Resultado da Pesquisa
A expressão de busca foi <size * and firstgroup, *CST-INPE-MCTI-GOV-BR and {{year, 2015 and {referencetype, Journal or referencetype, Book or secondaryty MAN or secondarytype, NTC or secondarytype, PUD or {referencetype, Report and not secondarytype, TAE} or {referencetype, Conference and not booktitle, Resumos and not booktitle, Abstracts}}}} or {date, 2015 and referencetype, Thesis and {course CST-CST-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR}}>.
102 referências foram encontradas buscando em 14 dentre 15 sites.
As 10 mais recentes estão listadas abaixo.
Eventualmente nem todas as referências esperadas puderam ser exibidas porque o acesso a pelo menos um site falhou.
Data e hora local de busca: 23/11/2020 22:56.

Área de identificação
Tipo da ReferênciaJournal Article
Siteplutao.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP3W/3HG7ELT
Repositóriosid.inpe.br/plutao/2014/12.01.12.32.22   (acesso restrito)
Última Atualização2015:01.13.16.04.32 simone
Metadadossid.inpe.br/plutao/2014/12.01.12.32.23
Última Atualização dos Metadados2020:09.08.22.44.30 simone
DOI10.1016/j.epsr.2014.06.002
ISSN0378-7796
1873-2046
Rótulolattes: 5746446930759722 2 SabaSchWarHelOrv:2014:HiViEl
Chave de CitaçãoSabaSchWarHelOrv:2015:HiViEl
TítuloHigh-speed video and electric field observation of a negative upward leader connecting a downward positive leader in a positive cloud-to-ground flash
Ano2015
Data de Acesso23 nov. 2020
Número de Arquivos1
Tamanho563 KiB
Área de contextualização
Autor1 Saba, Marcelo Magalhães Fares
2 Schumann, Carina
3 Warner, Tom A.
4 Helsdon, John H.
5 Orville, Richard E.
Identificador de Curriculo1 8JMKD3MGP5W/3C9JHP6
Grupo1 CST-CST-INPE-MCTI-GOV-BR
2 GESATM-CEA-SPG-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
3 South Dakota School of Mines and Technology
4 South Dakota School of Mines and Technology
5 Texas A&M University
Endereço de e-Mail do Autor1 marcelo.saba@inpe.br
2 schumann@dge.inpe.br
Endereço de e-Mailmarcelo.pazos@inpe.br
RevistaElectric Power Systems Research
Volume118
Nota SecundáriaA1_ENGENHARIAS_IV A2_INTERDISCIPLINAR A2_ENGENHARIAS_III B1_MATEMÁTICA_/_PROBABILIDADE_E_ESTATÍSTICA B2_CIÊNCIA_DA_COMPUTAÇÃO
Histórico2014-12-01 13:22:21 :: lattes -> administrator :: 2014
2015-01-13 16:04:33 :: administrator -> marcelo.pazos@sid.inpe.br :: 2014
2015-01-14 15:45:34 :: marcelo.pazos@sid.inpe.br -> administrator :: 2014 -> 2015
2018-06-04 23:25:35 :: administrator -> simone :: 2015
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Documentoconcluido
Estágio do Documentonot transferred
Transferível1
Tipo do ConteudoExternal Contribution
Tipo SecundárioPRE PI
Tipo de Versãopublisher
Páginas89-92
Palavras-ChavePositive lightning, positive leader, stepped leader, high-speed video, electric field, connect leader.
ResumoIt has been discussed in past papers if a positive leader propagates in a stepped fashion or not. Some studies state that, in some positive cloud-to-ground flashes, the electric field pulses observed just before the connection of the positive leader to ground could be a manifestation of the stepping of the leader. Some authors say, however, that it may be due to the stepping of the negative upward connecting leader during its ascension toward the downward positive leader. In this work we present a well-documented case of a positive cloud-to-ground flash that shows that the pulses observed in the electric field preceding the return stroke are due solely to the upward propagation of a negative connecting leader. This flash was recorded simultaneously by a fast electric field sensor and a high-speed camera in July 2012 in the Black Hills area of South Dakota.
AreaCST
Tipo de Trabalhojournal article
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreementnão têm arquivos
Área de condições de acesso e uso
Idiomaen
Arquivo AlvoHigh speed.pdf
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriosadministrator
lattes
marcelo.pazos@inpe.br
self-uploading-INPE-MCTI-GOV-BR
Grupo de Leitoresadministrator
marcelo.pazos@inpe.br
simone
Visibilidadeshown
Permissão de Leituradeny from all and allow from 150.163
Área de fontes relacionadas
Vinculação8JMKD3MGP7W/3BPDNCS
Repositório Espelhourlib.net/www/2011/03.29.20.55
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F2PG65
8JMKD3MGPCW/3F3T29H
URL (dados não confiáveis)http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0378779614002119
DivulgaçãoWEBSCI; PORTALCAPES; COMPENDEX; SCOPUS.
