Resultado da Pesquisa
A expressão de busca foi <secondaryty cn and ref conference and firstg LAS-CTE-INPE-MCTI-GOV-BR and y 2013 and not is * and not booktitle, Resumos and not booktitle, Abstracts>.
16 referências foram encontradas buscando em 17 dentre 17 Arquivos
(este total pode incluir algumas duplicatas - para ver a conta certa clique no botão Mostrar Todas).
As 10 mais recentes estão listadas abaixo.
Data e hora local de busca: 27/01/2023 12:34.

1. Identificação
Tipo de ReferênciaArtigo em Evento (Conference Proceedings)
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3EPGPT2
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2013/09.04.11.33
Última Atualização2020:08.18.20.01.23 (UTC) simone
Repositório de Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2013/09.04.11.33.13
Última Atualização dos Metadados2022:09.14.20.06.40 (UTC) administrator
Chave de CitaçãoRosaBelo:2013:CaMoEs
TítuloCaracterização morfológica e estrutural de diamante micro- e nano-cristalino do dopado com nitrogênio/boro
Ano2013
Data de Acesso27 jan. 2023
Tipo SecundárioPRE CN
Número de Arquivos1
Tamanho914 KiB
2. Contextualização
Autor1 Rosa, Luiz Carlos
2 Beloto, Antônio Fernando
Identificador de Curriculo1
2 8JMKD3MGP5W/3C9JGJ8
Grupo1
2 LAS-CTE-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1 Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Endereço de e-Mail do Autor1 luizrosa.baldan@gmail.com
2 beloto@las.inpe.br
Endereço de e-Mailmarcelo.pazos@inpe.br
Nome do EventoSeminário de Iniciação Científica do INPE (SICINPE).
Localização do EventoSão José dos Campos
Data30 e 31 de julho de 2013
Editora (Publisher)INPE
Cidade da EditoraSão José dos Campos
Título do LivroAnais
Histórico (UTC)2013-09-04 11:33:13 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator ::
2020-04-29 12:37:27 :: administrator -> simone :: 2013
2020-08-18 20:01:25 :: simone -> administrator :: 2013
2022-09-14 20:06:40 :: administrator -> simone :: 2013
3. Conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chavecaracterização morfológica e estrutural
diamante
nitrogênio
boro
ResumoO diamante começou a ser estudado devido as suas propriedades impares e podendo ser aplicado nas mais diversas áreas. É um material duro, possui uma alta resistência a abrasão, é ótimo condutor térmico, ou seja, dissipa calor mais rápido que qualquer outro material, é isolante elétrico impedindo a passagem de corrente elétrica. O diamante sintético, no entanto poder ter variações em seu comportamento estrutural de acordo com as necessidades requeridas, podendo-se obter diamantes com algumas propriedades diferentes e/ou melhores do eu as do diamante natural. Uma dessas propriedades que podem ser adquiridas é a obtenção de um filme de diamante com capacidade de conduzir uma corrente elétrica. A síntese de diamante em laboratório teve início na década de 1950 com o uso da técnica HPHT (High Pressure High Temperature), de alto custo devido à robustez dos reatores, mas ainda hoje a mais utilizada para produção em escala industrial. Um novo método de fabricação foi desenvolvido por volta dos anos 1980. No método CVD (Chemical Vapor Deposition) o filme de diamante é obtido pelo crescimento de micro cristais (ou nano cristais, como os de que trata este trabalho) sobre a superfície do substrato (geralmente silício), realizado pela deposição gradual de radicais ativos da faze vapor (uma mistura, a baixas pressões, dos gases H2 e CH₄ considerados como a fronteira em materiais de engenharia. Objetivo: Avaliar, com o uso das técnicas de caracterização sua estrutura emorfologia. Os efeitos da variação na proporção de Nitrogênio ou Boro na mistura gasosa utilizada no crescimento HFCVD de filmes DNDB serão avaliados por espectroscopia Raman. Estes filmes serão testados como eletrodos na detecção de impurezas presentes na água.
ÁreaFISMAT
Arranjourlib.net > BDMCI > Fonds > Produção > LABAS > Caracterização morfológica e...
Conteúdo da Pasta docacessar
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 04/09/2013 08:33 1.0 KiB 
4. Condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/ibi/8JMKD3MGP7W/3EPGPT2
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3EPGPT2
Idiomapt
Arquivo AlvoRosa_caracterizacao.pdf
Grupo de Usuáriosmarcelo.pazos@inpe.br
Grupo de Leitoresadministrator
marcelo.pazos@inpe.br
simone
Visibilidadeshown
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Atualizaçãonão transferida
5. Fontes relacionadas
Repositório Espelhoiconet.com.br/banon/2006/11.26.21.31
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3ESR3H2
8JMKD3MGPDW34P/478H8RC
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
6. Notas
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Campos Vaziosarchivingpolicy archivist callnumber contenttype copyright creatorhistory descriptionlevel dissemination doi edition editor format isbn issn label lineage mark nextedition numberofvolumes orcid organization pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project readpermission rightsholder secondarydate secondarykey secondarymark serieseditor session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype type url versiontype volume
7. Controle da descrição
e-Mail (login)simone
atualizar 

1. Identificação
Tipo de ReferênciaArtigo em Evento (Conference Proceedings)
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3EP94LP
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2013/09.02.17.23
Última Atualização2020:08.18.19.58.36 (UTC) simone
Repositório de Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2013/09.02.17.23.13
Última Atualização dos Metadados2022:09.14.20.06.31 (UTC) administrator
Chave de CitaçãoReisNonoOliv:2013:MoUmAm
TítuloMonitoramento de umidade ambiente e relacionamento com fatores que alteram a umidade relativa do ar, utilizando sensores desenvolvidos no INPE
Ano2013
Data de Acesso27 jan. 2023
Tipo SecundárioPRE CN
Número de Arquivos1
Tamanho824 KiB
2. Contextualização
Autor1 Reis, Fernanda Cristina
2 Nono, Maria do Carmo de Andrade
3 Oliveira, Rodrigo de Matos
Identificador de Curriculo1
2 8JMKD3MGP5W/3C9JHRC
Grupo1
2 LAS-CTE-INPE-MCTI-GOV-BR
3 LAS-CTE-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1 Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
3 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Endereço de e-Mail do Autor1 fcristinareis@yahoo.com
2 maria@las.inpe.br
3 rodmatos@las.inpe.br
Endereço de e-Mailmarcelo.pazos@inpe.br
Nome do EventoSeminário de Iniciação Científica do INPE (SICINPE).
