Resultado da Pesquisa
A expressão de busca foi <referencetype, Thesis and {course CST-CST-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR} and date, 2015>.
12 referências foram encontradas buscando em 13 dentre 15 sites.
As 10 mais recentes estão listadas abaixo.
Eventualmente nem todas as referências esperadas puderam ser exibidas porque o acesso a pelo menos um site falhou.
Data e hora local de busca: 23/11/2020 23:14.

Área de identificação
Tipo da ReferênciaThesis
Sitemtc-m16c.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP8W/3J3GFRL
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m18/2015/02.27.16.42
Última Atualização2015:09.08.17.11.30 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m18/2015/02.27.16.42.01
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.03.55.57 administrator
Chave SecundáriaINPE-17568-TDI/2342
Chave de CitaçãoSantos:2015:TrUmAm
TítuloTransporte de umidade na Amazônia e sua relação com a temperatura da superfície do mar dos oceanos adjacentes utilizando as simulações do CMIP5
Título AlternativoMoisture transport in Amazon and its relationship with the sea surface temperature of adjacent oceans using the CMIP5 simulations
CursoCST-CST-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2015
Data2015-05-12
Data de Acesso23 nov. 2020
Número de Arquivos1
Tamanho31895 KiB
Área de contextualização
AutorSantos, José Guilherme Martins dos
BancaHerdies, Dirceu Luis (presidente)
Randow, Celso Von (orientador)
Oliveira, Gilvan Sampaio de (orientador)
Satyamurty, Prakki
Calheiros, Sâmia Regina Garcia
Endereço de e-Mailguilherme.martins@inpe.br
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Histórico2015-02-27 16:45:24 :: guilherme.martins@inpe.br -> yolanda ::
2015-03-11 19:17:16 :: yolanda -> guilherme.martins@inpe.br ::
2015-07-13 14:39:19 :: guilherme.martins@inpe.br -> yolanda ::
2015-08-12 12:48:17 :: yolanda -> guilherme.martins@inpe.br ::
2015-08-12 13:53:03 :: guilherme.martins@inpe.br -> yolanda ::
2015-09-08 14:18:09 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2015-09-08 16:42:24 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br :: -> 2015
2015-09-08 17:11:30 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2015
2018-06-04 03:55:57 :: administrator -> :: 2015
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Documentoconcluido
Estágio do Documentonot transferred
Transferível1
Tipo SecundárioTDI
Número de Páginas130
Palavras-Chavebacia Amazônica, balanço de umidade, modelos numéricos, precipitação, reanálises, Amazon basin, moisture balance, numerical models, precipitation, reanalysis.
ResumoOs estudos sobre modelagem numérica na Amazônia mostram que os modelos não conseguem capturar aspectos importantes da variabilidade do clima nesta região, por isso, é importante entender as razões que causam essa dificuldade. Neste trabalho são utilizados os resultados de Modelos de Circulação Geral do Coupled Model Intercomparison Project Phase 5 (CMIP5) com o objetivo de avaliar as interrelações entre a precipitação regional, a convergência de umidade e a Temperatura da Superfície do Mar (TSM) nos oceanos adjacentes, para estudar como a falha na representação por parte dos modelos pode traduzir-se em bias na precipitação simulada na Amazônia. Utilizando dados de reanálise (GPCP, CMAP, TSM, ERAI e evapotranspiração) e 21 simulações numéricas do CMIP5 durante o clima atual (1979-2005), em junho, julho e agosto (JJA) e dezembro, janeiro e fevereiro (DJF), respectivamente, para representar as características das estações seca e chuvosa, são avaliados como os modelos simulam a precipitação, o transporte e a convergência de umidade, e a velocidade vertical em diferentes regiões da Amazônia. Assim, é possível identificar áreas que são mais ou menos influenciadas pela TSM dos oceanos adjacentes. Os resultados mostraram que a maioria dos modelos do CMIP5 tiveram dificuldade em representar adequadamente alguns aspectos observados. As análises regionais de precipitação mostraram que na média a subestimativa e o erro padrão da média (SEM) no período seco (JJA) foram maiores do que no período chuvoso. Verificou-se que a TSM do Atlântico e do Pacífico tropical modularam o setor norte da Amazônia durante JJA devido a influência do gradiente inter-hermisférico, enquanto em DJF a TSM do Pacífico influenciou somente a parte leste desta região devido a influência do El Niño-Oscilação Sul (ENOS). A análise do transporte de umidade em JJA mostrou que ela preferencialmente entra na Amazônia através da borda leste pela Alta Subtropical do Atlântico Sul (ASAS). Por outro lado, em DJF a entrada ocorreu tanto pela borda norte quanto pela leste via ventos alísios e ASAS. O balanço de umidade anual foi positivo e a floresta funcionou como sumidouro (convergência) de umidade atmosférica na estação chuvosa e fonte (divergência) na estação seca. Na média anual, a Amazônia atuou como sumidouro (convergência) de umidade atmosférica e fonte para as regiões Sul e Sudeste do Brasil e norte da Argentina sendo a umidade transportada pelo Jato de Baixos Níveis. Além disso, os resultados mostraram que durante DJF as simulações no setor nordeste da Amazônia apresentaram um bias na precipitação e subestimativa da convergência de umidade devido a influência do bias na TSM do Pacífico. Durante JJA, um bias na precipitação foi observado no setor sudoeste associado também com um bias negativo de convergência de umidade, mas com menor influência da TSM dos oceanos adjacentes. A dificuldade em representar os mecanismos produtores de precipitação na Amazônia por parte dos modelos e em simular adequadamente a variabilidade da TSM nos oceanos Pacífico e Atlântico podem ser responsáveis por essas subestimativas na Amazônia. Algumas limitações associadas aos modelos foram apresentadas, como por exemplo, dificuldade em simular a intensidade do padrão de circulação zonal e a representação da ZCIT mais intensa nos oceanos adjacentes que contribuiu para condições secas na Amazônia. Com base na avaliação das variáveis precipitação, TSM e circulação foram selecionados os melhores (ACCESS1-0, BCC-CSM1.1, CNRM-CM5, HADGEM2-CC, HADGEM2-ES, MIROC5 e MIROC-ESM) e os piores modelos (CSIRO-MK3-6-0, FGOALS-G2, GISS-E2-R, INM-CM4, MRI-CGCM3). Alguns pontos foram sugeridos como os fatores responsáveis para que um modelo seja melhor do que o outro em representar a precipitação, isto é, mecanismos produtores de precipitação, representação satisfatória do ciclo anual de precipitação e a variabilidade da TSM dos oceanos adjacentes. ABSTRACT: Studies on numerical modeling in Amazonia show that the models fail to capture important aspects of climate variability in this region and it is important to understand the reasons for this drawback. This work used the general circulation models of the Coupled Model Intercomparison Project Phase 5 (CMIP5) results to evaluate the inter- relations between regional precipitation, moisture convergence and Sea Surface Temperature (SST) in the adjacent oceans, to assess how flaws in the representation of these processes can translate into biases in simulated rainfall in Amazonia. Using reanalysis (GPCP, CMAP, ERSST.v3, ERAI and evapotranspiration) and 21 numerical simulations from CMIP5 during the present climate (1979-2005) in June, July and August (JJA) and December, January and February (DJF), respectively, to represent dry and wet season characteristics, are evaluate how the models simulate precipitation, moisture transport and convergence, and vertical velocity in different regions of Amazonia. Thus, it is possible to identify areas of Amazonia that are more or less influenced by adjacent ocean SSTs. The results showed that most of the CMIP5 models have poor skill in adequately representing some aspects observed. The regional rainfall analysis showed that on average the underestimation in the dry season (JJA) were higher than in the rainy season. It was found that Atlantic and Pacific SSTs modulate the northern sector of Amazonia during JJA due to the influence of the inter-hermispheric gradient, while in DJF Pacific SST only influences the eastern sector of the region due to the influence of the El Niño-Southern Oscillation (ENSO). The analysis of moisture transport in JJA showed that moisture preferentially enters the Amazon through the eastern edge by Atlantic Subtropical High (ASH). On the other hand, in the DJF entry was either from northern edge or the east via trade winds and ASH. The anual moisture balance was positive and the forest was considered as a sink (convergence) of atmospheric moisture during the rainy season and a source (divergence) in the dry season. In the annual average, the Amazon was considered as a sink (convergence) of local moisture to the atmosphere and a source for the South and Southeast regions of Brazil and northern Argentina transported by Low Level Jet. Additionally, the results showed that during DJF the simulations in northeast sector of Amazonia showed a bias in precipitation and an underestimation of moisture convergence due to the influence of biases in the Pacific SST. On the other hand, during JJA, a strong precipitation bias was observed in the southwest sector associated, also with a negative bias of moisture convergence, but with weaker influence of SSTs of adjacent oceans. The poor representation of precipitation mechanisms in Amazonia by the models and the difficulty of adequately representing the variability of SSTs in the Pacific and Atlantic oceans may be responsible for these underestimates in Amazonia. Some limitations associated with the models were presented as for example, difficulty in simulating the intensity of zonal circulation pattern and the representation of more intense ITCZ adjacent oceans that contributed to dry conditions in the Amazon. Based on the assessment of rainfall, SST and circulation were selected the best (ACCESS1-0, BCC-CSM1.1, CNRM-CM5, HadGEM2-CC, HadGEM2-ES, MIROC5 and MIROC-ESM) and the worst models (CSIRO-MK3-6-0, FGOALS-G2, GISS-E2-R, INM-CM4, MRI-CGCM3). Some items have been suggested as factors responsible for such a model is better than another represent precipitation, i.e., precipitation mechanisms producers, satisfactory representation of the annual cycle ofprecipitation and the variability of SST adjacent oceans. Some points have been suggested as factors responsible for one model is better than the other to represent the precipitation, thats is, precipitation mechanisms, satisfactory representation of the annual cycle of precipitation and variability of SST adjacent oceans.
AreaCST
Tipo da TeseTese (Doutorado em Ciência do Sistema Terrestre)
Conteúdo da Pasta source
@4primeirasPaginas.pdf 05/09/2015 13:51 95.1 KiB 
Avaliação Final - José Guilherme Martins dos Santos.pdf 15/07/2015 09:26 320.9 KiB 
tese.jose.guilherme.martins.dos.santos.12.08.15.pdf 18/08/2015 13:25 30.8 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 08/09/2015 11:10 572.6 KiB 
Área de condições de acesso e uso
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator guilherme.martins@inpe.br marcelo.pazos@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator guilherme.martins@inpe.br marcelo.pazos@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Permissão de Leituraallow from all
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m18@80/2008/03.17.15.17.24
Detentor da CópiaSID/SCD
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m18@80/2008/03.17.15.17
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format group isbn issn label lineage mark nextedition nexthigherunit notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
similares 
Área de identificação
Tipo da ReferênciaThesis
Sitemtc-m16c.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP8W/3J3CB32
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m18/2015/02.26.17.51
Última Atualização2015:10.15.12.29.22 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m18/2015/02.26.17.51.29
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.03.55.57 administrator
Chave SecundáriaINPE-17545-TDI/2326
Chave de CitaçãoRezende:2015:AnMoEc
TítuloAnálise e modelagem de ecofisiologia da espécie Poincianella microphylla da Caatinga em campo e sob condições de alta concentração de CO2
Título AlternativoAnalysis and modeling of ecophysiology of specie Poincianella Microphylla from Caatinga realized in field and under conditions of high CO2 concentration
CursoCST-CST-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2015
Data2015-05-11
Data de Acesso23 nov. 2020
Número de Arquivos1
Tamanho6911 KiB
Área de contextualização
AutorRezende, Luiz Felipe Campos de
BancaAlvalá, Plínio Carlos (presidente)
Ometto, Jean Pierre Henry Balbaud (orientador)
Randow, Celso Von (orientador)
Domingues, Tomas Ferreira
Menezes, Rômulo Simões Cezar
Endereço de e-Mailluiz.rezende@inpe.br
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Histórico2015-03-02 13:23:53 :: luiz.rezende@inpe.br -> yolanda ::
2015-03-02 14:44:53 :: yolanda -> luiz.rezende@inpe.br ::
2015-05-29 13:39:23 :: luiz.rezende@inpe.br -> yolanda ::
2015-05-29 14:21:24 :: yolanda -> luiz.rezende@inpe.br ::
2015-05-29 14:26:24 :: luiz.rezende@inpe.br -> yolanda ::
2015-05-29 19:17:55 :: yolanda -> luiz.rezende@inpe.br ::
2015-06-09 17:39:44 :: luiz.rezende@inpe.br -> yolanda ::
2015-06-09 19:23:27 :: yolanda -> luiz.rezende@inpe.br ::
2015-06-10 13:49:41 :: luiz.rezende@inpe.br -> yolanda ::
2015-10-15 12:31:57 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2015-10-26 15:35:27 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br :: -> 2015
2015-10-26 16:26:43 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2015
2018-06-04 03:55:57 :: administrator -> :: 2015
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Documentoconcluido
Estágio do Documentonot transferred
Transferível1
Tipo SecundárioTDI
Número de Páginas179
Palavras-Chavemodelos de vegetação global dinâmica, velocidade máxima de carboxilação (Vcmax), mineração de dados, produtividade primária bruta (PPB), eficiência do uso da água (EUA), dynamic global vegetation models, maximum velocity of carboxylation (Vcmax), data mining, gross primary productivity (GPP), water use efficiency (WUE).
ResumoO bioma Caatinga é extremamente importante devido à sua biodiversidade, seu endemismo e suas dimensões (844.453 km$^{2}$). Apesar de sua importância, ainda são escassas as informações sobre a fisiologia das espécies da Caatinga. Medidas de fisiologia vegetal são cruciais para a calibração de Modelos de Vegetação Global Dinâmica (DGVMs) que são utilizados para simular as respostas da vegetação diante das mudanças globais. Um dos objetivos deste trabalho foi calibrar a velocidade máxima de carboxilação (Vc$_{max}$) de um DGVM (neste caso, do modelo INLAND) e desta forma melhorar a representação de produtividade e da Eficiência do Uso da Água (EUA) no modelo. Num trabalho de campo realizado numa área de floresta preservada na Caatinga, localizada em Petrolina-PE, medidas de assimilação de carbono em resposta à luz e à concentração de CO$_{2}$ foram realizadas sobre 11 indivíduos de emph{Poincianella microphylla} (Mart. ex G. Don) L.P. Queiroz, uma espécie nativa que é abundante nesta região. Estes dados foram utilizados em Regressão Linear Múltipla (MLR) e técnicas de mineração de dados como emph{Classification And Regression Tree} (CART) e K-MEANS para se obter uma equação de ajuste e valores de médios de Vc$_{max}$. Na sequência, foi realizada a simulação de Produtividade Primária Bruta (PPB) no INLAND utilizando a equação obtida na regressão para estimar a Vcmax e os valores médios de Vc$_{max}$ obtidos pelos métodos CART, K-MEANS. Os resultados foram comparados com dados observados de PPB obtidos com sensores meteorológicos e ambientais instalados numa torre na mesma área experimental. Verificou-se que a PPB simulada atingiu 72% da PPB observada ao se utilizar os valores de Vcmax calibrada, enquanto que o modelo não calibrado obteve 42% da PPB observada. Observou-se também que a simulação da EUA atingiu 92% da EUA observada. Desta forma, este trabalho comprova e reforça a importância de utilizar medidas ecofisiológicas obtidas em campo com a finalidade de calibrar de DGVMs. Diante do aumento da concentração de CO$_{2}$ na atmosfera num cenário de mudanças globais tem se observado e relatado algumas respostas da vegetação como o ganho de biomassa e o aumento da EUA. Com o objetivo de estudar quais seriam as respostas da vegetação da Caatinga ao aumento da concentração de CO$_{2}$ na atmosfera foi realizado um experimento em laboratório cultivando plântulas da espécie: P. emph{microphylla} em câmaras de topo aberto (OTCs) em quatro condições diferentes: 1. concentração de CO$_{2}$ numa atmosfera ambiente (400 ppm) e sob estresse hídrico; 2. concentração de CO$_{2}$ numa atmosfera enriquecida (800 ppm) e sob estresse hídrico; 3. concentração de CO$_{2}$ numa atmosfera ambiente (400 ppm) e as plântulas submetidas a regas a cada dois dias; 4. concentração de CO2 numa atmosfera enriquecida (800 ppm) e as plântulas submetidas a regas a cada dois dias. Os resultados corroboram diversos relatos registrados na literatura como o ganho de biomassa e o aumento da EUA para plantas cultivadas numa elevada concentração de CO$_{2}$. São respostas conhecidas para a vegetação de outros biomas, no entanto ainda eram desconhecidas para espécies da Caatinga. ABSTRACT: The Caatinga biome is extremely important because of its biodiversity, its endemism and its dimensions (844,453 km$^{2}$). Despite its importance, there is little information about the physiology of the species of the Caatinga. Plant physiology measurements are crucial to the calibration of Dynamic Global Vegetation Models (DGVMs) that are used to simulate the responses of vegetation in face of global changes. One goal of this study was to calibrate the maximum velocity of carboxylation (Vc$_{max}$) of a DGVM (in this case, the INLAND model) and thus improve the representation of productivity in the model. In a fieldwork carried out in a preserved forest area of Caatinga located in Petrolina, Pernambuco, measurements of carbon assimilation in response to light and CO$_{2}$ concentration were performed on 11 individuals of emph{Poincianella microphylla} (Mart. Ex G. Don) LP Queiroz, one native species that is abundant in this region. These data were used in Multiple Linear Regression (MLR) and data mining techniques Classification and Regression Tree (CART) and K-means to obtain a fit equation and Vc$_{max}$ average values. Then, Gross Primary Productivity (GPP) was simulated in INLAND using the average values of Vc$_{max}$ obtained by CART, K-MEANS methods, or calculated by the regression equation. The results were compared with observed data of GPP obtained with meteorological and environmental sensors installed in a tower in Petrolina. It was found that the simulated GPP reached 72% of the observed GPP when using the calibrated values of Vc$_{max}$, while the uncalibrated model obtained 42% of the observed GPP. Thus, this work reinforces the importance of using ecophysiological measurements for calibration of the DGVMs. In face of increased CO$_{2}$ concentrations in the atmosphere in a scenario of global change some responses of vegetation as biomass gain and the increase in Water Use Efficiency (WUE) have been observed and reported. In order to study what is the response of the vegetation of the Caatinga to increased CO$_{2}$ concentration in the atmosphere a laboratory experiment was conducted cultivating seedlings of the species P. emph{microphylla} in open-top chambers (OTCs) in four different conditions: 1. CO$_{2}$ concentration in ambient atmosphere (400 ppm) and under water stress; 2. CO$_{2}$ concentration in enriched atmosphere (800 ppm) and under water stress; 3. CO$_{2}$ concentration in ambient atmosphere (400 ppm) and with the seedlings subjected to irrigation every two days; 4. CO$_{2}$ concentration in enriched atmosphere (800 ppm) and with the seedlings subjected to irrigation every two days. The results corroborate many reports presented in the literature as the gain of biomass and increasing of WUE to plants grown in a high concentration of CO$_{2}$. These are known responses for vegetation from other biomes, however were still unknown to species of Caatinga.
AreaCST
Tipo da TeseTese (Doutorado em Ciência do Sistema Terrestre)
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas.pdf 03/07/2015 15:09 97.4 KiB 
originais/folah de aprovação.pdf 29/05/2015 16:26 29.0 KiB 
originais/TESE_LUIZ_FELIPE_REZENDE_BANCA_FINAL_FINAL_REVISADA_05.docx 28/08/2015 08:21 15.8 MiB
originais/TESE_LUIZ_FELIPE_REZENDE_BANCA_FINAL_FINAL_REVISADA_05.pdf 28/08/2015 08:20 6.7 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 15/10/2015 09:29 582.0 KiB 
Área de condições de acesso e uso
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator luiz.rezende@inpe.br marcelo.pazos@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator luiz.rezende@inpe.br marcelo.pazos@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Permissão de Leituraallow from all
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m18@80/2008/03.17.15.17.24
Detentor da CópiaSID/SCD
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m18@80/2008/03.17.15.17
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format group isbn issn label lineage mark nextedition nexthigherunit notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
similares 
Área de identificação
Tipo da ReferênciaThesis
Sitemtc-m16c.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP8W/3J375M5
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m18/2015/02.25.13.26
Última Atualização2015:10.16.12.49.55 administrator
Metadadossid.inpe.br/mtc-m18/2015/02.25.13.26.50
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.03.55.57 administrator
Chave SecundáriaINPE-17573-TDI/2347
Chave de CitaçãoPes:2015:ImVaMu
TítuloImpactos das variações e mudanças climáticas sobre os ventos extremos e seus efeitos no setor elétrico brasileiro
Título AlternativoImpacts of variability and climate changes on the extreme winds and its effects in Brazilian electricity sector.
CursoCST-CST-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Ano2015
Data2015-05-18
Data de Acesso23 nov. 2020
Número de Arquivos1
Tamanho28390 KiB
Área de contextualização
AutorPes, Marcelo Pizzuti
BancaSansigolo, Clóvis Angeli (presidente)
Orsini, José Antonio Marengo (orientador)
Pereira, Enio Bueno (orientador)
Chan, Chou Sin
Martins, Fernando Ramos
Brambila, María Cleofé Valverde
Endereço de e-Mailpizzutipes@yahoo.com.br
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Histórico2015-07-14 17:38:20 :: marcelo.pes@inpe.br -> administrator ::
2015-07-15 18:37:52 :: administrator -> yolanda ::
2015-07-15 18:45:47 :: yolanda -> marcelo.pes@inpe.br ::
2015-07-16 17:22:49 :: marcelo.pes@inpe.br -> administrator ::
2015-07-16 17:54:21 :: administrator -> yolanda ::
2015-07-17 14:09:53 :: yolanda -> marcelo.pes@inpe.br ::
2015-07-17 17:36:11 :: marcelo.pes@inpe.br -> administrator ::
2015-10-16 12:05:03 :: administrator -> yolanda ::
2015-10-16 12:50:55 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2015-10-28 13:19:11 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br :: -> 2015
2015-10-28 15:18:41 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2015
2018-06-04 03:55:57 :: administrator -> :: 2015
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Documentoconcluido
Estágio do Documentonot transferred
Transferível1
Tipo SecundárioTDI
Número de Páginas202
Palavras-Chaveventos extremos, energia eólica, distribuição de frequência, análise de tendência, análise de cluster, extreme wind, wind energy, frequency distribution, trend analysis, cluster analysis.
ResumoO presente trabalho investiga os aspectos relativos à ocorrência de ventos extremos mínimos e máximos a 10m, sua distribuição de probabilidade, período de retorno e tendência climática. Para isso são utilizadas séries temporais de velocidade do vento observado a 10m provenientes de 42 estações pertencentes ao DECEA, e simulações do modelo regional Eta climático rodado com as condições de contorno do modelo climático inglês emph{HadCM3} compreendendo o período de 1960-1990 e projeções futuras entre 2010 e 2100 para o cenário de emissões A1B. Inicialmente, todos os dados passam por um processo de qualificação com o propósito de reduzir as incertezas dos resultados. Em seguida, é realizada a análise de agrupamento utilizando o método hierárquico de Ward a fim de identificar as regiões homogêneas (RHs) da área de estudo. Para determinar e quantificar as tendências climáticas nas séries de vento observado é aplicado o teste de Mann-Kendall. A análise de tendência das séries de médias mínimas anuais da velocidade do vento indicam 50% de tendência não significativa, 28,5% tendência negativa e 21,4% de tendência positiva. Já as tendências das médias máximas anuais apresentam 35,7% de tendência não significativa, 19% de tendência negativa e 45,2% de tendência positiva. Na etapa seguinte, são aplicados três métodos de distribuição de frequência às séries observadas: Gumbel, Weibull e GEV. A escolha do melhor ajuste das distribuições é feito pelo teste de Kolmogorov-Smirnov e pelo menor Erro Padrão. Com base nesses dois testes, o melhor ajuste é determinado pelo modelo de Gumbel. Em relação ao período de retorno da velocidade máxima do vento a 10m, a região homogênea RH5 apresenta os maiores valores de velocidade do vento para T= 2 anos, podendo ocorrer velocidades iguais ou acima de 19,68 m.s$^{-1}$ e a velocidade de 25 m.s$^{-1}$ pode ser superada uma vez a cada 20 anos. A RH6 representa o segundo maior valor de velocidade do vento em T=2, podendo ocorrer velocidades iguais ou acima de 18,56 m.s$^{-1}$. Para realizar o estudo de tendência climática das séries provenientes das projeções do modelo climático, é realizado o refinamento estatístico das saídas do modelo Eta-HadCM3 com o emprego de Redes Neurais Artificiais (RNAs), as quais são treinadas tendo como preditores as variáveis de saída do modelo e como alvo as séries de vento observado a 10m. Obtém-se com isso uma melhora significativa nas séries de velocidade mínima e máxima da velocidade do vento, sendo que a média da correlação de Pearson passou de 0,16 para 0,76 e de 0,29 para 0,78, respectivamente. O ganho (skill) médio em relação ao erro sistemático foi de 99,6% para os mínimos e 99,3% para os máximos de vento, enquanto que o ganho médio do RMSE foi de 85% e 67%, respectivamente. Com base nas análises de tendência climática das séries velocidade mínima e máxima do vento observado a 10m e do vento modelado pela RNA (projeções futuras 2010-2100), os resultados indicam aumento na velocidade mínima do vento ao longo da costa brasileira, principalmente na costa do Nordeste, e no interior do continente próximo à costa. Já os máximos de velocidade do vento indicam aumento no interior das regiões Norte, Centro-Oeste e Sudeste. ABSTRACT: This study focuses on the aspects of the occurrence of extreme minimum and maximum winds at 10m, its probability distribution, return period and climate trends. The analyses are made use of wind speed time series observed at 10m from 42 stations belonging to DECEA - Brazilian Airspace Control Department as well as time series from the mesoscale regional circulation model (RCM) Eta HadCM3 for the period from 1960 to 1990 and future projections between 2010 and 2100. In order to reduce the uncertainty in results, we carried out a quality control process in the data series. Then, a cluster analysis was performed using the hierarchical method of Ward to identify homogeneous regions (RHs) of the study area. A total of six RHs were identified, among which the RH5 and RH6 have the highest maximum wind speed at 10m. To determine climatic trends in the wind series, we applied the Mann-Kendall test. The trend analysis for the minimum wind speed annual average indicated 50% of non-significant trends, 28,5% of negative trend and 21,4% of positive trend. The analysis of maximum wind speed annual average indicated 35,7% of non-significant trend, 19% of negative trend and 45,2% of positive trend. We applied three frequency distribution methods on the observed series: Gumbel, Weibull and GEV. To find the best fit of distributions models, we applied the Kolmogorov-Smirnov test and determined the standard error. Based on these two tests, the best fit was found by using the Gumbel model. For the maximum wind speed at 10m, the RH5 indicate the highest wind speed return period of 2 years for winds exceeding 19,68 m.s$^{-1}$and 20 years for winds exceeding 25 m.s$^{-1}$. The RH6 showed the second highest wind speed, in excess of 18,56 m.s$^{-1}$, for the 2-year return period. Thus, the RH5 and RH6 are the regions with higher risks for the structural integrity of wind turbines. To perform the trend analysis of the series from the predictions of the climate model, we performed a statistical refinement for the outputs of the RCM model using Artificial Neural Networks (ANN), training using the RCM model output as predictors and observed data at 10m as target. The ANN result in a significant improvement in minimum and maximum speed wind speed series, and the mean Pearson correlation increased from 0,16 to 0,76 and from 0,29 to 0,78, respectively. The gain (skill) of the average systematic error was 99,6% to 99,3% for the minimum and maximum wind speed, while the average RMSE gain was 85% and 67%, respectively. The results of trend analysis from RNA data series indicate an increase in the minimum wind speed along the Brazilian coast, mainly in the northeastern coast, and within the continent near the coast. By another hand, the maximum wind speed indicates increased within the North, Midwest and Southeast of Brazil.
AreaCST
Tipo da TeseTese (Doutorado em Ciência do Sistema Terrestre)
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas.pdf 24/07/2015 09:55 94.3 KiB 
originais/Avaliação Final - Marcelo Pizzuti Pes.pdf 20/07/2015 10:50 344.1 KiB 
originais/Tese_CST_MarceloPPes_2015_correções_banca_04.docx 17/07/2015 11:09 36.0 MiB
originais/Tese_CST_MarceloPPes_2015_correções_banca_04.pdf 04/08/2015 09:20 27.3 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 16/10/2015 09:49 623.1 KiB 
Área de condições de acesso e uso
Idiomapt
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator marcelo.pazos@inpe.br marcelo.pes@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator marcelo.pazos@inpe.br marcelo.pes@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Visibilidadeshown
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Permissão de Leituraallow from all
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m18@80/2008/03.17.15.17.24
Detentor da CópiaSID/SCD
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m18@80/2008/03.17.15.17
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format group isbn issn label lineage mark nextedition nexthigherunit notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
similares 
Tipo da ReferênciaThesis
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3KMS44B
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2015/12.03.16.00
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2015/12.03.16.00.37
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Chave SecundáriaINPE-17671-TDI/2429
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoPinheiro:2015:PaTrDe
AutorPinheiro, Taise Farias
TítuloPadrões e trajetórias de degradação florestal em fronteiras madeireiras da Amazônia
Ano2015
BancaRennó, Camilo Daleles (presidente)
Escada, Maria Isabel Sobral (orientador)
Valeriano, Dalton de Morisson (orientador)
Shimabukuro, Yosio Edemir
Graça, Paulo Maurício Lima de Alencastro
Darrigo, Maria Rosa
Data2015-12-17
Título AlternativoPatterns and trajectories of forest degradation associated with frontiers of logging in the Amazon
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Palavras-Chavefronteiras madeireiras, degradação florestal, processo, logging frontier, forest degradation, process.
ResumoDegradação florestal é a redução gradual e de longo prazo da cobertura florestal devido à exploração de madeira insustentável e fogo florestal. Entre as consequências desse processo está a emissão de carbono para a atmosfera. Embora o número de estudos tem aumentando progressivamente, a degradação florestal ainda não foi apropriadamente avaliada. A premissa desta tese é de que o processo de degradação florestal não é único na Amazônia, mas varia de acordo com as fronteiras de ocupação. Contudo, uma avaliação robusta da degradação requer longos períodos de observação para detectar as mudanças graduais na floresta. Assim, a degradação florestal, i.e., padrões espaciais, trajetórias, duração do processo e extensão, foi caracterizada no contexto de fronteiras das décadas de 70 e 90, utilizando 28 anos (1984-2011) de imagens Landsat, em base anual. O município de Sinop, localizado no estado do Mato Grosso foi utilizado como estudo de caso de uma fronteira consolidada, e Novo Progresso, município localizado no estado do Pará, representou uma fronteira em expansão. Dado o extenso conjunto de dados e as características do padrão de degradação florestal, foram utilizadas técnicas de mineração de dados e de classificação baseadas em células, para a análise de padrões e para a construção de trajetórias. A análise multitemporal mostrou que a extração de madeira afetou uma área superior de floresta do que o fogo floresta, corroborando estudos pretéritos. Esta análise também indicou que a floresta explorada não é imediatamente convertida em corte raso, mas é abandonada e subsequentemente cortada em 3 anos (50%) em Novo Progresso (PA). O período de transição de floresta para corte raso em Sinop (MT) é mais longo, tipicamente durando 7 anos (50%). Os resultados não indicaram um de regime sistemático de fogo florestal e de revisita de madeireiros em Novo Progresso, onde a degradação florestal ocorreu principalmente como resultado de um único evento de extração de madeira. Em Sinop o fogo florestal recorrente foi detectado, mas não é predominante na região, e as florestas são revisitadas por madeireiros para novos ciclos de extração. Em ambas as fronteiras, a degradação florestal foi caracterizada por padrões de baixa a moderada intensidade, e o fogo florestal causou as intensidades mais altas. Embora elevada proporção de floresta degradada foi desmatada (40%), em 60% dos casos a degradação florestal não precedeu o desmatamento total. A duração da trajetória de degradação indicada por esse estudo (3 e 7 anos em Novo Progresso e Sinop, respectivamente) pode ser utilizada para selecionar áreas com alta probabilidade de desmatamento. Adicionalmente, os resultados desta tese mostram que cada tipo de fronteira tem uma contribuição diferente em termos de emissão de carbono para atmosfera. Assim as fronteiras consolidadas são as principais áreas de emissão de carbono devido ao processo de degradação florestal. ABSTRACT: Forest degradation is the long-term and gradual reduction of canopy cover due to forest fire and unsustainable logging. A critical consequence of this process is increased atmospheric carbon emissions. Although this issue is gaining attention, forest degradation has not been properly addressed. The claim here is that this process is not constant throughout Amazonia, but varies according to colonization frontiers. Moreover, the accurate characterization of degradation requires lengthy observation periods to track gradual forest changes. The forest degradation process, i.e., the associated timeframe, spatial patterns, trajectories and extent, was characterized in the context of the Amazon frontiers of the 1970s and 1990s using 28 years (19842011) of annual Landsat images. We selected the Novo Progresso municipality, southwestern Pará, Brazil, as a study case of the frontiers of logging expansion and Sinop municipality, north Mato Grosso, Brazil, as a study case of the consolidate frontier. Given the large database and the characteristic patterns associated with logging and burning, we used data mining techniques and cell-approach classification to analyze the spatial patterns of forest degradation and to construct associated trajectories. The multi-temporal analysis showed that selective logging affected a larger amount of forest land than did forest fire, consistent with previous studies. We found that a logged forest is not immediately converted into a clear cut but, rather, is abandoned and subsequently cleared in 3 years (50%) in Novo Progresso. The transition from forest to clearcut in Sinop longer than observed in Novo Progresso, and typically lasts 7 years (50%). The results showed no regime of recurrent forest fires, nor were forests revisited by loggers in Novo Progresso, and forest degradation mostly occurred as a result of a single selective logging event. In Sinop recurrent fires regimes were detected, but are not predominant in the region, and forests are typically revisited by loggers. In both frontiers, forest degradation was typically characterized by low to moderate intensity forest damage. Although a large proportion of degraded forest was deforested (40%), 60% of the degraded forest did not precede complete deforestation. The timeframe of the forest degradation trajectory found in this research (3 and 7 years in Novo Progresso e Sinop, respectively) could be used to selected areas with a high probability of deforestation. Further our results indicate that each frontier type contributes differently in terms of carbon emissions to atmosphere. Our results indicate that consolidated frontiers are the main areas of carbon emission due to forest degradation.
Número de Páginas205
Idiomapt
Tipo da TeseTese (Doutorado em Ciência do Sistema Terrestre)
Tipo SecundárioTDI
AreaCST
CursoCST-CST-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Tamanho8751 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Última Atualização2016:03.30.13.38.03 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.55.55 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator {D 2015}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Endereço de e-Mailtaise.pinheiro@inpe.br
Grupo de Usuáriosadministrator marcelo.pazos@inpe.br taise.pinheiro@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator marcelo.pazos@inpe.br taise.pinheiro@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Detentor da CópiaSID/SCD
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Estágio do Documentonot transferred
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Permissão de Leituraallow from all
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas.pdf 01/03/2016 10:35 187.4 KiB 
originais/Avaliação final pag 2 da aluna Taise Farias Pinheiro.pdf 17/02/2016 14:22 331.0 KiB 
originais/TaiseFarias_TESE_biblioteca-1.pdf 18/02/2016 10:18 8.1 MiB
originais/TaiseFarias_TESE_biblioteca.docx 18/02/2016 09:40 10.5 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 29/03/2016 11:21 555.7 KiB 
Histórico2015-12-03 16:05:08 :: taise.pinheiro@inpe.br -> yolanda ::
2015-12-08 17:35:37 :: yolanda -> taise.pinheiro@inpe.br ::
2016-02-11 22:18:09 :: taise.pinheiro@inpe.br -> yolanda ::
2016-03-28 13:14:18 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2016-03-28 13:17:27 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> yolanda ::
2016-03-29 14:25:54 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2016-03-29 19:03:19 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br :: -> 2015
2016-03-30 13:39:24 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2015
2018-06-04 02:55:55 :: administrator -> :: 2015
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format group isbn issn label lineage mark nextedition nexthigherunit notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Data de Acesso23 nov. 2020
similares 
Tipo da ReferênciaThesis
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3KKETCS
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2015/11.18.19.52
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2015/11.18.19.52.29
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Chave SecundáriaINPE-17638-TDI/2398
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoMourão:2015:InÁrAl
AutorMourão, Caroline Estéphanie Ferraz
TítuloA influência das áreas alagáveis no balanço hídrico da Bacia do Prata e implicações na agricultura em cenários futuros de mudanças climáticas
Ano2015
BancaGiarolla, Angélica (presidente)
Chan, Chou Sin (orientadora)
Orsini, José Antônio Marengo (orientador)
Avila, Ana Maria Heuminski de
Dereczynski, Claudine Pereira
Data2015-11-24
Título AlternativoThe influence of wetlands on water balance of La Plata Basin and implications on agriculture in scenarios of climate change
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Palavras-ChaveBacia do Prata, Pantanal, áreas alagadas, mudanças climáticas, impactos na agricultura, La Plata Basin, flooded areas, climate change, impacts on agriculture.
ResumoA Bacia do Prata (LPB emph{La Plata Basin}) se estende ao longo de 5 países no sudeste da América do Sul, onde o clima e hidrologia sustentam uma das regiões mais densamente povoadas e agricolamente importante do continente. Nas últimas décadas observações mostram que existe uma tendência positiva na precipitação e nível/vazão dos rios, tendo o El Niño um forte impacto na região, propiciando condição anomalamente úmidas durante esse evento. Na LPB encontra-se o pantanal, que é uma imensa planície de áreas alagáveis que varia durante todo o ano influenciando no balanço de energia dessa região. Portanto, neste trabalho, as áreas inundáveis foram inseridas no modelo climático regional Eta, e foram avaliados os processos de superfície na região, para mostrar como essas áreas afetam o balanço hídrico e de energia da LPB. Os resultados desse experimento mostraram que o balanço de umidade na LPB é fortemente influenciado pela variação espacial das áreas alagadas do pantanal. Como a economia da LPB é fortemente baseada em sistemas de cultivos, neste trabalho foi realizada uma análise dos possíveis impactos das mudanças climáticas na agricultura dessa região a partir da análise de eventos extremos simulados pelo modelo Eta, através da simulação controle e do experimento com a inclusão das áreas inundadas. As projeções mostraram uma tendência de aumento da temperatura do ar para toda a LPB, sendo a região nordeste da Bacia a mais quente e com uma tendência de redução da precipitação também identificada. Portanto, essa região poderia ser climatologicamente desfavorável ao cultivo de diversas culturas, como a soja, por exemplo, no entanto, verificou-se que algumas culturas como a cana-de-açúcar poderia não ser atingida por essas variações climáticas, por ser uma cultura que se adapta bem as altas temperaturas, necessitando apenas de sistemas de irrigação nos casos em que a precipitação fosse reduzida. Apesar dos impactos que as mudanças climáticas podem causar a essa região, espera-se que trabalhos como este sirvam de subsídio para estudos de adaptação, que possam compensar os efeitos negativos da mudança do clima, através do desenvolvimento de culturas mais resistentes as variações climáticas. ABSTRACT: The La Plata Basin extends along five countries in Southeastern South America, where climate and hydrology sustains one of the most densely populated and agricultural important regions of the continent. In recent decades observations show that there is a positive trend in precipitation and river levels/discharges, and El Nino has a strong impact of the region with anomalously wet conditions during this event. We find the Pantanal in LPB, which is an immense plain of wetlands which have annual variability, and have influence on the energy balance of this region. Therefore, in this work, the wetlands were included in the Eta regional climate model, and we assess surface processes in this region, to show how the wetlands affect the water and energy balance of the LPB. The results of this experiment showed that the moisture balance in the LPB is heavily influenced by the variation in the wetlands. As the economy of LPB is strongly based cropping systems, in this work was carried out an analysis of the possible impacts of climate change on agriculture in this region from the analysis of extreme events simulated by the Eta model, by means of experiment with the inclusion of the flooded areas and control simulation. The analysis of the projections showed an increase in temperature for the entire LPB, and northeast of Basin being the warmest, while a negative rainfall trend was also identified. Therefore, this region could be climatologically unfavorable for the cultivation of various crops, such as soybean, for example, however we found that some cultures like sugarcane could not be affected by climatic variations, since it is a culture that adjusts to the high temperatures, requiring only irrigation systems where precipitation was reduced. Despite the impacts that climate change can cause to the region, it is expected this work can provide support for adaptation studies that may offset the negative effects of climate change, by developing crops more resistant to climate variations.
Número de Páginas114
Idiomapt
Tipo da TeseTese (Doutorado em Ciência do Sistema Terrestre)
Tipo SecundárioTDI
AreaCST
CursoCST-CST-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Tamanho6161 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Última Atualização2016:03.04.18.45.24 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.55.51 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator {D 2015}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Endereço de e-Mailcarolmourao@gmail.com
Grupo de Usuáriosadministrator carolmourao@gmail.com marcelo.pazos@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator carolmourao@gmail.com marcelo.pazos@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Detentor da CópiaSID/SCD
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Estágio do Documentonot transferred
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Permissão de Leituraallow from all
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas.pdf 02/02/2016 13:21 187.6 KiB 
originais/Avaliação Final Carolina Estéphanie Ferraz Mourão pag 2.pdf 26/01/2016 10:53 300.1 KiB 
originais/tese_carol_mourao_versao_final_correcoes_JAM.doc 12/02/2016 12:00 11.5 MiB
originais/tese_carol_mourao_versao_final_correcoes_JAM.pdf 16/02/2016 14:33 5.6 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 04/03/2016 10:32 609.1 KiB 
Histórico2015-11-18 20:09:51 :: carolmourao@gmail.com -> yolanda ::
2015-11-26 12:29:39 :: yolanda -> administrator ::
2016-02-12 13:29:33 :: administrator -> yolanda ::
2016-03-04 13:36:09 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2016-03-04 17:53:44 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br :: -> 2015
2016-03-04 18:46:06 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2015
2018-06-04 02:55:51 :: administrator -> :: 2015
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format group isbn issn label lineage mark nextedition nexthigherunit notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Data de Acesso23 nov. 2020
similares 
Tipo da ReferênciaThesis
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3KJ2J95
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2015/11.09.20.47
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2015/11.09.20.47.16
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Chave SecundáriaINPE-17639-TDI/2399
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoCasagrande:2015:PrChBa
AutorCasagrande, Leandro
TítuloPrevisão de cheias na Bacia hidrográfica do rio Itajaí-Açu, SC, usando previsão numérica de tempo e modelagem hidrológica
Ano2015
BancaPineda, Luz Adriana Cuartas (presidente)
Alvalá, Regina Célia dos Santos (orientadora)
Tomasella, Javier (orientador)
Vendrame, Íria Fernandes
Cordero, Ademar
Data2015-11-26
Título AlternativoFlood forecasting at the Itajaí-Açu River Basin, SC, through the use of numerical weather forecasting and hydrological modelling
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Palavras-Chavedesastres naturais, inundações, MHD-INPE, Itajaí-Açu, natural disasters, flooding.
ResumoNas ultimas décadas, o crescimento populacional associado à ocupação desordenada das áreas urbanas tem aumentado a vulnerabilidade da população brasileira aos desastres naturais. Neste contexto, a previsão de cheias com maior antecipação é essencial para o gerenciamento de risco nas regiões susceptíveis. Este trabalho apresenta uma metodologia para previsão e alerta de cheias na bacia hidrográfica do rio Itajaí-Açu, considerada uma das regiões historicamente mais afetadas por estes fenômenos no estado de Santa Catarina, Brasil. Previsões de tempo por conjunto foram utilizadas como entrada no modelo hidrológico MHD-INPE, no intuito de estender a antecipação da emissão de alertas de cheia para os municípios vulneráveis. O desempenho da metodologia foi avaliado utilizando indicadores estatísticos e os resultados sugerem que a antecipação dos alertas pode ser estendida em até 48 horas, com baixo índice de falsos alertas. ABSTRACT: In recent decades, population growth associated with unplanned urban occupation has increased the vulnerability of the Brazilian population to natural disasters. In susceptible regions, early flood forecasting is essential for risk management. This paper presents a methodology for flood forecasting and warning in the Itajaí-Açu river basin, historically, one of the most affected regions by floods in the state of Santa Catarina, Brazil. Ensemble weather forecastings were used as input to the MHD-INPE hydrological model in order to increasing the lead time for issuing flood warnings for the vulnerable populations. The performance of the methodology was assessed through statistical indicators. Obtained results suggest that flood warnings can be issued up to 48 hours in advance with low rate of false warnings.
Número de Páginas148
Idiomapt
Tipo da TeseTese (Doutorado em Ciência do Sistema Terrestre)
Tipo SecundárioTDI
DivulgaçãoBNDEPOSITOLEGAL
AreaCST
CursoCST-CST-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Tamanho7568 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Última Atualização2016:08.11.13.53.48 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 marcelo.pazos@inpe.br
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.55.50 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator {D 2015}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Endereço de e-Mailleandro.casagrande@inpe.br
Grupo de Usuáriosadministrator leandro.casagrade@inpe.br marcelo.pazos@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator leandro.casagrade@inpe.br marcelo.pazos@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Detentor da CópiaSID/SCD
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Estágio do Documentonot transferred
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Permissão de Leituraallow from all
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas.pdf 28/06/2016 10:53 187.4 KiB 
originais/Páginas de Avaliação Leandro Casagrande pag 02.pdf 23/06/2016 13:37 296.2 KiB 
originais/Tese_Casagrande_Leandro - Correçoes.docx 12/02/2016 07:44 13.1 MiB
originais/Tese_Casagrande_Leandro - Correçoes.pdf 12/02/2016 07:52 7.0 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 08/08/2016 14:07 590.3 KiB 
Histórico2015-11-09 20:50:52 :: leandro.casagrade@inpe.br -> yolanda ::
2015-11-11 17:08:16 :: yolanda -> leandro.casagrade@inpe.br ::
2015-11-12 15:45:18 :: leandro.casagrade@inpe.br -> yolanda ::
2015-11-12 15:50:11 :: yolanda -> leandro.casagrade@inpe.br ::
2015-11-12 15:50:32 :: leandro.casagrade@inpe.br -> administrator ::
2016-02-11 17:49:11 :: administrator -> yolanda ::
2016-02-12 11:21:42 :: yolanda -> administrator ::
2016-06-04 05:07:56 :: administrator -> yolanda.souza@mcti.gov.br ::
2016-08-08 17:51:52 :: yolanda.souza@mcti.gov.br -> marcelo.pazos@inpe.br ::
2016-08-11 13:26:17 :: marcelo.pazos@inpe.br :: -> 2015
2016-08-11 13:54:57 :: marcelo.pazos@inpe.br -> administrator :: 2015
2016-08-11 13:57:16 :: administrator -> yolanda :: 2015
2016-08-11 13:57:40 :: yolanda -> marcelo.pazos@inpe.br :: 2015
2016-08-11 13:58:05 :: marcelo.pazos@inpe.br -> administrator :: 2015
2018-06-04 02:55:50 :: administrator -> :: 2015
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel doi electronicmailaddress format group isbn issn label lineage mark nextedition nexthigherunit notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Data de Acesso23 nov. 2020
similares 
Tipo da ReferênciaThesis
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3K3ATEL
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2015/08.11.12.03
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2015/08.11.12.03.46
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Chave SecundáriaINPE-17609-TDI/2377
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoLyra:2015:EsVuBi
AutorLyra, André de Arruda
TítuloEstudo de vulnerabilidade do bioma Amazônia aos cenários de mudanças climáticas
Ano2015
BancaRodriguez, Daniel Andrés (presidente)
Chan, Chou Sin (orientador)
Oliveira, Gilvan Sampaio de (orientador)
Candido, Luiz Antonio
Correia, Francis Wagner Silva
Data2015-08-28
Título AlternativoA vulnerability study of Amazon biome to climate projections
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Palavras-Chavemudança climática, modelagem regional, vegetação dinâmica, climate change, regional climate model, dynamic vegetation model.
ResumoOs cenários do IPCC indicam, nas próximas décadas, fortes modificações no meio ambiente global, em virtude do aumento da concentração atmosférica de CO$_{2}$ e outros gases de efeito estufa advindos de atividades antrópicas. Apesar da redução na taxa de desmatamento nos últimos anos, espera-se que o impacto do aquecimento global por si só possa gerar importantes modificações na composição, estrutura e distribuição dos ecossistemas pelo planeta. Os modelos de vegetação dinâmica permitem representar as mudanças na distribuição de vegetação bem como nos processos biogeoquímicos diante de mudanças no clima. O objetivo desse estudo foi investigar as possíveis mudanças no bioma Amazônia resultante de dois cenários de mudanças climáticas: RCP4.5 e RCP8.5. Para isso, os modelos atmosférico Eta e de biosfera InLand foram acoplados assincronamente para avaliar as retroalimentações de longo prazo entre os biomas Amazônia e o clima. Com isso verificou-se os potenciais impactos gerados pela mudança climática regional nas propriedades do bioma Amazônia, como LAI e NPP, e na distribuição de cobertura vegetal. As projeções mostraram que algumas áreas de floresta tropical na Amazônia foram substituídas por coberturas de vegetação do tipo floresta decídua e pastagem no cenário RCP4.5 e apenas por pastagem no cenário RCP8.5 no final deste século. O modelo indica uma redução de cerca de 9% da área de floresta tropical no cenário RCP4.5 e uma redução ainda maior no cenário RCP8.5 de cerca de 50% na região leste da Amazônia. Embora o aumento da concentração de CO$_{2}$ atmosférico possa favorecer o crescimento das árvores, as projeções de Eta-HadGEM2-ES mostraram aumento de temperatura e redução da precipitação na região amazônica, o que causou a degradação florestal nestas simulações. As mudanças no LAI e na NPP projetadas pelo modelo InLand indicam uma redução na quantidade de CO$_{2}$ absorvida pela vegetação na parte leste e sul da região norte do Brasil. ABSTRACT: The IPCC scenarios indicate, in the coming decades, strong changes in the global environment, given the increased atmospheric concentration of CO$_{2}$ and other greenhouse gases arising from human activities. Despite the reduction in deforestation rate in recent years, the impact of global warming by itself can cause changes in the composition, structure and distribution of ecosystems across the planet. Thus, the interactions between climate and vegetation must be well understood in studies of climate change. The dynamic vegetation models seek to represent changes in vegetation distribution and the biogeochemical processes in the face of climate change. The objective of this work was to investigate the possible changes on the major Brazilian biome, the Amazon Rainforest, under two climate change scenarios: RCP4.5 and RCP8.5. An asynchronous coupling between Eta model and InLand dynamic vegetation model was applied to examine the likely consequences of simulated impacts of regional climate change on vegetation properties such as LAI and NPP and vegetation distribution in terms of major vegetation types. The projections show that some areas of rainforest in the Amazon region are replaced by deciduous forest type and grassland in RCP4.5 scenario and only by grassland in RCP8.5 scenario at the end of this century. The model indicates a reduction of approximately 9% in the area of tropical forest in RCP4.5 scenario and a further reduction in the RCP8.5 scenario of about 50% in the eastern region of Amazon. Although the increase of CO$_{2}$ atmospheric concentration may favour the growth of trees, the projections of Eta-HadGEM2-ES show increase of temperature and reduction of rainfall in Amazon region, which caused the forest degradation in these simulations. Changes in LAI and NPP designed by Inland model indicate a reduction in the amount of CO$_{2}$ absorbed by vegetation in the eastern and southern part of the northern region of Brazil.
Número de Páginas181
Idiomapt
Tipo da TeseTese (Doutorado em Ciência do Sistema Terrestre)
Tipo SecundárioTDI
AreaCST
CursoCST-CST-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Tamanho3702 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Última Atualização2016:01.22.12.37.46 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.55.36 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator {D 2015}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Endereço de e-Mailandre.lyra@cptec.inpe.br
Grupo de Usuáriosadministrator andre.lyra marcelo.pazos@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator andre.lyra marcelo.pazos@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Detentor da CópiaSID/SCD
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Estágio do Documentonot transferred
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Permissão de Leituraallow from all
Conteúdo da Pasta source
originais/001-2.pdf 27/10/2015 15:36 31.3 KiB 
originais/@4primeirasPaginas.pdf 09/11/2015 09:00 93.3 KiB 
originais/Tese Andre Lyra - correcoes finais pos defesa - final-1.pdf 27/10/2015 14:43 3.6 MiB
originais/Tese Andre Lyra - correcoes finais pos defesa - final.docx 27/10/2015 13:51 17.8 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 22/01/2016 10:37 625.2 KiB 
Histórico2015-08-11 12:05:53 :: andre.lyra -> yolanda ::
2015-08-24 14:28:33 :: yolanda -> andre.lyra ::
2015-10-27 11:32:47 :: andre.lyra -> administrator ::
2015-10-27 15:46:05 :: administrator -> yolanda ::
2016-01-22 12:40:56 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2016-01-27 11:17:12 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br :: -> 2015
2016-01-27 11:48:08 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2015
2018-06-04 02:55:36 :: administrator -> :: 2015
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format group isbn issn label lineage mark nextedition nexthigherunit notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Data de Acesso23 nov. 2020
similares 
Tipo da ReferênciaThesis
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3JU9JU8
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2015/07.29.21.37
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2015/07.29.21.37.22
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Chave SecundáriaINPE-17599-TDI/2368
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoDomingues:2015:ReEfHe
AutorDomingues, Isabel Lopes Pilotto
TítuloRepresentação dos efeitos de heterogeneidades da superfície sobre o clima local em uma região de paisagem fragmentada na Amazônia utilizando o modelo ETA/NOAH-MP
Ano2015
BancaChan, Chou Sin (presidente)
Oliveira, Gilvan Sampaio de (orientador)
Tomasella, Javier (orientador)
Candido, Luiz Antonio
Correia, Francis Wagner Silva
Data2015-08-27
Título AlternativoRepresentation of the surface heterogeneities effects on local climate over a fragmented region in the Amazon using the model ETA/NOAH-MP
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Palavras-Chaveheterogeneidades, uso da terra, modelagem, subgrade, parametrização, heterogeneities, land use, parameterization.
ResumoO presente trabalho investiga os efeitos da representação das heterogeneidades da superfície na simulação do clima local pelo modelo Eta/Noah-MP em uma região fragmentada da Amazônia, sem a necessidade de aumentar a resolução espacial do modelo. Para tal, fez-se o uso de parametrização para incorporar os efeitos dos processos de subgrade, através da aproximação tile. Foram realizados três tipos de experimentos com o modelo Eta/Noah-MP nas resoluções espaciais de 5 km com (TI) e sem a aproximação tile (PA), e de 2 km (AR) para representar a alta resolução. O período analisado dos experimentos corresponde aos meses de março (estação chuvosa) e setembro (estação seca) de 2003. Os resultados mostram que em geral o uso da aproximação tile apresenta uma melhoria na simulação dos padrões espaciais dos fluxos turbulentos e das circulações locais nas regiões mais fragmentadas do domínio. O experimento com o uso dos tiles aumenta a magnitude da temperatura à superfície, do fluxo de calor sensível, do albedo à superfície, da radiação de onda longa emitida pela superfície, e do vento a 10 m. E reduz a umidade do solo e a radiação líquida absorvida pela superfície. Em geral, o experimento com tiles aumenta o fluxo de calor latente na maior parte do domínio, entretanto, nota-se uma redução nas regiões mais fragmentadas da área de estudo. Não há uma concordância quanto aos sinais dos impactos do experimento com o uso da aproximação tile na precipitação simulada. Este experimento também apresenta impactos na camada limite. Estes efeitos de subgrade no clima local são maiores na estação seca do que na estação chuvosa. Os resultados sugerem que o grau dos impactos dos processos de subgrade no clima local se relaciona com a escala da fragmentação. Conclui-se que a utilização da aproximação tile responde adequadamente as questões sobre os impactos das mudanças no uso do solo em áreas fragmentadas da Amazônia. Entretanto, estes impactos podem ter sido em parte mascarados pelos tratamentos de corpos de água do modelo Noah-MP, e pelo esquema de convecção cúmulos do modelo Eta. ABSTRACT: This study evaluates the effects of representation of the surface heterogeneities in the simulation of the local climate by Eta/Noah-MP model in a fragmented region of Amazon, without the need to increase the spatial resolution of the model. For this purpose, the parameterization used to incorporate the effects of the subgrade process was the tile approach. Three experiments with the Eta/Noah-MP model were set up as follows: two experiments with the spatial resolution of 5 km, one without the use of tile approach (PA), and the other experiment with the use of this approach (TI); and one experiment set up on the spatial resolution of 2 km, without the use of the tile approach (AR), which represents the high resolution. The focus is on the rainy and dry seasons, which correspond to the months of March and September 2003. In general, the results show that the use of the tile approach presents an improvement in the simulation of the spatial patterns of the turbulent fluxes and local circulations in the regions with extensive fragmentation of the domain. The experiment with the use of tiles increases the magnitude of the surface temperature, the sensible heat flux, the surface albedo, the upward longwave radiation, and the wind at 10 m. And, it reduces soil moisture and net radiation. In general, the experiment with tiles increases the latent heat flux in most of the domain, however, there is a reduction in the fragmented regions of the study area. There is no agreement as to the signs of the impacts of the experiment using the approach tile on simulated rainfall. This experiment also has impacts in the boundary layer. The effects of the representation of the surface heterogeneities are higher in the dry season than in the rainy season. The results suggest that the degree of impact of the subgrade process in the local climate relates to the scale of the fragmentation. We conclude that the use of tile approach adequately respond the issues of the impacts of changes in land use in fragmented areas of the Amazon. However, these impacts may have been partly masked by the treatments of water bodies from Noah-MP model and the scheme of cumulus convection from model Eta.
Número de Páginas206
Idiomapt
Tipo da TeseTese (Doutorado em Ciência do Sistema Terrestre)
Tipo SecundárioTDI
AreaCST
CursoCST-CST-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Tamanho7924 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Última Atualização2016:01.26.13.34.16 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.55.31 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator {D 2015}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Endereço de e-Mailisabelpilotto@gmail.com
Grupo de Usuáriosadministrator isabelpilotto@gmail.com marcelo.pazos@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator isabelpilotto@gmail.com marcelo.pazos@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Detentor da CópiaSID/SCD
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Estágio do Documentonot transferred
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Permissão de Leituraallow from all
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas.pdf 20/11/2015 09:33 187.0 KiB 
originais/folha aprovacao.pdf 21/01/2016 14:56 18.9 KiB 
originais/tese_isabel_domingues_2015 (1).docx 06/10/2015 16:14 26.2 MiB
originais/tese_isabel_domingues_2015 (1).pdf 06/10/2015 16:28 7.6 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 21/01/2016 16:03 638.0 KiB 
Histórico2015-07-29 21:37:22 :: isabelpilotto@gmail.com -> administrator ::
2015-07-31 19:27:03 :: administrator -> yolanda ::
2015-07-31 19:33:11 :: yolanda -> isabelpilotto@gmail.com ::
2015-09-28 16:02:40 :: isabelpilotto@gmail.com -> yolanda ::
2016-01-26 12:33:43 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2016-01-26 12:52:28 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br :: -> 2015
2016-01-26 13:34:53 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2015
2018-06-04 02:55:31 :: administrator -> :: 2015
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format group isbn issn label lineage mark nextedition nexthigherunit notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Data de Acesso23 nov. 2020
similares 
Tipo da ReferênciaThesis
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3JU3EMB
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2015/07.28.11.57
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2015/07.28.11.57.16
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Chave SecundáriaINPE-17610-TDI/2378
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoKoumrouyan:2015:DeCeCo
AutorKoumrouyan, Adriana
TítuloDesenvolvimento de cenários de cobertura da terra em uma bacia de mesoescala no bioma Mata Atlântica e análise de respostas hidrológicas simuladas pelo modelo DHSVM
Ano2015
BancaRodriguez, Daniel Andrés (presidente)
Pineda, Luz Adriana Cuartas (orientador)
Valeriano, Dalton de Morisson (orientador)
Silva, Benedito Cláudio da
Valério Filho, Mário
Data2015-08-26
Título AlternativoDevelopment of land cover scenarios on a mesoscale watershed in the Atlantic Rainforest biome and analysis of its hydrological responses simulated by DHSVM
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Palavras-Chavehidrologia, modelagem hidrológica, código florestal, áreas de preservação permanente, lei de topo de morro, hydrology, hydrological modeling, forest code, permanent preservation areas, hilltop Brazilian law.
ResumoAtualmente, existem muitos estudos de modelagem hidrológica distribuída que se utilizam de cenários de uso e cobertura da terra para procurar entender a influência da mudança de uso e cobertura da terra sobre os processos hidrológicos nas bacias hidrográficas. No Brasil, ainda há uma lacuna sobre o conhecimento das consequências hidrológicas que a modificação ou não cumprimento da legislação florestal, especificamente quanto aos topos das elevações, tenha ou possa ocasionar, principalmente em se tratando de bacias hidrográficas de mesoescala. Desta forma, os principais objetivos deste trabalho foram: (I) estabelecer o significado da recente modificação da legislação florestal ocorrida em 2012, por meio da Lei n$^{o}$ 12.651, em relação aos topos das elevações; (II) desenvolver cenários de cobertura pretéritos e futuros com diferentes níveis de degradação florestal; e (III) analisar e comparar as respostas hidrológicas destes cenários de cobertura aplicando o modelo emph{Distributed Hydrology Soil Vegetation Model} (DHSVM). No total, foram desenvolvidos seis cenários de cobertura, que são, em ordem decrescente de preservação: (i) apresentando a vegetação pristina; (ii) obedecendo as regras da Resolução CONAMA 303/2002, conforme o aqui denominado Antigo Código Florestal (ACF); (iii) combinando as regras da legislação anterior e da nova legislação; (iv) obedecendo as regras da legislação atual, denominada aqui de Novo Código Florestal (NCF); e dois cenários futuros consequentes desta nova legislação, (v) um predominado por pasto e (vi) o outro por agricultura. Para isso, foram delimitadas as Áreas de Preservação Permanente (APPs) de topo de morro e montanha segundo o ACF (Lei n$^{o}$ 4.771 de 1965 - revogada), e também as APPs de topo de elevações segundo os critérios do NCF, para a Bacia do Rio Verde, localizada no sul de Minas Gerais. Os mapas resultantes foram comparados e uma análise de adequação foi realizada para verificar a vegetação atual, cruzando um mapa de cobertura de 2006 baseado em classificação de imagem TM/Landsat com o mapa de APPs do ACF. O modelo DHSVM foi calibrado e validado com o mapa de 2006, que foi considerado como experimento Controle, e então as respostas hidrológicas deste e dos cenários de cobertura foram comparadas. Foi observada uma relação proporcional inversa entre a mudança da área florestada e a vazão no exutório da bacia, e o cenário predominado por agricultura apresentou vazão maior (porém não significativa) que o cenário predominado por pasto, apesar de ambos possuírem a mesma extensão de floresta. Diferenças significativas nos processos hidrológicos em relação ao Controle foram observadas apenas para o cenário de vegetação pristina e o cenário baseado no ACF. Foi concluído que o NCF diminuiu em 99,98% a proteção dos topos de elevações em relação ao ACF e que as consequências hidrológicas podem ser detectadas pelo DHSVM numa bacia de mesoescala. ABSTRACT: There are currently many studies of distributed hydrological modeling that use land use/cover scenarios in an attempted to understand the influence of land use and cover changes on the watershed hydrology. There is still a gap on the hydrological consequences of the modification or non-fulfillment of forest legislation in Brazil, particularly in relation to hilltops at the mesoscale. The main objectives of this work were: (I) to establish the meaning of the recent alteration of hilltops protection status, caused by the change in forestry legislation that followed the review of the Federal Law number 12651 that passed in 2012; (II) to develop past and future land cover scenarios with different levels of forest cover integrity; and (III) to analyze and compare the hydrological responses of these land cover scenarios with the application of the Distributed Hydrology Soil Vegetation Model (DHSVM). Six coverage scenarios were made, which are, in descending order of preservation: (i) presenting the pristine vegetation; (ii) complying with the rules of CONAMA Resolution 303/2002, called here as Old Forest Code (ACF); (iii) combining the rules of the previous legislation and new legislation; (iv) obeying the rules of the current legislation, called here the New Forest Code (NCF); and two future scenarios resulting from this new legislation, (v) one predominated by pasture and (vi) the other, by agriculture. For this, the Permanent Preservation Areas (APPs) of tops of hill and mountain were delineated according to ACF (Federal law number 4771/1965 - repealed), and also the APPs of hilltops under NCF rules, for the Verde River Basin, located in southern Minas Gerais State. The resulting maps were compared and an adequacy analysis was conducted to verify the present vegetation, represented by a TM/Landsat based land cover map of 2006 as compared to the ACF${'}$s APPs map. The DHSVM model was calibrated and validated with the 2006 map, considered as the control experiment, and then the hydrological responses for the control and the land cover scenarios were compared. An inverse proportional relationship between the change of the forested area and the flow in outlet basin was observed, and the agriculture dominated scenario showed greater flow (but not significant) than the pasture dominated scenario, despite having the same forest extent. Significant differences in hydrological processes in relation to the control were observed only for the pristine vegetation and the ACF based scenarios. It was concluded that the current Forest Code decreased hilltop protection by 99.98% in relation to the previous Forest Code, and the hydrological consequences can be detected by DHSVM in the considered mesoscale basin.
Número de Páginas166
Idiomapt
Tipo da TeseTese (Doutorado em Ciência do Sistema Terrestre)
Tipo SecundárioTDI
AreaCST
CursoCST-CST-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Tamanho12560 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Última Atualização2016:01.26.16.56.49 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.55.30 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator {D 2015}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Endereço de e-Mailadriana.koya@gmail.com
Grupo de Usuáriosadministrator adriana.koya@gmail.com marcelo.pazos@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator adriana.koya@gmail.com marcelo.pazos@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Detentor da CópiaSID/SCD
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Estágio do Documentonot transferred
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Permissão de Leituraallow from all
Conteúdo da Pasta source
originais/@4primeirasPaginas-2.pdf 03/11/2015 14:50 95.1 KiB 
originais/Avaliação final página 2 da aluna Adriana Koumrouyan.pdf 28/10/2015 08:54 32.8 KiB 
originais/Tese_Adriana_Koumrouyan_final_vs2.docx 26/11/2015 11:38 8.1 MiB
originais/Tese_Adriana_Koumrouyan_final_vs2.pdf 26/11/2015 11:39 12.1 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 21/01/2016 12:15 641.0 KiB 
Histórico2015-07-28 12:14:08 :: adriana.koya@gmail.com -> yolanda ::
2016-01-21 14:16:43 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2016-01-25 17:58:35 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br :: -> 2015
2016-01-26 16:58:34 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2015
2018-06-04 02:55:30 :: administrator -> :: 2015
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format group isbn issn label lineage mark nextedition nexthigherunit notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Data de Acesso23 nov. 2020
similares 
Tipo da ReferênciaThesis
Identificador8JMKD3MGP3W34P/3JHKPR5
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21b/2015/05.25.13.26
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21b/2015/05.25.13.26.08
Sitemtc-m21b.sid.inpe.br
Chave SecundáriaINPE-17578-TDI/2352
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoGigliotti:2015:CaAcPe
AutorGigliotti, Eduardo da Silva
TítuloExplorando a gestão compartilhada dos recursos naturais: O caso dos acordos de pesca de Silves-AM
Ano2015
BancaLahsen, Myanna Hvid (presidente)
Koberle, Patricia Fernanda do Pinho (orientadora)
Santos Júnior, Roberto Araújo de Oliveira (orientador)
Santos, Moacir José dos
Costa, Sandra Maria Fonseca da
Data2015-05-27
Título AlternativoExploring the co-management of natural resources: the case of fisheries agreements in Silves, State of Amazonas
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Palavras-Chaverecursos de uso comum, direitos de propriedade, gestão compartilhada, acordos de pesca, Amazônia, common pool resources, property right, co-management, fisheries agreement, Brazilian Amazon.
ResumoEsta tese enfoca as contribuições das pesquisas em gestão compartilhada e análise institucional para os debates sobre sustentabilidade e desenvolvimento. À luz de uma abordagem baseada nas pesquisas sobre recursos de uso comum, direitos de propriedade e gestão compartilhada apresenta-se um estudo sobre dois grupos de usuários de recursos pesqueiros, que participam dos chamados Acordos de Pesca na região do município de Silves, no Estado do Amazonas. Tendo em vista que um dos grupos, a Associação de Silves pela Preservação Ambiental e Cultural (ASPAC), corresponde a uma associação de base comunitária criada em prol da preservação e conservação ambiental, e o outro, a Associação Profissional dos Pescadores do Município de Silves (APPMS), tem como meta garantir o retorno econômico e o desenvolvimento das atividades de pesca profissionais, o objetivo desse estudo foi analisar o histórico dessa divergência de interesse nos arranjos institucionais de base comunitária e verificar a sua relação com as mudanças no arcabouço legal, de políticas públicas para a pesca, na área de estudo. Para isso, utiliza-se uma série de procedimentos de coleta, tais como: entrevistas livres e semiestruturadas, mapeamento da trajetória de ocupação humana, além do levantamento de informações históricas acerca da mobilização comunitária em defesa dos rios e lagos de Silves. Os resultados revelam a importância do histórico das organizações locais para a implementação das políticas de manejo e gestão dos recursos naturais em seus diferentes níveis e escalas local, regional, nacional - e sugerem que o processo de institucionalização dos acordos de pesca precisa estar mais atento às ações coletivas locais para que os objetivos de conservação ambiental e bem-estar das populações caboclo-ribeirinhas na região sejam efetivamente contemplados. ABSTRACT: This thesis focused on the contributions of research in co-management systems and institutional analysis for the debate on sustainability and development. Based on the common-pool resources, property rights and co-management theories this work presents a study about the effect of interest divergence between two user groups who take part of the so called Fishery Agreements in Silves municipality, state of Amazon. By considering one group, the Associação de Silves pela Preservação Ambiental e Cultural (ASPAC), which corresponds to an community-based association created in favor to assurance the environmental conservation and preservation, and the other group, the Associação Profissional dos Pescadores do Município de Silves (APPMS), that are a fishermen organization whose aim is to guarantee an economic return and the development of the professional fishery, the objective of this work was to analyze the history of this interest divergence as well as verifying its relation with the changes in the legal framework of fishery public policies in the study area. For the analysis, it was used a series of data gathering techniques, including semi-structured interviews, mapping of land use trajectories and historical investigation of documentations on the community mobilization to defend the rivers and floodplain lakes in Silves. The results reveal the importance of considering historical local organizations when implanting natural resources management policies on its different levels and scales local, regional, national - and suggest that the institutionalization process of the ocal based fishery agreements need to be more attentive to local collective actions to have the environment conservation targets and well-being of the caboclo populations in the region.
Número de Páginas121
Idiomapt
Tipo da TeseTese (Doutorado em Ciência do Sistema Terrestre)
Tipo SecundárioTDI
AreaCST
CursoCST-CST-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Tamanho11747 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo Alvopublicacao.pdf
Última Atualização2015:10.29.16.44.40 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator
Última Atualização dos Metadados2018:06.04.02.55.25 sid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20 administrator {D 2015}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Repositório Espelhosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.22
Endereço de e-Maileduardo.gigliotti@gmail.com
Grupo de Usuáriosadministrator marcelo.pazos@inpe.br pubtc@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Grupo de Leitoresadministrator marcelo.pazos@inpe.br pubtc@inpe.br yolanda.souza@mcti.gov.br
Detentor da CópiaSID/SCD
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m21b/2013/09.26.14.25.20
Estágio do Documentonot transferred
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.20.35
Permissão de Leituraallow from all
Conteúdo da Pasta source
originais/001-1.pdf 24/07/2015 15:03 29.3 KiB 
originais/@4primeirasPaginas-2.pdf 31/07/2015 16:21 94.4 KiB 
originais/Tese_EduardoGigliotti_FINAL.docx 28/07/2015 08:53 19.8 MiB
originais/Tese_EduardoGigliotti_FINAL.pdf 28/07/2015 08:55 11.5 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
autorizacao.pdf 16/10/2015 15:32 871.1 KiB 
Histórico2015-05-25 13:26:48 :: luis.cpv@hotmail.com -> yolanda ::
2015-05-25 17:07:22 :: yolanda -> luis.cpv@hotmail.com ::
2015-07-16 14:13:59 :: luis.cpv@hotmail.com -> yolanda ::
2015-07-20 14:28:09 :: yolanda -> luis.cpv@hotmail.com ::
2015-07-23 17:35:44 :: luis.cpv@hotmail.com -> yolanda ::
2015-07-23 19:26:23 :: yolanda -> luis.cpv@hotmail.com ::
2015-07-23 23:12:42 :: luis.cpv@hotmail.com -> yolanda ::
2015-10-16 18:32:55 :: yolanda -> marcelo.pazos@sid.inpe.br ::
2015-10-29 15:55:52 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br :: -> 2015
2015-10-29 16:49:15 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2015
2015-10-29 16:52:08 :: administrator -> marcelo.pazos@sid.inpe.br :: 2015
2015-10-29 16:53:45 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2015
2018-06-04 02:55:25 :: administrator -> :: 2015
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel dissemination doi electronicmailaddress format group isbn issn label lineage mark nextedition nexthigherunit notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress resumeid rightsholder secondarydate secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Data de Acesso23 nov. 2020
similares