Resultado da Pesquisa
A expressão de busca foi <{ref journal or ref conference or ref book} and not {conferencen WORCAP 19 or conferencen WETE 10 or conferencen SBSR 19 or conferencen GEOINFO 20} and y 2019 and not secondaryt NTC and not secondaryt PUD and not secondaryt MAN and not secondaryt TAE and not {lab scopus or lab isi} and not lab self-archiving-INPE-MCTIC-GOV-BR and not lab lattes and firstg *CRCRS-COCRE-INPE-MCTIC-GOV-BR>.
13 referências foram encontradas buscando em 14 dentre 14 sites
(este total pode incluir algumas duplicadas - para ver a conta certa clique no botão Mostrar Todas).
As 10 mais recentes estão listadas abaixo.
Data e hora local de busca: 31/10/2020 16:52.

Tipo da ReferênciaConference Proceedings
Identificador8JMKD3MGPDW34R/3U625NL
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m16d/2019/09.30.15.03
Metadadossid.inpe.br/mtc-m16d/2019/09.30.15.03.32
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoGomesBageMoro:2019:EsOnGr
Autor1 Gomes, Paulo Henrique de O.
2 Bageston, José Valentin
3 Moro, Juliano
Grupo1
2 CRCRS-COCRE-INPE-MCTIC-GOV-BR
3 CRCRS-COCRE-INPE-MCTIC-GOV-BR
Afiliação1 Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
3 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Endereço de e-Mail do Autor1 hgomes.academic@gmail.com
2 bageston@gmail.com
3 julianopmoro@gmail.com
TítuloEstudo das ondas de gravidade mesosférica de pequena escala no Observatório Espacial do Sul (OES/CRS-INPE)
Nome do EventoSeminário de Iniciação Científica e Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (SICINPE)
Ano2019
EditorSantos, Rafael Duarte Coelho Dos
Mattos, Ariane Frassoni Dos Santos De
Mello, Carina Barros
Queiroz, Gilberto Ribeiro De
Vasconcelos, Leandro Guarino De
Vieira, Luis Eduardo Antunes
Forti, Maria Cristina
Gatto, Rubens Cruz
Título do LivroAnais
Data12-13 ago. 2019
Cidade da EditoraSão José dos Campos
Editora (Publisher)Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Localização do EventoSão José dos Campos
Palavras-Chaveondas de gravidade mesosférica.
ResumoA atmosfera terrestre comporta-se como um fluido, suportando a propagação de oscilações mecânicas de diferentes escalas espaciais e temporais. Ondas de gravidade são pertubações mecânicas que propagam-se em uma atmosfera estável e estratificada, resultantes do desequilíbrio entre forças de gravidade e do gradiente de pressão, com a força gravitacional atuando como força restauradora. Em larga escala, ondas de gravidade exercem grande influência na dinâmica e estrutura da atmosfera, sendo responsáveis pelo transporte de energia e momentum entre diferentes camadas da atmosfera, a partir da Troposfera até a Termosfera. A luminescência atmosférica (airglow) é um fenômeno óptico típico da alta atmosfera terrestre. Causado direta ou indiretamente pela incidência de radiação solar e caracterizado pela contínua emissão de fótons, liberados de átomos e moléculas excitadas acima de seus níveis normais de energia, elementos estes encontrados de forma estratificada na Mesosfera e Baixa Termosfera (~80 - 100 km) e na Ionosfera (~250 km). Classificada segundo o ângulo zenital da radiação solar, pode ser diurna (dayglow), crepuscular (twilight) ou noturna (nightglow). A luminescência atmosférica atua como importante meio traçador de ondas de gravidade, as quais propagam-se através das camadas emissoras de luminescência. O uso de câmeras all-sky permite estudar ondas de gravidade na atmosfera, sendo câmeras normalmente compostas por um dispositivo CCD (Charge Coupled Device), conjunto de lentes e filtros para emissões ópticas de interesses distintos (ex.: estudos de ondas de gravidade, distúrbios ionosféricos propagantes e bolhas de plasma). No presente estudo, além de explanações conceituais, serão apresentados dados de imagens obtidas a partir do Observatório Espacial do Sul (OES/CRCRS/COCREINPE), tratadas e analisadas com auxílio da linguagem de programação IDL (Interactive Data Language), cuja sintaxe é baseada em Fortran e C. Como também serão apresentadas estatísticas das observações no OES e alguns resultados para os parâmetros observados das ondas.
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
OrganizaçãoInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Idiomapt
TipoCEA
Tipo SecundárioPRE CN
FormatoOn-line
AreaCEA
Tamanho84 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo Alvo2019 PAULO HENRIQUE.pdf
Última Atualização2019:09.30.15.03.32 sid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02 simone
Última Atualização dos Metadados2020:05.13.20.06.22 sid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02 simone {D 2019}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriossimone
Grupo de Leitoresadministrator
rafael.santos@inpe.br
simone
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
Estágio do Documentonot transferred
Repositório de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.19
Detentor dos Direitosoriginalauthor yes
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3EUFCFP
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreementnão têm arquivos
Histórico2019-09-30 15:04:42 :: simone -> administrator :: 2019
2020-01-06 12:48:42 :: administrator -> simone :: 2019
Campos Vaziosaccessionnumber archivingpolicy archivist callnumber contenttype copyholder creatorhistory descriptionlevel dissemination doi e-mailaddress edition isbn issn label lineage mark mirrorrepository nextedition numberofvolumes orcid pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project readpermission resumeid secondarydate secondarykey secondarymark serieseditor session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype volume
Data de Acesso31 out. 2020
atualizar 
similares 
Tipo da ReferênciaConference Proceedings
Identificador8JMKD3MGPDW34R/3U53DE2
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m16d/2019/09.24.18.27
Metadadossid.inpe.br/mtc-m16d/2019/09.24.18.27.35
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoFalcãoPetr:2019:AvCoLo
Autor1 Falcão, Gabriel Sandim
2 Petry, Adriano
Grupo1
2 CRCRS-COCRE-INPE-MCTIC-GOV-BR
Afiliação1 Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Endereço de e-Mail do Autor1 gsfalcao09@gmail.com
2 adriano.petry@inpe.br
TítuloAvaliação e comparação de longo prazo da simulação ionosférica do INPE com modelo ionosférico e dados observacionais
Nome do EventoSeminário de Iniciação Científica e Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (SICINPE)
Ano2019
EditorSantos, Rafael Duarte Coelho Dos
Mattos, Ariane Frassoni Dos Santos De
Mello, Carina Barros
Queiroz, Gilberto Ribeiro De
Vasconcelos, Leandro Guarino De
Vieira, Luis Eduardo Antunes
Forti, Maria Cristina
Gatto, Rubens Cruz
Título do LivroAnais
Data12-13 ago. 2019
Cidade da EditoraSão José dos Campos
Editora (Publisher)Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Localização do EventoSão José dos Campos
Palavras-Chavesimulação ionosférica.
ResumoCom o objetivo de comparar e analisar o desempenho da simulação ionosférica realizada com o modelo utilizado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), o Sheffield University Plasmashpere-Ionosphere model (SUPIM), em relação a outros modelos e dados, ampliamos a nossa base de dados e refizemos algumas simulações que possuíam dados duvidosos para darmos início ao processo de comparação com outros modelos. Nossa análise tem como referência os níveis de conteúdo total de elétrons (TEC) presente numa trajetória entre transmissor e receptor de ondas de rádio e que afeta o comportamento da mesma de acordo com sua intensidade. Sabendo que cada modelo prevê uma quantidade diferente de TEC, buscamos analisar o porquê das divergências e comparar o resultado final de cada um. O SUPIM prevê o comportamento ionosférico através de equações de continuidade, movimento e conservação de energia e processos físicos e químicos, não fazendo uso de nenhum dado observacional. Outros modelos como o International Global Navigation Satellite System (GNSS) Service (IGS) faz uso de dados observacionais, possuindo estações espalhadas pelo mundo, tornando interessante a comparação de desempenho com o SUPIM. Um fator importante nesses dois modelos é a influência do fluxo solar nas suas previsões, já que foi visto que o modelo IGS é mais afetado pelas suas variações do que o SUPIM, que obtém esses dados da Solar Irradiance Platform (SIP). Sendo assim percebemos que em períodos com uma atividade solar mais elevada, as previsões dos modelos podem apresentar maiores divergências. Como ponto de partida iniciamos analisando o comportamento de cada modelo limitado a América do Sul, e após alterações pontuais no SUPIM deixamos o modelo preparado para a geração de mapas com níveis de TEC com alcance global ampliando o escopo de comparação. Cada mapa gerado pelo SUPIM possui o nível de TEC previsto para cada hora do dia, logo, cada dia possui 24 mapas. Outra mudança realizada no modelo do INPE foi a implementação da geração de arquivos no formato Ionospheric Exchange (IONex) ao final de cada simulação, um padrão estabelecido mundialmente para que se possa visualizar os mapas de TEC de diferentes modelos e compara-los sem nenhum tipo de alteração ou adaptação. Além das comparações, também mantemos a base de dados do INPE atualizada com simulações diárias de mapas do continente Sul Americano e globais. Os mapas diários da região da América do Sul ficam disponíveis para visualização no site do Estudo e Monitoramento Brasileiro do Clima Espacial (EMBRACE). Atualmente estamos em processo de finalização da análise de desempenho do modelo SUPIM em comparação com outros modelos.
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
OrganizaçãoInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Idiomapt
TipoCEA
Tipo SecundárioPRE CN
FormatoOn-line
AreaCEA
Nota TerciáriaTrabalho não Vinculado à Tese/Dissertação
Tamanho133 KiB
Número de Arquivos2
Arquivo Alvo2019 GABRIEL FALCÃO.pdf
Última Atualização2019:09.24.18.27.35 sid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02 simone
Última Atualização dos Metadados2020:05.13.20.00.45 sid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02 simone {D 2019}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriosself-uploading-INPE-MCTI-GOV-BR
simone
Grupo de Leitoresadministrator
rafael.santos@inpe.br
self-uploading-INPE-MCTI-GOV-BR
simone
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
Estágio do Documentonot transferred
Repositório de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.19
Detentor dos Direitosoriginalauthor yes
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3EUFCFP
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreementnão têm arquivos
Histórico2019-09-24 18:29:02 :: simone -> administrator :: 2019
2020-01-06 12:48:41 :: administrator -> simone :: 2019
Campos Vaziosaccessionnumber archivingpolicy archivist callnumber contenttype copyholder creatorhistory descriptionlevel dissemination doi e-mailaddress edition isbn issn label lineage mark mirrorrepository nextedition numberofvolumes orcid pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project readpermission resumeid secondarydate secondarykey secondarymark serieseditor session shorttitle sponsor subject tertiarytype url versiontype volume
Data de Acesso31 out. 2020
atualizar 
similares 
Tipo da ReferênciaConference Proceedings
Identificador8JMKD3MGPDW34R/3U6627L
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m16d/2019/10.01.12.12
Metadadossid.inpe.br/mtc-m16d/2019/10.01.12.12.22
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoBentoPetr:2019:AvCoEr
Autor1 Bento, Victor Dallagnol
2 Petry, Adriano
Grupo1
2 CRCRS-COCRE-INPE-MCTIC-GOV-BR
Afiliação1 Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Endereço de e-Mail do Autor1 victor.bento@ecomp.ufsm.br
2 adriano.petry@inpe.br
TítuloAvaliação da correção do erro ionosférico em receptores GNSS utilizando a Simulação Ionosférica desenvolvida no INPE e o software RTKLib
Nome do EventoSeminário de Iniciação Científica e Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (SICINPE)
Ano2019
EditorSantos, Rafael Duarte Coelho Dos
Mattos, Ariane Frassoni Dos Santos De
Mello, Carina Barros
Queiroz, Gilberto Ribeiro De
Vasconcelos, Leandro Guarino De
Vieira, Luis Eduardo Antunes
Forti, Maria Cristina
Gatto, Rubens Cruz
Título do LivroAnais
Data12-13 ago. 2019
Cidade da EditoraSão José dos Campos
Editora (Publisher)Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Localização do EventoSão José dos Campos
Palavras-Chaveerro ionosférico, GNSS, simulação ionosférica.
ResumoEste trabalho, iniciado em agosto de 2018 dá continuidade ao trabalho de Iniciação Cientifica iniciado em 2017, com o objetivo de diminuir o erro ionosférico em receptores GNSS utilizando a simulação ionosférica desenvolvida no INPE (modelo SUPIM - Sheffield University Plasmasphere-Ionosphere Model). De inicio, a pesquisa tem como objetivo a comparação com o resultado da simulação padrão do software RTKLib, uma biblioteca de programas de código aberto para posicionamento padrão e preciso com o GNSS (Global Navigation Satellite System), que utiliza a equação de Klobuchar para correção. Desde o inicio a pesquisa mantém seu objetivo. Em 2017 utilizou-se de métodos que apresentaram resultados não conclusivos, fazendo com que a simulação ionosférica do INPE não apresentasse diferenças em relação a simulação utilizando a equação de Klobuchar, para a correção do erro ionosférico. Atualmente, optou-se por um melhor estudo sobre a interface gráfica do RTKPost, um dos programas contidos no RTKLib, que utiliza arquivos RINEX (Receiver Independent Exchange) para efetuar a analise de pós processamento. Com a ajuda de colaboradores, do Centro Aeroespacial Alemão (DLR), um maior entendimento sobre o funcionamento da interface gráfica foi adquirido, facilitando assim a inserção dos arquivos obtidos através da simulação do INPE, que estão no formato RINEX, sem que seja necessário alterações em nível do código do programa, apenas utilizando sua interface gráfica. Outro programa utilizado para comparar esses resultados foi o RTKPlot, que nos apresenta graficamente informações das posições dos mapas TEC, possibilitando assim perceber as diferenças nas simulações utilizando a correção de Klobuchar, a correção do modelo ionosférico do INPE (SUPIM) e ainda as correções com base nos arquivos IGS - International GNSS Service, que foram adicionados posteriormente para uma melhor comparação e maior informação. Uma visível diferença entre os arquivos de saída (formato .pos) das três simulações, Klobuchar, IGS e correção ionosférica desenvolvida pelo INPE pode ser percebida. Um algoritmo foi efetuado, com o objetivo de estimar o erro médio de cada amostra da simulação com relação a estação base escolhida para a simulação. Diversos testes estão sendo efetuados, mas já pode-se constatar uma melhora tanto na correção feita pelo IGS quanto pela correção ionosférica desenvolvida pelo INPE (SUPIM) em relação a correção de Klobuchar, pois estes apresentaram menores erros médios em relação a estão base escolhida.
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
OrganizaçãoInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Idiomapt
TipoCEA
Tipo SecundárioPRE CN
FormatoOn-line
AreaCEA
Nota TerciáriaTrabalho não Vinculado à Tese/Dissertação
Tamanho77 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo Alvo2019 VICTOR BENTO.pdf
Última Atualização2019:10.01.12.12.22 sid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02 simone
Última Atualização dos Metadados2020:05.13.19.46.28 sid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02 simone {D 2019}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriosself-uploading-INPE-MCTI-GOV-BR
simone
Grupo de Leitoresadministrator
rafael.santos@inpe.br
self-uploading-INPE-MCTI-GOV-BR
simone
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
Estágio do Documentonot transferred
Repositório de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.19
Detentor dos Direitosoriginalauthor yes
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3EUFCFP
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreementnão têm arquivos
Histórico2019-10-01 12:13:17 :: simone -> administrator :: 2019
2020-01-06 12:48:42 :: administrator -> simone :: 2019
Campos Vaziosaccessionnumber archivingpolicy archivist callnumber contenttype copyholder creatorhistory descriptionlevel dissemination doi e-mailaddress edition isbn issn label lineage mark mirrorrepository nextedition numberofvolumes orcid pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project readpermission resumeid secondarydate secondarykey secondarymark serieseditor session shorttitle sponsor subject tertiarytype url versiontype volume
Data de Acesso31 out. 2020
atualizar 
similares 
Tipo da ReferênciaConference Proceedings
Identificador8JMKD3MGPDW34R/3U5UUKH
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m16d/2019/09.30.14.13
Metadadossid.inpe.br/mtc-m16d/2019/09.30.14.13.50
Sitemtc-m16d.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoVenturiniBagePinhSchu:2019:InInOn
Autor1 Venturini, Mateus S.
2 Bageston, José Valentin
3 Pinheiro, Damaris K.
4 Schuch, Nelson Jorge
Identificador de Curriculo1
2
3
4 8JMKD3MGP5W/3C9JHUD
Grupo1
2 CRCRS-COCRE-INPE-MCTIC-GOV-BR
3
4 CRCRS-COCRE-INPE-MCTIC-GOV-BR
Afiliação1 Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
3 Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
4 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Endereço de e-Mail do Autor1 mateusventurini97@gmail.com
2 bageston@gmail.com
3 damariskp@gmail.com
4 njschuch@gmail.com
TítuloInvestigação da interação de ondas planetárias com o buraco de ozônio antártico utilizando dados de satélites e instrumentos de solo
Nome do EventoSeminário de Iniciação Científica e Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (SICINPE)
Ano2019
EditorSantos, Rafael Duarte Coelho Dos
Mattos, Ariane Frassoni Dos Santos De
Mello, Carina Barros
Queiroz, Gilberto Ribeiro De
Vasconcelos, Leandro Guarino De
Vieira, Luis Eduardo Antunes
Forti, Maria Cristina
Gatto, Rubens Cruz
Título do LivroAnais
Data12-13 ago. 2019
Cidade da EditoraSão José dos Campos
Editora (Publisher)Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Localização do EventoSão José dos Campos
Palavras-Chaveondas planetárias, buraco de ozônio.
ResumoO estudo da baixa e média atmosfera terrestre é de grande importância para entender como os fenômenos dessas regiões podem influenciar a vida na Terra. Na Estratosfera se encontra a Camada de Ozônio, que é muito importante para a sobrevivência dos seres vivos, pois esta os protege das radiações proveniente do Sol. A Mesosfera é a região onde a energia do Sol (na faixa do ultravioleta) é primeiramente depositada. Ondas planetárias de diferentes escalas temporal e espacial estão presentes nessas regiões da atmosfera e, além disso, a dinâmica dos ventos possui intensa variabilidade nessas regiões de grandes altitudes. Desta forma, é essencial entender como esses fenômenos se comportam e como podem influenciar na dinâmica do buraco de ozônio. No presente estudo foram analisados dados de satélites (AURA/MLS e OMI), do espectrofotômetro Brewer e de radar meteórico, de forma a investigar o Efeito Secundário do Buraco de Ozônio Antártico (EFBOA) sobre a região da Península Antártica, próximo à Estação Antártica Comandante Ferraz (EACF), e sua influência em outras regiões de baixa latitude, como Sul do Brasil e Uruguai. O estudo foi realizado para o período de 2010 a 2012, no qual também já se foram realizadas outras análises, com foco na influência do EFBOA no Sul do Brasil. Dessa forma, é possível comparar e avaliar os novos resultados encontrados em função de resultados pretéritos. Para completar a análise do projeto, ondas planetárias são analisadas para entender se existe alguma interação entre modos específicos de ondas planetárias e o desprendimento de filamentos de ozônio para a América do Sul (EFBOA).
NotasBolsa PIBIC/INPE/CNPq
OrganizaçãoInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Idiomapt
TipoCEA
Tipo SecundárioPRE CN
FormatoOn-line
AreaCEA
Tamanho65 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo Alvo2019 MATHEUS VENTURINI.pdf
Última Atualização2019:09.30.14.13.50 sid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02 simone
Última Atualização dos Metadados2020:05.07.19.35.21 sid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02 simone {D 2019}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriossimone
Grupo de Leitoresadministrator
rafael.santos@inpe.br
simone
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/mtc-m19@80/2009/08.21.17.02
Estágio do Documentonot transferred
Repositório de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.19
Detentor dos Direitosoriginalauthor yes
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3EUFCFP
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreementnão têm arquivos
Histórico2019-09-30 14:15:30 :: simone -> administrator :: 2019
2020-01-06 12:48:42 :: administrator -> simone :: 2019
Campos Vaziosaccessionnumber archivingpolicy archivist callnumber contenttype copyholder creatorhistory descriptionlevel dissemination doi e-mailaddress edition isbn issn label lineage mark mirrorrepository nextedition numberofvolumes orcid pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project readpermission secondarydate secondarykey secondarymark serieseditor session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype volume
Data de Acesso31 out. 2020
atualizar 
similares 
Tipo da ReferênciaJournal Article
Identificador8JMKD3MGP3W34R/3UAR3D8
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21c/2019/10.30.10.49   (acesso restrito)
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21c/2019/10.30.10.49.21
Sitemtc-m21c.sid.inpe.br
DOI10.1016/j.asr.2019.09.005
ISSN0273-1177
1879-1948
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoKlippPSFCPAHKBJFBSW:2019:EvIoMo
Autor 1 Klipp, Telmo dos Santos
 2 Petry, Adriano
 3 Souza, Jonas Rodrigues de
 4 Falcão, Gabriel Sandim
 5 Campos Velho, Haroldo Fraga de
 6 Paula, Eurico Rodrigues de
 7 Antreich, Felix
 8 Hoque, Mainul
 9 Kriegel, Martin
10 Berdermann, Jens
11 Jakowski, Norbert
12 Fernandez Gomez, Isabel
13 Borries, Claudia
14 Sato, Hiroatsu
15 Wilken, Volker
Identificador de Curriculo 1
 2
 3 8JMKD3MGP5W/3C9JHFE
 4
 5 8JMKD3MGP5W/3C9JHC3
 6 8JMKD3MGP5W/3C9JH2U
Grupo 1 CRCRS-COCRE-INPE-MCTIC-GOV-BR
 2 CRCRS-COCRE-INPE-MCTIC-GOV-BR
 3 DIDAE-CGCEA-INPE-MCTIC-GOV-BR
 4 CRCRS-COCRE-INPE-MCTIC-GOV-BR
 5 LABAC-COCTE-INPE-MCTIC-GOV-BR
 6 DIDAE-CGCEA-INPE-MCTIC-GOV-BR
Afiliação 1 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
 2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
 3 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
 4 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
 5 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
 6 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
 7 Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA)
 8 German Aerospace Center (DLR)
 9 German Aerospace Center (DLR)
10 German Aerospace Center (DLR)
11 German Aerospace Center (DLR)
12 German Aerospace Center (DLR)
13 German Aerospace Center (DLR)
14 German Aerospace Center (DLR)
15 German Aerospace Center (DLR)
Endereço de e-Mail do Autor 1 telmo.klipp@gmail.com
 2 adriano.petry@inpe.br
 3 jonas.souza@inpe.br
 4
 5 haroldo.camposvelho@inpe.br
 6 eurico.paula@inpe.br
 7 fean@ita.br
 8 Mainul.Hoque@dlr.de
 9 Martin.Kriegel@dlr.de
10 Jens.Berdermann@dlr.de
11 Norbert.Jakowski@dlr.de
12 Isabel.FernandezGomez@dlr.de
13 Claudia.Borries@dlr.de
14 Hiroatsu.Sato@dlr.de
15 Volker.Wilken@dlr.de
TítuloEvaluation of ionospheric models for Central and South Americas
RevistaAdvances in Space Research
Ano2019
Volume64
Número10
MêsNov.
Palavras-ChaveIonosphere, Total electron content, Physics-based ionospheric model, Empirical ionospheric model, Seasonal variation, Statistical evaluation.
ResumoThis work shows a 20-month statistical evaluation of different Total Electron Content (TEC) estimators for the Central and South America regions. The TEC provided by the International GNSS Service (IGS) in the area covered around the monitoring GNSS stations are used as reference values, and they are compared to TEC estimates from the physics-based (Sheffield University Plasmasphere Ionosphere Model-PIM) and the empirical (Neustrelitz TEC Model-Global-NTCM-GL) models. The mean TEC values show strong dependence on both solar activity and seasonal variation. A clear response was noticed for a period close to 27 days due to the mean solar rotation, as seen in the solar flux measurements. Consistently, the mean TEC values present an annual variation with maxima during December solstices for southern stations with geographic latitudes greater than 25 degrees S. Semi-annual dependence has been observed in TEC for the sector between +/- 25 degrees of geographical latitude but with modulations caused by fluctuation in the solar radiation. We observed a high correlation between solar radio flux F10.7 and NTCM-GL outputs. The fast increases in F10.7 index have caused significant differences between IGS data and NTCM-GL results mainly for equatorial and low latitudes. For the initial months of the evaluated period (January-April, 2016), the errors of the physics-based model were considerably larger, mainly near the equatorial ionization anomaly. The discrepancies observed in SUPIM results are mainly due to inputs of solar EUV flux. The EUVAC model has underestimated EUV flux between January and April, 2016, when the solar activity was moderated and Solar2000 model has overestimated such flux during low solar cycle period between May and August, 2017. In relation to IGS data, the two assessed models presented smaller differences during the June solstice season of 2016.
Páginas2125-2136
Idiomaen
Tipo de Trabalhojournal article
Tipo SecundárioPRE PI
DivulgaçãoWEBSCI; PORTALCAPES; COMPENDEX; SCOPUS.
AreaCEA
Nota SecundáriaB1_INTERDISCIPLINAR B1_GEOCIÊNCIAS B1_ENGENHARIAS_IV B1_ENGENHARIAS_III B1_BIODIVERSIDADE B3_CIÊNCIA_DA_COMPUTAÇÃO B4_ASTRONOMIA_/_FÍSICA C_CIÊNCIAS_BIOLÓGICAS_I
Nota TerciáriaTrabalho não Vinculado à Tese/Dissertação
Tamanho4519 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo Alvoklipp_evaluation.pdf
Última Atualização2019:10.30.10.49.21 urlib.net/www/2017/11.22.19.04 simone
Última Atualização dos Metadados2020:02.10.16.58.46 urlib.net/www/2017/11.22.19.04 simone {D 2019}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriosself-uploading-INPE-MCTI-GOV-BR
simone
Grupo de Leitoresadministrator
simone
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirourlib.net/www/2017/11.22.19.04
Tipo do ConteudoExternal Contribution
Estágio do Documentonot transferred
Tipo de Versãopublisher
Política de Arquivamentodenypublisher denyfinaldraft24
Permissão de Leituradeny from all and allow from 150.163
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3ESGTTP
8JMKD3MGPCW/3ETL868
8JMKD3MGPCW/3EUFCFP
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 30/10/2019 08:49 1.0 KiB 
Histórico2019-10-30 10:49:21 :: simone -> administrator ::
2019-10-30 10:50:51 :: administrator -> simone :: 2019
2019-10-30 10:52:00 :: simone -> administrator :: 2019
2020-01-06 11:42:23 :: administrator -> simone :: 2019
Campos Vaziosalternatejournal archivist callnumber copyholder copyright creatorhistory descriptionlevel e-mailaddress format isbn label lineage mark mirrorrepository nextedition notes orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project rightsholder secondarydate secondarykey session shorttitle sponsor subject tertiarytype url
Data de Acesso31 out. 2020
atualizar 
similares 
Tipo da ReferênciaJournal Article
Identificador8JMKD3MGP3W34R/3TQ2RP2
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21c/2019/08.06.10.30
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21c/2019/08.06.10.30.59
Sitemtc-m21c.sid.inpe.br
DOI10.1093/mnras/stz107710.1093/mnras/stz1298
ISSN0035-8711
1365-2966
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoRiffelRBPVRMBDDRPCT:2019:OpStAb
Autor 1 Riffel, Rogério
 2 Rodríguez-Ardila, Alberto
 3 Brotherton, Michael S.
 4 Peletier, Reynier
 5 Vazdekis, Alexandre
 6 Riffel, Rogemar A.
 7 Martins, Lucimara Pires
 8 Bonatto, Charles
 9 Dametto, Natacha Zanon
10 Dahmer-Hahn, Luis Gabriel
11 Runnoe, Jessie
12 Pastoriza, Miriani G.
13 Chies-Santos, Ana L.
14 Trevisan, Marina
Grupo 1
 2 CRCRS-COCRE-INPE-MCTIC-GOV-BR
Afiliação 1 Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
 2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
 3 University of Wyoming
 4 University of Groningen
 5 Instituto de Astrofísica de Canarias
 6 Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
 7 Universidade Cruzeiro do Sul (UCS)
 8 Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
 9 Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
10 Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
11 University of Wyoming
12 Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
13 Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
14 Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
Endereço de e-Mail do Autor 1 riffel@ufrgs.br
TítuloOptical/NIR stellar absorption and emission-line indices from luminous infrared galaxies
RevistaMonthly Notices of the Royal Astronomical Society
Ano2019
Volume486
Número3
MêsJuly
Palavras-Chavestars: AGB and post-AGB, galaxies: bulges, galaxies: evolution, galaxies: stellar content.
ResumoWe analyse a set of optical-to-near-infrared long-slit nuclear spectra of 16 infrared-luminous spiral galaxies. All of the studied sources present H-2 emission, which reflects the star-forming nature of our sample, and they clearly display HI emission lines in the optical. Their continua contain many strong stellar absorption lines, with the most common features due to Ca I, Ca II, Fe I, NaI, MgI, in addition to prominent absorption bands of TiO, VO, ZrO, CN, and CO. We report a homogeneous set of equivalent width (EW) measurements for 45 indices, from optical to NIR species for the 16 star-forming galaxies as well as for 19 early-type galaxies where we collected the data from the literature. This selected set of emission and absorption-feature measurements can be used to test predictions of the forthcoming generations of stellar population models. We find correlations among the different absorption features and propose here correlations between optical and NIR indices, as well as among different NIR indices, and compare them with model predictions. Although for the optical absorption features the models consistently agree with the observations, the NIR indices are much harder to interpret. For early-type spirals the measurements agree roughly with the models, while for star-forming objects they fail to predict the strengths of these indices.
Páginas3228-3247
Idiomaen
Tipo de Trabalhojournal article
Tipo SecundárioPRE PI
DivulgaçãoWEBSCI; PORTALCAPES; MGA; COMPENDEX.
AreaCEA
Nota SecundáriaA1_QUÍMICA A1_INTERDISCIPLINAR A1_GEOCIÊNCIAS A1_ENGENHARIAS_III A2_MATEMÁTICA_/_PROBABILIDADE_E_ESTATÍSTICA A2_ASTRONOMIA_/_FÍSICA B2_ENSINO B5_ENGENHARIAS_IV
Tamanho7155 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo Alvoriffel_optical.pdf
Última Atualização2019:08.06.10.30.59 urlib.net/www/2017/11.22.19.04 simone
Última Atualização dos Metadados2020:01.10.11.57.45 sid.inpe.br/bibdigital@80/2006/04.07.15.50 administrator
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Espelhourlib.net/www/2017/11.22.19.04.03
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriossimone
Grupo de Leitoresadministrator
simone
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirourlib.net/www/2017/11.22.19.04
Tipo do ConteudoExternal Contribution
Estágio do Documentonot transferred
Tipo de Versãopublisher
Política de Arquivamentoallowpublisher allowfinaldraft
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3EUFCFP
8JMKD3MGPCW/3F2NE4L
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 06/08/2019 07:30 1.0 KiB 
Histórico2020-01-09 14:04:46 :: simone -> administrator :: 2019
2020-01-10 11:57:45 :: administrator -> simone :: 2019
Campos Vaziosalternatejournal archivist callnumber copyholder copyright creatorhistory descriptionlevel e-mailaddress format isbn label lineage mark nextedition notes orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project readpermission resumeid rightsholder secondarydate secondarykey session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url
Data de Acesso31 out. 2020
atualizar 
similares 
Tipo da ReferênciaJournal Article
Identificador8JMKD3MGP3W34R/3U43NR5
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21c/2019/09.18.16.44   (acesso restrito)
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21c/2019/09.18.16.44.44
Sitemtc-m21c.sid.inpe.br
DOI10.1111/aen.1238
ISSN2052-174X
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoBraunGonçPireKotz:2019:ElSoBr
Autor1 Braun, Bruno Marmitt
2 Gonçalves, Alberto Senra
3 Pires, Mateus Marques
4 Kotzian, Carla Bender
Grupo1
2 CRCRS-COCRE-INPE-MCTIC-GOV-BR
Afiliação1 Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
3 Universidade Unisinos
4 Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Endereço de e-Mail do Autor1 brumbraun@gmail.com
TítuloPotential distribution of riffle beetles (Coleoptera: Elmidae) in southern Brazi
RevistaAustral Entomology
Ano2019
Volume58
Número3
MêsAug.
Palavras-Chaveaquatic insects, Macrelmis, Neotropical Region, spatial distribution, species distribution models.
ResumoThe diversity and distribution of freshwater insects in South America is poorly known. Riffle beetles (Elmidae) are aquatic Coleoptera that are considered important indicators of environmental integrity. In Brazil, the country with the largest area and highest richness of Elmidae in the Neotropics, the diversity of the family remains incipient. The southern region of Brazil (state of Rio Grande do Sul) reportedly has a higher richness of stream insects than other regions. In this study, we used species distribution models (SDMs) to estimate the potential distribution of riffle beetle taxa in southern Brazil to identify areas with elevated diversity and suggest priority areas for further investigation towards conservation of Elmidae. As most records of Elmidae were represented by larvae, we predicted the potential distribution firstly of genera and secondly of species within the genus Macrelmis because they were available as adults and allowed identification to species level. These were modelled in relation to environmental factors such as climate, topography, hydrography and land cover. Our results suggested that montane regions and basins located within well-preserved forested regions indicated the highest potential richness of Elmidae. In addition, the areas with higher predicted suitability for the occurrence of genera overlapped with the suitable areas for species of Macrelmis. This result suggests the existence of an elevated ecological similarity among most of the modelled taxa, and that projections for certain Elmidae genera can be useful proxies for estimations of the potential distribution of species in the region. The most important environmental factors related to the predicted distribution of Elmidae taxa were associated with climate (precipitation), landscape (forest cover) and topography. Unsurprisingly, freshwater ecoregions were also suggested as important drivers of Elmidae distribution. Our results indicate that conservation efforts for aquatic insects such as riffle beetles in Brazil should focus on watersheds located in montane and forested regions.
Páginas646-656
Idiomaen
Tipo de Trabalhojournal article
Tipo SecundárioPRE PI
DivulgaçãoWEBSCI; PORTALCAPES; SCOPUS.
AreaSRE
Tamanho663 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo AlvoBraun_et_al-2019-Austral_Entomology.pdf
Última Atualização2019:09.18.16.44.44 urlib.net/www/2017/11.22.19.04 simone
Última Atualização dos Metadados2020:01.08.15.02.55 sid.inpe.br/bibdigital@80/2006/04.07.15.50 administrator
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriossimone
Grupo de Leitoresadministrator
simone
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirourlib.net/www/2017/11.22.19.04
Tipo do ConteudoExternal Contribution
Estágio do Documentonot transferred
Tipo de Versãopublisher
Permissão de Leituradeny from all and allow from 150.163
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3EUFCFP
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 18/09/2019 13:44 1.0 KiB 
Histórico2019-09-18 16:45:45 :: simone -> administrator :: 2019
2020-01-08 15:02:55 :: administrator -> simone :: 2019
Campos Vaziosalternatejournal archivingpolicy archivist callnumber copyholder copyright creatorhistory descriptionlevel e-mailaddress format isbn label lineage mark mirrorrepository nextedition notes orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project resumeid rightsholder secondarydate secondarykey secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url
Data de Acesso31 out. 2020
atualizar 
similares 
Tipo da ReferênciaConference Proceedings
Identificador8JMKD3MGP3W34R/3UHFQSB
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21c/2019/12.10.09.51
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21c/2019/12.10.09.51.13
Sitemtc-m21c.sid.inpe.br
Chave SecundáriaINPE--PRE/
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoBagestonSDMMSSDMMLSBMM:2019:ScPaDa
Autor 1 Bageston, José Valentin
 2 Schuch, Nelson Jorge
 3 Durão, Otávio Santos Cupertino
 4 Muralikrishna, Polinaya
 5 Mendes, Odim
 6 Silva, Marlos Rockenbach da
 7 Savio, Siomel Odrizola
 8 Domingos, Sinval
 9 Mattiello-Francisco, Maria de Fátima
10 Martins, João B
11 Legg, Andrei P.
12 Silva, André L. da
13 Bürger, Eduardo E.
14 Marques, Rodrigo P.
15 Moro, Juliano
Identificador de Curriculo 1
 2 8JMKD3MGP5W/3C9JHUD
 3 8JMKD3MGP5W/3C9JJ2L
 4 8JMKD3MGP5W/3C9JJ4G
 5
 6
 7
 8
 9 8JMKD3MGP5W/3C9JHR8
Grupo 1 CRCRS-COCRE-INPE-MCTIC-GOV-BR
 2 CRCRS-COCRE-INPE-MCTIC-GOV-BR
 3 DIDMC-CGETE-INPE-MCTIC-GOV-BR
 4
 5 DIDGE-CGCEA-INPE-MCTIC-GOV-BR
 6 DIDGE-CGCEA-INPE-MCTIC-GOV-BR
 7 DIDAE-CGCEA-INPE-MCTIC-GOV-BR
 8 DIDAE-CGCEA-INPE-MCTIC-GOV-BR
 9 COCRE-COCRE-INPE-MCTIC-GOV-BR
10
11
12
13
14 CRCRS-COCRE-INPE-MCTIC-GOV-BR
15 CRCRS-COCRE-INPE-MCTIC-GOV-BR
Afiliação 1 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
 2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
 3 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
 4 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
 5 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
 6 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
 7 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
 8 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
 9 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
10 Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
11 Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
12 Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
13 Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
14 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
15 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Endereço de e-Mail do Autor 1 jose.bageston@inpe.br
 2 nelson.schuch@inpe.br
 3 otavio.durao@inpe.br
 4
 5 odim.mendes@inpe.br
 6 marlos.silva@inpe.br
 7 siomel.savio@inpe.br
 8 sinval.domingos@inpe.br
 9 fatima.mattiello@inpe.br
10
11
12
13
14
15 juliano.moro@inpe.br
TítuloThe NANOSATC-BR1 and NANOSATC-BR2: scientific payloads and data
Nome do EventoAGU Fall Meeting
Ano2019
Data09-13 dec.
Localização do EventoSan Francisco, CA
ResumoThe INPE-UFSM's NANOSATC-BR, CubSats Development Program, started with the NANOSATC-BR1 (NCBR1), a CubeSat 1U type (10x10x11,3 cm), designed to host technological payloads experiments to test the radhard electronic circuits and a XEN-1210 magnetometer (resolution of 15 nT) to measure intensities of the Earth magnetic field over the South American Magnetic Anomaly (SAMA). The NCBR1 was launched on June 2014 at the Yasny base, Russia, and has completed more than five years in orbit. This Brazilian space mission was the first scientific Brazilian mission using CubeSats to generate data at an altitude of about 600 km. The second mission is named NANOSATC-BR2 (NCBR2), a 2U CubeSat (10x10x22.6 cm), a continuation of the successful NCBR-1. The NANOSATC-BR2 will have a similar altitude in a polar orbit as NCBR1. The NANOSATC-BR2 was designed with significant improvements to accommodate six experiments, but here we will focus on the two scientific payloads. One magnetometer, is similar to the one on the NCBR1, but with broader scientific capability. It will be possible to obtain the three magnetic field components and ULF pulsation over the SAMA region and also able to compare the data from the SAMA region with the Equatorial and Polar regions, and with the existing geomagnetic field models, contribute in this way to improve these models. The second scientific experiment is a Langmuir probe that measures the electron density and electron temperature in the Ionosphere. This experiment has many scientific goals, highlighting the studies regarding the electron precipitation and the plasma instability processes in the SAMA region. These kinds of studies are essential because the satellites and the precise location of the GNSS services are strongly affected in this region, mainly due to the lowest magnetic field presented in the SAMA and because of the presence of ionospheric instabilities. The in-situ measurements of electron density and electron temperature will permit studies of the Plasma Bubble phenomena in more detail and provide a more extensive database for improving the existing ionospheric models. The data from the scientific experiments on-board the NCBR2 will complement the ground-based data obtained from different instruments techniques. The launch of NCBR2 is contracted and scheduled for the first quarter of 2020.
Idiomaen
Tipo SecundárioPRE CI
AreaCEA
Última Atualização dos Metadados2020:01.06.16.36.23 urlib.net/www/2017/11.22.19.04 simone {D 2019}
Estágio do Documentoconcluido
Espelhourlib.net/www/2017/11.22.19.04.03
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriossimone
Grupo de Leitoresadministrator
simone
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirourlib.net/www/2017/11.22.19.04
Tipo do ConteudoExternal Contribution
Estágio do Documentonot transferred
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3ETL868
8JMKD3MGPCW/3EU29DP
8JMKD3MGPCW/3EUFCFP
8JMKD3MGPCW/3EUJHT5
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 10/12/2019 07:51 1.0 KiB 
Histórico2019-12-10 09:51:13 :: simone -> administrator ::
2019-12-15 08:55:31 :: administrator -> simone :: 2019
Campos Vaziosaccessionnumber archivingpolicy archivist booktitle callnumber copyholder copyright creatorhistory descriptionlevel dissemination doi e-mailaddress edition editor format isbn issn keywords label lineage mark nextedition notes numberoffiles numberofvolumes orcid organization pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project publisher publisheraddress readpermission rightsholder secondarydate secondarymark serieseditor session shorttitle size sponsor subject targetfile tertiarymark tertiarytype type url versiontype volume
Data de Acesso31 out. 2020
atualizar 
similares 
Tipo da ReferênciaConference Proceedings
Identificador8JMKD3MGP3W34R/3UGMC88
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21c/2019/12.05.12.28
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21c/2019/12.05.12.28.33
Sitemtc-m21c.sid.inpe.br
Chave SecundáriaINPE--PRE/
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoZartPorLudSehSil:2019:PrPrAe
Autor1 Zart, José Carlos Ignacio G.
2 Portella, Kenedy Matiasso
3 Luduvido, Max Souza
4 Sehnem, Roger Mateus
5 Silva, André Luís da
Grupo1 CRCRS-COCRE-INPE-MCTIC-GOV-BR
2 CRCRS-COCRE-INPE-MCTIC-GOV-BR
3 CRCRS-COCRE-INPE-MCTIC-GOV-BR
4 CRCRS-COCRE-INPE-MCTIC-GOV-BR
5 CRCRS-COCRE-INPE-MCTIC-GOV-BR
Afiliação1 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
3 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
4 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
5 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
TítuloProjeto preliminar de uma aeronave não tripulada de propulsão híbrida para pulverização agrícola
Nome do EventoCongresso Aeroespacial Brasileiro, 2
Ano2019
Título do LivroAnais
Data16-19 set.
Localização do EventoSanta Maria, RS
Palavras-ChaveVANT, propulsão híbrida, agricultura de precisão, pulverização agrícola.
ResumoA utilização de veículos aéreos não tripulados (VANTs) contribui positivamente para o aumento da produtividade agrícola, especialmente na economia de defensivos agrícolas gerada pela aplicação destes em áreas onde há real necessidade. Embora já existam VANTs para a pulverização de agroquímicos e fertilizantes, a maioria das soluções de mercado possui propulsão elétrica e limita-se a uma baixa autonomia. Com isso, este artigo apresenta o projeto preliminar de um VANT penta-rotor de propulsão híbrida. O projeto preliminar teve início com o congelamento da configuração, oriunda de um projeto conceitual prévio. Será realizado o projeto dos sistemas principais, através de cálculos analíticos e numéricos, e em seguida os testes e análises refinadas. No final, obter-se-á a geometria desses sistemas, as estimativas de custo e de massa e os requisitos técnicos dos sistemas secundários. Os resultados deste trabalho servirão como ponto de partida para projetos futuros que visam o projeto de VANTs acima de 25 quilogramas, de modo a contribuir com o aumento da produtividade agrícola em grandes lavouras.
Idiomaen
Tipo SecundárioPRE CN
AreaETES
Tamanho1753 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo Alvozart_projeto.pdf
Última Atualização2019:12.05.12.28.33 urlib.net/www/2017/11.22.19.04 simone
Última Atualização dos Metadados2020:01.06.11.42.24 urlib.net/www/2017/11.22.19.04 administrator {D 2019}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriossimone
Grupo de Leitoresadministrator
simone
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirourlib.net/www/2017/11.22.19.04
Tipo do ConteudoExternal Contribution
Estágio do Documentonot transferred
Tipo de Versãopublisher
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3EUFCFP
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 05/12/2019 10:28 1.0 KiB 
Histórico2019-12-05 12:29:26 :: simone -> administrator :: 2019
2020-01-06 11:42:24 :: administrator -> simone :: 2019
Campos Vaziosaccessionnumber archivingpolicy archivist callnumber copyholder copyright creatorhistory descriptionlevel dissemination doi e-mailaddress edition editor electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark mirrorrepository nextedition notes numberofvolumes orcid organization pages parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project publisher publisheraddress readpermission resumeid rightsholder secondarydate secondarymark serieseditor session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype type url volume
Data de Acesso31 out. 2020
atualizar 
similares 
Tipo da ReferênciaJournal Article
Identificador8JMKD3MGP3W34R/3UCTRAP
Repositóriosid.inpe.br/mtc-m21c/2019/11.12.09.26
Metadadossid.inpe.br/mtc-m21c/2019/11.12.09.26.58
Sitemtc-m21c.sid.inpe.br
DOI10.14393/rbcv71n3-44114
ISSN0560-4613
1808-0936
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Chave de CitaçãoGueriniFoKupl:2019:AvDaHi
Autor1 Guerini Filho, Marildo
2 Kuplich, Tatiana Mora
Identificador de Curriculo1
2 8JMKD3MGP5W/3C9JJ9P
Grupo1
2 CRCRS-COCRE-INPE-MCTIC-GOV-BR
Afiliação1 Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
2 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Endereço de e-Mail do Autor1 guerinimarildo@gmail.com
2 tkuplich@gmail.com
TítuloAvaliação de dados hiperespectrais como preditores para biomassa de campos nativos
RevistaRevista Brasileira de Cartografia
Ano2019
Volume71
Número3
Mêsjul./set.
Palavras-ChaveCampos nativos.Biomassa vegetal.Dados remotos.Espectrorradiômetria.Geociência, Natural grassland.Plant biomass.Remote data.Spectroradiometry.Geoscience.
ResumoO Bioma Pampa representa 63% do territóriodo Rio Grande do SulBrasil. Em função da contínua incorporação de monoculturas de espécies exóticas, cultivos agrícolas e a práticas por vezes inadequadas de produção pecuária, os campos nativos estão rapidamente sendo degradados, fragmentados e descaracterizados. Buscando colaborar no desenvolvimento de novas estratégias de manejo e monitoramento adequado dos campos nativos, com vistas à minimização de esforços para coletas de campo, esta pesquisa objetivou caracterizar e quantificar a relação entre dados hiperespectrais coletados por espectrorradiômetro como preditores de biomassa campestre em duas alternativasde manejo pastoril com o auxílio de dados de campo. A área de estudo são parcelas pastoreadaspor bovinosem duas alternativasde manejo (375 e 750 graus dia -GD) de onde foram adquiridas curvas espectrais de reflectância com espectrorradiômetro ao longo do intervalo de 350-2500 nm de comprimento de onda (CO). Foram calculados 10 índices de vegetação e utilizados juntamente com 11 intervalos de CO nas análises de regressão. Os dados espectraissimularam os CO utilizados nas bandas do sensor MSI do satélite Sentinel 2, disponíveis gratuitamente desde 2015. Os resultados mostraram excelentescorrelações entreas variáveis e verificou-se que nas regiões espectrais do Azul, Red edge e os índices NDLI e DMCI diferiram estatisticamente entre as alternativasde manejo. As regiões espectrais do Azul, NIR e SWIR foram significativamente maiores no tratamento 750 GD. O modelo mais preciso para estimar biomassa envolveu os índices EVI e CAI com R²ajustado= 0.72 e RMSE = 0.10. ABSTRACT: The Pampa Biome represents approximately 63% of the territory in the State of Rio Grande do Sul -Brazil. Due to the continuous incorporation of monocultures of exotic species, agricultural crops and sometimes inadequate practices of livestock production, native fields are rapidly being degraded, fragmented and uncharacterized. Seeking to collaborate in developing new management strategies and appropriate monitoring of natural grassland, with a view to minimizing efforts for field collection, this study aimed to characterize and quantify the relationship between hyperspectral data collected by spectroradiometer as biomass predictors country in two methods pasture management with the aid of field data. The study area are plots of grazing cattle by two methods (treatments) management (day 375 to 750 degrees -DG) which were acquired spectral reflectance curves with spectroradiometer over the range 350-2500 nm wavelength. 10 vegetation indices were used and used along with 11 CO intervals in the regression analyzes. Selected indices and ranges simulatedwavelength used in the Sentinel 2 satellite MSI sensor bands, available free of charge since 2015. The results showed strong correlations between the variables and it was found that in the spectral regions of blue, red edge and NDLI and DMCI differed statistically among management methods. The spectral regions of Blue, NIR and SWIR were significantly higher in 750 GD treatment. The most accurate model to biomass estimation involved the EVI and CAI indices with adjusted r² = 0.72 and RMSE = 0.10.
Páginas856-877
Idiomapt
Tipo de Trabalhojournal article
Tipo SecundárioPRE PN
DivulgaçãoPORTALCAPES
AreaSRE
Nota SecundáriaA2_INTERDISCIPLINAR A2_GEOGRAFIA A2_ARQUITETURA_E_URBANISMO B1_PLANEJAMENTO_URBANO_E_REGIONAL_/_DEMOGRAFIA B1_CIÊNCIAS_AMBIENTAIS B2_GEOCIÊNCIAS B3_ENGENHARIAS_I B4_ENGENHARIAS_III B4_CIÊNCIAS_SOCIAIS_APLICADAS_I B5_ENGENHARIAS_IV B5_ENGENHARIAS_II B5_CIÊNCIAS_AGRÁRIAS_I B5_BIODIVERSIDADE C_ZOOTECNIA_/_RECURSOS_PESQUEIROS C_MATEMÁTICA_/_PROBABILIDADE_E_ESTATÍSTICA C_CIÊNCIAS_BIOLÓGICAS_I C_ASTRONOMIA_/_FÍSICA
Tamanho1041 KiB
Número de Arquivos1
Arquivo Alvoguerini_avaliacao.pdf
Última Atualização2019:11.12.09.26.58 urlib.net/www/2017/11.22.19.04 simone
Última Atualização dos Metadados2020:01.06.11.42.23 urlib.net/www/2017/11.22.19.04 administrator {D 2019}
Estágio do Documentoconcluido
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
e-Mail (login)simone
Grupo de Usuáriossimone
Grupo de Leitoresadministrator
simone
Visibilidadeshown
Transferível1
Acervo Hospedeirourlib.net/www/2017/11.22.19.04
Tipo do ConteudoExternal Contribution
Estágio do Documentonot transferred
Tipo de Versãopublisher
Política de Arquivamentoallowpublisher allowfinaldraft
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3EUFCFP
Conteúdo da Pasta sourcenão têm arquivos
Conteúdo da Pasta agreement
agreement.html 12/11/2019 07:26 1.0 KiB 
Histórico2019-11-12 09:26:58 :: simone -> administrator ::
2019-11-12 09:26:59 :: administrator -> simone :: 2019
2019-11-12 09:27:14 :: simone -> administrator :: 2019
2020-01-06 11:42:23 :: administrator -> simone :: 2019
Campos Vaziosalternatejournal archivist callnumber copyholder copyright creatorhistory descriptionlevel e-mailaddress format isbn label lineage mark mirrorrepository nextedition notes orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress project readpermission rightsholder secondarydate secondarykey session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url
Data de Acesso31 out. 2020
atualizar 
similares