Localização do EventoSão José dos Campos
Data30 e 31 de julho de 2013
Editora (Publisher)INPE
Cidade da EditoraSão José dos Campos
Título do LivroAnais
Histórico (UTC)2013-09-02 17:23:13 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator ::
2020-04-29 12:37:26 :: administrator -> simone :: 2013
2020-08-18 19:58:37 :: simone -> administrator :: 2013
2022-09-14 20:06:31 :: administrator -> simone :: 2013
3. Conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chavemonitoramento ambiental
umidade do ar
sensores cerâmicos
ResumoO monitoramento de parâmetros ambientais consiste em um processo de coleta de dados, estudo e acompanhamento das variáveis do meio, com o objetivo de avaliar e identificar as condições dos recursos naturais. Dessa forma, a precisão e a confiabilidade dos dispositivos envolvidos são fatores de extrema importância. Nesse sentido, os sensores cerâmicos de umidade, desenvolvidos pelo Grupo de Pesquisa em Micro e Nanotecnologias Espaciais e Ambientais TECAMB, que integra o Laboratório Associado de Sensores e Materiais LAS, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais INPE, mostraram se bastante promissores. Estes sensores cerâmicos são capacitivos, em formato de sandwich, confeccionados a partir de pastilhas de pós comerciais de ZrO2 e de TiO2, metalizadas em ambos os lados, a fim de gerar o efeito elétrico. Os objetivos principais desse trabalho foram investigar as influências das características físicas e químicas do ambiente (ar) na capacidade de absorção/adsorção de moléculas de água pelo elemento sensor cerâmico, em laboratório, e avaliar seu comportamento em condições climáticas adversas. As caracterizações elétricas foram realizadas com valores crescentes/decrescentes de umidade do ar, em diferentes temperaturas, através de uma ponte RLC, acoplada a uma câmara climática. Os resultados obtidos mostraram que os elementos sensores cerâmicos apresentaram tendência a linearidade em uma ampla faixa de umidade e temperatura e estabilidade nos ciclos térmico e de tempo.
ÁreaFISMAT
Arranjourlib.net > BDMCI > Fonds > Produção anterior à 2021 > LABAS > Monitoramento de umidade...
Conteúdo da Pasta docacessar
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 02/09/2013 14:23 1.0 KiB 
4. Condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/ibi/8JMKD3MGP7W/3EP94LP
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3EP94LP
Idiomapt
Arquivo AlvoReis_monitoramento.pdf
Grupo de Usuáriosmarcelo.pazos@inpe.br
Grupo de Leitoresadministrator
marcelo.pazos@inpe.br
simone
Visibilidadeshown
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Atualizaçãonão transferida
5. Fontes relacionadas
Repositório Espelhoiconet.com.br/banon/2006/11.26.21.31
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3ESR3H2
8JMKD3MGPDW34P/478H8RC
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
6. Notas
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Campos Vaziosarchivingpolicy archivist callnumber contenttype copyright creatorhistory descriptionlevel dissemination doi edition editor format isbn issn label lineage mark nextedition numberofvolumes orcid organization pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project readpermission rightsholder secondarydate secondarykey secondarymark serieseditor session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype type url versiontype volume
7. Controle da descrição
e-Mail (login)simone
atualizar 

1. Identificação
Tipo de ReferênciaArtigo em Evento (Conference Proceedings)
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3EP94JH
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2013/09.02.17.22
Última Atualização2020:08.18.19.43.50 (UTC) simone
Repositório de Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2013/09.02.17.22.52
Última Atualização dos Metadados2022:09.14.20.06.31 (UTC) administrator
Chave de CitaçãoMinervaBald:2013:CrFiDi
TítuloCrescimento de filmes de diamante micro- e nano-dopados com boro por HFCVD
Ano2013
Data de Acesso27 jan. 2023
Tipo SecundárioPRE CN
Número de Arquivos1
Tamanho1071 KiB
2. Contextualização
Autor1 Minerva, Felipe Ramon Silva
2 Baldan, Maurício Ribeiro
Identificador de Curriculo1
2 8JMKD3MGP5W/3C9JHTA
Grupo1
2 LAS-CTE-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Endereço de e-Mail do Autor1 felipe.minerva@unifesp.br
2 baldan@las.inpe.br
Endereço de e-Mailmarcelo.pazos@inpe.br
Nome do EventoSeminário de Iniciação Científica do INPE (SICINPE).
Localização do EventoSão José dos Campos
Data30 e 31 de julho de 2013
Editora (Publisher)INPE
Cidade da EditoraSão José dos Campos
Título do LivroAnais
Histórico (UTC)2013-09-02 17:22:52 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator ::
2020-04-29 12:37:26 :: administrator -> simone :: 2013
2020-08-18 19:43:51 :: simone -> administrator :: 2013
2022-09-14 20:06:31 :: administrator -> simone :: 2013
3. Conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chavefilmes de diamante
dopagem
HFCVD
ResumoEm sua produção, as amostras micro cristalinas foram submetidas, durante aproximadamente 16 horas, a uma fonte gasosa cuja mistura consiste em 98,5% de hidrogênio e 1,5% de metano sob a pressão de 40 Torr, variando-se a dopagem de soluções de boro entre 2.000 e 20.000 ppm num reator assistido por filamento quente (HFCVD). Foram utilizados cinco filamentos retos de tungstênio com φ = 125 μm e 2,5 cm de comprimento, aquecidos a aproximadamente 2200°C. Os filmes foram crescidos em substratos de silício a uma temperatura de 800ºC. Para as amostras nano cristalinas o processo é similar, com exceção do tempo de duração do crescimento (8 horas) e a concentração da mistura (90% de hidrogênio e 10% de metano. Para a caracterização das amostras, exploraram-se técnicas de análise estrutural e morfológica, tal como a Espectroscopia por Espalhamento Raman que tem sido amplamente utilizada na caracterização de materiais, como para o diamante-CVD (Chemical Vapor Deposition), como na identificação do diamante, do grafite e de outras fases presentes na amostra se destaca na identificação das fases de carbono diamante e não diamante presentes nos filmes depositados, bem como para avaliar a qualidade destes filmes em relação ao crescimento de diamante cristalino e também os diferentes níveis de dopagem alcançados. Por meio da técnica de MEV (Microscopia Eletrônica de Varredura) é possível caracterizar morfologicamente os filmes, identificando fissuras, delaminações e o comportamento estrutural dos filmes em relação à sua dopagem. Analisando a Difração de Raios-X das amostras pode-se obter informações relacionadas com a estrutura cristalina e as propriedades do material. Por meio desta técnica é possível identificar as fases de um material policristalino e determinar as quantidades relativas destas fases pelas intensidades dos picos de difração e assim determinar a orientação de crescimento do plano cristalográfico.
ÁreaFISMAT
Arranjourlib.net > BDMCI > Fonds > Produção > LABAS > Crescimento de filmes...
Conteúdo da Pasta docacessar
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 02/09/2013 14:22 1.0 KiB 
4. Condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/ibi/8JMKD3MGP7W/3EP94JH
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3EP94JH
Idiomapt
Arquivo AlvoMinerva_crescimento.pdf
Grupo de Usuáriosmarcelo.pazos@inpe.br
Grupo de Leitoresadministrator
marcelo.pazos@inpe.br
simone
Visibilidadeshown
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Atualizaçãonão transferida
5. Fontes relacionadas
Repositório Espelhoiconet.com.br/banon/2006/11.26.21.31
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3ESR3H2
8JMKD3MGPDW34P/478H8RC
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
6. Notas
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Campos Vaziosarchivingpolicy archivist callnumber contenttype copyright creatorhistory descriptionlevel dissemination doi edition editor format isbn issn label lineage mark nextedition numberofvolumes orcid organization pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project readpermission rightsholder secondarydate secondarykey secondarymark serieseditor session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype type url versiontype volume
7. Controle da descrição
e-Mail (login)simone
atualizar 

1. Identificação
Tipo de ReferênciaArtigo em Evento (Conference Proceedings)
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3ENP5KL
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2013/08.30.18.30
Última Atualização2020:08.18.20.07.28 (UTC) simone
Repositório de Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2013/08.30.18.30.18
Última Atualização dos Metadados2022:09.14.20.06.28 (UTC) administrator
Rótuloself-archiving-INPE-MCTIC-GOV-BR
Chave de CitaçãoSilvaBald:2013:CaÓpMo
TítuloCaracterísticas ópticas e morfológicas do Silício poroso produzido por processo de anodização em soluções HF-Acetonitrila e HF-Etanol
Ano2013
Data de Acesso27 jan. 2023
Tipo SecundárioPRE CN
Número de Arquivos1
Tamanho1053 KiB
2. Contextualização
Autor1 Silva, Belchior Elton Lima da
2 Baldan, Mauricio Ribeiro
Identificador de Curriculo1
2 8JMKD3MGP5W/3C9JHTA
Grupo1
2 LAS-CTE-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1 Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Endereço de e-Mail do Autor1 belchior.elton@unifesp.br
2 baldan@las.inpe.br
Endereço de e-Mailmarcelo.pazos@inpe.br
Nome do EventoSeminário de Iniciação Científica do INPE (SICINPE).
Localização do EventoSão José dos Campos
Data30 e 31 de julho de 2013
Editora (Publisher)INPE
Cidade da EditoraSão José dos Campos
Título do LivroAnais
Histórico (UTC)2013-08-30 18:30:18 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator ::
2018-06-05 04:14:47 :: administrator -> marcelo.pazos@inpe.br :: 2013
2020-04-29 13:28:06 :: marcelo.pazos@inpe.br -> simone :: 2013
2020-08-18 20:07:29 :: simone -> administrator :: 2013
2022-09-14 20:06:28 :: administrator -> simone :: 2013
3. Conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-ChaveSilício poroso (PS)
anodização
silício monocristalino (Si)
ResumoEsse trabalho tem como objetivo sintetizar amostras de Silício Poroso (PS) a partir da anodização do silício monocristalino (Si) e realizar um estudo sistemático da ação de alguns parâmetros experimentais sobre as características ópticas e morfológicas do PS. Amostras de PS podem ser obtidas pelo processo de anodização em lâminas de Silício, todavia, suas características finais podem ser influenciadas por diversos parâmetros durante o processo de anodização, dentre eles encontra-se a densidade de corrente e o tempo de anodização. Neste trabalho foram sintetizadas amostras sob diferentes valores de tempo (5, 10, 15, 20 e 30 min.) e de corrente (5, 10, 15, 20, 25, 30, 35 mA), mantendo-se os outros parâmetros experimentais constantes durante o ataque (tipo e resistividade da amostra de Si, luminosidade sob o substrato e concentração do eletrólito). Na anodização eletroquímica o substrato de Si é o eletrodo de trabalho, que é polarizado anodicamente. Neste caso utilizou-se um contra eletrodo de Platina, pois essa é inerte ao HF. Esses eletrodos foram inseridos em uma cuba eletrolítica também inerte ao eletrólito. As amostras foram obtidas a partir de lâminas de Si tipo-n, com orientação cristalográfica <100> e resistividade 1-20 Ω.cm. As características das amostras foram analisadas a partir da Microscopia Eletrônica de Varredura (morfologia superficial) e da perfilometria óptica (rugosidade superficial das amostras, profundidade dos poros e área superficial total). Os resultados indicaram que o tempo de anodização afeta significativamente as características finais do poro, provocando uma mudança em sua morfologia superficial em função do tempo de anodização. Amostras submetidas a elevados tempos de anodização apresentaram um ataque mais efetivo, apresentando poros mais homogêneos, com maior profundidade e em maior número. De maneira semelhante, a densidade de corrente também afetou de forma acentuada as características do PS, podendo-se observar uma elevada rugosidade média e poros de menor dimensão em função do aumento da densidade de corrente.
ÁreaFISMAT
Arranjo 1urlib.net > BDMCI > Fonds > Produção anterior à 2021 > LABAS > Características ópticas e...
Arranjo 2Projeto Memória 60... > COEPE > PIBIC/PIBIT > Características ópticas e...
Arranjo 3PIBIC > PIBIC/PIBIT > Características ópticas e...
Conteúdo da Pasta docacessar
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 30/08/2013 15:30 1.0 KiB 
4. Condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/ibi/8JMKD3MGP7W/3ENP5KL
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3ENP5KL
Idiomapt
Arquivo AlvoSilva_caracteristicas.pdf
Grupo de Usuáriosmarcelo.pazos@inpe.br
simone
Grupo de Leitoresadministrator
simone
Visibilidadeshown
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Atualizaçãonão transferida
5. Fontes relacionadas
Repositório Espelhoiconet.com.br/banon/2006/11.26.21.31
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3ESR3H2
8JMKD3MGPDW34P/478H8RC
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
6. Notas
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Campos Vaziosarchivingpolicy archivist callnumber contenttype copyright creatorhistory descriptionlevel dissemination doi edition editor format isbn issn lineage mark nextedition numberofvolumes orcid organization pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project readpermission rightsholder secondarydate secondarykey secondarymark serieseditor session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype type url versiontype volume
7. Controle da descrição
e-Mail (login)simone
atualizar 

1. Identificação
Tipo de ReferênciaArtigo em Evento (Conference Proceedings)
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3EQGUAM
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2013/09.10.16.03.46
Última Atualização2013:09.10.17.04.48 (UTC) simone
Repositório de Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2013/09.10.16.03.47
Última Atualização dos Metadados2022:07.08.21.12.56 (UTC) administrator
Chave de CitaçãoFerreiraVile:2013:EsMoSi
TítuloEstudo e montagem de um sistema de controle de temperatura para caracterização de células solares
Ano2013
Data de Acesso27 jan. 2023
Tipo SecundárioPRE CN
Número de Arquivos1
Tamanho844 KiB
2. Contextualização
Autor1 Ferreira, Peterson Augusto
2 Vilela, Waldeir Amaral
Identificador de Curriculo1
2 8JMKD3MGP5W/3C9JJBP
Grupo1
2 LAS-CTE-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1 Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Endereço de e-Mail do Autor1 peterson.augusto@unifesp.br
2 waldeir@las.inpe.br
Endereço de e-Mailmarcelo.pazos@inpe.br
Nome do EventoSeminário de Iniciação Científica do INPE (SICINPE).
Localização do EventoSão José dos Campos
Data30 e 31 de julho de 2013
Editora (Publisher)INPE
Cidade da EditoraSão José dos Campos
Título do LivroAnais
Histórico (UTC)2013-09-10 16:03:47 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator ::
2020-04-29 12:37:28 :: administrator -> simone :: 2013
2020-04-29 12:59:39 :: simone -> administrator :: 2013
2022-07-08 21:12:56 :: administrator -> simone :: 2013
3. Conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chavecontrole de temperatura
caracterização elétrica
células solares fotovoltaicas
ResumoPara caracterização elétrica de células solares fotovoltaicas um dos principais métodos é a medida da curva de corrente por tensão (curva I x V). Através da curva I x V é possível obter vários parâmetros da uma célula, entre elas a sua eficiência. Existem normas que estabelecem as condições necessárias para obtenção desta curva. As normas IEC60904-1 e IEC60904-2 estabelecem critérios de medida da característica I x V, assim como requisitos para dispositivos solares de referência. Para testes de qualificação e aceitação de células solares de aplicação espacial, o dispositivo padrão e o de teste, segundo as normas, devem estar em 25°C ± 1°C, sendo que o padrão de referência deve ser um dispositivo calibrado com certificação, rastreabilidade e natureza similar ao que está sendo medido. A curva I x V de um dispositivo fotovoltaico apresenta uma forte dependência com a temperatura, por isso a temperatura é um parâmetro que precisa ser controlado e monitorado durante a obtenção desta curva devido às exigências das normas. A obtenção de curvas para diferentes temperaturas também é de grande interesse nos processos de pesquisa e desenvolvimento destes dispositivos, pois permite análises de eficiência, degradação e comportamentos em situações de operação onde a temperatura não é controlada. O sistema de caracterização elétrica de células solares do Laboratório de Energia Solar do LAS/INPE (Laboratório Associados de Sensores e Materiais) consiste basicamente em um simulador solar da marca Oriel Instruments, modelo 81190, dois multímetros para medir corrente (I) e tensão (V), uma fonte de tensão controlada que simula uma carga dinâmica, uma base para fixação e controle da temperatura das células em teste e referência e um sistema de aquisição de dados constituído por um microcomputador e uma placa GPIB. O controle de temperatura das células em teste no sistema de medida I x V do LAS é obtido por um sistema convencional que consiste na circulação forçada de água na base de fixação das células. Este sistema embora apresente boa estabilidade para uma determinada temperatura de teste ele não permite mudanças de temperatura de forma rápida e precisa, tornando o processo de caracterização dispendioso quando se deseja obter diversas curvas em diferentes temperaturas. Como o sistema utiliza água para controle da temperatura, a menor temperatura possível é próxima de zero grau não sendo possíveis temperaturas menores que a do ponto de congelamento da água e nem maiores que o seu ponto de ebulição. Atualmente encontra-se em faze de desenvolvimento no LAS um sistema para controle de temperatura das células em teste que utiliza pastilhas Peltier. Este novo sistema apresenta uma série de características que o torna mais vantajoso em relação ao sistema convencional. Com ele será possível um controle mais preciso da temperatura das células durante as medidas atendendo as exigências das normas e também será possível obter curvas I x V para diversas temperaturas com mais facilidades, inclusive para temperatura abaixo de zero grau Celsius. Neste trabalho serão apresentados alguns dos resultados obtidos no desenvolvimento deste sistema.
ÁreaFISMAT
Arranjo 1urlib.net > BDMCI > Fonds > Produção anterior à 2021 > LABAS > Estudo e montagem...
Arranjo 2Estudo e montagem...
Conteúdo da Pasta docacessar
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 10/09/2013 13:03 1.0 KiB 
4. Condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/ibi/8JMKD3MGP7W/3EQGUAM
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3EQGUAM
Idiomapt
Arquivo AlvoPeterson Augusto.pdf
Grupo de Usuáriosmarcelo.pazos@inpe.br
Grupo de Leitoresadministrator
marcelo.pazos@inpe.br
simone
Visibilidadeshown
Permissão de Atualizaçãonão transferida
5. Fontes relacionadas
Repositório Espelhoiconet.com.br/banon/2006/11.26.21.31
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3ESR3H2
8JMKD3MGPDW34P/478H8RC
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
6. Notas
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Campos Vaziosarchivingpolicy archivist callnumber contenttype copyholder copyright creatorhistory descriptionlevel dissemination doi edition editor format isbn issn label lineage mark nextedition numberofvolumes orcid organization pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project readpermission rightsholder secondarydate secondarykey secondarymark serieseditor session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype type url versiontype volume
7. Controle da descrição
e-Mail (login)simone
atualizar 

1. Identificação
Tipo de ReferênciaArtigo em Evento (Conference Proceedings)
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3EPT37S
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2013/09.06.19.29.57
Última Atualização2020:08.18.20.12.11 (UTC) simone
Repositório de Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2013/09.06.19.29.58
Última Atualização dos Metadados2022:07.08.21.12.52 (UTC) administrator
Chave de CitaçãoToledoFerr:2013:CrFiDo
TítuloCrescimento de filmes dopados com boro aplicados ao reator para tratamento de água via processo oxidativo avançado (POA)
Ano2013
Data de Acesso27 jan. 2023
Tipo SecundárioPRE CN
Número de Arquivos1
Tamanho851 KiB
2. Contextualização
Autor1 Toledo, William Diniz de
2 Ferreira, Neidenêi Gomes
Identificador de Curriculo1
2 8JMKD3MGP5W/3C9JHU3
Grupo1
2 LAS-CTE-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1 Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Endereço de e-Mail do Autor1 william.diniz@unifesp.br
2 neidenei@las.inpe.br
Endereço de e-Mailmarcelo.pazos@inpe.br
Nome do EventoSeminário de Iniciação Científica do INPE (SICINPE).
Localização do EventoSão José dos Campos
Data30 e 31 de julho de 2013
Editora (Publisher)INPE
Cidade da EditoraSão José dos Campos
Título do LivroAnais
Histórico (UTC)2013-09-06 19:29:58 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator ::
2020-04-29 12:37:28 :: administrator -> simone :: 2013
2020-08-18 20:12:12 :: simone -> administrator :: 2013
2022-07-08 21:12:52 :: administrator -> simone :: 2013
3. Conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chavefilmes de diamante
boro
tratamento de água
processo oxidativo avançado (POA)
ResumoEste trabalho, iniciado em agosto de 2012 tem como objetivo obter filmes de diamante dopado por boro (Ti/DDB) como eletrodos de alto desempenho e realização das características morfológicas, estruturais e de superficie dos mesmos. Posteriormente os eletrodos obtidos podem ser utilizados em um reator eletroquímico para tratamento de água via processo oxidativo avançado (POA). Os filmes foram crescidos sobre substrato de titânio (Ti) pelo método de deposição química a vapor ativado por filamento quente de tungstênio numa condição de baixa pressão e alta temperatura. O substrato de Ti foi submetido a um pré-tratamento de superfície para aumento de sua rugosidade através do jateamento com esferas de vidro seguido de sua limpeza para a retirada de gorduras e qualquer outra impureza e a deposição de diamante microparticulado através de um processo conhecido como semeadura. As condições de crescimento dos filmes de diamante dentro do reator consistiram na mistura gasosa de metano e hidrogênio em uma condição de não equilíbrio termodinâmico mantendo-se a concentração de 1,5 % de metano (CH4) e 98,5% de hidrogênio (H2), onde o boro era adicionado ao sistema através do arraste com hidrogênio da solução de trioxido de boro (B2O3) diluído em metanol (CH3OH) no caso das dopagens referentes aos filmes de 30000 ppm e da solução de trimetilborato (CH3O)3B diluída em metanol (CH3OH) na dopagem referente aos filmes de 20000 ppm. Os filmes de diamante dopados foram caracterizados e analisados através da Espectroscopia Raman, Difração de Raios X e Microscopia Eletrônica de Varredura. Ainda nesta etapa do presente trabalho foi feita a montagem do reator eletroquímico consistindo desde sua estrutura, válvulas de controle de fluxo, tubulação, sistema de refrigeração, bomba para o fluxo do eletrólito e fonte de alimentação para posterior realização de testes de seu funcionamento.
ÁreaFISMAT
Arranjo 1urlib.net > BDMCI > Fonds > Produção anterior à 2021 > LABAS > Crescimento de filmes...
Arranjo 2urlib.net > BDMCI > Fonds > Produção a partir de 2021 > COEPE > PIBIC/PIBIT > Crescimento de filmes...
Arranjo 3Acervo PIBIC/PIBITI > PIBIC/PIBIT > Crescimento de filmes...
Conteúdo da Pasta docacessar
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 06/09/2013 16:29 1.0 KiB 
4. Condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/ibi/8JMKD3MGP7W/3EPT37S
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3EPT37S
Idiomapt
Arquivo AlvoToledo_crescimento.pdf
Grupo de Usuáriosmarcelo.pazos@inpe.br
Grupo de Leitoresadministrator
marcelo.pazos@inpe.br
simone
Visibilidadeshown
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Atualizaçãonão transferida
5. Fontes relacionadas
Repositório Espelhoiconet.com.br/banon/2006/11.26.21.31
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3ESR3H2
8JMKD3MGPDW34P/478H8RC
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
6. Notas
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Campos Vaziosarchivingpolicy archivist callnumber contenttype copyright creatorhistory descriptionlevel dissemination doi edition editor format isbn issn label lineage mark nextedition numberofvolumes orcid organization pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project readpermission rightsholder secondarydate secondarykey secondarymark serieseditor session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype type url versiontype volume
7. Controle da descrição
e-Mail (login)simone
atualizar 

1. Identificação
Tipo de ReferênciaArtigo em Evento (Conference Proceedings)
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3EPJ29B
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2013/09.04.18.06
Última Atualização2020:08.18.19.01.33 (UTC) simone
Repositório de Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2013/09.04.18.06.19
Última Atualização dos Metadados2022:07.08.21.12.38 (UTC) administrator
Chave de CitaçãoBarbosaCoraLobo:2013:EsPaTe
TítuloEstudo de parâmetros termodinâmicos na eletrodeposição de hidroxiapatita em nanotubos de carbono verticalmente alinhados / Direct hydroxyapatite electrodeposition on superhydrophilic vertically aligned carbon nanotube films
Ano2013
Data de Acesso27 jan. 2023
Tipo SecundárioPRE CN
Número de Arquivos1
Tamanho932 KiB
2. Contextualização
Autor1 Barbosa, Michelle Chizzolini
2 Corat, Evaldo José
3 Lobo, Anderson de Oliveira
Identificador de Curriculo1
2 8JMKD3MGP5W/3C9JH33
Grupo1
2 LAS-CTE-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
3 Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP)
Endereço de e-Mail do Autor1 michellechizzolini@bol.com.br
2 corat@las.inpe.br
3 aolobo@univap.br
Endereço de e-Mailmarcelo.pazos@inpe.br
Nome do EventoSeminário de Iniciação Científica do INPE (SICINPE).
Localização do EventoSão José dos Campos
Data30 e 31 de julho de 2013
Editora (Publisher)INPE
Cidade da EditoraSão José dos Campos
Título do LivroAnais
Histórico (UTC)2013-09-04 18:06:19 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator ::
2020-04-29 12:37:27 :: administrator -> simone :: 2013
2020-08-18 19:01:40 :: simone -> administrator :: 2013
2022-07-08 21:12:38 :: administrator -> simone :: 2013
3. Conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chaveparâmetros termodinâmicos
eletrodeposição
nanotubos de carbono
ResumoNa medicina regenerativa, nanotubos de carbono verticalmente alinhados (VACNT), são de grande interesse. Moldes induzidos a base de nanohidroxiapatita (HAp) também são de grande interesse na medicina ósseo-regenerativa. Assim uma combinação de ambas torna-se muito atraente para aplicações de regeneração óssea. Os filmes de VACNTs foram produzidos utilizando um reator de plasma de microondas a 2.45GHz sobre substratos de Ti (10x10x1mm). Obteve-se a superhidrofilicidade dos VACNTs através da funcionalização utilizando plasma de O2 com um reator de plasma DC-Pulsado, tornando-os superhidrofílicos (VACNT-O2). A produção de nanocompósitos de HAp/VACNT-O2 foi realizada por eletrodeposição de cristais de HAp sobre os filmes de VACNT-O2. Os resultados mostram que um grupo funcional carboxílico ligado ao VACNT-O2 após a funcionalização a plasma foram essenciais para a aceleração da formação de OH- e consequente deposição dos cristais de HAp. O efeito da temperatura foi essencial para acelerar o processo de produção da HA sobre os VACNT-O2 com homogeneidade e cristalinidade. Tais resultados apresentaram-se como atrativos visando a aplicabilidade dos nanocompósitos de HAp/VACNT-O2 para a regeneração óssea. ABSTRACT: Vertically aligned multiwalled carbonnanotubes (VACNT) is of particular interest in regenerative medicine. Template-induced nanohydroxyapatite (HAp) has broad prospects in applied fields of bone regenerative medicine. Thus, it becomes very attractive a combination these two excellent materials to bone tissue engineering applications. VACNT films were produced as a thin film, using a microwave plasma chamberat 2.45GHz on Ti substrates (10mmx10mmx1mm). Superhydrophilic VACNT (VACNT-O2) films were obtained by thein corporation of oxygen-containing groups using a pulsed-direct current plasma reactor with pure oxygen. The fabrication of HAp/VACNT-O2 nanocomposites was performed with a direct electrodeposition of thethin HAp films on the VACNT-O2 films. Results shows that the carboxylic functional groups directly attached on VACNT-O2 tips after oxygen plasma treat ment were essential for the acceleration of the OH- formation and the deposition of plate-like HAp crystals. The temperature effect was essential to accelerate the production process of the HAp crystals on VACNT-O2with homogeneity and cristallinity. These findings were very attractive for application of these new HAp/VACNT-O2 nanocomposites to bone tissue regeneration.
ÁreaFISMAT
Arranjo 1urlib.net > BDMCI > Fonds > Produção anterior à 2021 > LABAS > Estudo de parâmetros...
Arranjo 2urlib.net > BDMCI > Fonds > Produção a partir de 2021 > COEPE > PIBIC/PIBIT > Estudo de parâmetros...
Arranjo 3Acervo PIBIC/PIBITI > PIBIC/PIBIT > Estudo de parâmetros...
Conteúdo da Pasta docacessar
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 04/09/2013 15:06 1.0 KiB 
4. Condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/ibi/8JMKD3MGP7W/3EPJ29B
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3EPJ29B
Idiomapt
Arquivo AlvoBarbosa_estudo.pdf
Grupo de Usuáriosmarcelo.pazos@inpe.br
Grupo de Leitoresadministrator
marcelo.pazos@inpe.br
simone
Visibilidadeshown
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Atualizaçãonão transferida
5. Fontes relacionadas
Repositório Espelhoiconet.com.br/banon/2006/11.26.21.31
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3ESR3H2
8JMKD3MGPDW34P/478H8RC
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
6. Notas
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Campos Vaziosarchivingpolicy archivist callnumber contenttype copyright creatorhistory descriptionlevel dissemination doi edition editor format isbn issn label lineage mark nextedition numberofvolumes orcid organization pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project readpermission rightsholder secondarydate secondarykey secondarymark serieseditor session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype type url versiontype volume
7. Controle da descrição
e-Mail (login)simone
atualizar 

1. Identificação
Tipo de ReferênciaArtigo em Evento (Conference Proceedings)
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3EPHJH5
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2013/09.04.15.55.51
Última Atualização2020:08.18.19.55.52 (UTC) simone
Repositório de Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2013/09.04.15.55.52
Última Atualização dos Metadados2022:07.08.21.12.26 (UTC) administrator
Chave de CitaçãoPianassolaCoraAntu:2013:DeEsCo
TítuloDesenvolvimento de estruturas compósitas a base de epóxi e fibra de carbono com deposição de nanotubos de carbono
Ano2013
Data de Acesso27 jan. 2023
Tipo SecundárioPRE CN
Número de Arquivos1
Tamanho1046 KiB
2. Contextualização
Autor1 Pianassola, Matheus
2 Corat, Evaldo José
3 Antunes, Erica Freire
Identificador de Curriculo1
2 8JMKD3MGP5W/3C9JH33
Grupo1
2 LAS-CTE-INPE-MCTI-GOV-BR
3 LAS-CTE-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1 Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
3 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Endereço de e-Mail do Autor1 matheus.pianassola@unifesp.br
2 corat@las.inpe.br
3 ericafa2009@hotmail.com
Endereço de e-Mailmarcelo.pazos@inpe.br
Nome do EventoSeminário de Iniciação Científica do INPE (SICINPE).
Localização do EventoSão José dos Campos
Data30 e 31 de julho de 2013
Editora (Publisher)INPE
Cidade da EditoraSão José dos Campos
Título do LivroAnais
Histórico (UTC)2013-09-04 15:55:52 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator ::
2020-04-29 12:37:27 :: administrator -> simone :: 2013
2020-08-18 19:55:53 :: simone -> administrator :: 2013
2022-07-08 21:12:26 :: administrator -> simone :: 2013
3. Conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chaveestruturas compósitas
epóxi
fibra de carbono
nanotubos de carbono
ResumoEste documento relata sobre um procedimento para a obtenção de nanopartículas de óxido de zinco por eletrodeposição utilizando uma solução aquosa de nitrato de zinco. O eletrodo de trabalho era feito de filmes de nanotubos de carbono funcionalizados a plasma de oxigênio, verticalmente alinhados crescidos em Ti num reator de plasma de microondas. A morfologia e a estrutura cristalina do material foram avaliadas por microscopia eletrônica de varredura e por difração de raios-X, respectivamente. As amostras apresentaram difratogramas contendo picos relacionados tanto com o óxido de zinco e de hidroxinitrato de zinco. A fase de hidroxinitrato de zinco foi transformada em óxido de zinco apenas por tratamento térmico a temperaturas ligeiramente maior que 200oC. As diferenças na morfologia das nanopartículas (nanofolhas ou esferulitas) foram observadas variando o potencial de eletrodeposição ou usando (ou não) de agitação magnética. ABSTRACT: This document reports about a procedure for obtaining Zinc Oxide nanoparticles by electrodeposition using an aqueous solution of zinc nitrate . The work electrode was made of oxygen-functionalized vertically-aligned carbon nanotubes films grown on Ti in a microwave plasma reactor. The morphology and the crystalline structure of electrodeposited material were evaluated by scanning electron microscopy and X-ray diffraction, respectively. Thesamples presented difratograms containing peaks related both to zinc oxide and hidrated zinc hydroxinitrate, The hydrated zinc hydroxinitrate phase was transformed in zinc oxide only by thermal annealing at temperatures slightly higher than 200oC. Differences on the nanoparticles morphology (sferulites or nanosheets) were observed varying the electrodeposition potencial or by using (or not) of magnetic stirring.
ÁreaFISMAT
Arranjo 1urlib.net > BDMCI > Fonds > Produção anterior à 2021 > LABAS > Desenvolvimento de estruturas...
Arranjo 2urlib.net > BDMCI > Fonds > Produção a partir de 2021 > COEPE > PIBIC/PIBIT > Desenvolvimento de estruturas...
Arranjo 3Acervo PIBIC/PIBITI > PIBIC/PIBIT > Desenvolvimento de estruturas...
Conteúdo da Pasta docacessar
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 04/09/2013 12:55 1.0 KiB 
4. Condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/ibi/8JMKD3MGP7W/3EPHJH5
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3EPHJH5
Idiomapt
Arquivo AlvoPianassola_desenvolvimento.pdf
Grupo de Usuáriosmarcelo.pazos@inpe.br
Grupo de Leitoresadministrator
marcelo.pazos@inpe.br
simone
Visibilidadeshown
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Atualizaçãonão transferida
5. Fontes relacionadas
Repositório Espelhoiconet.com.br/banon/2006/11.26.21.31
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3ESR3H2
8JMKD3MGPDW34P/478H8RC
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
6. Notas
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Campos Vaziosarchivingpolicy archivist callnumber contenttype copyright creatorhistory descriptionlevel dissemination doi edition editor format isbn issn label lineage mark nextedition numberofvolumes orcid organization pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project readpermission rightsholder secondarydate secondarykey secondarymark serieseditor session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype type url versiontype volume
7. Controle da descrição
e-Mail (login)simone
atualizar 

1. Identificação
Tipo de ReferênciaArtigo em Evento (Conference Proceedings)
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3EPGUE5
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2013/09.04.12.27.57
Última Atualização2020:08.18.19.59.43 (UTC) simone
Repositório de Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2013/09.04.12.27.58
Última Atualização dos Metadados2022:07.08.21.12.23 (UTC) administrator
Chave de CitaçãoRibeiroBern:2013:DeSiMe
TítuloDesenvolvimento de um sistema para medidas de refletância
Ano2013
Data de Acesso27 jan. 2023
Tipo SecundárioPRE CN
Número de Arquivos2
Tamanho1404 KiB
2. Contextualização
Autor1 Ribeiro, Mário Salgado
2 Berni, Luiz Angelo
Identificador de Curriculo1
2 8JMKD3MGP5W/3C9JHMN
Grupo1
2 LAS-CTE-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1 Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Endereço de e-Mail do Autor1 mario.ribeiro@unifesp.br
2 berni@las.inpe.br
Endereço de e-Mailmarcelo.pazos@inpe.br
Nome do EventoSeminário de Iniciação Científica do INPE (SICINPE).
Localização do EventoSão José dos Campos
Data30 e 31 de julho de 2013
Editora (Publisher)INPE
Cidade da EditoraSão José dos Campos
Título do LivroAnais
Histórico (UTC)2013-09-04 12:27:58 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator ::
2020-04-29 12:37:27 :: administrator -> simone :: 2013
2020-08-18 19:59:45 :: simone -> administrator :: 2013
2022-07-08 21:12:23 :: administrator -> simone :: 2013
3. Conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chaverefletância
Bidirectional Reflectance Distribution Function (BRDF)
luz
ResumoO objetivo deste trabalho é montar um sistema para medição de refletância de materiais a fim de construir uma biblioteca de dados, onde através destas medidas será possível calcular a BRDF (Bidirectional Reflectance Distribution Function), função que descreve as características direcionais da luz sobre uma superfície. Os dados gerados por este tipo de sistema poderão ser utilizados para obter informações sobre a rugosidade de uma superfície, calcular o índice de refração e extinção de um material, em modelos de iluminação e em análise de luz espúria em sistemas óticos. A parte mecânica é formada por dois braços conectados a motores de passo de 18 Kgf.cm com resolução de 0,4o obtidos através de drives próprios. O primeiro braço possui uma fonte de luz dicróica de 50 W, o segundo braço possui lente, espelho e uma fibra ótica que transporta a luz espalhada até um sensor com filtros de interferência acoplados a um amplificador do tipo lock-in. Os sinais são transferidos para um sistema de aquisição analógica-digital e enviados para um computador para armazenar e analisar os dados. O sistema atualmente esta integrado e um programa desenvolvido em linguagem C permite controlar os motores e fazer a aquisição dos dados. Inicialmente o sistema foi caracterizado para determinar o espectro da fonte de radiação, área iluminada e desvios em relação ao centro de medida. Em seguida foram realizadas algumas medidas em amostras de grafite, alumínio anodizado, alumínio e Spectralon como padrão de refletância. Também se espera fazer medidas em célula de silício nacional, importada, tripla junção e materiais comuns. Na segunda etapa do projeto, será implementado o eixo azimutal para medidas em 3D.
ÁreaFISMAT
Arranjo 1urlib.net > BDMCI > Fonds > Produção anterior à 2021 > LABAS > Desenvolvimento de um...
Arranjo 2urlib.net > BDMCI > Fonds > Produção a partir de 2021 > COEPE > PIBIC/PIBIT > Desenvolvimento de um...
Arranjo 3Acervo PIBIC/PIBITI > PIBIC/PIBIT > Desenvolvimento de um...
Conteúdo da Pasta docacessar
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 04/09/2013 09:27 1.0 KiB 
4. Condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/ibi/8JMKD3MGP7W/3EPGUE5
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3EPGUE5
Idiomapt
Arquivo AlvoRelatório Final.pdf
Grupo de Usuáriosmarcelo.pazos@inpe.br
Grupo de Leitoresadministrator
marcelo.pazos@inpe.br
simone
Visibilidadeshown
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Atualizaçãonão transferida
5. Fontes relacionadas
Repositório Espelhoiconet.com.br/banon/2006/11.26.21.31
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3ESR3H2
8JMKD3MGPDW34P/478H8RC
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
6. Notas
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Campos Vaziosarchivingpolicy archivist callnumber contenttype copyright creatorhistory descriptionlevel dissemination doi edition editor format isbn issn label lineage mark nextedition numberofvolumes orcid organization pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project readpermission rightsholder secondarydate secondarykey secondarymark serieseditor session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype type url versiontype volume
7. Controle da descrição
e-Mail (login)simone
atualizar 

1. Identificação
Tipo de ReferênciaArtigo em Evento (Conference Proceedings)
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP7W/3EPDA52
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m19/2013/09.03.16.21
Última Atualização2020:08.18.19.06.16 (UTC) simone
Repositório de Metadadossid.inpe.br/mtc-m19/2013/09.03.16.21.01
Última Atualização dos Metadados2022:07.08.21.12.15 (UTC) administrator
Chave de CitaçãoBonifácioMine:2013:EsInPa
TítuloEstudo da influência dos parâmetros de sinterização na microestrutura e nas propriedades mecânicas de cerâmicas especiais para uso em controle térmico de satélites
Ano2013
Data de Acesso27 jan. 2023
Tipo SecundárioPRE CN
Número de Arquivos1
Tamanho1085 KiB
2. Contextualização
Autor1 Bonifácio, Jonathan Ribeiro
2 Mineiro, Sergio Luiz
Grupo1
2 LAS-CTE-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1 ETEP Faculdades
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Endereço de e-Mail do Autor1 jonathan.boni@yahoo.com.br
2 sergiolm@las.inpe.br
Endereço de e-Mailmarcelo.pazos@inpe.br
Nome do EventoSeminário de Iniciação Científica do INPE (SICINPE).
Localização do EventoSão José dos Campos
Data30 e 31 de julho de 2013
Editora (Publisher)INPE
Cidade da EditoraSão José dos Campos
Título do LivroAnais
Histórico (UTC)2013-09-03 16:21:01 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator ::
2020-04-29 12:37:26 :: administrator -> simone :: 2013
2020-08-18 19:06:18 :: simone -> administrator :: 2013
2022-07-08 21:12:15 :: administrator -> simone :: 2013
3. Conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chaveparâmetros de sinterização
microestrutura
cerâmicas especiais
ResumoO interesse e a necessidade de novas tecnologias para a área espacial no INPE requerem a pesquisa e o desenvolvimento de materiais inovadores, pois é de suma importância acompanhar os estudos mundialmente discutidos. Particularmente os materiais cerâmicos possuem propriedades relevantes e importantes para aplicação em projetos na área espacial, como alta dureza, condutividade elétrica, estabilidade química, boa resistência mecânica, resistência à corrosão, entre outras importantes características. Este projeto tem como objetivo produzir cerâmicas avançadas de manganita de lantânio (LaMnO3) dopadas com óxidos de cálcio (LCMO) ou estrôncio (LSMO), com a finalidade de produzir um material com propriedade e estrutura capaz de suportar a aplicação em dispositivos de controle térmico de satélites, pois este material apresenta a propriedade de emitância variável com a temperatura, o que possibilita a sua utilização em dispositivos inteligentes de radiação. Na preparação dos pós cerâmicos foram utilizadas matérias-primas comerciais, como o óxido lantânio (La2O3), óxido de manganês (MnO2), o carbonato de estrôncio (SrCO3) e o carbonato de cálcio (CaCO3), para as sínteses dos compostos químicos. O processo de mistura foi feito em moinho utilizando jarro e esferas de alumina. Neste trabalho será apresentado o estudo feito com os pós LCMO e LSMO, no qual os mesmos foram submetidos a repetidos ciclos de moagem e tratamento térmico com o objetivo da obtenção de uma melhor homogeneização e de uma maior formação de fase cristalina perovsquita, característica fundamental para a utilização como cerâmica com emissividade variável. Também será apresentado o estudo das características das cerâmicas sinterizadas em 1300 ºC e 1400 ºC, correlacionando a temperatura de sinterização com a retração e a densificação dos corpos de prova, bem como a correlação entre temperatura de sinterização com a composição de fases cristalinas das cerâmicas LCMO e LSMO, determinadas por análise de difração de raios X (DRX) e sua microestrutura final, obtida por microscopia eletrônica de varredura (MEV).
ÁreaFISMAT
Arranjo 1urlib.net > BDMCI > Fonds > Produção anterior à 2021 > LABAS > Estudo da influência...
Arranjo 2urlib.net > BDMCI > Fonds > Produção a partir de 2021 > COEPE > PIBIC/PIBIT > Estudo da influência...
Arranjo 3Acervo PIBIC/PIBITI > PIBIC/PIBIT > Estudo da influência...
Conteúdo da Pasta docacessar
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 03/09/2013 13:21 1.0 KiB 
4. Condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/ibi/8JMKD3MGP7W/3EPDA52
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/8JMKD3MGP7W/3EPDA52
Idiomapt
Arquivo AlvoBonifacio_estudo.pdf
Grupo de Usuáriosmarcelo.pazos@inpe.br
Grupo de Leitoresadministrator
marcelo.pazos@inpe.br
simone
Visibilidadeshown
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Atualizaçãonão transferida
5. Fontes relacionadas
Repositório Espelhoiconet.com.br/banon/2006/11.26.21.31
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3ESR3H2
8JMKD3MGPDW34P/478H8RC
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
6. Notas
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Campos Vaziosarchivingpolicy archivist callnumber contenttype copyright creatorhistory descriptionlevel dissemination doi edition editor format isbn issn label lineage mark nextedition numberofvolumes orcid organization pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project readpermission resumeid rightsholder secondarydate secondarykey secondarymark serieseditor session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype type url versiontype volume
7. Controle da descrição
e-Mail (login)simone
atualizar