Acervo Hospedeirodpi.inpe.br/plutao@80/2008/08.19.15.01
Área de notas
Campos Vaziosalternatejournal archivingpolicy archivist callnumber copyholder copyright creatorhistory descriptionlevel format isbn lineage mark month nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project rightsholder secondarydate secondarykey session shorttitle sponsor subject tertiarytype
Área de controle da descrição
atualizar 
similares 
Área de identificação
Tipo da ReferênciaConference Proceedings
Sitemtc-m21c.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP3W34R/4343E3H
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21c/2020/08.15.18.34
Última Atualização2020:08.15.18.34.14 simone
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21c/2020/08.15.18.34.14
Última Atualização dos Metadados2020:08.15.18.34.14 simone
Chave SecundáriaINPE--PRE/
Rótuloself-archiving-INPE-MCTIC-GOV-BR
Chave de CitaçãoSantosSiquRodr:2015:VaClCa
TítuloVariabilidade climática dos campos de umidade do solo na América do Sul
Ano2015
Data de Acesso23 nov. 2020
Número de Arquivos1
Tamanho182 KiB
Área de contextualização
Autor1 Santos, Renata Auxiliadora dos
2 Siqueira Júnior, José Lázaro de
3 Rodriguez, Daniel Andrés
Grupo1
2
3 CST-CST-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1
2
3 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Nome do EventoSeminário de Iniciação Científica do INPE (SICINPE)
Localização do EventoSão José dos Campos, SP
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Documentoconcluido
Estágio do Documentonot transferred
Transferível1
Tipo do ConteudoExternal Contribution
Tipo SecundárioPRE CN
Tipo de Versãopublisher
ResumoO Modelo Simples de Água no Solo (MSAS) foi desenvolvido no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE, com o intuito de determinar o campo de umidade do solo para todo o Brasil. O mesmo utiliza as informações disponíveis de precipitação e de evapotranspiração potencial (ETP), calculadas a partir de variáveis meteorológicas, e uma classificação e parametrização do solo desenvolvida com base em informações de perfis de solos sobre toda a América do Sul. Nesse contexto, o objetivo do trabalho é descrever a variabilidade climática e espacial da umidade do solo simulada sobre a América do Sul, e apresentar informações de umidade do solo factíveis de serem utilizadas em modelos atmosféricos como condições iniciais. Durante este período foram coletadas as informações do banco de dados meteorológicos do Instituto Nacional de Meteorologia - INMET. Os dados coletados, juntamente com a base de dados existentes no INPE, foram usados para obter os campos interpolados de precipitação e evapotranspiração. Estes dados foram submetidos a um controle de qualidade das variáveis de referência através da análise estatística dos campos interpolados, logo, foram utilizados como entradas nas integrações do modelo MSAS. Esta metodologia permitiu identificar regiões com desvios elevados provenientes das estações de observação que são fontes de erro. Os resultados das simulações com o modelo MSAS foram comparados com as observações de umidade do solo de sítios experimentais do projeto LBA (Large-Scale Biosphere- Atmosphere Experiment in Amazônia). Verificaram-se diferenças entre os valores simulados e os observados em campo. Com o intuito de homogeneizar a metodologia de cálculo de ETP foram utilizados dados de insolação. Desta forma são eliminadas diferenças nas séries históricas provenientes do uso de diferentes tipos de informações meteorológicas. Em geral, as diferenças entre a umidade do solo observada nos sítios experimentais e a simulada pelo MSAS, estão associadas com erros nos campos de precipitação observada, utilizada para alimentar o modelo.
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 15/08/2020 15:34 1.0 KiB 
Área de condições de acesso e uso
Idiomapt
Arquivo AlvoSantos_variabilidade.pdf
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriossimone
Visibilidadeshown
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhourlib.net/www/2017/11.22.19.04.03
Acervo Hospedeirourlib.net/www/2017/11.22.19.04
Área de notas
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Campos Vaziosaccessionnumber archivingpolicy archivist area booktitle callnumber copyholder copyright creatorhistory date descriptionlevel dissemination doi e-mailaddress edition editor electronicmailaddress format isbn issn keywords lineage mark nextedition nexthigherunit numberofvolumes orcid organization pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project publisher publisheraddress readergroup readpermission resumeid rightsholder secondarydate secondarymark serieseditor session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype type url volume
Área de controle da descrição
atualizar 
similares 
Área de identificação
Tipo da ReferênciaConference Proceedings
Sitemtc-m21c.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP3W34R/4343DS5
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21c/2020/08.15.18.32
Última Atualização2020:08.15.18.32.15 simone
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21c/2020/08.15.18.32.15
Última Atualização dos Metadados2020:08.15.18.32.15 simone
Chave SecundáriaINPE--PRE/
Rótuloself-archiving-INPE-MCTIC-GOV-BR
Chave de CitaçãoSatoSaba:2015:DeFíCi
TítuloDemonstrações de física para ciência espacial
Ano2015
Data de Acesso23 nov. 2020
Número de Arquivos1
Tamanho181 KiB
Área de contextualização
Autor1 Sato, Christopher do Prado
2 Saba, Marcelo Magalhães Fares
Identificador de Curriculo1
2 8JMKD3MGP5W/3C9JHP6
Grupo1 CCST-CCST-INPE-MCTI-GOV-BR
2 CST-CST-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Nome do EventoSeminário de Iniciação Científica do INPE (SICINPE)
Localização do EventoSão José dos Campos, SP
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Documentoconcluido
Estágio do Documentonot transferred
Transferível1
Tipo do ConteudoExternal Contribution
Tipo SecundárioPRE CN
ResumoAtravés de seminários mensais, são apresentadas e discutidas algumas demonstrações que abordam tópicos diversos da física clássica (eletricidade, óptica, termodinâmica, acústica e mecânica) e da física moderna. Esta série de seminários tem tido uma boa acolhida e participam alunos e pesquisadores de várias áreas. Em cada um procuro abordar temas comuns a pesquisas feitas no INPE e curiosidades científicas que fui "colecionando" durante anos. A ideia é mostrar a física através de demonstrações atrativas que levam à reflexão. As demonstrações tem uma forte componente no aprendizado de conceitos básicos. Vários deles, utilizados pelos nossos alunos nas pesquisas que realizam, são pouco conhecidos talvez por terem sido apenas apresentados verbalmente em sala de aula ou encontrados em livros. A maioria de nós nunca teve a oportunidade (nem no ensino médio ou na faculdade) de, por exemplo, visualizar a formação do arco-íris, descargas elétricas em gases ou ver materiais imersos em nitrogênio líquido. Esta é, portanto, uma oportunidade de ver os fenômenos físicos tal como nos aparecem na natureza e não somente em palavras ou em equações matemáticas. O seminário é aberto a todos: alunos, pesquisadores, funcionários do INPE ou de fora. Inclusive algumas crianças, filhos de pesquisadores, já compareceram.
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 15/08/2020 15:32 1.0 KiB 
Área de condições de acesso e uso
Idiomapt
Arquivo AlvoSato_demonstracoes.pdf
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriossimone
Visibilidadeshown
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhourlib.net/www/2017/11.22.19.04.03
Acervo Hospedeirourlib.net/www/2017/11.22.19.04
Área de notas
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Campos Vaziosaccessionnumber archivingpolicy archivist area booktitle callnumber copyholder copyright creatorhistory date descriptionlevel dissemination doi e-mailaddress edition editor electronicmailaddress format isbn issn keywords lineage mark nextedition nexthigherunit numberofvolumes orcid organization pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project publisher publisheraddress readergroup readpermission rightsholder secondarydate secondarymark serieseditor session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype type url versiontype volume
Área de controle da descrição
atualizar 
similares 
Área de identificação
Tipo da ReferênciaConference Proceedings
Sitemtc-m21c.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP3W34R/4343DML
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21c/2020/08.15.18.30
Última Atualização2020:08.15.18.30.11 simone
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21c/2020/08.15.18.30.12
Última Atualização dos Metadados2020:08.15.18.30.12 simone
Chave SecundáriaINPE--PRE/
Rótuloself-archiving-INPE-MCTIC-GOV-BR
Chave de CitaçãoReisChouDere:2015:ClPrPr
TítuloCiclones extratropicais no Atlântico sul: clima presente e projeções futuras
Ano2015
Data de Acesso23 nov. 2020
Número de Arquivos1
Tamanho266 KiB
Área de contextualização
Autor1 Reis, Ana Carolina Rosas
2 Chou, Sin Chan
3 Dereczynski, Claudine Pereira
Grupo1 CCST-CCST-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Nome do EventoSeminário de Iniciação Científica do INPE (SICINPE)
Localização do EventoSão José dos Campos, SP
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Documentoconcluido
Estágio do Documentonot transferred
Transferível1
Tipo do ConteudoExternal Contribution
Tipo SecundárioPRE CN
Tipo de Versãopublisher
ResumoO conhecimento da climatologia dos sistemas meteorológicos extremos, tais como os ciclones, frequentemente acompanhados por chuva e ventos fortes, é útil no sentido de prevenir e mitigar seus efeitos. Neste trabalho avalia-se a performance da integração do modelo regional Eta do INPE aninhado ao modelo global Model for Interdisciplinary Research on Climate (MIROC) do Center for Climate Systems Research (CCSR) da Universidade de Tokyo (Japão) para configurar ciclones no Atlântico Sul no clima presente (1986-2005). Tal integração, aqui denominada Eta- MIROC5, utiliza o cenário Representative Concentration Pathway (RCP) 4.5 do IPCC AR5. Neste trabalho, a performance de tal modelo é investigada em comparação com a Reanálise Climate Forecast System Reanalysis (CFSR) e os ciclones são detectados objetivamente utilizando o esquema CYCLOC (Murray e Simmonds, 1991). O objetivo final do projeto é verificar possíveis tendências de aumento ou redução na quantidade de ciclones e possíveis mudanças em suas trajetórias no clima futuro (até 2100). Com relação a performance do modelo Eta-MIROC5 para configurar os ciclones no Atlântico Sul no clima presente, nota-se que o modelo tanto no verão como no outono representa adequadamente o núcleo de máxima ciclogêneses no sul da Argentina e a leste do Uruguai, porém em ambos os núcleos subestima a frequência de ocorrência de ciclogêneses, em relação ao observado no CFSR. No inverno, o modelo posiciona bem o máximo de ciclogêneses no sul da Argentina e acerta o valor no centro desse máximo, mas não configura o máximo que aparece a leste do Uruguai. Na primavera, ele posiciona e acerta o valor do núcleo da máxima atividade ciclogenética, que se estende do leste da Argentina até a Região Sul do Brasil. Destaca-se que o modelo consegue representar o maior número de ciclogêneses no outono e, principalmente, no inverno e uma diminuição no verão como mostra a reanálise. Apesar do domínio do Eta-MIROC5 (50ºS 30ºN / 30ºW 100ºW) ser bastante limitado em relação a Reanálise, que cobre todo o globo, não se verificam valores discrepantes no modelo regional. Nas próximas etapas do trabalho será investigado a frequência de ocorrência de ciclogêneses do modelo Eta-MIROC5 nas simulações futuras (até 2100).
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 15/08/2020 15:30 1.0 KiB 
Área de condições de acesso e uso
Idiomapt
Arquivo AlvoReis_ciclones.pdf
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriossimone
Visibilidadeshown
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhourlib.net/www/2017/11.22.19.04.03
Acervo Hospedeirourlib.net/www/2017/11.22.19.04
Área de notas
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Campos Vaziosaccessionnumber archivingpolicy archivist area booktitle callnumber copyholder copyright creatorhistory date descriptionlevel dissemination doi e-mailaddress edition editor electronicmailaddress format isbn issn keywords lineage mark nextedition nexthigherunit numberofvolumes orcid organization pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project publisher publisheraddress readergroup readpermission resumeid rightsholder secondarydate secondarymark serieseditor session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype type url volume
Área de controle da descrição
atualizar 
similares 
Área de identificação
Tipo da ReferênciaConference Proceedings
Sitemtc-m21c.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP3W34R/4343DH8
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21c/2020/08.15.18.28
Última Atualização2020:08.15.18.28.28 simone
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21c/2020/08.15.18.28.28
Última Atualização dos Metadados2020:08.15.18.28.28 simone
Chave SecundáriaINPE--PRE/
Rótuloself-archiving-INPE-MCTIC-GOV-BR
Chave de CitaçãoRezendeRodrCarr:2015:ExCuEu
TítuloA expansão da cultura de eucalipto na região do Vale do Paraíba e sua relação com as características hidrológicas da bacia
Ano2015
Data de Acesso23 nov. 2020
Número de Arquivos1
Tamanho191 KiB
Área de contextualização
Autor1 Rezende, Fernanda Silva de
2 Rodriguez, Daniel Andrés
3 Carriello, Felix
Grupo1 DSN-CCST-INPE-MCTI-GOV-BR
2 CST-CST-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Nome do EventoSeminário de Iniciação Científica do INPE (SICINPE)
Localização do EventoSão José dos Campos, SP
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Documentoconcluido
Estágio do Documentonot transferred
Transferível1
Tipo do ConteudoExternal Contribution
Tipo SecundárioPRE CN
Tipo de Versãopublisher
ResumoO presente trabalho aborda as atividades realizadas dentro do período de renovação da bolsa de setembro/2014 a julho/2015. As classificações de uso e cobertura do solo realizadas em atividades anteriores foram correlacionadas entre si a fim de analisar a dinâmica e expansão da cultura de eucalipto ocorrida entre o período estudado. Essa análise permitiu aferir que durante todo período que vai de 1986 a 2010 expressivas áreas de pastagem e vegetação foram convertidas em cultivo de eucalipto. Atestando que mais da metade da área convertida em silvicultura provém de áreas de vegetação, contabilizando 56,81% do espaço transformado. O que mostra que a Mata Atlântica vem sendo convertida em silvicultura de maneira abrupta. Tal fato salienta a intensificação do desmatamento e conversão de uso, e consequente fragmentação da Mata Atlântica para atender as demandas crescentes das indústrias de papel e celulose, como já evidenciados em levantamentos econômicos da região. A partir desse levantamento pode-se analisar o número de estabelecimentos e a área de silvicultura que revelam que entre os anos de 1995 e 2006 houve um aumento do número de estabelecimentos e áreas de lavoura permanente de silvicultura e exploração florestal de 27 para 196, correspondendo a 169 propriedades a mais que no ano de 1995. Em contrapartida esses estabelecimentos tiveram a sua área em hectare reduzida de 2784 ha em média para 462 ha, o que pode ter possibilitado a produção de silvicultura em pequenas propriedades, indicando uma maior fragmentação da silvicultura e também da Mata Atlântica, este processo de fragmentação é capaz de comprometer toda a biodiversidade do local, ocasionando mudanças a médio e longo prazo. O algoritmo HAND que corrige o dado topográfico para altitude em relação à célula mais próxima da rede de drenagem, possibilitou a divisão do relevo em diferentes classes hidromorfológicas como baixio, topo de morro e vertente. Para a validação do algoritmo optou-se por gerar os topos de morro a partir de um modelo digital de elevação e correlacionar com o topo de morro gerado pelo algoritmo Hand. Para determinação de topos de morro foi utilizada uma metodologia proposta por Peluzio et. al, (2010) na qual se baseia em critérios propostos na Lei Federal 4.771/65. Essa metodologia é realizada a partir do refinamento do modelo digital de elevação, geração de cumes, determinação de morros e montanhas e reclassificação dos dados segundo os aspectos legais, resultando nas áreas de preservação permanente de topos de morro. Ao cruzar as informações do Hand e o mapeamento de APP obteve-se uma área em que Hand corresponde a 20% da área estabelecida como APP de topos de morro.
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 15/08/2020 15:28 1.0 KiB 
Área de condições de acesso e uso
Idiomapt
Arquivo AlvoRezende_a expansao.pdf
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriossimone
Visibilidadeshown
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhourlib.net/www/2017/11.22.19.04.03
Acervo Hospedeirourlib.net/www/2017/11.22.19.04
Área de notas
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Campos Vaziosaccessionnumber archivingpolicy archivist area booktitle callnumber copyholder copyright creatorhistory date descriptionlevel dissemination doi e-mailaddress edition editor electronicmailaddress format isbn issn keywords lineage mark nextedition nexthigherunit numberofvolumes orcid organization pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project publisher publisheraddress readergroup readpermission resumeid rightsholder secondarydate secondarymark serieseditor session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype type url volume
Área de controle da descrição
atualizar 
similares 
Área de identificação
Tipo da ReferênciaConference Proceedings
Sitemtc-m21c.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP3W34R/4343CUL
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21c/2020/08.15.18.21
Última Atualização2020:08.15.18.21.43 simone
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21c/2020/08.15.18.21.43
Última Atualização dos Metadados2020:08.15.18.21.59 simone
Chave SecundáriaINPE--PRE/
Chave de CitaçãoOliveiraJúniorAndr:2015:CaMoMu
TítuloCalibração de modelos de mudança de uso e cobertura da terra
Ano2015
Data de Acesso23 nov. 2020
Número de Arquivos1
Tamanho181 KiB
Área de contextualização
Autor1 Oliveira Júnior, Antonio Gomes de
2 Andrade Neto, Pedro Ribeiro de
Grupo1
2 CST-CST-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1 Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Nome do EventoSeminário de Iniciação Científica do INPE (SICINPE)
Localização do EventoSão José dos Campos, SP
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Documentoconcluido
Estágio do Documentonot transferred
Transferível1
Tipo do ConteudoExternal Contribution
Tipo SecundárioPRE CN
Tipo de Versãopublisher
ResumoEste projeto tem como objetivo calibrar modelos de uso da terra. Para isso, esta sendo desenvolvido o pacote Calibration, que visa facilitar o processo de calibração de modelos ambientais, oferecendo uma interface completa para a calibração, teste e avaliação de modelos. Esta ferramenta foi desenvolvida na forma de um pacote para a plataforma de modelagem e simulação TerraME, desenvolvida pelo INPE. Este pacote poderá ser usado, por exemplo, para a calibração de modelos de desmatamento, testando o modelo e comparando seus resultados com cenários reais, de forma a ajustar seus parâmetros para que a simulação se aproxime o máximo possível da realidade. O pacote foi escrito na linguagem Lua e a estratégia usada para o desenvolvimento do pacote é Test Driven Development (TDD), na qual todo o desenvolvimento é precedido por um conjunto de testes. Desta forma, testes são elaborados como parte do processo de especificação dos requisitos da ferramenta, garantindo sua corretude. Foram implementadas diferentes classes para cada uma das funcionalidades do pacote: Os tipos Multiple-Runs, SaMDE (Self-Adaptive Mutation in the Differential Evolution) e as métricas de Goodness-Of-Fit. O tipo Multiple-Runs possui diversas estratégias de execução de modelos e possibilita que o modelador compare os resultados de cada um dos testes para analisar o comportamento do modelo em diversos cenários diferentes. O tipo SaMDE executa a calibração automática de um modelo usando algoritmos genéticos e retorna a melhor parametrização desse de acordo com critérios definidos pelo usuário. As métricas de Goodness-Of-Fit avaliam a exatidão de um modelo quando comparado a dados reais. O pacote é de código aberto e esta disponível na página do GitHub. Como trabalho futuro está previsto o uso do pacote para a calibração de modelos de desmatamento da Amazônia disponíveis na literatura.
AreaCST
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 15/08/2020 15:21 1.0 KiB 
Área de condições de acesso e uso
Idiomapt
Arquivo AlvoOliveira junior_calibracao.pdf
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriossimone
Grupo de Leitoresadministrator
simone
Visibilidadeshown
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhourlib.net/www/2017/11.22.19.04.03
Acervo Hospedeirourlib.net/www/2017/11.22.19.04
Área de notas
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Campos Vaziosaccessionnumber archivingpolicy archivist booktitle callnumber copyholder copyright creatorhistory date descriptionlevel dissemination doi e-mailaddress edition editor electronicmailaddress format isbn issn keywords label lineage mark nextedition nexthigherunit numberofvolumes orcid organization pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project publisher publisheraddress readpermission resumeid rightsholder secondarydate secondarymark serieseditor session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype type url volume
Área de controle da descrição
atualizar 
similares 
Área de identificação
Tipo da ReferênciaConference Proceedings
Sitemtc-m21c.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP3W34R/4343CN2
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21c/2020/08.15.18.18
Última Atualização2020:08.15.18.18.26 simone
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21c/2020/08.15.18.18.26
Última Atualização dos Metadados2020:08.15.18.18.26 simone
Chave SecundáriaINPE--PRE/
Rótuloself-archiving-INPE-MCTIC-GOV-BR
Chave de CitaçãoOstermannFort:2015:CaDiTa
TítuloCaracterização da distribuição em tamanho do particulado atmosférico em região urbana
Ano2015
Data de Acesso23 nov. 2020
Número de Arquivos1
Tamanho193 KiB
Área de contextualização
Autor1 Ostermann, Caroline Kako
2 Forti, Maria Cristina
Identificador de Curriculo1
2 8JMKD3MGP5W/3C9JHR6
Grupo1 CCST-CCST-INPE-MCTI-GOV-BR
2 CST-CST-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Nome do EventoSeminário de Iniciação Científica do INPE (SICINPE)
Localização do EventoSão José dos Campos, SP
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Documentoconcluido
Estágio do Documentonot transferred
Transferível1
Tipo do ConteudoExternal Contribution
Tipo SecundárioPRE CN
Tipo de Versãopublisher
ResumoNeste trabalho, iniciado em setembro de 2014, são coletadas as frações inaláveis do material particulado (MPI) em suspensão na atmosfera. São utilizados dois sistemas de amostragem, um sistema dicotômico separa o particulado por diâmetro aerodinâmico de sua fração grossa (10 μm> > 2,5 μm) e fina ( < 2,5 μm).Este sistema de coleta possui vários tipos de construções, neste trabalho utilizamos dois modelos de coletor um denominado de sistema de filtros empacotados, que foi construído no INPE, e que fraciona o MP através de filtragens e um segundo sistema, utilizado normalmente por agencias ambientais e recomendado pela agencia ambiental americana e que fraciona o MPI através da impactação. Como substrato de coleta foi utilizado filtros de fibra de vidro do tipo GF/F. A massa coletada é determinada através de método gravimétrico, pesando-se os filtros antes e depois das coletas. No mesmo período é empregado um impactador em cascata de 13 estágios que separa o MPI em treze frações de diâmetro aerodinâmico que são: 10 m, 5,6 m, 3,2 m, 1,8 m, 1,0 m, 0,56 m, 0,32 m, 0,18 m, 0,10 m, 0,056 m, 0,032 m, 0,018 m e 0,01 m. O objetivo deste estudo é caracterizar o particulado atmosférico presente na atmosfera da cidade de São José dos Campos e Cachoeira Paulista quanto à sua massa e distribuição em tamanho de diâmetro aerodinâmico, amostrando o material particulado utilizando-se um impactador de cascata de 13 estágios e dois amostradores dicotômicos (Vincent, 2007). Realizando 2 campanhas (período seco e chuvoso) de coletas de material particulado utilizando-se um impactador de cascata. Coletando simultaneamente o particulado atmosférico utilizando um coletor dicotômico com sistema de filtragem e um com sistema de impactação. Assim realizando uma intercalibração e comparação dos dois coletores dicotômicos através da comparação entre os resultados obtidos. Determinando as concentrações atmosféricas do MPI nos diferentes tamanhos de diâmetro aerodinâmico e comparando as diferentes técnicas de amostragem em diferentes períodos do ano. O trabalho realizado até o presente momento foi a produção de um manual de operação de dois dos três equipamentos a serem utilizados para realizar as coletas, além disso, foi feito um levantamento bibliográfico sobre o assunto. Valores com a mesma letra para a mesma espécie indica diferença estatisticamente significativa entre os sistemas para mesmo local e com o mesmo símbolo para a mesma espécie indica diferença estatística entre os sítios. Para SJC observa-se uma diferença de K+ na fração grossa e Na+ para os mais finos, enquanto a outra não foi observada nenhuma diferença. Concentrações de K+ obtidos com AMDic não apresentam qualquer diferença que pode ser atribuído aos baixos valores que são próximos do limite de detecção do método.
AreaCST
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 15/08/2020 15:18 1.0 KiB 
Área de condições de acesso e uso
Idiomapt
Arquivo AlvoOstermann_caracterizacao.pdf
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriossimone
Visibilidadeshown
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhourlib.net/www/2017/11.22.19.04.03
Acervo Hospedeirourlib.net/www/2017/11.22.19.04
Área de notas
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Campos Vaziosaccessionnumber archivingpolicy archivist booktitle callnumber copyholder copyright creatorhistory date descriptionlevel dissemination doi e-mailaddress edition editor electronicmailaddress format isbn issn keywords lineage mark nextedition nexthigherunit numberofvolumes orcid organization pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project publisher publisheraddress readergroup readpermission rightsholder secondarydate secondarymark serieseditor session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype type url volume
Área de controle da descrição
atualizar 
similares 
Área de identificação
Tipo da ReferênciaConference Proceedings
Sitemtc-m21c.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP3W34R/4343CHH
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21c/2020/08.15.18.16
Última Atualização2020:08.15.18.16.12 simone
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21c/2020/08.15.18.16.12
Última Atualização dos Metadados2020:08.15.18.16.35 simone
Chave SecundáriaINPE--PRE/
Chave de CitaçãoNovelineSaba:2015:EsReCâ
TítuloEstudo dos relâmpagos através de câmeras de vídeo e sensores de campo elétrico
Ano2015
Data de Acesso23 nov. 2020
Número de Arquivos1
Tamanho182 KiB
Área de contextualização
Autor1 Noveline, Lucas David
2 Saba, Marcelo Magalhães Fares
Identificador de Curriculo1
2 8JMKD3MGP5W/3C9JHP6
Grupo1
2 CST-CST-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1 Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Nome do EventoSeminário de Iniciação Científica do INPE (SICINPE)
Localização do EventoSão José dos Campos, SP
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Documentoconcluido
Estágio do Documentonot transferred
Transferível1
Tipo do ConteudoExternal Contribution
Tipo SecundárioPRE CN
Tipo de Versãopublisher
ResumoEste trabalho, iniciado em agosto de 2014, tem por objetivo estudar características dos relâmpagos a partir de câmeras rápidas, sensores de campo e corrente elétrica. A nossa equipe possui uma base de observação próxima ao Pico do Jaraguá, em São Paulo. Dessa base, foram registradas em vídeos diversas ocorrências de relâmpagos em dois prédios gêmeos, chamados por nós de P1 e P2. A partir desses vídeos foram realizadas medições da distância em relação a um ponto, deslocamento e velocidade das descargas, tanto dos líderes descendentes, quanto dos líderes ascendentes conectivos (LACs) e não conectivos (LANCs). Essas medidas nos permitiram obter valores experimentais de grandezas importantes, como a distância de atração dos LACs e suas velocidades durante a conexão final, além de nos permitir fazer representações gráficas do movimento dos líderes dos relâmpagos. Com essas grandezas foi possível comparar medidas experimentais com valores teóricos, e foi percebido que os valores teóricos possuíam disparidades muito grandes. Antes de tirar resultados conclusivos a respeito dessas comparações, procuramos refinar nossos métodos de análise. Com medidas do campo elétrico da região, conseguimos melhorar a precisão nas medidas do pico de corrente dos relâmpagos. Embora nossos métodos ainda não sejam precisos o suficiente, equipamentos estão sendo instalados para que em breve, seja possível adquirir valores experimentais realmente conclusivos acerca das medidas realizadas.
AreaCST
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 15/08/2020 15:16 1.0 KiB 
Área de condições de acesso e uso
Idiomapt
Arquivo AlvoNoveline_estudo.pdf
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriossimone
Grupo de Leitoresadministrator
simone
Visibilidadeshown
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhourlib.net/www/2017/11.22.19.04.03
Acervo Hospedeirourlib.net/www/2017/11.22.19.04
Área de notas
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Campos Vaziosaccessionnumber archivingpolicy archivist booktitle callnumber copyholder copyright creatorhistory date descriptionlevel dissemination doi e-mailaddress edition editor electronicmailaddress format isbn issn keywords label lineage mark nextedition nexthigherunit numberofvolumes orcid organization pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project publisher publisheraddress readpermission rightsholder secondarydate secondarymark serieseditor session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype type url volume
Área de controle da descrição
atualizar 
similares 
Área de identificação
Tipo da ReferênciaConference Proceedings
Sitemtc-m21c.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP3W34R/4343A4S
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21c/2020/08.15.17.46
Última Atualização2020:08.15.17.46.01 simone
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21c/2020/08.15.17.46.01
Última Atualização dos Metadados2020:08.15.17.46.01 simone
Chave SecundáriaINPE--PRE/
Rótuloself-archiving-INPE-MCTIC-GOV-BR
Chave de CitaçãoCarneiroAndr:2015:ViInDa
TítuloVisualização interativa de dados e cenários ambientais usando controle de gestos
Ano2015
Data de Acesso23 nov. 2020
Número de Arquivos1
Tamanho188 KiB
Área de contextualização
Autor1 Carneiro, Heitor Guerra
2 Andrade Neto, Pedro Ribeiro de
Grupo1 CST-CST-INPE-MCTI-GOV-BR
2 CST-CST-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Nome do EventoSeminário de Iniciação Científica do INPE (SICINPE)
Localização do EventoSão José dos Campos, SP
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Documentoconcluido
Estágio do Documentonot transferred
Transferível1
Tipo do ConteudoExternal Contribution
Tipo SecundárioPRE CN
Tipo de Versãopublisher
ResumoO objetivo deste projeto é implementar uma ferramenta computacional para a visualização interativa de dados espaciais. Esta ferramenta possui mecanismos para controle e seleção de um conjunto de dados espaço-temporais, como por exemplo resultados de pesquisas produzidas pelo Centro de Ciência do Sistema Terrestre (CCST). O ambiente computacional adotado utiliza a linguagem de programação Java, o sensor de gestos Microsoft Kinect, a biblioteca para a interação por gestos SimpleOpenNI e o globo virtual NASA World Wind 2. O Kinect possui uma câmera de alta resolução e um conjunto de sensores capazes de detectar até vinte articulações do corpo humano com uma taxa de captura de dados de trinta quadros por segundo. A biblioteca SimpleOpenNI simplifica e acelera o desenvolvimento de aplicações com o Kinect. Por exemplo, ela permite acesso a profundidade da imagem captada para rastrear o usuário através da construção de uma cena tridimensional. O World Wind é uma API que fornece um globo virtual para a visualização de mapas e informações geográficas. A arquitetura desenvolvida usa o padrão model-view-controller (MVC) para desacoplar a identificação dos gestos da visualização, possibilitando alterações em quaisquer camadas independentemente. Através da análise de movimento criou-se um componente com capacidade de reconhecimento de gestos 3D, o qual considera o número de imagens capturadas pela câmera e a movimentação dos membros superiores do usuário. A ferramenta implementada possui vários gestos que ativam determinados comandos de visualização. Por exemplo, gesto de deslocar a mão direita esta associado ao comando de mover o mapa; o gesto de aproximar e afastar as mãos esta associado a o diminuir e aumentar o zoom, respectivamente; o gesto segurar o mapa com uma mão e deslizar na horizontal com a outra esta associado a alterar os dados a serem visualizados; o gesto de segurar o mapa com uma mão e deslizar na vertical com a outra esta associado a visualizar um mesmo dado em diferentes tempos; o gesto de empurrar efetuado com a mão direita esta associado à seleção de dados. A ferramenta desenvolvida é um software livre e esta disponível no github. Como trabalhos futuros, será desenvolvida uma ferramenta para criação e gerenciamento de um banco de dados espaciais para serem usados pela ferramenta de visualização usando a biblioteca TerraLib, desenvolvida pelo INPE.
AreaCST
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 15/08/2020 14:46 1.0 KiB 
Área de condições de acesso e uso
Idiomapt
Arquivo AlvoCarneiro_visualizacao.pdf
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriossimone
Visibilidadeshown
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhourlib.net/www/2017/11.22.19.04.03
Acervo Hospedeirourlib.net/www/2017/11.22.19.04
Área de notas
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Campos Vaziosaccessionnumber archivingpolicy archivist booktitle callnumber copyholder copyright creatorhistory date descriptionlevel dissemination doi e-mailaddress edition editor electronicmailaddress format isbn issn keywords lineage mark nextedition nexthigherunit numberofvolumes orcid organization pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project publisher publisheraddress readergroup readpermission resumeid rightsholder secondarydate secondarymark serieseditor session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype type url volume
Área de controle da descrição
atualizar 
similares 
Área de identificação
Tipo da ReferênciaConference Proceedings
Sitemtc-m21c.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador8JMKD3MGP3W34R/434397E
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21c/2020/08.15.17.35
Última Atualização2020:08.15.17.35.19 simone
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21c/2020/08.15.17.35.20
Última Atualização dos Metadados2020:08.15.17.35.20 simone
Chave SecundáriaINPE--PRE/
Rótuloself-archiving-INPE-MCTIC-GOV-BR
Chave de CitaçãoBarrosRodrLope:2015:MoImMu
TítuloModelagem dos impactos das mudanças climáticas na operação dos reservatórios da Bacia do Rio Xingu
Ano2015
Data de Acesso23 nov. 2020
Número de Arquivos1
Tamanho254 KiB
Área de contextualização
Autor1 Barros, Fábio Rosindo Daher de
2 Rodriguez, Daniel Andrés
3 Lopes, Lucas Garafolo
Grupo1 DSN-CCST-INPE-MCTI-GOV-BR
2 CST-CST-INPE-MCTI-GOV-BR
Afiliação1 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Nome do EventoSeminário de Iniciação Científica do INPE (SICINPE).
Localização do EventoSão José dos Campos, SP
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Documentoconcluido
Estágio do Documentonot transferred
Transferível1
Tipo do ConteudoExternal Contribution
Tipo SecundárioPRE CN
Tipo de Versãopublisher
ResumoDada a importância da Bacia Amazônica, não só para o clima sul-americano como para o mundo, faz-se necessário os estudos de eventos climáticos presentes e futuros. Sendo um dos seus principais tributários, o rio Xingu possui uma bacia que estende-se por uma área de 531.250 km², equivalente a 13% da bacia Amazônica, sendo seu clima quente e úmido e seu relevo variado, com alturas desde 600 metros até 109 metros. Este trabalho expõe as mudanças hidrológicas nas vazões da Bacia do rio Xingu decorrentes das mudanças climáticas, geradas pelo Modelo Hidrológico Distribuído do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (MHD-INPE) desenvolvido pelo Centro de Ciências do Sistema Terrestre. O modelo MHD foi alimentado com resultados dos cenários de mudanças climáticas desenvolvido no CPTEC-INPE com o modelo atmosférico Eta-INPE, e com dados de alguns dos modelos atmosféricos coordenados pelo CMIP5: MIROC5, HadGEM2, CSIRO-Mk3.6.0 e IPSL. Para simular o ciclo hidrológico, foram reunidas informações por meio de sensoriamento remoto, por exemplo: mapas de solo, vegetação e uso da terra; e mapas topográficos digitais terrestre. A calibração do MHD-INPE foi realizada de acordo com os postos fluviométricos selecionados para o estudo, apresentando resultados satisfatórios para o desenvolvimento. Analisando as climatologias obtidas no período de 1970 à 1990, percebe-se que os membros do ETA-CPTEC adiantaram em um mês o ciclo sazonal, antecipando as secas para Agosto e as cheias para Fevereiro, enquanto que os restantes dos modelos representam adequadamente este ciclo. Por outro lado, todas as simulações apresentam cheias menos volumosas e estiagens mais volumosa em relação à observação. Para o período futuro, de 2011 à 2100, todas as projeções mostram um decremento nas descargas, exceto o modelo IPSL, que supera as vazões do período presente. Os modelos alimentados pelo Hadley Center mantiveram a sazonalidade do período presente. A variabilidade entre os modelos tende a incrementar até o final do século, aumentando o grau de incerteza dos resultados.
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 15/08/2020 14:35 1.0 KiB 
Área de condições de acesso e uso
Arquivo AlvoBarros_modelagem.pdf
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriossimone
Visibilidadeshown
Área de fontes relacionadas
Repositório Espelhourlib.net/www/2017/11.22.19.04.03
Acervo Hospedeirourlib.net/www/2017/11.22.19.04
Área de notas
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
Campos Vaziosaccessionnumber archivingpolicy archivist area booktitle callnumber copyholder copyright creatorhistory date descriptionlevel dissemination doi e-mailaddress edition editor electronicmailaddress format isbn issn keywords language lineage mark nextedition nexthigherunit numberofvolumes orcid organization pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project publisher publisheraddress readergroup readpermission resumeid rightsholder secondarydate secondarymark serieseditor session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype type url volume
Área de controle da descrição
atualizar