation between these two variables is negative, indicating that there is a negative feedback. With the wavelet transform technique was noted that even in short term weather forecasting has a memory impact of stored energy in the soil-canopy system in the variability of precipitation, this process is mainly related to the type of soil and stored moisture in the soil and canopy. Another form of stored energy analyzed is related to energy generated by biogeochemistry energy generated by photosynthesis during the absorption of CO2 by the plants. The simulation results showed that the carbon flux between the biosphere and the atmosphere (NPP) impacts in the variability of precipitation in the long time scale. For longer time scale, the CO2 fertilization may cause an increase in the net primary production NPP in areas with a lot of water and nutrients. This may force an increase in the leaf area index, increasing the transpiration. This work shows that the stored energy in the soil-canopy system due the water cycle and carbon (soil moisture and NPP) impacts directly or indirectly in the variability of precipitation in South America.
AreaMET
ArranjoBDMCI > Fonds > Produção > MET > Variabilidade da energia...
Conteúdo da Pasta source
Originais/@4primeirasPaginas.pdf 10/10/2012 11:35 776.7 KiB 
Originais/Aluno Paulo Yoshio Kubota- Aprovado pela Banca Examinadora.pdf 09/10/2012 16:12 154.5 KiB 
Originais/paulo_yoshio_kubota_tese_final.doc 19/10/2012 08:23 12.6 MiB
Originais/paulo_yoshio_kubota_tese_final.pdf 19/10/2012 08:23 8.6 MiB
Originais/TAAC-S-12-00188.pdf 10/10/2012 08:18 2.8 MiB
publicacao.pdf 19/10/2012 13:38 6.4 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 01/08/2012 23:42 2.0 KiB 
autorizacao.pdf 16/10/2012 11:14 1.5 MiB
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/8JMKD3MGP7W/3CCP5R2
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3CCP5R2
Idiomamtc-m16d.sid.inpe.br 806
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
ivone@sid.inpe.br
lmanacero@yahoo.com
marcelo.pazos@inpe.br
pkubota@gmail.com
yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator
ivone@sid.inpe.br
lmanacero@yahoo.com
pkubota@gmail.com
yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02.53
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F35TRS
DivulgaçãoBNDEPOSITOLEGAL.
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype copyright creatorhistory descriptionlevel doi electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress readpermission resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype